Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Imagem: Divulgação / Divulgação

Lula e Zema lideram em MG, diz nova pesquisa Quaest

Por Gabriel Barbosa

18 de março de 2022 : 08h52

Na manhã desta sexta-feira, 18, a Consultoria Quaest divulgou mais uma pesquisa eleitoral. Desta vez, o levantamento encomendado pela Genial Investimentos é para o governo de Minas Gerais.

Na atual conjuntura, o governador do estado, Romeu Zema (Novo), fica a frente com 34% das intenções de voto. Já o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), aparece logo em seguida com 21% das menções.

No segundo cenário, Zema vai a 40% com as ausências dos deputados André Janones (Avante) e Cleitinho Azevedo, já Kalil sai de 21% para 26%. Vale ressaltar que tanto no segundo e terceiro cenário, Zema ganharia no 1° turno através dos votos válidos.

A Quaest também filtrou as intenções de voto dos candidatos nas regiões mineiras e mostra que Kalil é muito mais popular na própria capital e região metropolitana com 46% e 33%, respectivamente. Já Zema predomina no interior com 39%.

O CEO Quaest, cientista político Felipe Nunes, avalia que a distância de Zema em relação a Kalil é ocasionada justamente pela sua força no interior mineiro.

“O desconhecimento de Kalil no interior pode ser uma boa explicação! Enquanto Zema tem 12% de desconhecimento no Estado, Kalil tem 39%. No interior, o desconhecimento de Kalil chega a 50% dos eleitores”, aponta Nunes.

Outro ponto interessante levantado pela pesquisa diz respeito a influência dos candidatos a presidência no pleito estadual.

De acordo com o levantamento cerca de 40% dos entrevistados disseram que preferem que vença um candidato ligado ao ex-presidente Lula. Outros 36% dizem que tem predileção em um candidato que não seja ligado ao ex-presidente ou Bolsonaro.

Já na disputa presidencial, Lula é o favorito com 46% das intenções de voto dos mineiros, Jair Bolsonaro fica com 21%, Sérgio Moro com 6% e Ciro Gomes com 5%. No segundo cenário, o líder progressista vai a 49% com a ausência de Moro e do deputado federal André Janones.

A Quaest realizou a pesquisa entre 11 e 16 de março com 1.480 entrevistas domiciliares em 86 municípios de Minas Gerais. A margem de erro é de 2.5 pontos e o nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TSE sob o número MG-00132/2022.

Acesse a pesquisa completa clicando aqui.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Willy

18 de março de 2022 às 09h57

Nao consam de idiotices…?

Responder

Saulo Nunes

18 de março de 2022 às 09h53

Deve ser triste para essa esquerda falida tentar se animar com pesquisas inventadas pagas pela Faria Lima…

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes