Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Imagem: Divulgação / Palácio do Planalto

Bolsonaro deve continuar crescendo nas pesquisas, dizem analistas

Por Gabriel Barbosa

31 de março de 2022 : 15h34

Nesta quinta-feira, 31, a InfoMoney divulgou a nova rodada do Barômetro do Poder, levantamento que compila mensalmente as avaliações e expectativas de consultorias de análise de risco político e de analistas independentes sobre temas relevantes no Brasil.

Em um dos pontos levantados, a pesquisa mostra a avaliação dos agentes sobre as chances de Jair Bolsonaro (PL) manter sua tendência de crescimento nas pesquisas eleitorais.

Cerca de 73% dos analistas ouvidos pelo levantamento acreditam que a tendência de crescimento pode continuar a favor de Bolsonaro. Outros 27% avaliam que essa tendência é pontual.

“Até o início da campanha presidencial de fato, pouco deve se alterar na atual conjuntura em que Lula e Bolsonaro são os principais cotados
para disputar o segundo turno”, diz um dos participantes no relatório.

Também existe a avaliação de que a melhora contínua de Bolsonaro nos próximos levantamentos é proporcional ao longo da consolidação do Auxílio Brasil, programa social que substituiu o Bolsa Família, especialmente nas famílias de baixa renda.

Já sobre a escolha de Bolsonaro em ter o general Braga Netto como seu vice na chapa de reeleição pouco guarda relação “com angariar votos, mas sim com a gestão da
própria Coalizão, no caso de vitória, e no controle do poder dos partidos com os quais se aliou, visto que nomes mais “políticos” seriam preferíveis e poderiam incentivar a realização de um impeachment”.

Já sobre o ex-presidente Lula (PT), que lidera as pesquisas, a avaliação é que sua candidatura chegou a um teto de intenções de voto, e o fenômeno pode ser explicado pelo seu nível de rejeição nas pesquisas.

O Barômetro do Poder foi realizado entre os dias 25 e 28 de março e contou com 11 participantes, sendo 9 casas de análise de risco político e 2 analistas independentes.

São eles: Carlos Melo, Control Risks, Dharma Political Risk & Strategy, Empower Consultoria, Ipespe Medley Global Advisors, Patri Políticas Públicas, Prospectiva Consultoria, Pulso Público, Tendências Consultoria Integrada e Thomas Traumann.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Hélio Zito Maia de Oliveira

05 de abril de 2022 às 11h52

Desespero é achar que um homem que tem alta popularidade representada unica e exclusiva pelo povo,
e que por onde passa é ovacionado pelo povo, não tem como ganhar a eleição e ainda diz que outro homem que tem comprovado crime de corrupção e que ja devolveram 6 bilhões já comprovados aos cofres da união e que tem um apelido de Lula ladrão vai ser o próximo presidente da nação , então meu amigo você não tem noção.

Responder

Laucidio Rosa da Silva

01 de abril de 2022 às 09h43

GOSTARIA QUE CADA DE UM DE VOCES CURTISSE LA NO YOUTUBE E REPASSASSEM PARA AMIGOS, ASSIM QUANTO MAIS VISUALIZAÇÕES TIVER O MPE TENDE A AGIR MAIS RIGOROSAMENTE. o prefeito aqui de Rochedo e do PSDB

https://www.youtube.com/watch?v=Gh9_5Bv3pkM (PARTE 5)
https://www.youtube.com/watch?v=WwnYuJkn2qc (PARTE 3)
https://www.youtube.com/watch?v=GMa6TfZkuDw DESCASO LIXÃO A CEU ABERTO ROCHEDO
https://www.youtube.com/watch?v=I_KVrJnA0Bw (PARTE 4)
https://www.youtube.com/watch?v=0Qu2QVwYXgI PARTE 2) denuncia mpe ms n° 11.2022.00000891-8

Responder

Manoel

01 de abril de 2022 às 07h41

Estão tentando colocar Bolsonaro no 2º Turno . São tentativas desesperadas , de toda espécie de Grupos. Financeiros , reacionários , e politicos , com interesses de total entrega do Brasil . Os citados acima , como vemos , integram a cúpula financeira , a elite tendenciosa . Que Bolsonaro vá crescer , é óbvio , pois desistencias , inviabilidades politicas virão , mas deixar implicíto que vá crescer sem estabe-
lecer um teto , e de onde vá tirar votos , é risível ,e denota desespero !!!

Responder

Luís Castro

31 de março de 2022 às 20h20

Surge agora os mais suspeitos institutos de pesquisa e todos na direção de recuperação do genocida assim como aquele tal Paraná que dava ampla vitória de Aécio sobre Dilma. O mesmo se repete agora em favor do candidato da direita Boçalnato até outubro vão iludir os incautos de que o genocida está próximo de ultrapassar Lula. O melhor chegam a dizer que Lula já atingiu o seu teto e que teto de 40% que se for verdade já é mais do que suficiente para o líder petista ganhar a eleição. Me engana que eu gosto. De uma coisa eu tenho certeza ninguém ganha de Lula e essa sua vitória ocorrerá em razão de seus dois exitosos governos.

Responder

Zulu

31 de março de 2022 às 19h48

Quanto mais passao tempo quanto mais fica claro que

A politica do PT foi exclusivamente elargir dinheiro para se manter no poder.

Dinheiro para o congresso votar assaltando as estatais
Dinheiro para os brasileiros e banco com o credito para todo mundo
Dinheiro para os amigos là fora via BNDES
Dinheiro para imprensa via propaganda de governo
Dinheiro para campanha via caixa 2 com grandes empresas
Dinhieor para artistas via lei Ruanet
Dinheiro para movimentos sociais via ONG

O que Lula entendeu é que para ter o Brasil na mao basta distribuir dinheiro…é o que os brasilleiros querem.

Responder

Belmiro Machado Filho

31 de março de 2022 às 19h40

Até o momento, todas as PESQUISAS ELEITORAIS registradas no TSE e tornadas públicas mostram que LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA MANTÉM EM TODAS ELAS um PISO de 45% da preferência do eleitorado e o menor índice de rejeição, 39%. Já O ASSASSINO GENOCIDA CORRUPTO que é o responsável direto por mais de 658.956 mortes e ainda por mais de 145.000 ÓRFÃOS, apresenta um PISO de 23% e o maior índice de rejeição, 61%. Esta diferença vem se mantendo desde 2021 e segundo o sociólogo Marcos Coimbra, especialista nestas análises, é que ela se mantenha até as eleições. 2023, LULA LÁ NO PALÁCIO DO PLANALTO.

Responder

Paulo Roberto dos Santos

31 de março de 2022 às 19h22

Comentário preciso, parabéns.

Responder

Walfredo Ferreira da Silva

31 de março de 2022 às 19h01

O que eu acredito mesmo, são as pesquisas de segundo turno , só LULA e Bolsonaro , 53% á 32% .

Responder

Alexandre Neres

31 de março de 2022 às 18h08

O deus-mercado tem seus candidatos. Em 2018, foi Bolsonaro. Com o anúncio do Adriano Pires para presidir a Petrobras, que nunca administrou uma bodega, Bolsonaro sinalizou para o mercado alguma composição.

Devemos ao menos tentar colocar um cordão sanitário separando o jornalismo do wishful thinking. Nem sempre quem chega na frente bebe água limpa, às vezes se torna mais manipulável.

Os barões dizem que Lula esbarrou em seu teto, sobretudo devido a seu nível de rejeição. Se é assim, o que dizer da rejeição ingente de Bolsonero?

Se bobear, os mesmos que decretavam há um tempo que o capetão já era, que Serjo Morto e a terceira via vinham aí, agora ficam impressionados com o voo de galinha do atual inquilino do Planalto.

Todavia, quem é do ramo, sabe que o presidente detém a máquina e o cofre, que seria natural sua subida, inda mais com o silêncio cúmplice da imprensa chamada profissional que pouco aborda as pautas-bombas em gestação.

Nem por isso, o jornalismo sério deve estimular o catastrofismo e uma ascensão inexorável do boçal-ignaro só porque está ocorrendo um movimento já esperado. Talvez os que ganham dinheiro em cima disso, sim.

Por exemplo, a pesquisa do Ipespe divulgada em 25/03/2021, última sexta-feira, mostra o contrário dos filhotes do deus-mercado, isto é, Bolsonaro oscilando para baixo, sendo esta uma pesquisa que tem sido feita com frequência e, portanto, se presta melhor para o efeito de comparar índices entre os principais candidatos.

InfoMoney
Bolsonaro cai de 28% para 26% na segunda pesquisa Ipespe de março; Lula sobe a 44%
6 dias atrás

Responder

Zulu

31 de março de 2022 às 17h42

Moro cascou fora por tanto haverá transferência de parte dos votos dele para Bolsonaro e uma parte para branco/mula. Para Lula acho meio difícil.

2/3% para Bolsonaro e o resto para nulo/branco desses 4 metidinhos da pseudo classe média que se acham melhores que os mais pobres

Responder

Tony

31 de março de 2022 às 16h45

Precisava dos “analistas” para saber disso…?

A gente vem dizendo isso desde a primeira “pesquisa” que nada tinha a ver com a realidade….e nem essas últimas.

Bolsonaro nunca teve menos de 40% de votos desde que assumiu a Presidência…o resto é barulho.

Bolsonaro em 2018 ganhou a eleição daquele ano e essa também.

Responder

Manoel

31 de março de 2022 às 16h26

Sem pé nem cabeça. Bolsonaro distribuiu 360 Bilhões em 2020/ 2021 de Auxilio Emergencial , que caiu direto nas contas , sem nenhuma burocracia . Pois bem , ele cresceu de 23% para 28% ,para logo em seguida , voltar aos 23% !!! Acham que agora distribuindo 46 Bi , vai continuar crescendo , com aumento da Gasolina ,alimentos , e barras de ouro ??? E olhem que o Lula só agora começará a fazer campanha .
Ele está a 4 anos fazendo !!!

Responder

Deixe um comentário

Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro Janela Partidária 2022: Quem ganhou, quem perdeu? Caro? Gasolina, Gás e Diesel: A atual política de preços da Petrobrás As Maiores Enchentes do Brasil