Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Agência Câmara

RJ: O esvaziamento da pré-candidatura de Molon ao Senado

Por Gabriel Barbosa

04 de julho de 2022 : 14h39

O deputado federal Alessandro Molon (PSB-RJ) mal entrou com seu time em campo e já enfrenta forte pressão interna e externa para que sua pré-candidatura ao Senado seja retirada.

O efeito cascata começou após o pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro, Marcelo Freixo (PSB), ter se posicionado definitivamente sobre a inclusão do presidente da ALERJ, André Ceciliano (PT), na sua chapa. O movimento de Freixo teve anuência da Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores.

Como se sabe, Ceciliano é o pré-candidato oficial do ex-presidente Lula ao Senado e, nos últimos meses, montou seu próprio “bunker” para se viabilizar na disputa local.

Ainda sobre Molon, além da pressão externa exercida pelo PT, a ala pró-Freixo dentro do PSB também se articula para que o presidente Nacional do partido, Carlos Siqueira, intervenha se for necessário.

Segundo interlocutores, antes de tomar qualquer medida drástica, Siqueira terá uma conversa com Molon em busca de uma “saída honrosa” para o socialista. A perspectiva é que até quarta-feira, 6, uma decisão oficial seja tomada. Aliados de Freixo avaliam que o melhor caminho para Molon seria disputar a reeleição como deputado federal.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Carlos Azevedo

04 de julho de 2022 às 17h06

Ao findar a eleição, todos os institutos de pesquisa que mentiram, deveriam ser fechados por propaganda enganosa. Más cadê a lei?

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina