Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Divulgação

Pesquisa Genial/Quaest em MG confirma favoritismo de Zema na disputa pelo governo estadual

Por Gabriel Barbosa

08 de julho de 2022 : 08h38

Nesta sexta-feira, 8, a Genial/Quaest publicou a terceira pesquisa realizada entre os eleitores de Minas Gerais para saber a preferência eleitoral na disputa pelo governo estadual.

Segundo a pesquisa, o atual governador Romeu Zema (Novo) mantém ampla vantagem mesmo depois da oficialização da aliança formada pelo ex-prefeito de BH, Alexandre Kalil (PSD), com o ex-presidente Lula. O chefe do executivo mineiro lidera com 44% contra 26% do pessedista.

Ainda segundo o levantamento, a competitividade eleitoral de Zema é gerada, principalmente, pela divisão regional das intenções de voto.

Por exemplo, na capital e região metropolitana, a distância de Kalil para Zema é de 23 e 13 pontos, respectivamente. Já no interior, Zema lidera isolado com 35 pontos a mais que o ex-prefeito. Vale lembrar que no caso de Minas, o eleitorado interiorano corresponde a 69%.

Outro ponto importante destacado pela pesquisa é que a gestão de Zema é bem avaliado. Cerca de 46% dos mineiros avaliam o governo do neoliberal como ótimo/ bom, 32% considera regular e apenas 13% como ruim/péssimo.

Além disso, para 63% dos entrevistados, Zema merece ser reeleito como governador de Minas Gerais. A sua avaliação positiva é estável desde o começo da série histórica da Genial/Quaest, iniciada em março deste ano.

A pesquisa também detecta que Zema é um dos poucos governadores em exercício que mantém quase 60% do eleitorado que o elegeu nas eleições de 2018. O neoliberal também poderá capitalizar 32% do eleitorado mineiro que votou em Antonio Anastasia (PSD), seu adversário no pleito passado.

Mas apesar dessa solidez eleitoral, o CEO da Quaest, Felipe Nunes, avalia que ainda é muito cedo para dizer que a eleição em Minas está decidida.

“Mesmo com todos esses indicadores expressivos, apenas 15% dos eleitores mineiros já declara voto espontâneo em Zema. Kalil aparece com 7%. A grande maioria, 73%, continua indecisa”, lembra Nunes.

A pesquisa foi realizada entre os dias 2 e 5 de julho de 2022 com 1.480 entrevistas presenciais domiciliares em 86 municípios de Minas Gerais. A margem de erro é de 2,5 e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no TSE sob os números BR-01319/22 e MG-00322/22.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário

Por que devemos confiar nas Urnas Eletrônicas? Viaje no Universo Profundo com o Telescópio James Webb O Xadrez para Governador do Ceará