Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Divulgação

“Aqui é Bolsonaro”, teria gritado Policial Federal antes de assassinar tesoureiro do PT

Por Redação

10 de julho de 2022 : 14h44

O policial federal Jorge José da Rocha Guaranho, autor dos disparos que assassinou o guarda municipal e tesoureiro do PT, Marcelo Arruda, em Foz do Iguaçu, teria chegado ao aniversário do petistas e gritado: “Aqui é Bolsonaro”. A informação é do boletim de ocorrência.

A Polícia Civil foi informada por testemunhas que o policial e apoiador de Jair Bolsonaro teria apontado uma arma para os participantes da festa. A esposa de Guaranho teria tentado convencê-lo a ir embora, mas sem sucesso.

O B.O também cita que além da esposa, havia no carro do bolsonarista um bebê e que Guaranho atirou duas vezes contra o guarda municipal, que revidou em legítima defesa e também acertou o agente, que morreu em seguida.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina