Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Clauber Caetano/PR

Reunião com Embaixadores: YouTube derruba vídeo de Bolsonaro atacando as urnas

Por Redação

10 de agosto de 2022 : 17h04

Nesta quarta-feira, 10, o YouTube decidiu derrubar o vídeo da reunião de Jair Bolsonaro (PL) com embaixadores realizada em 18 de julho. Na ocasião, o inquilino do Planalto reproduziu fake news sobre supostas fraudes nas urnas eletrônicas.

Na nota divulgada a imprensa, a plataforma lembrou que a política de integridade eleitoral “proíbe conteúdo com informações falsas sobre fraude generalizada, erros ou problemas técnicos que supostamente tenham alterado o resultado de eleições anteriores”.

O vídeo foi alvo de críticas de diversos especialistas e atores políticos. A avaliação geral é de um ensaio para um golpe, onde Bolsonaro deseja copiar a invasão ao Capitólio nos Estados Unidos.

Leia a íntegra da nota!

O YouTube é uma plataforma de vídeo aberta e qualquer pessoa pode compartilhar conteúdo, que está sujeito a revisão de acordo com as nossas diretrizes de comunidade.

A política de integridade eleitoral do YouTube proíbe conteúdo com informações falsas sobre fraude generalizada, erros ou problemas técnicos que supostamente tenham alterado o resultado de eleições anteriores, após os resultados já terem sido oficialmente confirmados. Essa diretriz agora também se aplica às eleições presidenciais brasileiras de 2014, além do pleito de 2018.

Já nossa política de discurso de ódio proíbe conteúdo que negue, banalize ou minimize eventos históricos violentos, incluindo o esfaqueamento de Jair Bolsonaro. O discurso de ódio não é permitido no YouTube, e removeremos material sobre o esfaqueamento de Jair Bolsonaro que viole esta política se não fornecer contexto educacional, documental, científico ou artístico no vídeo ou áudio.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jonathan

10 de agosto de 2022 às 18h58

Foram fatos e materias de jornais mostradas a embaixadores, qual é o problema ?

Pura censura.

Responder

Deixe um comentário