Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Créditos: Clauber Cleber Caetano / Ricardo Stuckert

IPEC: Quase 80% dos brasileiros estão decididos sobre o voto presidencial

Por Redação

06 de setembro de 2022 : 08h59

Além da liderança expressiva do ex-presidente Lula (PT) e com chances reais de vencer no 1° turno, a pesquisa IPEC também traz um dado muito relevante para a disputa presidencial.

Cerca de 79% dos eleitores que responderam a pesquisa se dizem decididos sobre o voto para presidente da República. Logicamente, as candidaturas de Lula e Bolsonaro são as mãos consolidadas.

No caso do inquilino do Planalto, 86% dos seus eleitores dizem votar nele com certeza. Esse percentual oscilou dois pontos para cima, dentro da margem de erro. Já entre os eleitores de Lula, 85% dizem ter certeza do voto no líder progressista. Neste caso, a oscilação foi de dois pontos para cima, também dentro da margem de erro.

A IPEC entrevistou 2512 eleitores entre os dias 2 e 4 de setembro de 2022 em 158 municípios de todas as regiões do Brasil. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. A pesquisa foi contratada pela TV Globo registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00922/2022.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Gil Maria Miranda

07 de setembro de 2022 às 21h19

Daqui pra frente a pergunta deveria ser simplesmente vai votar em Lula ou em Bolsonaro?

Responder

Deixe um comentário