Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Imagem: Divulgação/MRE

Mauro Vieira diz que vai tomar medidas para o Brasil voltar ao cenário internacional

Por Redação

10 de dezembro de 2022 : 18h25

Indicado nesta sexta-feira, 9, para assumir o Ministério das Relações Exteriores no governo Lula (PT), o embaixador Mauro Vieira afirmou que a sua principal missão será de retomar o lugar do Brasil nas decisões internacionais.

Na entrevista concedida ao Estadão, Vieira lembrou que a “política externa é um instrumento da afirmação internacional do País e de defesa da soberania, da presença no mundo”.

“O Brasil esteve ausente do mundo e dos grandes centros de decisão nos últimos anos. Todas as medidas que se tomam são importantes nesse sentido, de trazer de volta o Brasil para o cenário internacional”, prosseguiu.

Vieira também não deixou de criticar a política externa adotada pelo governo Bolsonaro que transformou o Brasil num párea internacional e colocou “em segundo plano a agenda do multilateralismo – o termo chegou a ser vetado em documentos e discursos”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Querlon

11 de dezembro de 2022 às 08h42

O papinho global-mongoloide que os Macron e os Biden pretender ouvir de Lula…aquecimento climatico, Amazonia, etc…

Todas esas babaquices inuteis de quem nao tem o que fazer ou precisa disso para se promover globalmente e ganhar bilhoes.

Ou se refere levar rasteiras na construçào de refinarias como levaramcom Chavez, levar calotes de “paises” do Foro de Sao Paulo que nao passam de aberraçoes vergonhosas ?

Essa gente é de vomitar, deveriam ser pendurados em praçA publica amarrados pelo escroto pelo que fizeram com o dinheiro dos BRasileiros, gente sem um minimo de cvilizaçào, nao receberam educaçào basica dentro de casa e se entregaram a ideologias para ritardados

Mais imbecis ainda sao os brasileiros que em pelono 2022 ficam atras de promessas de dinheiro como fazem crinças de 8-9 anos no maximo.

Um pais patetico que chega a dar dò.

Responder

Paulo

10 de dezembro de 2022 às 23h54

Esse termo “multilateralismo” parece um neologismo utilizado pelos esquerdistas nas relações internacionais para ajudar os países ditatoriais de esquerda, no mundo, e ao mesmo tempo pagarem de isentões ou de “abertos à diversidade” e ao “universalismo”…

Responder

Deixe um comentário