Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Caso Molina: A velha Dilma de guerra e a leviandade de Eduardo Campos

Por Miguel do Rosário

28 de agosto de 2013 : 12h07

O melhor da Dilma é quando ela fica indignada e volta a ser a velha Dilma de guerra. Nesse “quebra-queixo”, ela responde o óbvio. Não se pode comparar o quarto onde o boliviano se encontrava, com TV de plasma, computadores, telefones, esteira para se exercitar, ar condicionado, livros, internet banda larga, com uma sala de tortura do Doi-Codi. Dilma foi torturada por dois anos num Doi-Codi e sabe do que está falando.

Infografico antigo da Folha, que o jornal tendenciosamente não republicou agora, pescado ontem pelo blog Tijolaço. É a descrição da sala onde se alojava o senador boliviano Molina. 

A presidenta também tocou num ponto importante. A fuga do senador sem o salvo-conduto do governo boliviano implicou em risco para a vida do asilado. Se acontecesse alguma coisa? Se ele, o diplomata e os fuzileiros se envolvessem num tiroteio? Seria uma tragédia com desdobramentos terríveis para as relações entre Brasil e Bolívia.

É inacreditável que Eduardo Campos e Aécio Neves, que pretendem ser presidentes da República, apóiem um ato de quebra de hierarquia dessa magnitude, uma completa insanidade diplomática. De Aécio, não espero nada. Minha decepção é com o pernambucano. Campos mostra que está mais disposto a sair bem na foto da grande mídia do que assumir o ônus de um estadista de verdade.

NA FOLHA

Aécio Neves e Eduardo Campos apoiam Saboia
GABRIELA GUERREIRO
DE BRASÍLIA

Prováveis adversários de Dilma Rousseff em 2014, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), comentaram o episódio da vinda de Roger Pinto Molina ao Brasil.

Aécio disse que o governo “se curva a conveniências ideológicas” ao punir o diplomata Eduardo Saboia –que articulou a viagem de Molina ao Brasil.

“Ao expor à execração pública o diplomata, o governo brasileiro se curva, mais uma vez, a conveniências ideológicas. Mais grave, abandona as melhores tradições da nossa diplomacia”, afirmou Aécio.

Em evento em Santos (SP), Eduardo Campos elogiou a atuação de Saboia.

“Eu só posso ter uma opinião: salvamos uma vida de uma doença terrível, que é a depressão. Cumprimos uma tradição, que é própria do povo latino e brasileiro, que é a de abrigar. Por dever de consciência, tenho de cumprimentar o diplomata que fez isso”, disse o provável candidato à Presidência.

Campos não quis comentar a queda de Antonio Patriota do comando do Itamaraty nem as ações do governo Dilma Rousseff nas relações com a Bolívia. “Isso é um assunto diplomático, e eles têm as suas políticas e diretrizes. Mas a atitude do diplomata brasileiro foi humanitária”. (FÁBIO MENDES, COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, EM SANTOS)

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

jose attico

28 de agosto de 2013 às 12h21

Aécio e Eduardo Campos estão dispostos a qualquer coisa para aparecer na mídia conservadora. Vale até apoiar a quebra de hierarquia no Itamaraty. Imagine um deles na presidência! Por outro lado, apoiar um corrupto como Molina faz parte do dia-a-dia dessa rapaziada.

Responder

Leo Mendes Filho

28 de agosto de 2013 às 12h20

Meu Caro Miguel…

como é que voce se surpreende com o Eduardo Campos? Se esquece da importação do esquema dos precatórios do Maluf pra Pernambuco que ele coordenou? Miguel, meu caro Miguel, só se surpreende com o Eduardo Campos quem não é de Pernambuco…

Leo Mendes Filho
(Parauapebas/PA)

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina