Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Barbosa escolhe juiz com fortes ligações com PSDB e DEM

Por Miguel do Rosário

25 de novembro de 2013 : 03h49

Mais uma arbitrariedade de Barbosa…

Novo juiz dos mensaleiros é filho de ex-deputado do PSDB

Fernando Rodrigues 24/11/2013 12:38

BrunoRibeiro-juiz-VEP-Brasilia-TVJustica_opt
O juiz Bruno Ribeiro, da Vara de Execuções Penais de Brasília (reprod. TV Justiça)

O juiz que ficará responsável pela execução penal dos condenados do mensalão, Bruno André da Silva Ribeiro, tem 34 anos e é filho de Raimundo Ribeiro, que foi deputado distrital em Brasília pelo PSDB.

Bruno assume as funções, como informa o repórter Severino Motta, na Folha, em substituição ao juiz titular da Vara de Execuções Penais de Brasília, Ademar Silva de Vasconcelos, que se desentendeu com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa. Detalhes nesse post.

O juiz Bruno Ribeiro estava em férias desde o final do mês de outubro. Ele retornaria ao trabalho no dia 21 de novembro, mas antecipou a volta para assumir o processo de execução penal de mensaleiros condenados. Foi com ele que Joaquim Barbosa tratou no dia 14 de novembro da prisão dos primeiros sentenciados –até porque nessa data o presidente do STF tentou contato com Ademar Vasconcelos, mas não o encontrou.

Raimundo Ribeiro, pai do juiz Bruno, nasceu em Piracuruca, no Piauí. Fez carreira na política de Brasília, onde se elegeu deputado distrital em 2006 (com 8.303 votos), pelo nanico PSL, e em 2010 (com 12.794 votos), pelo PSDB. No momento, não exerce o mandato porque sua posse ficou pendente por causa de um outro candidato que conseguiu a vaga por meio de decisão judicial.

Ribeiro foi durante quase um ano (de janeiro a outubro de 2007) secretário de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania de Brasília, na gestão do governador José Roberto Arruda (ex-PSDB e ex-DEM), que perdeu o mandato durante um escândalo de recebimento de propinas que ficou conhecido como “mensalão do DEM”.

Raimundo Ribeiro e sua mulher, Luci Rosane Ribeiro, têm páginas na rede social Facebook. Ela coloca no seu álbum de fotos uma imagem do presidente Joaquim Barbosa com a seguinte frase: “Eu me matando para julgar o mensalão e você vota no PT? Francamente!”. Eis a imagem, na qual Luci deixou um comentário: “Uma andorinha só não faz verão, acorda meu povo”:

(Imagem publicada pela mãe do juiz Bruno no Facebook)

No perfil de Raimundo Ribeiro no Facebook, ele “curte” a página do PSDB do Distrito Federal. Num álbum de fotos de seu aniversário, aparece ao lado do filho juiz (que não está na rede social). Eis a foto:

Raimundo-e-Bruno-Facebook

 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

14 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Adenilde

08 de dezembro de 2013 às 23h44

A suprema corte, no dia 14/11/2013 tentou contato com o juiz titular da VEP, Dr. Ademar Silva de Vasconcelos, mas não o encontrou, também não encontrou o juiz substituto Dr. Angelo Fernandes de Oliveira e também não deve ter encontrado os dois outros juízes substitutos temporários. A suprema Corte só encontrou o juiz substituto André Bruno da Silva Ribeiro, filho de casal PSDBista. Bruno da Silva estava em férias, quem sabe, por isso mesmo, curiosa e ironicamente, foi fácil encontrá-lo e a ele endereçar as cartas de sentenças das prisões efetuadas no feriado de 15 de novembro. Certamente, referidas cartas não poderiam ser enviadas à VEP, sem um contato com o juiz que caberia recebê-las, por quê? É isso mesmo? Assim opera o judiciário brasileiro? De lado então se encontra leniência?

Responder

Ashoka

29 de novembro de 2013 às 21h54

Esse, então é o Baby Doc, preposto do grande Papa Doc Vudu do STJ?
Ou é apenas um Tonton Macoute?

Responder

Solange Albernaz

26 de novembro de 2013 às 07h11

Ele é o poder . As intenções estão tomando forma.

Responder

Anselmo Pereira Bittencourt

25 de novembro de 2013 às 23h42

sinistro !!!!!!!!; muito sinistro !!!!!!!

Responder

Cida Franca

25 de novembro de 2013 às 20h38

Clareando, cada vez mais, sua intenção.

Responder

Jose Braz Lucca

25 de novembro de 2013 às 15h18

2014 vem ai. Deixem eles!

Responder

Flá Ahm

25 de novembro de 2013 às 14h16

o que esperar dessa criatura?

Responder

Daniel Faria

25 de novembro de 2013 às 12h31

E ainda acham o Barbosa o salvador da patria.

Responder

Neto Peneluc

25 de novembro de 2013 às 11h53

É o tal do Domínio do Fato

Responder

Shagrat All Durr

25 de novembro de 2013 às 11h35

Fortes ligações é pouco, esse aí é amiguíssimo do Arruda.

Responder

Maria Therezinha Bastos Fini

25 de novembro de 2013 às 11h27

Quando os outros ministros do STF vão criar coragem e peitar esta maluco? Quando os covardes senadores vão começar um processo de impeachment? Covardes e vendidos!!!

Responder

Maria Graça Bana

25 de novembro de 2013 às 11h12

Lógico, que ele escolheria amigos de partido…é cara dele, pelo ódio ao PT

Responder

Francisco Duarte

25 de novembro de 2013 às 11h04

O princípio do juiz natural não vale para a própria Justiça? Não é o caso de se invocar esse princípio adaptado a essa situação?

Responder

Regina Marques

25 de novembro de 2013 às 09h27

Não existe um sujeito mais mal intencionado do que esse Barbosa, será que a sociedade não vê isso.. tá na hora de fazer um grande manifesto e exigir que ele se coloque no seu lugar e passe a tomar atitudes de acordo com a legislação do país e não de acordo com suas vontades e a vontade da imprensa suja.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?