Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

A entrevista de Padilha ao Roda Viva

Por Miguel do Rosário

29 de abril de 2014 : 17h38

Assistam e, se puderem, comentem.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Tamosai

30 de abril de 2014 às 14h26

Padilha mostrou calma, segurança e capacidade. Mesmo lidando com jornalistas nitidamente tendenciosos, como é de costume no Programa Roda Morta.
Gostaria de dizer que os pontos altos foram os relatos de pessoas humildes que elogiaram o Programa Mais Médicos. Esses relatos mexem com corações e mentes. Espero que ele use ainda mais esses exemplos, porque isso tem muito impacto junto aos eleitores do povo. Os eleitores que leem a revista semi-fascista de páginas amarelas, receberam lavagem cerebral e não votam em candidatos com postura progressista.
Que o Padilha leve isso em consideração que São Paulo tem uma população carente que precisa de um governador como ele.

Responder

Sérgio

29 de abril de 2014 às 19h04

Quem é o infeliz que fica gemendo durante as respostas?

Responder

    Alexandre Cardoso

    07 de maio de 2014 às 04h37

    Acho que era o debochado do Godoy do Estadão.

    Responder

José Neto

29 de abril de 2014 às 18h52

Assisti a toda entrevista, mas que pareceu mais intimidação do que querer saber suas propostas, entrevistadores fracos que demonstravam a serviço de quem estavam. Padilha foi bem, mas se tivesse uma assessoria que se desse ao trabalho de ler blog sujo, quando falaram de contrato com Labogen soltava a informação na lata que o tijolaço levantou, que o Serra sim assinou em 99 três contratos com o laboratório. Vai precisar de boas informações para enfrentar o poderio dos fascistas.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?