Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Barbosa, um frustrado vingativo e perigoso

Por Miguel do Rosário

01 de maio de 2014 : 01h17

Reproduzo artigo impecável de Paulo Nogueira.

*

A perseguição desumana e covarde de JB a dois homens indefesos

Postado em 30 abr 2014.

por Paulo Nogueira, no Diário do Centro do Mundo.

Não é justiça. É vendetta.

O que Joaquim Barbosa faz com Genoino e Dirceu não tem nada a ver com o conceito de justiça em si – um ato em que existe ao menos uma parcela de uma coisa chamada isenção, ou neutralidade, para usar uma palavra da moda.

Barbosa é movido por um ódio infinito.

Ele mantém Dirceu confinado na Papuda por raiva. E quer Genoino engaiolado, mesmo com problemas cardíacos, também por raiva.

A precariedade do sistema jurídico brasileiro é tamanha que se dá a um homem poder para fazer o que Barbosa vem fazendo, com uma hipócrita base de fatos que são fabricados para que a perseguição tenha ares legais.

Você escolhe médicos que vão dizer que Genoino está bem, e que não precisa de cuidados especiais. Isto funciona como aqueles repórteres da Veja que são escalados para provar, aspas, teses já definidas antes da primeira entrevista. O objetivo não é descobrir coisas, não é investigar um assunto. É chancelar uma conclusão que vem na frente dos fatos.

E depois que os médicos fazem seu servico abjeto, você exerce sua vingança mesquinha como se fosse um magistrado de verdade.

O caso de Dirceu é igualmente vergonhoso. Uma nota de jornal — um jornal tão famoso pelos erros que conquistou a alcunha de Falha de S.Paulo — vira uma prova contundente contra Dirceu. Numa inversão monstruosa da ideia da justiça, você tem que provar a inocência, e não o contrário.

Num cenário de reiterada desumanidade, destoou o gesto do deputado Jean Wyllys ao se negar a inventar ‘regalias’ para Dirceu. O partido de Wyllys faz oposição ao PT, e era presumível, diante do que se tem visto na cena política do país, que ele denunciasse as condições ‘espetaculares’ de Dirceu na Papuda.

Mas Wyllys optou pela honestidade. Relatou o que viu. Foi fiel ao que testemunhou. Não adulterou o que seus olhos encontraram. Seria um gesto banal, não fosse o ambiente de cinismo, cálculo e desonestidade que domina hoje o debate político nacional numa reprodução do que aconteceu, com trágicas consequências, em 1954 e 1964.

Joaquim Barbosa provavelmente esteja frustrado. O sonho de virar presidente naufragou miseravelmente. Só a mídia queria, além dele próprio e de um punhado de fanáticos de direita.

Ele foi obrigado a despertar para a dura realidade de que os holofotes lhe são dados apenas para dizer o que interessa à mídia. Ele queria falar recentemente do processo que move contra Noblat por alegado racismo. Ninguém na imprensa lhe deu espaço. Tentou trazer este assunto na entrevista que deu a Roberto Davila na Globonews. Davila mudou de assunto com um sorriso.

As declarações de Lula sobre o conteúdo político do Mensalão também não devem ter ajudado no humor de Barbosa. Sua obra magna, aspas, corre um sério risco de se desfazer em impostura.

Joaquim Barbosa é hoje uma fração do que pareceu ser, e amanhã será ainda menor, e o que sobrar provavelmente se cobrirá de ignomínia para a posteridade.

Para Dirceu e Genoino, o problema é que enquanto ele não volta ao nada de que saiu JB se dedica à arte sadica de persegui-los, sem que eles consigam se defender, prostrados que estão pelas circunstâncias, cada qual de seu jeito.

Neste sentido, não é apenas uma vingança, mas uma covardia.

Entre o diretor de Redação do GLOBO, Ascânio Seleme, e o vice-presidente das Organizações Globo João Roberto Marinho, o presidente do STF, Joaquim Barbosa, personalidade do ano em 2012

Entre o diretor de Redação do GLOBO, Ascânio Seleme, e o vice-presidente das Organizações Globo João Roberto Marinho, o presidente do STF, Joaquim Barbosa, personalidade do ano em 2012

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

20 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Carlos Noqueira

05 de maio de 2014 às 08h14

Acho que o Ex Presidente Lula está arrependido de ter indicado JB para ministro do supremo.
JB foi muito na conversa da midia golpista, mandar prender dois herois nacionais Genoino e Dirceu que lutaram a favor da Liberdade e democracia.

Responder

Regina Azevedo

04 de maio de 2014 às 19h51

Que nojo!

Responder

enganado

04 de maio de 2014 às 12h45

Como no filme o DARTH VADER passou para o lado mal. Acho que esse capa-preta vai morrer logo ali, pois a Direita não o quer em seu ninho. Explicando melhor: A Direita não DIVIDE com NINGUÉM pois o risco que eles correm em ser denunciados não é para dar de graça a um juizeco fuleiro de enésima categoria, que já quer sentar na janela. Aliás, a Direita NÃO aceita quem veio da Esquerda, ex: César Maia, está mas não está, é só fogo de palha. Quer melhor? O FHC nunca foi aceito no DEM, tá explicado! Pergunta que ainda ninguém me respondeu: Porque o DARTH VADER não levou pela proa um processo da Lei Maria da Penha? Porque os Blogueiros AINDA não fizeram uma entrevista com a Espancada do 1o Matrimonio? Se fosse de alguém ligado ao PT e/ou Lula o GAFE já publicaria no FANTÁSTICO SHOW DA VIDA, c/ Aébrio entrevistando.

Responder

Marina

04 de maio de 2014 às 12h23

Marcelo Matarazzo, aquilo que você chama de mansão é uma casa em condomínio irregular como existem centenas em Brasília, habitados pela classe média e que aguardam regularização. Eu mesma, professora da educação básica, vivo em um desses condomínios semelhante ao que Genoíno alugou uma casa para morar. Será que eu vivo numa mansão e não sabia? Deve ser o mesmo caso da cela de Dirceu que foi considerado um hotel de 5 estrelas.

Responder

Ricardo

02 de maio de 2014 às 17h24

JB ainda guarda rancor porque foi desclassificado no concurso para a carreira diplomática. Imagine esse senhor com todo o seu “equilíbrio”, exercendo as funções de diplomata!! Parabén Ministério das Relações Exteriores, vocês fizeram a coisa certa.

Responder

Álvaro

02 de maio de 2014 às 17h20

Esse marionete se sente no auge de sua carreira ao ser bajulado pela mídia conservadora. Mal sabe o imbecil (mas acho que ele sabe) que ele nada mais é do que o que o PIG quer que ele seja. A História vai defenestrá-lo.

Responder

Julio Nogueira

01 de maio de 2014 às 20h57

um lacaio da globo, pulha!

Responder

C.Paoliello

01 de maio de 2014 às 16h15

Só se poderá falar que o Brasil vive numa democracia depois que a besta-fera for devolvido à mediocridade da qual nunca deveria ter saído.

Responder

Teo Ponciano

01 de maio de 2014 às 13h58

Um dos problemas do jb é quando ele não for mais convidado para estes convescotes de famosos.
Aí ele vai ter que voltar a frequentar bares mais humildes, como aquele em que foi flagrado (tomando cerveja em pé)pela veja quando gozava de licença médica no stf (um bom tempo atrás).
Um outro problema é que nestes ambientes ele também corre o sério risco de encontrar quem o afronte (como recentemente num restaurante em Brasília).
Triste fim.

Responder

Reginaldo Lima

01 de maio de 2014 às 16h22

vão se foder seus putos. O que esse políticos malditos fazem com a população é que injustiça. Ta certo Joaquim cadeia neles e em que concordam com eles, pois são iguais.

Responder

    Miguel do Rosário

    01 de maio de 2014 às 14h21

    Olha como pensa e se exprime um barbosiano. Quer prender todo mundo. Bando de sociopatas!

    Responder

    Luís CPPrudente

    02 de maio de 2014 às 19h42

    Reginaldo Lima, você está transtornado diante da sua insignificância tucano-pefelê.

    O teu herói, o Babosão, não terá vida de herói durante muito tempo. Em dezembro ele perderá o encanto e voltará a ser uma abóbora, tal qual você é hoje (e bem insignificante).

    Responder

Gilmar Costa

01 de maio de 2014 às 15h12

Eis o boneco e os seus titeriteiros

Responder

Marcelo Matarazzo.

01 de maio de 2014 às 10h46

Bom dia, Miguel. O erro de Genoíno foi ter alugado uma mansão para cumprir a pena domiciliar.

Responder

    Miguel do Rosário

    01 de maio de 2014 às 11h37

    não foi mansão. ele teve que alugar uma casa para viver.

    Responder

Sonia M B Borges

01 de maio de 2014 às 13h14

Barbosa, o impostor movido por suas frustrações!

Responder

CARLOS ALBERTO NEVES ALBERGARIA BARRETO

01 de maio de 2014 às 05h22

Se barbosa não fosse o ministro presidente do STF,pelas atitudes que eu leio atribuidas à ele,eu até acreditaria que ele cometeu estas maldades.Digo mais, até acreditaria que ele seria capaz de agredir mulheres.Afinal o ministro é um magistrado.

Responder

Sérgio

01 de maio de 2014 às 01h40

Os capitães do mato gozavam de pouquíssimo prestígio social, seja entre os cativos que tinham neles os seu inimigos naturais, seja na sociedade escravocrata, que os considerava inferiores até aos praças de polícia, e os suspeitava de sequestrar escravos apanhados ao acaso, esperando vê-los declarados em fuga para depois devolvê-los contra recompensa.

Responder

    Sérgio

    01 de maio de 2014 às 01h40

    wikipedia, claro.

    Responder

Cecilia Corrêa

01 de maio de 2014 às 04h25

Exílio para os dois. Até este doido ser tido como doido. Eles 2 tem que ir embora daqui.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?