Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Manifestação em Brasília pede democracia na mídia

Por Miguel do Rosário

16 de maio de 2014 : 17h06

Enquanto a Globo mobilizava seus repórteres para fazer uma matéria com uma manifestação de duas pessoas (sic) em Brasília, ignorou uma outra, bem maior, onde se defendia uma regulamentação democrática da mídia. Acho que isso explica muita coisa, né?

A verdade é dura… TV Globo esconde manifestação na sua porta.

Por Zé Augusto, no blog Amigos do Presidente Lula.

O Jornal Nacional da TV Globo é engraçado. Noticiou tudo quanto foi manifestação que teve na quinta-feira (15), algumas bem pequenas, outras um pouco maiores, mas o telejornal escondeu esta manifestação abaixo, no mesmo dia, justamente contra a manipulação da mídia, bem em frente à porta da TV Globo, em Brasília:

Foi a Jornada Continental de Luta pela Paz que, em Brasília, foi conduzida pela CUT-DF, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST, Levante Popular da Juventude e Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação – FNDC, e contou com a participação de vários outros movimentos sociais e sindicatos.

O ato defendeu a integração latino-americana, denunciou as manipulações de informações noticiadas na chamada grande imprensa sobre o que se passa na Venezuela, e acusaram a maioria dos meios de comunicação de massa brasileiros de mostrar uma imagem distorcida do que ocorre atualmente naquele país e em outros que enfrentam interesses do poder do capital internacional e de potências imperialistas, sobretudo dos Estados Unidos.

“É unindo a classe trabalhadora que vamos conseguir fazer o enfrentamento à mídia, à manipulação das informações, à criminalização dos movimentos sociais; é assim que vamos lutar pela liberdade do povo da América Latina. Nós, da CUT-DF, estamos juntos nesta luta”, discursou o presidente da CUT-DF, Rodrigo Britto.

ScreenHunter_3746 May. 16 17.06

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Adma

18 de maio de 2014 às 20h55

A Argentina não calou o Clarin. O Clarin publica o que quer, só deixou de ter o monopólio da informação. O que é muito bom para o povo e a democracia. Tem ue haver diversidade, várias vozes e pontos de vista.
Em tempo: Vai se informar melhor para não escrever bobagens.

Responder

Anônimo

18 de maio de 2014 às 20h52

A Argentina não calou o Clarin. O Clarin continua lá publicando o que quer. Ele só não tem mais o monopólio da informação. O fim dos monopólios de mídia beneficia o povo e a democracia e não o contrário. Vai se informar melhor para não falar besteira.

Responder

Manelito Magalhaes

17 de maio de 2014 às 11h04

Cadê o Movimento Bom Senso? Os atletas sucumbiram à força da Globo?

Responder

    Carlos H. Ribeiro

    18 de maio de 2014 às 12h52

    Quase certeza. Eu me lembro que, logo quando o Bom Senso resolveu incluir a pauta dos horários ruins dos jogos da TV, a Globo fez aquela leitura labial em um jogo do Vasco contra o Cruzeiro, demonstrando uma possível manipulação de resultado.
    Quando vi aquilo, tive certeza que era um recado da Globo ao Bom Senso, do tipo “não mexam com a gente ou vamos jogar merda no ventilador”.

    Responder

Vera Lúcia Piesanti Molinar

17 de maio de 2014 às 12h00

Porque era um tv entreguistas dos interesses do povo venezuelano, bem fez o chaves, pois as tv são uma concessão do povo.

Responder

Sonia Bastos

16 de maio de 2014 às 20h35

Compartilhando, O Cafezinho. que assim seja!

Responder

Francisco Silva

16 de maio de 2014 às 20h32

E AO ESTILO DA ARGENTINA QUE CALOU O CLARIN !!!

Responder

Jose Roberto

16 de maio de 2014 às 20h16

Por que será q quando a esquerda da América latina quando chega ao poder tem como o primeiro alvo a LIBERDADE DE IMPRENSA?aqui não é a Venezuela onde a maior tv deles foi posta de joelhos pelo ditador Chavez

Responder

    Jose Neto

    16 de maio de 2014 às 18h19

    Vai mentir em outro lugar, 95% da mídia na Venezuela é privada. E a concessão foi cassada por tentativa de golpe de estado e sempre lembrando que a concessão é pública.

    Responder

    Jacó do B

    16 de maio de 2014 às 20h54

    A direita sempre teve o discurso contra os monopólios. Só que monopólios de empresas públicas: Petrobras, Vale do Rio Doce, Telebras, + Brás, Brás, Brás… O discurso de vocês, da direita tucana, cabe como uma luva no caso da mídia golpista, hoje. Repitam o discurso!

    Responder

    sergio m pinto

    17 de maio de 2014 às 07h51

    Sabe de nada, inocente.

    Responder

Deixe um comentário