Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Estrangeiros já deixaram saldo de US$ 11 bi na Bolsa este ano

Por Miguel do Rosário

05 de junho de 2014 : 02h02

Francamente, não sei o que isso significa.

Não sei se é bom, por estar entrando mais dinheiro no Brasil. Ou se é ruim, porque os estrangeiros estão se aproveitando do “clima ruim” para comprar ações em baixa de empresas brasileiras. O jogo dos mercados financeiros é pesado. Prefiro ser acusado de paranoico, por imaginar que há uma operação midiática internacional para deprimir os preços no país, e nos comprar barato, do que ser acusado de bobo por não ter nunca pensado nisso.

De qualquer forma, os números mostram que os grandes investidores internacionais continuam apostando fortemente no Brasil. E, para eles, quanto mais “mau humor”, melhor, porque compram mais barato.

Para os barões da mídia, que bebem uísque junto com esses investidores, é o melhor dos mundos. Enfraquecem o governo, se aliam ao capital internacional e ganham dinheiro. Não é a tôa que a fortuna dos Marinho se tornou a maior do país.

O gráfico abaixo foi publicado na Folha desta quarta-feira.

ScreenHunter_3880 Jun. 05 01.43

 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Francisco Sousa

05 de junho de 2014 às 15h54

É relevante porque mais de 50% do volume negociado na bovespa são feitos pelos estrangeiros. Com o Dow Jones nas máximas históricas e o ibovespa bem longe disso, tem o custo e a oportunidade.

Responder

Jorge Silva

05 de junho de 2014 às 12h49

“Ou se é ruim, porque os estrangeiros estão se aproveitando do “clima ruim” para comprar ações em baixa de empresas brasileiras.” Na verdade não existe isso de comprar ações em baixa. A ação vale o que tem que valer de acordo com o momento. Se estivesse em baixa o mercado trata de corrigir o valor trazendo a ação para o valor real.

Responder

Eduardo Londero

05 de junho de 2014 às 11h11

Nem bom nem mau. O mercado secundário da bolsa se torna irrelevante, mera mesa de jogo para especuladores. As ações descolam do valor dos dividendos, deixam, de ser interessante para fundos de pensão e investidores que buscam yeld (remuneração via dividendos). Para os trabalhadores do mundo real deixa de ser uma alternativa, e tanto se nos dá se lá dentro os especuladores ganham ou perdem.

Responder

André Ferreira

05 de junho de 2014 às 10h24

Prefiro investimento direto. Essa coisa de entrada de capitais em ações ….nunca me engana.

Responder

Deixe um comentário