Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Dilma fala à CNN sobre derrota para a Alemanha

Por Miguel do Rosário

10 de julho de 2014 : 13h50

As respostas da presidenta ficaram “ajeitadas”, como se diz na roça. Ela se saiu bem nessa primeira parte, a meu ver.

ScreenHunter_4184 Jul. 10 15.59

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

16 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

francisco ramos

23 de julho de 2014 às 06h58

O sobrenome da presidente não é Scolari nem Parreira. Como brasileira, ela lamentou, assim como todos nós, a dura derrota para Alemanha. Como chefe de Estado, ela e sua equipe demonstraram, juntamente com a generosidade ímpar do povo brasileiro, capacidade para organizar uma das melhores copas dos últimos tempos. E levou a taça do desafio.

Responder

Messias Franca de Macedo

11 de julho de 2014 às 20h41

… E, aí, vem a presidente Dilma Rousseff e nos impinge um gol contra! E na prorrogação! ENTENDA!

##############

DILMA VAI LEVAR BARBOSA PARA A FINAL NO MARACANÃ

Presidente do STF foi convidado pela presidente Dilma Rousseff e confirmou presença no jogo final da Copa do Mundo, no domingo 13; taça será entregue a Messi ou a Lahm, capitães de Argentina e Alemanha; antes da partida no Maracanã, no Rio de Janeiro, Joaquim Barbosa participará de almoço oferecido por Dilma com vários chefes de Estado no Palácio Guanabara; esta será a última agenda oficial do ministro antes das férias; JB anunciou aposentadoria para julho, mas depois adiou para agosto e ainda pediu período de repouso

11 DE JULHO DE 2014 ÀS 16:17

(…)

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/247_na_copa/146439/Dilma-vai-levar-Barbosa-para-a-final-no-Maracan%C3%A3.htm

###################

NOTA FÚNEBRE: a derrota de 7 X 1 frente a Alemanha foi uma cócega em comparado com a dor produzida por este insulto a nós todos – militantes que só servimos para comer poeira! E passar RRAAAIIIIVVVAAAAAAA!

Perdi a Copa! Literalmente!

Responder

JURIDICO

11 de julho de 2014 às 15h11

“(…)não compre a história de que esta perda vai deixar alguma cicatriz indelével em um país tentando desesperadamente prosperar em uma série de áreas que não têm nada a ver com futebol. Essa ideia é um pouco humilhante para os brasileiros, que são a coleção de almas mais acolhedoras com que eu me deparei.”

Responder

Mara Rocha

11 de julho de 2014 às 11h49

adorei….

Responder

Gileno Braga

11 de julho de 2014 às 02h52

Ajeitada, é…

Responder

Reginaldo Jung

11 de julho de 2014 às 01h58

Parabéns Tania!!

Responder

Reginaldo Jung

11 de julho de 2014 às 01h58

Parabéns Tania!!

Responder

Shirley Lima

10 de julho de 2014 às 22h01

Genial, Tania Orsi Vargas!!!!!Exatamente isso

Responder

Rui

10 de julho de 2014 às 17h28

José Roberto (Arruda?), quanto amargor, quanto azedume!
A Alemanha é um país super ausländerfreundlich (xenofílico). Pode-se pedir asilo emocional para lá.
Tânia O. Vargas, adorei o “O todo da festa engoliu a Copa!!!”. Sua frase é o melhor remédio contra os que têm aftas na alma.

Responder

Tania Orsi Vargas

10 de julho de 2014 às 19h32

O BRASIL ENGOLIU A COPA DO MUNDO

Logo que o Brasil perdeu a partida contra a Alemanha, fiquei muito perplexa, não conseguindo fazer uma avaliação fria do ocorrido. Passadas algumas horas, entretanto, comecei a me dar conta de algo bem interessante. O jogo perdido foi uma derrota em campo, uma derrota no esporte e isso não é nenhuma tragédia. E agora, após alguns dias, então, eu percebo que outro sentimento muito mais importante está me deixando muito feliz. Ao contrário de outras copas onde apenas éramos visto como uma seleção e até tivemos belas vitórias, era apenas esporte, apenas o país do futebol e do carnaval que os gringos olhavam com curiosidade como se olha pra uma tribo exótica que de repente é campeã mundial de futebol.
Hoje não, hoje o Brasil é que é o campeão , o Brasil é que foi visto pelo mundo e não como uma tribo exótica, um país totalmente desconhecido, mas um país que se eleva a uma condição de dignidade como nação pelo que é , pelo que eles viriam aqui, seja dos coxinhas nas arquibancadas, gente bonita e de vida confortável, como também os mais pobres festejando nas ruas, as crianças dançando em locais paupérrimos.
Esta derrota no futebol foi providencial para provar que o que nos faz sentir felizes e orgulhosos é muito mais que ter uma boa seleção de futebol.
O todo da festa engoliu a Copa!!!

Tania Orsi Vagas

Responder

    Anônimo

    10 de julho de 2014 às 19h57

    Muito bom!

    Responder

Jose Roberto

10 de julho de 2014 às 19h17

ELA FALOU SOBRE A INFLAÇÃO,O PIBINHO Q VEM AÍ,O ROMBO NAS CONTAS EXTERNA?SERIA MAIS IMPORTANTE

Responder

    S Rod

    10 de julho de 2014 às 21h08

    Qual inflacao, a 10% de FHC ou do desemprego de FHC,Aecio e Serra, se esqueceu, refresque a memoria na net, sao fatos o Brasil da era tucana era um Pais falido em todos os sentidos, nao so’ com o pires na mao pedindo esmolas ao FMI. Era um Pais onde nao se construia sequer uma ponte de madeira. Eu falo isso aos jovens todos os dias. Nao queremos voltar ao passado, queremos mais, mas mais com os progressistas e nao com os predadores. Queremos mais humanismo e nao o egoismo.

    Responder

    Panambi

    10 de julho de 2014 às 21h24

    Mãe Dináh?

    Responder

Jorge Marinho Guimarães

10 de julho de 2014 às 19h15

Como se diz na roça.

Responder

Deixe um comentário