Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Dilma vai falar na TV: graças a Deus!

Por Miguel do Rosário

26 de julho de 2015 : 15h48

A imprensa informa que Dilma falará em rede nacional nos próximos dias.

Excelente!

Deus seja louvado!

Uma pena que Dilma sempre espere a situação chegar no limite para tomar uma atitude.

O recuo no primeiro de maio foi um erro terrível.

A primeira fala de Dilma havia sido outro erro tosco: vir à TV falar de ajuste?

O erro principal, porém, é dar um caráter excepcional aos pronunciamentos.

É preciso que eles sejam frequentes, propositivos, corajosos.

E complementados por entrevistas com a presidenta semanais, exibidas na TV Brasil e nas redes sociais.

Esperemos que a presidenta acerte o tom: não precisa ser triunfalista. Tem que ser humilde, falar dos problemas, prestar contas de iniciativas de seu governo.

Esperemos também que haja um pouco de criatividade na formatação do vídeo.

Dilma Rousseff foi reeleita presidenta da república em outubro do ano passado, por 54 milhões de eleitores.

Entenda: foi reeleita. Ou seja, os brasileiros decidiram, pela segunda vez consecutiva, dar-lhe a liderança política maior do país.

Assim como deram a FHC.

Assim como deram a Lula.

Ambos enfrentaram crises políticas e econômicas, e cada um as enfrentou a seu jeito.

FHC tinha o apoio da grande mídia.

Lula tinha o carisma construído ao longo de 30 anos de militância política.

Dilma não tem nenhum dos dois, por isso precisa, mais do que os presidentes anteriores, de uma estratégia original de comunicação.

Seus discursos tem de ser sempre originais e criativos, sem os vícios de cerimonial (tipo perder 20 minutos agradecendo os 200 políticos ou autoridades presentes).

Boa notícia também que Dilma retomará o Conselhão.

É um tanto inexplicável que o governo tenha, voluntariamente, fechado os canais de comunicação com a sociedade.

Mas antes tarde do que nunca.

Falta agora o governo fazer uma grande prestação de contas sobre o problema da educação no país. Mostrar o que fez, apontar os gargalos, ouvir a sociedade, criar um canal específico para o tema ser discutido.

Na terça-feira que vem, haverá o lançamento de uma plataforma de ouvidoria do governo, o Participa. Haverá conversas com o secretário Miguel Rosseto, e depois a própria presidenta irá se pronunciar à tarde.

Esperemos que seja alguma coisa grande.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

243 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

italo

28 de julho de 2015 às 12h44

Não é só quem dançou em operação da PF que quer derrubar a Dilma. Quem perdeu tetas gordas, quem perdeu eleição, também. Leitores do PIG não estão contentes com governos que iniciaram investigações de desvio e roubo de dinheiro público durante seus governos, e fala serio! Culpar quem mostrou à sociedade como estamos sendo roubados à décadas, obviamente por pessoas que ocupam cargos durante seus governos, é manipulação. O escândalo está na celebrização dos flagrados, dos derrotados nas urnas e daqueles que acreditam que a sociedade pensa realmente que antes de investigar não tinha tanta corrupção. A mensagem para devolver o governo à velhas raposas não vai colar. Apesar do esforço dos coxinhas, que se rasgam tudo, comentando em blogs ‘sujos’.

Responder

Alan Ribeiro

28 de julho de 2015 às 14h58

O melhor discurso de Dilma seria dizer:
“Vim pedir desculpas pelos erros e buscar a união em favor do Brasil. Iniciarei pelo respeito às instituições. Vou passar a receber os chefes de todos os poderes da República pessoalmente. A partir de hoje não negociarei cargos e favores para fazer prevalecer apenas as vontades do Executivo. A partir de hoje vou dividir a responsabilidade da condução do Governo com os outros poderes. Não farei acordos espúrios em nome de um falso “bem maior”. Passarei a escolher a minha equipe de governo sem olhar as cores partidárias. Não haverá um eles contra nós, mas a união em torno das novas políticas de Estado. Não estimularei a divisão, mas a união em torno dos problemas que precisamos resolver.”
E assim vai.

Responder

Alan Ribeiro

28 de julho de 2015 às 14h58

O melhor discurso de Dilma seria dizer:
“Vim pedir desculpas pelos erros e buscar a união em favor do Brasil. Iniciarei pelo respeito às instituições. Vou passar a receber os chefes de todos os poderes da República pessoalmente. A partir de hoje não negociarei cargos e favores para fazer prevalecer apenas as vontades do Executivo. A partir de hoje vou dividir a responsabilidade da condução do Governo com os outros poderes. Não farei acordos espúrios em nome de um falso “bem maior”. Passarei a escolher a minha equipe de governo sem olhar as cores partidárias. Não haverá um eles contra nós, mas a união em torno das novas políticas de Estado. Não estimularei a divisão, mas a união em torno dos problemas que precisamos resolver.”
E assim vai.

Responder

Sandro Xavier

28 de julho de 2015 às 14h35

CARTA ABERTA AO MINISTRO PRESIDENTE DO STF

Caro colega de magistratura,
Excelentíssimo Ministro Ricardo Lewandowski,

Dirijo-me a V.Ex.a, na qualidade de juiz federal premiado por produtividade – e que sabe que sem os servidores não existe Judiciário, nem justiça – e, também, na qualidade de cidadão e de professor de Direito Constitucional, para me colocar contra a atitude de V.Ex.a, expressa na nota publicada no portal eletrônico do STF, com o seguinte teor:
Considerando o veto da Excelentíssima Senhora Presidente da República ao PLC nº 28/2015, publicado no Diário Oficial desta data, levo ao conhecimento dos servidores do Poder Judiciário da União que, firme em meus propósitos de valorização da categoria, determinei aos nossos técnicos a retomada de negociações com o Ministério do Planejamento, buscando construir uma solução que permita recompor a sua remuneração, em bases dignas, mas condizentes com a atual realidade econômica do País.
Perdoe-me, mas se V.Ex.a quer estar firme em seus propósitos de valorização da categoria, a solução não é procurar os técnicos para que retomem as negociações com o Ministério do Planejamento.
Não podemos admitir que trabalhadores (e nossos servidores também o são) não tenham data-base e que não seja respeitado em relação a eles o disposto no art. 37, X, da Constituição Federal – que lhes assegura, entre outros, a revisão remuneratória anual, sempre na mesma data, sem distinção de índices.
Se atualmente há uma defasagem salarial de 56%, é porque o último reajuste ocorreu com a Lei nº 11.146, de 2006 (PCS III), que recompôs parte da discrepância existente à época, em 4 (quatro) parcelas espaçadas entre os anos de 2007 e 2008. Desde então, não houve qualquer reajuste, diversamente do que ocorreu com outras categorias do funcionalismo, que tiveram seus salários reajustados no período de 2009 a 2012.
A dimensão do reajuste concedido pelo Congresso revela nossa falha como gestores de um Poder, nosso erro em deixar os servidores tantos anos sem revisões salariais. Por sinal, agradeço o indispensável empenho de V.Ex.a. para que o reajuste dos magistrados tenha ocorrido. No entanto, sinto-me profundamente desconfortável em recebê-lo enquanto toda minha equipe fica à míngua.
O PLC 28/2015 recompõe os vencimentos dos servidores gradativamente, em seis parcelas espaçadas entre julho de 2015 e dezembro de 2017. O índice de 78%, que vem sendo alardeado como “não condizente com a atual realidade econômica do País”, alvo dos petardos da grande mídia e mote da Presidente da República para sentir-se à vontade ao anunciar o seu veto, diz respeito, na verdade, somente aos “Auxiliares Judiciários”. Os suntuosos 78% serão concedidos a menos de uma dúzia de servidores que fazem parte de um cargo flagrantemente em extinção.
Os servidores do Poder Judiciário da União não podem pagar a conta do ajuste fiscal. Não se trata de aumento real, e sim de reposição da inflação, considerando todos esses anos sem reajuste. Além disso, a conta não é do tamanho divulgado pela imprensa, que sequer levou em consideração a Nota Técnica do STF.
Excelência, a Presidente da República desprezou essa Nota Técnica, a qual revela o real montante do reajuste. Não prestigie o veto que desprestigia V.Ex.a!
O Poder Judiciário precisa ser liderado por V. Ex.a também no que diz respeito aos seus servidores, sob pena de torná-lo mero apêndice, servil e tíbio, do Poder Executivo. Não é a hipótese de se delegar a técnicos do Ministério do Planejamento a responsabilidade de recomeçar do zero e conduzir negociação, cientes de que sempre ofereceram percentuais irrisórios. Sentar novamente com técnicos do Poder Executivo é prestigiar o veto e não o Congresso Nacional que, por ampla maioria, aprovou o PLC 28/2015.
A constante e renovada falta de tratamento condigno para com os nossos servidores poderá ter consequências gravíssimas para o próprio Poder Judiciário da União e para o País. Não podemos nos omitir, calar ou acovardar em momento tão sério. A perda da liderança do STF, neste momento, fará com que todo o Judiciário perca a confiança na Corte Suprema e, pior, levará o comando do assunto para níveis hierárquicos inferiores.
Órfãos de liderança que exerça o papel de proteger o mínimo de justiça e o art. 37, X, da Constituição Federal, restará aos servidores do PJU apenas o recurso último dos trabalhadores: uma greve, que será tão moral e legítima quanto é imoral e injusto o veto presidencial. Após sete anos de reajustes na energia elétrica, gás, alimentos, escolas, planos de saúde etc., não teremos autoridade moral para nos opormos a uma greve profunda e definitiva dos servidores do Poder Judiciário da União.
Não se pode admitir que o Poder Executivo pise nos servidores, os mesmos que processaram o “Mensalão”, a “Lava Jato”, as execuções fiscais e a defesa da Constituição para toda a sociedade.
O que esperamos, todos, de V.Ex.a, é uma atitude firme, republicana, garantidora da Constituição Federal e da independência do Poder Judiciário. Esperamos de V.Ex.a que lute conosco junto ao Congresso para que o veto ao PLC 28/2015 seja derrubado.
Clamo a V.Ex.a que não abandone os seus e os meus servidores ao relento, que prestigie o Congresso e que nos lidere neste momento.
Atenciosamente,

William Douglas, juiz federal, servidor público.

Responder

Sandro Xavier

28 de julho de 2015 às 14h35

CARTA ABERTA AO MINISTRO PRESIDENTE DO STF

Caro colega de magistratura,
Excelentíssimo Ministro Ricardo Lewandowski,

Dirijo-me a V.Ex.a, na qualidade de juiz federal premiado por produtividade – e que sabe que sem os servidores não existe Judiciário, nem justiça – e, também, na qualidade de cidadão e de professor de Direito Constitucional, para me colocar contra a atitude de V.Ex.a, expressa na nota publicada no portal eletrônico do STF, com o seguinte teor:
Considerando o veto da Excelentíssima Senhora Presidente da República ao PLC nº 28/2015, publicado no Diário Oficial desta data, levo ao conhecimento dos servidores do Poder Judiciário da União que, firme em meus propósitos de valorização da categoria, determinei aos nossos técnicos a retomada de negociações com o Ministério do Planejamento, buscando construir uma solução que permita recompor a sua remuneração, em bases dignas, mas condizentes com a atual realidade econômica do País.
Perdoe-me, mas se V.Ex.a quer estar firme em seus propósitos de valorização da categoria, a solução não é procurar os técnicos para que retomem as negociações com o Ministério do Planejamento.
Não podemos admitir que trabalhadores (e nossos servidores também o são) não tenham data-base e que não seja respeitado em relação a eles o disposto no art. 37, X, da Constituição Federal – que lhes assegura, entre outros, a revisão remuneratória anual, sempre na mesma data, sem distinção de índices.
Se atualmente há uma defasagem salarial de 56%, é porque o último reajuste ocorreu com a Lei nº 11.146, de 2006 (PCS III), que recompôs parte da discrepância existente à época, em 4 (quatro) parcelas espaçadas entre os anos de 2007 e 2008. Desde então, não houve qualquer reajuste, diversamente do que ocorreu com outras categorias do funcionalismo, que tiveram seus salários reajustados no período de 2009 a 2012.
A dimensão do reajuste concedido pelo Congresso revela nossa falha como gestores de um Poder, nosso erro em deixar os servidores tantos anos sem revisões salariais. Por sinal, agradeço o indispensável empenho de V.Ex.a. para que o reajuste dos magistrados tenha ocorrido. No entanto, sinto-me profundamente desconfortável em recebê-lo enquanto toda minha equipe fica à míngua.
O PLC 28/2015 recompõe os vencimentos dos servidores gradativamente, em seis parcelas espaçadas entre julho de 2015 e dezembro de 2017. O índice de 78%, que vem sendo alardeado como “não condizente com a atual realidade econômica do País”, alvo dos petardos da grande mídia e mote da Presidente da República para sentir-se à vontade ao anunciar o seu veto, diz respeito, na verdade, somente aos “Auxiliares Judiciários”. Os suntuosos 78% serão concedidos a menos de uma dúzia de servidores que fazem parte de um cargo flagrantemente em extinção.
Os servidores do Poder Judiciário da União não podem pagar a conta do ajuste fiscal. Não se trata de aumento real, e sim de reposição da inflação, considerando todos esses anos sem reajuste. Além disso, a conta não é do tamanho divulgado pela imprensa, que sequer levou em consideração a Nota Técnica do STF.
Excelência, a Presidente da República desprezou essa Nota Técnica, a qual revela o real montante do reajuste. Não prestigie o veto que desprestigia V.Ex.a!
O Poder Judiciário precisa ser liderado por V. Ex.a também no que diz respeito aos seus servidores, sob pena de torná-lo mero apêndice, servil e tíbio, do Poder Executivo. Não é a hipótese de se delegar a técnicos do Ministério do Planejamento a responsabilidade de recomeçar do zero e conduzir negociação, cientes de que sempre ofereceram percentuais irrisórios. Sentar novamente com técnicos do Poder Executivo é prestigiar o veto e não o Congresso Nacional que, por ampla maioria, aprovou o PLC 28/2015.
A constante e renovada falta de tratamento condigno para com os nossos servidores poderá ter consequências gravíssimas para o próprio Poder Judiciário da União e para o País. Não podemos nos omitir, calar ou acovardar em momento tão sério. A perda da liderança do STF, neste momento, fará com que todo o Judiciário perca a confiança na Corte Suprema e, pior, levará o comando do assunto para níveis hierárquicos inferiores.
Órfãos de liderança que exerça o papel de proteger o mínimo de justiça e o art. 37, X, da Constituição Federal, restará aos servidores do PJU apenas o recurso último dos trabalhadores: uma greve, que será tão moral e legítima quanto é imoral e injusto o veto presidencial. Após sete anos de reajustes na energia elétrica, gás, alimentos, escolas, planos de saúde etc., não teremos autoridade moral para nos opormos a uma greve profunda e definitiva dos servidores do Poder Judiciário da União.
Não se pode admitir que o Poder Executivo pise nos servidores, os mesmos que processaram o “Mensalão”, a “Lava Jato”, as execuções fiscais e a defesa da Constituição para toda a sociedade.
O que esperamos, todos, de V.Ex.a, é uma atitude firme, republicana, garantidora da Constituição Federal e da independência do Poder Judiciário. Esperamos de V.Ex.a que lute conosco junto ao Congresso para que o veto ao PLC 28/2015 seja derrubado.
Clamo a V.Ex.a que não abandone os seus e os meus servidores ao relento, que prestigie o Congresso e que nos lidere neste momento.
Atenciosamente,

William Douglas, juiz federal, servidor público.

Responder

Romeu Meirelles

28 de julho de 2015 às 10h20

#ForaDilma. Vai ter Panelaço. Ninguém aguenta mais essa traidora dos trabalhadores do judiciário.

Responder

Alexandre Santiago

28 de julho de 2015 às 02h42

dilma quebrou o Brasil agora vai falar oque

Responder

Fátima Pessoa

28 de julho de 2015 às 02h35

Panela prá que te quero?

Responder

Vilna Christian

28 de julho de 2015 às 01h44

Fala soberana, nós te ouviremos! Deixemos que batam panela, nós bateremos palmas!

Responder

Carlos Teixeira

28 de julho de 2015 às 01h36

Tomara que fale alto e bom tom……ESTOU SAINDO…..FUI

Responder

Manoel ex-PeTralha

27 de julho de 2015 às 21h59

Segundo a Presidenta, tudo está bem.
O Brasil está tão bem que ela resolveu elevar os juros para dar uma desaquecedinha.
Falou também que a imprensa é ótima. Quem não estiver gostando que mude de canal.

Cardozo disse que, se alguém disser que ele disse algo, ele nega, pois está tudo óbvio. Repubiclanamente ele não irá se manifestar, cada um que tome sua decisão. Dilma assina embaixo, afinal de contas, ela é a Chefa dele e de Edinho.

Responder

    Miguel do Rosário

    28 de julho de 2015 às 11h15

    Nada está bem e a presidenta nunca disse isso. O Brasil está lutando para se desenvolver e há muitos interesses conflitantes em jogo

    Responder

Junior Alves

28 de julho de 2015 às 00h27

Bemmm vaca que a panela ta esperando !!! Ela nao tem moral pra mais nada !!! Incompetente, conivente, trapaceira, ladra da dignidade do povo brasileira ! Usurpadora Dilma lula e todos os petralhas !!! Cadeiaaa pra todos !!!!

Responder

David Ranieri

28 de julho de 2015 às 00h13

Ela vai fazer um discurso para a MACACHEIRA? Porque a mandioca já foi. Kkkkk

Responder

José Antonio

28 de julho de 2015 às 00h08

Vai saudar a mandioca, de novo?

Responder

Mendes Copiadora Mendes

27 de julho de 2015 às 23h33

Aí vem merda!!! Grande FDP!!!

Responder

Deborah Teixeira

27 de julho de 2015 às 23h21

Bem, espero que ela consiga convencer seu eleitorado, apesar dos paneleiros. Vamos ver. O ”menino do rio” já tá convocando os retardados pra irem pras ruas pedir o impeatchman(espero que caia um toró de lascar no dia!! ) . Sabe, Miguel Do Rosario, fico pensando se o impeachtman seria realmente uma boa maneira de o PSDB chegar ao Planalto. Seria um processo que duraria meses e atingiria a economia, além da ruptura democrática flagrante. Teriam que convocar novas eleições para as quais certamente concorreriam sozinhos ou talvez com os partidos nanicos e o PMDB de Eduardo Cunha. Não acredito que o PT ou mesmo a Marina se candidatassem. Não iriam legitimar um golpe. Os tucanos levariam por WO, tornando ainda mais claro seu golpe, sua tomada do poder por meio de subterfúgios legais. O povão veria isso fácil. Os tucanos teriam que governar um país com uma economia destroçada. Bem, todos sabemos os remédios que eles iriam propor. Daí os movimentos sindicais e eu estaremos nas ruas pra tentar impedir esses movimentos. Pense num fuzuê!! Não sei… Acho que eles querem mais que Dilma Rousseff renuncie, porque assim ela deixaria o caminho livre pra eles e ainda sairia como única culpada. Por isso acho mais provável eles continuarem a fragilizar o governo dela até que ela renuncie, até o limite da irresponsabilidade.

Responder

Fernando Batista

27 de julho de 2015 às 22h36

Kkkkk

Responder

Barbosa Filho

27 de julho de 2015 às 21h09

Haja panela!…

Responder

Lucerna Amendola Serejo

27 de julho de 2015 às 21h06

Infelizmente ela é assim!

Responder

Maria Aparecida Casagrande

27 de julho de 2015 às 20h53

#FalaCoracaoValente.

Responder

Lucia Nogueira

27 de julho de 2015 às 17h54

Deus não têm nada a ver com isso. Espero muito panelaço.

Responder

italo

27 de julho de 2015 às 14h21

É o contra-golpe!!! Viva!!! A Dilma vai retomar o poder das mãos da globo e da veja, antes que entreguem para o PSDB.

Responder

Jorge Miguel Caliman

27 de julho de 2015 às 16h42

bem vamos aguardar…. eu diria pra madam: no cu_ador é melhor !!!

Responder

Frederico Joao Micucci Micucci

27 de julho de 2015 às 16h33

Só vai falar merda…incompetente

Responder

Rossi Rodrigues

27 de julho de 2015 às 16h23

La vai ela saldar a mandioca e falar das “mulheres sapiens” vai la, aproveita enquanto pode hauahauahau…

Responder

Camila Laschewitz

27 de julho de 2015 às 15h48

Juliana Hess Lancieri

Responder

Alberto Cerqueira

27 de julho de 2015 às 14h54

Os coxinhas não gostam de Dilma por que é séria. Eles gostam de Aecio, Renan e Eduardo Cunha que estão contra o PT! ESSES COXINHAS SÀO FRACOS DE CABEÇA , só acreditam em corruptos! Jkkkk

Responder

José Mauricio Angelini Figueiredo

27 de julho de 2015 às 14h20

Corrupção sistêmica, podem colocar quem quiser na presidência PT,PSDB,DEM,PSTU, etc, nada mudará!!!!!
Precisamos nos unir como uma Nação e acabar com esta politica sórdida onde o contribuinte só paga impostos e não tem nada em troca!
Enquanto os senhores políticos brincam com nosso dinheiro!
Licitações fajutas de obras faraônicas para ajudar os amiguinhos empreiteiros, descaso com a saúde e educação pública, verba de gabinete, cartão corporativo, bolsa voto para pobre, aspones aos milhares ganhando muito bem, elevação de impostos!
ICMS, IOF, COFINS,IPTU, IPVA, LICENCIAMENTO DE VEÍCULO, PEDÁGIO!
Segurança Pública relevada a segundo plano num dos países mais violentos do mundo!
Olimpiada num país de miseráveis!
Coronelismo no Nordeste!
Carnaval, futebol e novelas tem mais importância para o povo do questões politicas fundamentais para o país!
A Nação Brasilrecisa amadurecer e muito!

Responder

Mara Pacheco

27 de julho de 2015 às 13h47

A comunicação é tão ruim que nem sei se acho bom :(

Responder

Luis Carlos Fernandes De Medeiros Medeiros

27 de julho de 2015 às 12h46

PRIMEIRAMENTE DEVERIA PEDIR DESCULPAS AO POVO PELAS MERDAS QUE FEZ, E CONTINUARÁ FAZENDO,

Responder

Anderson Melo

27 de julho de 2015 às 12h41

qto o edinho ta pagando pelo blog?

Responder

Jose Chagas

27 de julho de 2015 às 12h10

Ai doutor Rogério kkkkk .. .

Responder

Fellipe Pontes

27 de julho de 2015 às 12h08

Ouço panelas…

Responder

Jose Chagas

27 de julho de 2015 às 12h03

A Rainha do besteirodes tenho até que inventar uma palavra nova como presidenta Dilma Rousseff está palavra não tem gênero

Responder

Fernando Albuquerque

27 de julho de 2015 às 11h55

Se tiver medo de panelaço, pede para sair. Se Dilma fosse mais a TV, desmascarando a mídia usando a própria mídia, a popularidade dela não estaria chegando a zero.

Responder

Eliza Almeida

27 de julho de 2015 às 11h40

Marcelo Quintao gostei da sua crítica. Penso que os eleitores devem cobrar dos seus candidatos a presença nos debates.

Responder

Sueli Gonçalves

27 de julho de 2015 às 11h31

Também concordo, tem que ir para a televisão e falar bastante. Eles já têm a TV a seu dispor, vamo Dilma!!!

Responder

Marcelo Quintao

27 de julho de 2015 às 10h14

A prática de falar apenas em caráter excepcional e apenas para platéias cativas vem do Lula. Nada de entrevistas coletivas como uma rotina, responder perguntas abertas, conversar com a população e não com a militância. Infelizmente, o que parece estar em vista é o reforço do papel do marqueteiro, o que não me interessa como cidadão.

Responder

Rodrigues Ramari

27 de julho de 2015 às 09h50

Petista come bosta temperada, não tem outra explicação para tanta alienação da realidade.

Responder

    Eliza Almeida

    27 de julho de 2015 às 11h36

    Quando falta argumento sobra apenas o xingamento. Estude, o estudo é fundamental para desenvolver o pensamento complexo. Quem estuda consegue fazer relações, estruturar uma discussão com lógica argumentativa. Tem pessoas que até possuem um diploma, mas infelizmente mostram que o estudo não faz parte de sua vida, não tem o estudo como um valor.

    Responder

    Rodrigues Ramari

    27 de julho de 2015 às 11h41

    Eliza Almeida vá comer. Seu mal é fome. Piada do ano, petista mandar alguém estudar. Tiveram o cerebro lavado com água de esgoto e ficam com ar superior. Vocês são superiores num quesito: roubar.

    Responder

Antonio Charles

27 de julho de 2015 às 09h16

A começar pela mentira de desaprovação da presidente que segundo a pesquisa encomendada pela oposição seria a desaprovação de 93%. Ora minha gente, eles dizem terem ouvido 2002( duas mil e duas pessoa ) pessoas em 137 cidades, dividindo 2002 pessoas por 137, dará 14 pessoas por cidade, isso não serviria nem para medir popularidade de prefeito em cidade pequena, quanto mais popularidade de presidente. O país tem 142.822.046 (cento e quarenta e dois milhões, oitocentos e vinte e dois mil e quarenta e seis eleitores) dizer que se entrevistou 2002 ( duas mil e duas pessoas) e a desaprovação da presidente é de 93% , isso é brincar com a matemática e chamar o povo de idiota, fico pasmo que a mídia ( jornal,revista,rádio e televisão ) publicam direto isso, já é a terceira ´´ Pesquisa“ dos 2002( dois mil e duas pessoas ) Eu pergunto; será que esses editores,repórteres e radialistas, são pessoas de confiança, ou simplesmente analfabetos? simplesmente papagaios que repetem tudo o que ouvem sem analisar, perdendo com isso a credibilidade, porque quem engana o povo não merece crédito para divulgar notícia nenhuma. Devem ser penalizados.

Responder

    Elton Lopes Alcantara Gomes

    28 de julho de 2015 às 01h26

    Antônio, leia um pouco sobre estatísticas…… Você verá que esse é um número representativo. ….. Além disso o que ela tem é uma aprovação de 7%, daí o “uso” e a “manipulação” do número dizendo que 93% é contra. …..

    Responder

    Elton Lopes Alcantara Gomes

    28 de julho de 2015 às 01h28

    Mas ela é muito fraca realmente…. só tem que ficar até o final para acabar de vez com essa grande falácia promovida pelo PT que são bons governantes.

    Responder

    Antonio Charles

    28 de julho de 2015 às 10h49

    Elton, Não é só ler, é calcular, é matemática, é raciocinar, ai a gente descobre a verdade. te dou um exemplo mais simples. Veja as pesquisa em sua cidade para prefeito,quantas pessoas se ouve para se formar uma opinião sobre um candidato e você vai entender, você vai ver que se entrevistando 2002 (duas mil e duas) pessoas jamais definiria uma aprovação ou reprovação para presidente, esses 2002 pessoas em cidade de 200.000 (duzentos mil eleitores) 2002 ( duas mil e duas) pessoas seria 1% desses eleitores, então ainda não daria para definir uma opinião sobre o candidato a prefeito. Agora imagina 2002( duas mil e duas pessoas) para definir uma opinião para presidente diante de um eleitorado de 142.822.046 (cento e quarenta e dois milhões,oitocentos e vinte e dois mil, e quarenta e seis) o que chegaria a ser (2002) duas mil e duas pessoas? Isso foi chamar o povo Brasileiro de idiota, e o pior de tudo a mídia em peso divulgou, uns porque são maria vai com as outras, e outros por apoiar a conspiração. portanto raciocinar e calcular é muito bom. Fica a dica.

    Responder

Taiane Beatriz

27 de julho de 2015 às 08h55

Vai dar merda. Vão distorcer oq ela disse etc e tals

Responder

Nicola Filardo

27 de julho de 2015 às 05h25

Cafezinho, ela sabe o que faz. Confie. Chega de fogo amigo, não ajuda em nada!

Responder

Elza Santiago

27 de julho de 2015 às 04h18

Vou esperar .

Responder

Estela Ribeiro Ribeiro

27 de julho de 2015 às 03h27

SOMOS TODOS DILMA

Responder

    Janaina

    27 de julho de 2015 às 09h51

    Estela somos mais Dilma

    Responder

Gilberto Machry

27 de julho de 2015 às 03h07

Esperamos q. Mostre mais a cara confronte essa mídia seja governo mande e não seja submissa

Responder

Elizabete Rodrigues

27 de julho de 2015 às 03h06

Olha…Deus seja louvado mesmo! Sempre a coloco nas minhas orações, Amém!

Responder

Mauro Batista

27 de julho de 2015 às 02h46

as panelas aqui estão todas afiadas a espera dela e dos cães mortos a fome que a apoiam nesse golpe contra a republica federativa do brasil

Responder

Carlos Matos

27 de julho de 2015 às 02h42

Mas panela…kkk

Responder

Ana Maria Garcia

27 de julho de 2015 às 02h16

Dilma vem para aTV uma vez por mês .

Responder

Jô Baptista

27 de julho de 2015 às 02h15

demorou!

Responder

Jussara Barros

27 de julho de 2015 às 02h12

UFA!GRACIAS!

Responder

Jeovam Barbosa

27 de julho de 2015 às 02h01

UM ALERTA AMAZÔNICO!!!…………………JB
DEVEMOS ficar em alerta aos acontecimentos em nossa floresta e rios, pois vão implantando as Mineradoras lentamente, e nós com tantos problemas em nosso dia a dia, poderemos deixar elas virem com a promessa de mais emprego e renda, MAS ISSO É UMA ARMADILHA, tenham cuidado ,,, vamos VIGIAR!!!!

Responder

Izide Favaron Elias

27 de julho de 2015 às 01h55

É! Tá sempre correndo atrás do prejuízo.

Responder

Olivio Luzardo

27 de julho de 2015 às 01h54

Sera que ela vai falar da mandioca ou da mulher sapiens. kkkk

Responder

Hirto Gervásio

27 de julho de 2015 às 01h43

Vamos falar toda semana. Fala Dilma.

Responder

Jose Twardowsky

27 de julho de 2015 às 01h34

Infelizmente a querida presidenta perdeu totalmente a confiança dos servidores do Judiciário Federal, por impor aos brasileiros uma política recessiva muito diferente daquela para a qual foi reeleita, e também ter vetado INJUSTAMENTE o PLC 28/2015

Responder

Edna Benedicto

27 de julho de 2015 às 01h22

Minha deusa. é #DILMAIS

Responder

Wagner Junior

27 de julho de 2015 às 01h07

Cara de pau!

Responder

    Anônimo

    27 de julho de 2015 às 12h51

    O que a mídia sonegadora de informação não disse: 47,4% dos entrevistados acham que Aécio Neves faria um governo pior que Dilma, se o tucano tivesse vencido a eleição.

    Responder

      Vitor

      28 de julho de 2015 às 09h17

      Eu sou um deles. Acho o governo Dilma ruim, mas que Aécio faria pior…

      Responder

Fabiano Cardoso

27 de julho de 2015 às 01h06

Humm vai voltar atrás com os aumentos de impostos, juros e todas essas medidas que foram tomadas para atrasar o Brasil

Responder

Machado Souza Sebastião

27 de julho de 2015 às 00h54

SEGUINDO A PISTA DO EMPREGO
Digite no Google as palavras …cresce a venda…Você vai encontrar 210 resultado para o ano 2015. você também vai chegar a conclusão a TV e jornal anti-nacional exagera publicando notícias negativas.

Responder

Eliseu Bottin

27 de julho de 2015 às 00h52

PANELASSO NÃO ; SÓ MATANDO MESMO !!!!!!

Responder

    Mauricio Gomes

    27 de julho de 2015 às 07h06

    Você deveria ser preso seu bandido, por incitar a violência contra a presidente do seu país. Se a polícia daqui fosse séria, seu lugar seria na cadeia.

    Responder

    Janaina

    27 de julho de 2015 às 09h54

    Eliseu, piedade a vc, és um assassino?

    Responder

    Anônimo

    27 de julho de 2015 às 12h55

    A única coisa que o Eliseu consegue matar é a Língua Pátria. “Panelasso”, coxinha?

    Responder

    leandro oliveira

    28 de julho de 2015 às 06h52

    Leitor de veza e mensagens do whats … só lêem manchete e nem conseguem repetir igual papagaio … panelaço com ss é pra acabar …

    Responder

Jorgecy Pinheiro de Deus

27 de julho de 2015 às 00h32

ainda nos próximos dias ……..

Responder

Edemar Abramovizt

27 de julho de 2015 às 00h27

Vai Dilma tuda semana .informar o povo como é .pra acabar com os manipuladores.

Responder

Odisseia Correa

27 de julho de 2015 às 00h27

Quem precisa falar e se explicar ? Muitos já assumiram que estão completamente envolvidos em rede nacional e nada foi feito . Fora todos sem exceção!

Responder

Josete Bringel

27 de julho de 2015 às 00h24

A Dilma deve falar todo dia antes do Jornal Nacional. Seria melhor pra população q a chuva de mentiras da Globo.

Responder

Mario Neto

27 de julho de 2015 às 00h19

Demorou

Responder

Israel Fernandes

27 de julho de 2015 às 00h18

Mentiras Secretas! Hehehe!

Responder

Heyde Leão

27 de julho de 2015 às 00h16

Rabelo, lê a matéria.

Responder

Almir Morais Filho

27 de julho de 2015 às 00h13

E ela fala? Nunca antes na história deste País teve uma presidenta tão omissa, cega, surda e muda.

Responder

Tiago R. F. Miguel

27 de julho de 2015 às 00h00

Dia nacional do bate panela!

Responder

    Janaina

    27 de julho de 2015 às 09h55

    Tiago, dia de bandeiras vermelhas na janela…..

    Responder

Messias Franca de Macedo

26 de julho de 2015 às 20h56

… [MAIS] ALVÍSSARAS!

###########

PLANALTO MONTA OFENSIVA PARA GUINADA DE DILMA

A presidente Dilma Rousseff e seu núcleo político preparam agenda intensa de atividades populares para entrar em operação já no início de agosto, com objetivo de dar uma guinada nos índices negativos da presidente diante da população; Dilma fará viagens, anunciará programas e reforçará marcas populares do primeiro mandato; ela vai conversar com todos os movimentos sociais próximos ao PT, vai visitar os governadores e retomará o chamado ‘conselhão’, fórum do Planalto com empresários; agenda terá foco no Nordeste e começará pela Bahia, onde a presidente vai anunciar cerca de R$ 8 bilhões em obras de mobilidade urbana; além das manifestações convocadas pela oposição para 16 de agosto, o Planalto tenta reagir ao julgamento das contas do governo no TCU e ao retorno do recesso parlamentar, quando deve ser posta em discussão a instalação de várias CPIs contra o governo, em movimento capitaneado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha

26 DE JULHO DE 2015 ÀS 18:00

(…)

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/poder/190381/Planalto-monta-ofensiva-para-guinada-de-Dilma.htm

Responder

Messias Franca de Macedo

26 de julho de 2015 às 20h53

… Humilde sugestão:
já que o governo federal “joga tanto dinheiro fora” ao abarrotar os cofres [IMUNDOS] do PIGolpista e fasciterrorista, bem que o Planalto poderia produzir um programete do tipo ‘A Semana da Presidente’!
E ao invés de divulgá-lo, apenas, no site do Planalto, o conteúdo seria encaminhado para retransmissão pelas emissoras de rádio do Brasil.
Nas modulações AM e FM.
E também pelas Rádios Comunitárias!
Além das realizações e projetos do governo federal, haveria espaço para respostas a questionamentos e sugestões por parte da população.

Respeitosamente,

Messias Franca de Macedo
Feira de Santana, Bahia
Brasil – em homenagem à conspícua e honrada presidente Dilma Vana Rousseff!

Responder

Marco Antonio Stefano

26 de julho de 2015 às 23h47

Meu caro jornalista, acompanho diariamente seu blog e peço sua ajuda para a nossa luta pela reposição salarial, sou servidor do judiciário federal e estamos há nove anos sem um reajuste salarial!! não podemos pagar a conta por essa crise!! ajude-nos!! não temos, até agora, assegurado o reajuste anual, conforme consubstanciado na Constituição Federal!! é um total derespeito aos servidores federais!!!!

Responder

Carlos A Scorpião

26 de julho de 2015 às 23h39

Ainda bem que ela não falou na hora que a oposição queria e os bandidos Presidentes do Congresso queriam, eles falaram, mas não entoaram, como se vê, estão se cagando esperando a justa, PF na madruga! A pauta da Presidenta não pode atender os esperneios dos derrotados de plantão, do traficante que pensa que é presidente, e os trouxas que ingenuamente não se tocam e pensam que Dilma é boba e é vítima. Dilma foi guerrilheira e está mais preparada que muitos de nós para situações como esta, e se tiver batidas em panelas sujas, e daí? Eu não bato panela, só para não parecer idiota como eles, mas bater panelas é originalidade das mulheres rebeldes do Chile Argentina e outros que são contra as Oligarquias sonegadoras e larápias, portanto eles vão copiando signos de luta, que nada tem a ver com esses golpistas rebeldes de VARANDA, vai para as ruas dar o Golpe para ver a cor da chita, é vermelha e tem estrelinhas para todos! Biriba!

Responder

    Carmen Moraes

    27 de julho de 2015 às 21h48

    Isso ai!!! Necessário seria a gente poder mostrar q está com ela e não abre, algo como soltar foguetes ou coisa mais espalhafatosa, bem vistosa!!! O que poderia ser??? Somos milhões, e o pseudo panelaço deles ficaria no fundo da varanda gurmet!!!!

    Responder

Messias Franca de Macedo

26 de julho de 2015 às 20h39

Boa, presidente Dilma Rousseff!
Mesmo porque na política não há lugar para o vazio!
Ou ainda: o lugar do vazio é a negação da política.

Responder

Luiz Fernando Salomon Pinto

26 de julho de 2015 às 23h30

Lá vem mais bobagem!!!!!!

Responder

Law Berti

26 de julho de 2015 às 23h26

Vou bater panela sim, mas não quero que a Dilma saia agora. Já imaginou o PT na oposiç?o nesse momento, se fazendo de vítima? Lembrem_se que Collor foi eleito senador depois de tudo e ainda tem todo o apoio da elite politica. Deixe a Dilmanta e o PT no poder. A longo prazo, é a única maneira de nos vermos livres deles. Infelizmente.

Responder

    Ana Cristina Reis Bezerra

    26 de julho de 2015 às 23h34

    Lula 2018

    Responder

    Law Berti

    26 de julho de 2015 às 23h37

    E Collor na rabeira, junto com Lula de novo!

    Responder

    Law Berti

    26 de julho de 2015 às 23h41

    Lulla, Dillma e Collor. E eu que já usei adesivo no carro FORA COLLOR . Que país é esse!

    Responder

    Auzilia Bana

    27 de julho de 2015 às 10h34

    Deixa de ser imbecil sua coxinha inconformada. Pra vc,quanto pior ,melhor…
    Vai ter que engolí-la sim,pois foi eleita pela maioria.E tenha respeito pelo cargo que ela ocupa e por nos representar como mulher . Ridículo demais sua falta de educação!
    Discordar faz parte pq ninguém é unânime mas ofender já é ser mau caráter.

    Responder

    Law Berti

    27 de julho de 2015 às 10h55

    Ela não me representa como mulher e nem como cidadã. Perdeu todo o meu respeito quando mentiu descaradamente em sua campnha eleitoral. Se hoje sou coxinha, é porque vivi a história com a mente aberta e não com a cegueira ideológica de alguns. E você, nunca se sentiu traída ou enganada por esse governo que tanto ama?

    Responder

    Jose Gondim

    27 de julho de 2015 às 11h21

    Nunca mentiu, voce escuta a mídia golpista e não sabe nada, sua coxinha!

    Responder

    Law Berti

    27 de julho de 2015 às 11h29

    Sério? Nunca mentiu? Que país é esse no qual voce vive?

    Responder

    Elton Lopes Alcantara Gomes

    28 de julho de 2015 às 01h18

    Eu queria saber quais as informações que esse pessoal que defende o governo a qualquer preço tem que eu não sei quais são. Deve estar vindo de algum parque de diversões….

    Responder

    Law Berti

    28 de julho de 2015 às 02h18

    Acho que eles ficaram assistindo a “mídia golpista” e se esqueceram de ver as campanhas e debates eleitorais!

    Responder

Vilma de Abreu

26 de julho de 2015 às 23h26

MINHA OPINIÃO SOBRE PNELAÇO—-UMA TREMENDA FALTA DE EDUCAÇÃO E CIVILIDADE

Responder

Vera Lu Cruz

26 de julho de 2015 às 23h20

Deveriam colocar equipes de reportagens nos lugares onde os eleitores de Dilma moram !!!

Responder

Geovelton Machado Borges

26 de julho de 2015 às 23h02

Panelaço nela

Responder

Iracema Gouvêa

26 de julho de 2015 às 22h45

Responder

Osvaldo Leite da Costa

26 de julho de 2015 às 22h44

Com 7% de aprovação o panelaço vai ser grande.

Responder

Osvaldo Leite da Costa

26 de julho de 2015 às 22h42

Obaaaas, vamos fazer panelaço.

Responder

Angela Santos Raeli

26 de julho de 2015 às 22h36

Deveria ser semanal, com hora marcada e deixar os cães ladrar, enquanto ela passa com a caravana dando seu recado ao povo.

Responder

Ordalia Duarte

26 de julho de 2015 às 22h33

A Presidenta Dilma sabe o que faz.

Responder

José Celestino Machado

26 de julho de 2015 às 22h28

Santo Deus dá uma cartilha do Mobral pra ela…

Responder

    Janaina

    27 de julho de 2015 às 09h57

    O senhor fez MOBRAL, isso e mais velho que o RONCA

    Responder

walter pastori

26 de julho de 2015 às 19h17

Presidenta fique a vontade aqui em casa tem quatro eleitos 2 do que votam pt 1 vota no pv e outro no psb gracas a Deus nao tem nenhum idiota que bate panela.

Responder

Denise Quintanilha Macedo Macedo

26 de julho de 2015 às 22h16

Graças à Deus…Demorou!!!

Responder

Daiane Lais

26 de julho de 2015 às 22h09

Até que enfim!!!! Uhuuu

Responder

Andrew Camill

26 de julho de 2015 às 22h08

Tomara que não apresente na globo, existe outras emissoras, a rede record é uma boa opção.

Responder

Rodrigo Bernardo

26 de julho de 2015 às 22h06

Deveria fazê-lo toda semana, uma hora em horário nobre. É direito da população saber o que está sendo feito, e obrigação do governo divulgar. Democracia é informação correta.

Responder

Ricardo Costa

26 de julho de 2015 às 22h01

Só pode contar mais uma mentira.. Dinheiro desviado q elege candidato, ainda chamam isso d Democracia??

Responder

    Adelia Guedes

    26 de julho de 2015 às 22h58

    O problema é que muitos sabem pouco ou quase nada, mas falam demais em economia, inflação, corrupção, comunismo, crise, taxa selic, democracia etc.

    Responder

    Ricardo Costa

    26 de julho de 2015 às 23h01

    Adelia Guedes tem toda razão.. Caso soubessem realmente não teria nem a metade desses políticos desprovido d capacidade d gestão. Nem administrariam um condomínio..

    Responder

Adib Najar

26 de julho de 2015 às 22h01

A pesar da crise a Tramontina agradece o panelaço !!!! No futuro tudo era feito com robô estamos implantando uma fabrica de robô apesar da crise!!!!!!!

Responder

Jo Jabaquara Vieira

26 de julho de 2015 às 21h56

Kkkkkkk…Será que ela tem o que falar? Será que vai tomar mais um pouco do salário do trabalhador brasileiro? Kkkk; com certeza não teras muito o que falar! Há; vai falar pra meia dúzia de gatos pingados do PT.

Responder

    Adelia Guedes

    26 de julho de 2015 às 22h59

    O problema é que muitos sabem pouco ou quase nada, mas falam demais em economia, inflação, corrupção, comunismo, crise, taxa selic, democracia etc.

    Responder

Luiz Juncioni

26 de julho de 2015 às 21h54

Panelaço vai comer solto…..kkkkkkkk…. Com apenas 7% de militontos imbecis, vai falar o quê?

Responder

    Adelia Guedes

    26 de julho de 2015 às 22h55

    O problema é que muitos sabem pouco ou quase nada, mas falam demais em economia, inflação, corrupção, comunismo, crise, taxa selic etc.

    Responder

    Edemar Abramovizt

    27 de julho de 2015 às 00h24

    7 são os aproveitadores que não querem Dilma e estão se vagando de medo do lulalaaa .

    Responder

Paulo Faustino

26 de julho de 2015 às 21h50

Alô, é da pizzaria? – Sim, que deseja? Uma pizza, super, hiper, gigante, com mussarela, alho, atum, bacon, calabresa, catupiry, cheddar, frango, lombo, presunto, vegetais, doces, e tudo mais que puder ser colocado.
– Senhor, esta pizza custa cara, quem vai pagar a conta? Não vai ter problema para pagar, a conta será dividida por 204.568.776 pessoas.
– Sendo assim, tudo bem, mas uma pizza deste tamanho, precisa passar pelos nossos três setores de fabricação, para ser bem-feita, precisa ver se atende a todas as necessidades destes três setores e se não vai deixar nenhuma brecha para que os clientes não tenham como reclamar. Afinal de contas precisamos preservar a nossa imagem, em função disso ela vai levar alguns dias para chegar a sua residência, algum problema?
Não, o que estas pessoas que vão pagar mais sabem fazer é esperar.
– Então, bom apetite, passar bem.

Responder

Maria De Fatima Oliveira

26 de julho de 2015 às 21h50

Ela esta fazendo um governo neoliberal. Se voltou contra quem a elegeu

Responder

Cidinha Pamplona

26 de julho de 2015 às 21h43

DILMA ESTAMOS COM VC !!! FORÇA!! DILMA ESTAMOS COM VC !!! FORÇA!! DILMA ESTAMOS COM VC !!! FORÇA!! DILMA ESTAMOS COM VC !!! FORÇA!!

Responder

Vera Lucia C. Soares

26 de julho de 2015 às 21h42

Importante

Responder

Vidal Bazanini

26 de julho de 2015 às 21h41

Vai falar um monte de mentiras e besteiras como sempre! Mais um panelaço… Essa Sra não tem a menor condição de governar o país, nem moral nem administrativa!

Responder

    Adelia Guedes

    26 de julho de 2015 às 22h57

    O problema é que muitos sabem pouco ou quase nada, mas falam demais em economia, inflação, corrupção, comunismo, crise, taxa selic etc.

    Responder

Iasmin Moris

26 de julho de 2015 às 21h29

#DilmaeuteAmo

Responder

Péricles Silva

26 de julho de 2015 às 21h27

Se ela falar de surpresa e bem rapido talvez ela consiga evitar os panelaços

Responder

Glaura Daoud

26 de julho de 2015 às 21h27

gracas a Deus ,foi otimo

Responder

Rogerio Vieira

26 de julho de 2015 às 21h19

O problema é que os ignorantes não ouvem e incomodam não deixando os outros ouvirem…um saco.

Responder

Cassio Figueredo

26 de julho de 2015 às 21h17

Ela tinha que falar todo dia !!!!!!

Responder

José Mauricio Angelini Figueiredo

26 de julho de 2015 às 21h15

Vai falar mentiras e o festival de asneiras de sempre!
O que ela tem para falar?
As obras que ela deixou de fazer no Brasil e a que ela realizou em Cuba e outros países?
Essa não tem vergonha na cara, igualzinho ao sapo barbudo!

Responder

    Adelia Guedes

    26 de julho de 2015 às 22h55

    O problema é que muitos sabem pouco ou quase nada, mas falam demais em economia, inflação, corrupção, comunismo, crise, taxa selic etc.

    Responder

    Heyde Leão

    27 de julho de 2015 às 00h26

    As mentiras e as omissões da verdade são por conta da mídia, jovem.

    Responder

    José Mauricio Angelini Figueiredo

    27 de julho de 2015 às 00h59

    Desculpe Heyde mas é querer tapar o Sol com peneira, todo mundo mente, menos o PT?
    Improvável!
    Sejamos francos!

    Responder

    Jose Gondim

    27 de julho de 2015 às 11h18

    Voce não conhece nada do Brasil, nem do que ddilma faz, vc só escuta a mídia golpista, é um coxinha!

    Responder

    José Mauricio Angelini Figueiredo

    27 de julho de 2015 às 13h53

    Po moçada do PT muda o discurso, vcs não tem argumento!!
    É coxinha, é coxinha!
    Se o socialismo é tão bom muda com a Dilma e o sapo barbudo pra Cuba e vai morar com o Fidel!

    Responder

    José Mauricio Angelini Figueiredo

    27 de julho de 2015 às 14h02

    Sr. Jose Gondim, com que autoridade o sr diz que não conheço nada do Brasil?
    O que Dilma fez?
    Mentiu para todos os brasileiros, virou motivo de chacota no exterior!
    Mídia golpista?
    Faça me o favor, quando a imprensa mostrava escândalos do partido opositor ao seu ninguém do PT chama a imprenda desse modo!
    Acho que o PT fez lavagem cerebral em vcs, as respostas são as mesmas, coxinha, mídia golpista!
    Vcs acreditam também em coelhinho da Páscoa e Papai Noel, não é?

    Responder

    Alan Ribeiro

    28 de julho de 2015 às 14h44

    Acho engraçada a divisão Coxinha e PTralha. Pra mim a diferença de um pra outro é que um apoiava uma política corrupta oculta, e o outro apoia uma política corrupta aberta. Nenhum dos dois implementou uma política de Estado decente.

    Responder

    Alan Ribeiro

    28 de julho de 2015 às 14h44

    Acho engraçada a divisão Coxinha e PTralha. Pra mim a diferença de um pra outro é que um apoiava uma política corrupta oculta, e o outro apoia uma política corrupta aberta. Nenhum dos dois implementou uma política de Estado decente.

    Responder

Cora Silva

26 de julho de 2015 às 21h12

Dilma fica

Responder

Marcelo Q. Gomes

26 de julho de 2015 às 21h07

Pqp….vai mentir mais pra que???? Essa mulher tinha que ir pra cuba….ladra, mentirosa….kd as obras? A transposição do São Francisco?????

Responder

Aureliano Fuciletto

26 de julho de 2015 às 21h03

Eu não assisto tv, graças a deusnpra quem?

Responder

Jose Nascimento

26 de julho de 2015 às 20h55

que mais mentiras a Dilma vai dizer

Responder

    Adelia Guedes

    26 de julho de 2015 às 22h58

    O problema é que muitos sabem pouco ou quase nada, mas falam demais em economia, inflação, corrupção, comunismo, crise, taxa selic etc.

    Responder

    Jose Nascimento

    26 de julho de 2015 às 22h59

    qualquer pessoa do bem sabe q este bando de canalhas assaltaram o Brasil. devem ser banidos da politica e irem pra cadeia.

    Responder

Jose Nascimento

26 de julho de 2015 às 20h55

vamos ter mais um panelaço maravilhoso.

Responder

Queile Nelson Soares

26 de julho de 2015 às 20h54

Aleluia!

Responder

Graça T Bana

26 de julho de 2015 às 20h54

Responder

Alder Oliveira E Silva

26 de julho de 2015 às 20h52

Já estou até vendo no dia seguinte… a oposição , a mídia e os filhotes de Mussolini dizendo que a Dilma gastou milhões em rede de rádio e tv para dizer um “monte de mentiras ” para o povo. O que poderia vir a ser algo de positivo vai ser transformado em mais um “desmando” desse governo. É só esperar para ver.

Responder

Agenceslau Junior

26 de julho de 2015 às 20h49

Responder

Maria Lucia Calado de Farias

26 de julho de 2015 às 20h46

Pois é..

Responder

Souza Torres

26 de julho de 2015 às 20h46

Conheça a programação do SAP neste link: http://www.sappesqueira.com.br grato..

Responder

Agenceslau Junior

26 de julho de 2015 às 20h45

A Tramontina agradece .

Responder

Eliza Almeida

26 de julho de 2015 às 20h41

Ela estará na estúdio e dará o recado. Ela não tem que se importunar com antidemocráticos, que não sabem perder uma eleição e pensam que podem levar no tapetao.

Responder

Eloisa Elena Abreu

26 de julho de 2015 às 20h40

Com panela ou sem panela! Vai falar, sim!

Responder

Washington Denuzzo

26 de julho de 2015 às 20h39

Fernando Brito está certo, vai dar merda. Ela vai falar o quê? Que Levy é o cara? O legado lulista foi absolutamente destroçado por essa senhora… o trunfo da comparação com FHC acabou.

Responder

    Adib Najar

    26 de julho de 2015 às 21h46

    Não querer o governo dela seja comparado com o governo que tu defende então como vamos fazer?????

    Responder

    Washington Denuzzo

    26 de julho de 2015 às 21h48

    Defendo o dela, com muito custo e já com alguma vergonha.

    Responder

    Jose Gondim

    26 de julho de 2015 às 22h46

    Não vai dar merda não. Quando não fala reclamam, quando fala reclamam, os blogs sujos tão virando blogs Urubólogos!

    Responder

    Washington Denuzzo

    26 de julho de 2015 às 22h52

    Tomara, mas a coisa tá muito ruim. Tv é arriscado. Por que não intensificar na internet e whats up pra depois, se for o caso se expor? Agora, no mês do cachorro louco somar o dia 16 com mais panelas, não sei…

    Responder

    Adelia Guedes

    26 de julho de 2015 às 22h54

    O problema é que muitos sabem pouco ou quase nada, mas falam demais em economia, inflação, corrupção, comunismo, crise, taxa selic etc.

    Responder

    Washington Denuzzo

    26 de julho de 2015 às 22h58

    Sim, mas 1 pronunciamento contra 24hs 7 dias por semana é posar de louco. Se atrapalharam até com o lance da conversa com FHC… fosse o PT da década de 90 na oposição com o PT de hoje na situação o governo já teria acabado.

    Responder

    Luiz Claudio Lopes da Silva

    27 de julho de 2015 às 01h22

    Galera agora é a hora de defender e da apoio a Dilma, ela merece por tida pressão que ela bem sofrendo.

    Responder

    Jose Gondim

    27 de julho de 2015 às 06h44

    Voces tem medo do que os coxinhas vão pensar. Ora b0las, que se lasquem, quero ver o alcance da internete no interior do Brasil, en quem votou nela, Tem que ser TV e falar pra todos, não só pra quem pensa que a net ta tomando lugar da TV. Vai tomar sim, mas bote tempo, ora atingir o Brasil, infelizmente tem que usar Globo, sejamos realista. Dilma tem apenas que mostrar o que fez e o que ta fazendo. “apesar da crise!” que crise ?

    Responder

    Alan Ribeiro

    28 de julho de 2015 às 14h41

    Aqui perto do trabalho não vejo a crise, inclusive aumentou muito a oferta de imóveis comerciais vazios. E um tal de aluga-se pra cá e pra lá… (Se você não entende sarcasmo pesquisa no Google).

    Responder

    Alan Ribeiro

    28 de julho de 2015 às 14h41

    Aqui perto do trabalho não vejo a crise, inclusive aumentou muito a oferta de imóveis comerciais vazios. E um tal de aluga-se pra cá e pra lá… (Se você não entende sarcasmo pesquisa no Google).

    Responder

Elisangela Dos Santos

26 de julho de 2015 às 20h36

Ole ole ole ola Dilma, Dilma

Responder

Eliana Rocha Oliveira Lana

26 de julho de 2015 às 20h32

Dale Presidenta.<3

Responder

Ligia Cavalcanti

26 de julho de 2015 às 20h29

Vai lá minha presidente e não temas, seha humilde e mostre a sua força pela busca do crescimento do país.

Responder

    Iracema Gouvêa

    26 de julho de 2015 às 22h46

    Responder

    Luana Amorim

    27 de julho de 2015 às 10h50

    Iracema, isso foi uma piada?????? kákáká pronto já ri!!! criatividade aflorada dá nisso, querida busque argumentos melhores, depois venha e vamos conversar sobre política, que ao contrário do que vc pensa, não é piada!! #EuApoioDilma!!!!!! #NãoVaiTerGolpe!!!!!!!

    Responder

Washington Denuzzo

26 de julho de 2015 às 20h27

Péssima ideia se for uma vez só.

Responder

Carlos Alberto

26 de julho de 2015 às 20h27

O que. Justificar o injustificável.

Responder

Mauricio Gomes

26 de julho de 2015 às 17h24

É isso aí, quem deve ter medo de panela é frango. Onde já se viu uma presidente evitar usar seu direito de falar à nação por causa de paneleiros golpistas? Isso é o fim da picada, não temos que ter medo desses fascistas tupiniquins. Ela tem que aproveitar o discurso e denunciar os GOLPISTAS, a começar pelo psdb e seus asseclas no congresso, no judiciário, na mídia e na polícia. Somente enfrentando essa malta de golpistas encrustados em todas as áreas da sociedade é que ela terá contrapartida do povo que a elegeu, além é claro de mudar essa política econômica suicida.

Responder

Lulu Pereira

26 de julho de 2015 às 20h22

Cafezinho, espero que deus lhe ouça e que ela não fale sobre ajuste fiscal e que, oxalá, despeça o levy, o zé, o mercadante, o chefe da polícia.

Responder

Maria De Fátima Almeida

26 de julho de 2015 às 20h20

Força Dilma

Responder

Adair Paulo

26 de julho de 2015 às 20h20

Preparem as panelas!

Responder

Marcelo Escobar

26 de julho de 2015 às 20h19

Será que vai renunciar ao vivo????

Responder

Rafael Siston Salles

26 de julho de 2015 às 20h19

Tem q dar a cara a tapa. Fica se escondendo!!!! Enquanto isso os acharcadores de plantão crescem!!!! O momento é complicado e tem q mostrar q tem liderança!!!! Impítiman é meus ovo.

Responder

Eduardo

26 de julho de 2015 às 17h19

A mídia está divulgando o pronunciamento da Dilma para, na realidade, convocar o “panelaço”. E só!

Responder

Marcos Barbosa

26 de julho de 2015 às 20h17

Responder

Paula Bezerra

26 de julho de 2015 às 20h17

Uhuuuu!

Responder

Rogerio Bilibio Gomildes

26 de julho de 2015 às 20h09

#VejaMente

Responder

Rogerio Bilibio Gomildes

26 de julho de 2015 às 20h09

#DilmaEstamosComVoce

Responder

Tatiana Bosqueto de Carvalho

26 de julho de 2015 às 20h06

Ótimo!

Responder

Silvio Heleno Picorone

26 de julho de 2015 às 20h03

Novas piadas !!!!
Vamos rir ???

Responder

Rose Mari Scandolara

26 de julho de 2015 às 20h02

Pior que estão organizando um mega panelaço…TREVA!!

Responder

Euler

26 de julho de 2015 às 17h01

Seria mais importante ainda se ela falasse sobre uma mudança de rumos no seu governo. Mudar a farsa do ajuste neoliberal Levyano e reassumir as mudanças sociais prometidas em campanha. Aí sim eu iria aplaudir. Eu e milhões de brasileiros, que estamos indignados – claro que não a ponto de querer derrubar a presidenta que elegemos -, mas indignados sim, pelo PT ter assumido o discurso e a prática neoliberal, que está trazendo desemprego, recessão, queda nos salários, cortes dos direitos trabalhistas. Isso enquanto se transfere mais riquezas para o capital financeiro e os credores da dívida publica, que são justamente os que deveriam pagar pela crise, e não o povo brasileiro. Muda, Dilma, para que as pessoas não queiram mudá-la do governo.

Responder

Ailton Oliveira

26 de julho de 2015 às 19h58

SE BATEREM PANELAS NÃO TEM PROBLEMA, POIS ENQUANTO A CARAVANA PASSA OS CÃES LADRAM.

Responder

    Maria Maria

    27 de julho de 2015 às 01h19

    né isso? E as panelas q batem não me impedem nem um pouco de assistir o pronunciamento. Aliás acho q só os batedores não ouvem, mas deixam a televisão ligada, é um olho na panela e outro na tv………….. sei não rsrsrsrs.

    Responder

    Alan Ribeiro

    28 de julho de 2015 às 14h34

    Bom, os cão ladram para as caravanas e para os ladrões também.. Algumas vezes mordem :D

    Responder

    Alan Ribeiro

    28 de julho de 2015 às 14h34

    Bom, os cão ladram para as caravanas e para os ladrões também.. Algumas vezes mordem :D

    Responder

Daniel Fiuza

26 de julho de 2015 às 19h57

Panelaço inclemente!!!!

Responder

Lana Adib

26 de julho de 2015 às 19h55

Ninguém derruba a Dilma, porque ela é uma mulher querreira.

Responder

Aloisio Bernardes

26 de julho de 2015 às 19h55

É preciso que eles sejam mais frequentes, propositivos e corajosos.

Responder

Maria Auxiliadora Pereira Pinto

26 de julho de 2015 às 19h54

Estamos com você Presidenta.

Responder

Henry Fellegara

26 de julho de 2015 às 19h54

Obrigado por avisar, iremos desligar a TV….

Responder

Fafá Lays

26 de julho de 2015 às 19h46

E os bosta vão pegar panela pra bater!

Responder

Rodrigo Figueiredo

26 de julho de 2015 às 19h43

Teremos mais motivos para rir e muito!!!!!

Responder

Euza Rocha

26 de julho de 2015 às 19h42

Louvores a Deus! Que esclareça as coisas, boa sorte!

Responder

Vitoria Lima

26 de julho de 2015 às 19h42

A globosta com certeza vai mudar sua programação para cobrir os panelacos nos jardins em São Paulo

Responder

Karla Viana

26 de julho de 2015 às 19h41

“Participa”.

Responder

Genuina Siqueir

26 de julho de 2015 às 19h41

#EstamoscomVocé
#ForçaDilma
#DilmaGuerreira

Responder

Everton Cunha

26 de julho de 2015 às 19h35

Mais uma coleção de asneiras e idiotices.

Responder

Maria Oliveira

26 de julho de 2015 às 19h33

Dilma 13

Responder

Martha Galvão

26 de julho de 2015 às 19h30

Vamos lá Dilma, enfrenta esses babacas.

Responder

Ana Coelho

26 de julho de 2015 às 19h28

Amém

Responder

Dilson Gomes

26 de julho de 2015 às 19h26

Vão bater panelas… essas criaturas deveriam lavar as panelas antes e depois de batê-las…

Responder

Marcos Portela

26 de julho de 2015 às 19h26

Enquanto isso, GOLPISTAS da mídia, monopolizados pela GLOBO e FEDERAIS/PR, que com TARJAS PRETAS escondem PROVAS de corrupção contra PSDB e DEM, panelinha que virou PANELAÇO, a própria imprensa ressuscitando a CENSURA, quem diria!

FOLHA, DIÁRIO/PE, NE10, ESTADÃO e JC, bloquearam meus comentários em forma de CENSURA, por fazer o que ELES FAZEM há quase um ano, depois da derrota nas eleições 2014, REPETINDO matérias MANIPULADAS contra o governo, instalando o CAOS no país.

Responder

Zilma Oliveira

26 de julho de 2015 às 19h24

quando pensam que ela esta fraca é que ela estar forte …..

Responder

Marcelo Costa

26 de julho de 2015 às 19h22

Amém!!!!

Responder

Mauro Oliveira Silva

26 de julho de 2015 às 19h21

demorou!

Responder

Maria Maria

26 de julho de 2015 às 16h21

Enquanto a Dilma falar de tudo, mas fizer cara de paisagem em relação às acusações que saem na mídia todos os dias contra ela, seu governo e seu partido, certamente pouco ou nada vai mudar. O povo quer e precisa saber mesmo é da sua versão sobre os acontecimentos, pois como confiar numa presidenta que não se defende e não ajuda o seu povo a saber da verdade?

Responder

Valdir Soultrain

26 de julho de 2015 às 19h20

ERA PRA ESTAR FALANDO DESDE O DIA PRIMEIRO DE JANEIRO.,, TAKEOOOOOOOOO

Responder

Deixe um comentário