Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Lewandowski dá um drible da vaca em Eduardo Cunha

Por Redação

23 de dezembro de 2015 : 23h53

Para não deixar dúvidas a Cunha e seus acompanhantes, o presidente do STF disse que, em seu entender, não há margem para dúvidas sobre a decisão

no Correio do Brasil

Cunha é surpreendido por Lewandowski em audiência aberta à imprensa

Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Ricardo Lewandowski recebeu o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) — réu no pedido de afastamento formulado pela Procuradoria Geral da República (PGR) por formação de quadrilha e evasão de divisas, entre outros crimes denunciados — com as portas do gabinete abertas à imprensa. O fato surpreendeu Cunha e o grupo de parlamentares que o acompanhou na visita à sede da Corte Suprema, nesta quarta-feira.

Cunha, que corre o risco de perder o mandato, na ação que será julgada no STF dentro de 60 dias, chegou à Corte às 14h, acompanhado de apenas dois deputados aliados, Jovair Arantes (PTB-GO) e Sóstenes Cavalcante (PSD-RJ). O grupo ficou reduzido após a desistência da maioria dos líderes partidários convidados para o encontro com Lewandowski. O isolamento de Cunha ficou retratado na recepção.

Adversário de Cunha, o deputado Alessandro Molon (Rede-RJ) fez questão de chegar um pouco depois, para marcar o fato de que não acompanhava o grupo favorável ao impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Na extensa mesa de reuniões do STF, Cunha e seus dois convidados sentaram-se com Lewandowski que, ato seguinte, convidou os repórteres presentes a acompanhar e documentar o encontro, que não durou mais do que meia hora.

Alguns ministros do Supremo comentam com seus assessores e estes, por sua vez, com jornalistas conhecidos, que a atitude de Lewandowski — de abrir o gabinete à mídia — demonstrou, de forma clara, o repúdio da corte “ao pedido intempestivo de Cunha”.

– Cunha praticamente forçou o encontro com o presidente da Corte, às vésperas das festas de fim de ano, para uma reunião absolutamente inócua – disse um assessor, por telefone, à reportagem do Correio do Brasil. O pedido de Cunha foi interpretado como uma forma de pressão ao STF.

Cunha fala baixo

Tentando disfarçar o incômodo, Cunha sentou-se de costas para os repórteres e iniciou a reunião falando em voz baixa. Sem tocar no ponto que havia alardeado, na véspera, ao dizer que pretendia questionar o Supremo quanto às decisões julgadas, Cunha resumiu seu discurso, quase inaudível, a um mero pedido para que o ministro divulgue, tão logo puder, o acórdão (resultado do julgamento) da decisão que suspendeu o rito do impeachment.

Cunha alegou que existiria uma série de dúvidas entre os parlamentares e que isso poderia prejudicar as atividades legislativas e resultar em “grave paralisia institucional”.

— Os votos dos ministros não nos permitiram esclarecer essas dúvidas, então peço que esses esclarecimentos possam ocorrer o mais rapidamente possível — disse Cunha, em um quase sussurro.

Alto e claro

À cabeceira da mesa, com a voz em um tom normal, Lewandowski foi direto ao ponto:

— Não haveria intenção da minha parte de postergar matéria tão importante quando essa, mas que isso segue um rito regimental. Que os ministros têm até 19 de fevereiro para liberarem seus votos e que, após isso, o tribunal tem até 60 dias para publicar o acórdão.

Para não deixar dúvidas a Cunha e seus acompanhantes, o presidente do STF disse que, em seu entender, não há margem para dúvidas sobre a decisão, que trata apenas da comissão do impeachment, não de qualquer outra. E que ele não irá esclarecer dúvidas informalmente, que elas só poderão ser feitas pelo plenário do tribunal, em resposta aos chamados “embargos” (recursos) que serão apresentados pela Câmara.

Futurologia

Lewandowski também entregou a Cunha a ata da sessão e o voto do ministro Luís Roberto Barroso, que conquistou a maioria dos votos no Plenário do Supremo.

— A ata da sessão reflete o mais fielmente possível o que aconteceu na sessão, além do voto do ministro Barroso. Não há margem para dúvida pela minuciosidade e a forma explícita como foi decidida a questão. Não podemos antecipar qualquer dúvida da Câmara porque não podemos responder nada hipoteticamente — pontuou Lewandowski.

Cunha ainda tentou, mais uma vez, explicar o que havia levado o grupo até a Presidência do STF, de forma atabalhoada, mas a conversa terminou ali.

— O voto do ministro Barroso deixa bem claro que a decisão se refere à comissão do impeachment, não se refere a outras comissões — atalhou o ministro.

O presidente da Corte Suprema também advertiu Cunha a não praticar a “futurologia”, na tentativa de apresentar embargos à decisão do STF, antes do devido prazo legal. Parte do tribunal concorda que quaisquer embargos antes do acórdão “são incabíveis”.

Na despedida, o ministro desejou ao deputado “paz e tranquilidade para o país em 2016”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

87 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jota Carlos Carlos

25 de dezembro de 2015 às 20h20

CNTRA A TROPA DO CUNHA S´O A POPULAÇÃO AMADURECIDA!

Responder

Augusto Farias

25 de dezembro de 2015 às 18h29

Achou que ia chantagear, se fudeu, seu fim é uma grade!!

Responder

Wyllison Duarte Bustamante

25 de dezembro de 2015 às 13h06

Drible da vaca, elástico, chapeuzinho e caneta.

Responder

Ana Lucia Elizabeth Rodrigues

25 de dezembro de 2015 às 12h53

Lewandowski brilhante!

Responder

Antonio Carlos da Silva

25 de dezembro de 2015 às 07h14

Excelente. Tem que pôr esse canalha em seu devido lugar mesmo.

Responder

Toinha Rodrigues

25 de dezembro de 2015 às 03h47

#fora Cunha

Responder

Tito Santos

25 de dezembro de 2015 às 03h01

Se abusa colocar na cadeia!

Responder

Larissa Branco

25 de dezembro de 2015 às 00h57

Cunha na cadeia! Esta usando do cargo e interferindo na justiça, porque ainda não prenderam?

Responder

Carlos Fernandes

25 de dezembro de 2015 às 00h35

Interessante, alguns dias antes da sessão catastrófica o Renan foi se reunir com ele. Deveria também ter chamado a imprensa Dr., adoraríamos participar dessa conversa…

Responder

Valdir Ferreira Silva

24 de dezembro de 2015 às 23h17

Não? Levandovisk ! não deu um golpe em Cnha, ele em todo o povo Brasileiro

Responder

Pedro Salgado Junior Junior

24 de dezembro de 2015 às 22h11

ELE APENAS SUSTTENTOU O QUE FIZERAM, MAS ISTO NÃO QUER DIZER O QUE ELES FIZERAM ESTA CERTO, VAMOS O ANDAR DA CARRUAGEM

Responder

Messias Franca de Macedo

24 de dezembro de 2015 às 19h42

VÍDEO SENSACIONAL

Como Aécio ‘Never’ reagiu à decisão do STF

https://www.facebook.com/veloriodadireita/videos/1919776324913341/

Responder

José Manuel Marta

24 de dezembro de 2015 às 20h15

Bom, pouco e doce…

Responder

Fatima Paris

24 de dezembro de 2015 às 20h04

Quem não tem nada para esconder…. não é ?

Responder

Francisco Das Chagas Lemos

24 de dezembro de 2015 às 18h59

Não sei a distância que ele taca, mas pode ter levado a carteira do homem.

Responder

Andréa Lima

24 de dezembro de 2015 às 17h42

Christopher Álvaro leia essa reportagem q te falei!!! Vale mt a pena

Responder

Marcos Portela

24 de dezembro de 2015 às 17h33

ILUSIONISMO BOLIVARIANO DO GILMAR, o mais novo HERÓI da REDE GLOBO, após terem sofrido a quarta DERROTA consecutiva na ELEIÇÃO PRESIDENCIAL de 2014, tentaram de forma ILÍCITA o GOLPE de ESTADO, menosprezando os + de 54 MILHÕES de VOTOS do POVO BRASILEIRO que REELEGERAM a PRESIDENTA DILMA, APOSTARAM e VENDERAM o GOLPE por UM ANO, até que o STF, quase por UNANIMIDADE, DECIDIU pelo CONTRAGOLPE, deixando BARÕES da MÍDIA, POLÍTICOS TRAFICANTES de COCAÍNA e os FASCISTAS da DIREITA totalmente ENTUBADOS, já que o MERDAL dava como certo a VITÓRIA do GOLPE, DERROTADOS agora tentam ATACAR o STF e a PGR, através da REDE GLOBO (há 50 anos vendendo ILUSÃO e MANIPULANDO), GILMAR MENDES (negociador de HABEAS CORPUS), MORO (inquiridor do PT com o seu LAVAJATISMO do PARANÁ), CUNHA (LADRÃO da Igreja Evangélica Assembleia de Deus) e do AÉCIO (450 kg do HELICOCA com HABEAS CORPUS), já que juntos tem uma IMENSA DÍVIDA de SONEGAÇÃO e com os FINANCIADORES dessa PALHAÇADA, VENDERAM a ILUSÃO de que seria FÁCIL a execução do GOLPE, sem CONSIDERAR a REAÇÃO do POVO nas RUAS, por isso que o STF e o CONGRESSO acabaram com o FINANCIAMENTO EMPRESARIAL em campanhas políticas, justamente para acabar com essa PRÁTICA dos POLÍTICOS só TRABALHAREM para os EMPRESÁRIOS e não para seus ELEITORES, portanto se pretenderem INICIAR uma nova GUERRA, serão COMBATIDOS com a volta do POVÃO às RUAS e em última instância pelos MILITARES como tanto DESEJARAM.

Responder

Fabiano Henrique De Oliveira Santos

24 de dezembro de 2015 às 17h04

Parabéns Lewandovsky! Bota esse cara no lugar dele, na cadeia!!!

Responder

Adilson Tenorio

24 de dezembro de 2015 às 17h03

O cão raivoso da oposição e toda a oposição amargaram mais um fiasco !

Responder

Wagner Junior

24 de dezembro de 2015 às 17h01

Só fala escondido com a Dilma como fez em Portugal!

Responder

Marcelo Martins

24 de dezembro de 2015 às 16h11

Dos 11 membros 8 são petistas. Tudo dominado..

Responder

Paulo Fernandes

24 de dezembro de 2015 às 16h10

TINHA QUE COLOCAR DUAS BOLAS

Responder

Paulo Fernandes

24 de dezembro de 2015 às 16h10

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Responder

Paulo Fernandes

24 de dezembro de 2015 às 16h10

DEU UM DRIBLE ENTRES AS PERNAS E METEU PRO GOL GOLAÇÇÇÇÇÇÇÇÇÇÇÇÇÇOOOOOOOOOOOOOOOO

Responder

Enio

24 de dezembro de 2015 às 14h02

A bandidada tá surtando….
Vejam porque o dinheiro das escolas e hospitais públicos não chegam no destino, e depois querem o fim das investigações, querem parar o governo do Brasil que liberou e não interfere nas investigações. Por isso querem golpe. “Tirem esses homens do nosso pé”.
https://www.bing.com/videos/search?q=ora%C3%A7%C3%A3o%20da%20propina&view=detail&&mid=8628CBA49EAE22C291E78628CBA49EAE22C291E7

Responder

Juli Ana

24 de dezembro de 2015 às 14h39

Kkkkkkkkk Ele queria que o Presidente do STF desenhasse pra ele?! Bem feito!

Responder

Denise Monteiro

24 de dezembro de 2015 às 14h39

Perfeito.Ministro foi muito hábil e perspicaz .Fora Cunha!!!! Nunca mais!!!

Responder

josé maria de souza

24 de dezembro de 2015 às 12h13

Afinal, quais foram os jornalistas presentes e a que órgãos pertencem?
josé maria

Responder

Ivone Radeschi

24 de dezembro de 2015 às 14h08

<3....dá pra começar a respirar e acreditar, que existe gente do bem no judiciario...

Responder

Julio Cesar Bonamigo

24 de dezembro de 2015 às 13h58

Lewandowska deu rasteira um cobras

Responder

Hilton Vieira

24 de dezembro de 2015 às 13h56

Ele deu foi um chapéu!

Responder

Haroldo Henrique Da Costa Lima

24 de dezembro de 2015 às 13h40

Parece que preferem ser reconhecidos como: PARTIDO MAIS GOLPISTA DO BRASIL…

Responder

Tania Povoa Lustosa

24 de dezembro de 2015 às 13h34

Foi bonito demais. Lewandovsky falava alto e Cunha miava pra não ser ouvido. Cena impagável!

Responder

Cesar Valente

24 de dezembro de 2015 às 13h19

Achou um que nao cai na dele.

Responder

Anna Riso

24 de dezembro de 2015 às 13h17

viva o lewa!

Responder

Maria Regina Novaes

24 de dezembro de 2015 às 13h16

Brilhante!

Responder

marcos augusto

24 de dezembro de 2015 às 10h57

Um pingo prá quem sabe ler é “i”. Se o Cunha não entendeu, traduzo o que o grande Lewandowski quis dizer prá ele: “até a publicação do acórdão, você já estará afastado pelo Teori”. E, “se você entrar com embargos declaratórios antes, vai quebrar a cara, porque serão julgados intempestivos” ( prá quem não entende dessas coisas explico: intempestividade não é apenas prá quem recorre DEPOIS do prazo ( que só começa a correr após a PUBLICAÇÃO do acórdão ), mas, também, para quem recorre ANTES, porque o interessado deverá recorrer DENTRO do prazo. Em resumo:nem antes, nem depois! Certamente o Cunha, que só entende – e mal – de conta na Suíça, não foi informado sobre este singelo detalhe…

Responder

Gustavo Ozeika

24 de dezembro de 2015 às 12h55

Olha essa pai Adonias Coelho

Responder

Xavier Santos

24 de dezembro de 2015 às 12h39

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Sergio Goes Seabra

24 de dezembro de 2015 às 12h24

Este cunha esta debochando da justiça e do povo.,

Responder

Helio Eduardo Pinto Pinheiro

24 de dezembro de 2015 às 12h15

TOMA CANALHA!!!! SUA CHAPA JÁ QUENTE…AGUARDE E SUA VEZ CHEGARÁ!!!

Responder

Rodrigo Pagani

24 de dezembro de 2015 às 12h07

desmanobrando o manobrista

Responder

Lucas Santos

24 de dezembro de 2015 às 12h06

Pensei que fosse o jogador do Bayer de Munich. Kkkkkk

Responder

titus

24 de dezembro de 2015 às 10h05

Gilmar Mentes deve ir para a prisao tambem…

Responder

titus

24 de dezembro de 2015 às 10h02

Cunha fala baixo, natural dos covardes….

Responder

Pedro Cesar de Oliveira

24 de dezembro de 2015 às 11h50

O Brasil deve ser o unico pais do mundo ,onde um juiz pra falar com bandido tem que ter testemunhas!

Responder

Marileide Cavalcanti de Souza

24 de dezembro de 2015 às 11h45

Eu acho que o drible foi na mídia golpista, afinal, quem repercute às manobras insanas do mafioso? Foi um cala a boca. #NãoVaiTerGolpe

Responder

Maria Castro

24 de dezembro de 2015 às 11h30

Parabéns Ministro Lewandowski: ” Paz e tranquilidade para o país em 2016″

Responder

Ari Rechtman

24 de dezembro de 2015 às 11h23

Pessoal da esquerda, nao deem tanta bandeira assim, exautando ministros do STF como se eles tivessem posição politica. Disfarça um pouco.
Afinal, o Cunha é o grande inimigo do impeachment.
Nao fosse a sua absoluta falta de moral,nao haveria o que contrapor ao processo….

Responder

Luiz Henrique

24 de dezembro de 2015 às 11h19

TOMA CANALHA IMORAL

Responder

Valéria Lemos

24 de dezembro de 2015 às 11h18

Bingoooooo

Responder

Pedro Felipe

24 de dezembro de 2015 às 11h16

Cunha mia na frente da imprensa, acho q conseguiria ameaçar o presidente da corte. Kkkkk

Responder

Maria Inez Lages Matos

24 de dezembro de 2015 às 10h59

E viva o STF!

Responder

Egnaldo Heleno

24 de dezembro de 2015 às 10h50

Toma safado.

Responder

Edson Mário

24 de dezembro de 2015 às 10h50

Com Deus conquistaremos a vitória,
e ele pisará os nossos adversários.
Salmos 108:13

Responder

Messias Franca de Macedo

24 de dezembro de 2015 às 08h38

O ínclito e impávido jornalista Janio de Freitas “confirma o matuto: o nome do meliante *psicoPATA é mesmo ‘[eduardo] CU(nha) do Aécio Furnas Forever'”!…
*[mais um reles] pato da FIESP do também golpista vulgar ‘[paulo] SKAFdeu-se’!

#################################

JANIO: AÉCIO ENVENENOU O AMBIENTE E CUNHA SE APROVEITOU

Em balanço na véspera do Natal, colunista Janio de Freitas diz que Dilma Rousseff vai passar a festa menos ruim do que poderia prever há um mês; já Aécio Neves, constata que ele “trouxe, difundiu e incentivou o componente odiento, de esgares, de ameaças destruidoras, de passagem da política de pessoas furiosas para a fúria sem política contra pessoas”; segundo ele, o tucano “fez o envenenamento do ambiente” e quem aproveitou foi Eduardo Cunha

24 DE DEZEMBRO DE 2015 ÀS 06:27

(…)

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/210840/Janio-A%C3%A9cio-envenenou-o-ambiente-e-Cunha-se-aproveitou.htm

Responder

    Baron

    24 de dezembro de 2015 às 09h24

    Realmente, a ceia de Natal da DILMA será apetitosa, tal como o ano de 2015 foi para os brasileiros.
    Que ela tenha uma congestão !

    Responder

      titus

      24 de dezembro de 2015 às 09h52

      preocupe-se com a sua congestao quando seu associado cunha for para a prisao….

      Responder

Luzeneide Fernandes

24 de dezembro de 2015 às 10h32

FORA CUNHA

Responder

Rene G. Santos

24 de dezembro de 2015 às 10h28

Parabéns Ministro Lewandowski,,fez muito bem

Responder

Doriam Pereira Lima

24 de dezembro de 2015 às 10h21

Chora coxinha golpe não vai ter viu tudo as clara !!!!

Responder

Enrico Grecovs

24 de dezembro de 2015 às 10h09

Nem era pra ser recebido…lugar de bandido é na cadeia

Responder

Pedro Gomes

24 de dezembro de 2015 às 10h03

Enquadrou o bandido da Câmara!

Responder

Eliana Rocha Oliveira Lana

24 de dezembro de 2015 às 10h01

#CunhanaCadeia

Responder

Colchões Júnior Franco

24 de dezembro de 2015 às 09h58

Que sabedoria tinha o Itamar Franco. Lembram do ACM?

Responder

    Martha Dias

    24 de dezembro de 2015 às 10h03

    Sim, lembro… ainda hoje vejo a fisionomia surpresa do ACM ao entrar no gabinete e se deparar com a imprensa… Itamar “mineirin”esperto

    Responder

Vera Lucia Alves Milanez

24 de dezembro de 2015 às 09h40

drible foi de vaca, boi, cavalo etc…..

Responder

Lina França

24 de dezembro de 2015 às 09h37

Henrique Lorea olé

Responder

Edson Luiz Raminelli

24 de dezembro de 2015 às 09h32

Perfeito, irretocavel, brilhante a atuação do Presidente do STF. A decisão de colocar a imprensa para testemunhar ao vivo o encontro foi digna de aplausos.

Responder

Paulo Henrique

24 de dezembro de 2015 às 09h24

Responder

    Raul Maia Andrade Neves

    24 de dezembro de 2015 às 10h21

    Se o Lewandovsky é petista, então é um excelente juiz.

    Responder

    Zenildes Reis

    24 de dezembro de 2015 às 13h23

    É sério isso?!!! Tem gente ainda para apoiar Cunha? Então a luta que vcs vem travando não é contra a corrupção, mas sim contra o PT. Boa sorte para a hipocrisia, vcs vão conseguir muito mudar o Brasil com pensamentos tão mesquinhos. Muda primeiro a mente de vcs, depois sim tente mudar o Brasil.

    Responder

    Luís CPPrudente

    24 de dezembro de 2015 às 13h32

    O ministro deu um drible de vaca em você também, caro coxinha e patinho da manifestação da Fiesp?

    Responder

Jorge Espindula

24 de dezembro de 2015 às 09h06

Já o Gilmar….

Responder

    Luís CPPrudente

    24 de dezembro de 2015 às 13h28

    O Gilmar (PSDB-MT)?

    Responder

Paulo Joel

24 de dezembro de 2015 às 08h56

Essa cara afrontou o STF e logo será preso.

Responder

Néya Pedroso

24 de dezembro de 2015 às 08h45

Foi esperto, pensou na frente dessa raposa corrupta. cheque mate.

Responder

Cacá Mendes

24 de dezembro de 2015 às 08h40

É assim que esse carrapato maldito e desprezível tem que ser tratado. Mais uma manobra deste verme nojento que ninguém confia. ForaCUnha

Responder

Ricardo Araujo de Freitas

24 de dezembro de 2015 às 08h05

Ou seja, o dible da maldita Dilma!

Responder

Vieira

24 de dezembro de 2015 às 02h48

Esse tal Cu nha é um ser desprezível. Se deu mal quando pensou que faria uma reunião com o ministro do STF e pressionaria o judiciário de alguma forma. Ao abrir as portas publicamente para a reunião o STF mostrou que não confia nesse cara.

Responder

Messias Franca de Macedo

24 de dezembro de 2015 às 01h27

… O ínclito e honrado ministro Ricardo Lewandowski poderia ter dado voz de prisão ao gângster psicopata e descompreendido [eduardo] ‘CU(nha)’ do ‘Aécio Furnas Forever’…
Por enquanto a mensagem do jurista: homem de bem não conversa com moleque à porta fechada!
A que ponto a maligna e [mega]corrupta oPÓsição ao Brasil vulgarizou o descaro!…

… E os(as) bandidos(as) do PIG ficaram impossibilitados(as) de ‘vazar’ trechos da reunião!…

Responder

Deixe um comentário