Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Brasília- DF 23-12-2015 Foto Lula Marques/Agência PT Presidente da Câmara dos deputados, Eduardo Cunha durante entrevista no STF.

Cunha tem até dia 12 para se defender na Câmara

Por Redação

01 de fevereiro de 2016 : 17h23

Início do ano legislativo marca contagem para defesa do peemedebista no Conselho de Ética, que só voltará a se reunir na semana posterior à do Carnaval. Aliados do deputado apostam em recursos para barrar cassação

por Luma Poletti, no Congresso em Foco

Embora o ano legislativo comece nesta terça-feira (2), o Conselho de Ética da Câmara só retomará seus trabalhos na semana seguinte à do Carnaval, quando está prevista a primeira reunião do colegiado em 2016. O início das atividades no Congresso marca a contagem dos prazos do processo contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acusado de quebra de decoro parlamentar por ter prestado falso testemunho, em depoimento à CPI da Petrobras, ao negar que mantinha contas no exterior.

O peemedebista tem até o dia 12 para apresentar sua defesa. A partir daí, o relator do processo, Marcos Rogério (PDT-RO), inicia a fase de instrução probatória, em que testemunhas poderão ser convidadas a prestar esclarecimentos. Acusação e defesa podem indicar até oito pessoas para testemunhar sobre o processo.

No entanto, as atividades do colegiado encontram-se ameaçadas por três recursos: um de autoria da própria defesa de Eduardo Cunha, questionando a condução do processo no Conselho de Ética, e outros dois assinados pelo deputado Carlos Marun (PMDB-MS). Dos três recursos, dois tramitam na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ); já o terceiro pode ser analisado a qualquer momento pelo vice-presidente da Mesa Diretora da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), aliado de Cunha.

Nos dois recursos de sua autoria, Marun pede a anulação da reunião do Conselho de Ética que aprovou o parecer pela admissibilidade da representação contra o presidente da Casa. Marun argumenta que o pedido de vistas feito pelo deputado Genecias Noronha (SD-CE) ao relatório apresentado por Marcos Rogério foi negado pelo presidente do conselho, José Carlos Araújo (PSD-BA).

O relator do caso na CCJ, Elmar Nascimento (DEM-BA), já adiantou que seu parecer é pelo acolhimento do recurso. Ele argumenta que o pedido de vista feito por Marun é amparado pela Constituição Federal.

No entanto, a estratégia de atuar em duas frentes (na CCJ e na Mesa Diretora) se deve ao fato de que a comissão levará mais tempo para analisar o recurso, pois terá de passar por um novo processo de indicação de membros e eleição da Presidência. Até que o cenário esteja definido, o recurso fica estagnado e as atividades do Conselho de Ética continuam. “Enquanto a comissão não for constituída, vamos trabalhando para ver o que a CCJ vai decidir”, disse José Carlos Araújo ao Congresso em Foco. “Legalmente, não tem nada que o conselho tenha feito de errado”, acrescentou.

Carlos Marun discorda: “Vamos correr o risco de o trabalho [no Conselho de Ética] avançar e depois ter de voltar atrás”.

Questionado sobre o fato da análise do recurso remetido à Mesa Diretora cair justo nas mãos de um conhecido aliado de Cunha, Marun se esquiva e defende a isenção de sua iniciativa. “Acredito que tanto o Conselho de Ética quanto o Waldir Maranhão ou qualquer outra pessoa que analise esse pedido de forma imparcial vai dar provimento ao recurso porque é óbvio o direito do parlamentar pedir vistas. O recurso é pertinente, não é porque o Maranhão é amigo ou inimigo, ele é um recurso razoável que tem razão de ser”, declarou.

De acordo com a Secretaria-Geral da Mesa Diretora, não cabe recurso à decisão de Waldir Maranhão. O vice-diretor já atuou favoravelmente a Cunha no processo que ameaça seu mandato, quando decidiu destituir o primeiro relator escolhido para o caso, o deputado Fausto Pinato (PRB-SP).

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

17 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Claudia Veras

02 de fevereiro de 2016 às 19h14

Não prende não, se quisessem já tava preso há muito tempo.

Responder

Gf Andrezão

02 de fevereiro de 2016 às 18h33

O cunha vai dar e mais um golpe esse ladrão… AFF

Responder

Rosimeri Oliveira Muniz

02 de fevereiro de 2016 às 16h01

Tudo isso…

Responder

João Valencia

02 de fevereiro de 2016 às 07h18

Este Pastor Eduardo Cunha está Pregando no deserto, só têm alguns Fariseus: José Paulo Pereira da Silva (Presidente Hereditário da Farsa Sindical – Judas e Partido Solidariedade (entre os Corruptos), Roberto Freire – Ex-Presidente do PCB, do PSB, atual Presidente do PPS, se ainda não foi para o PSDB, Carlos Sampaio (PSDB/SP) de Campinas, e outros políticos da Tchurma do Aecinhum…

Responder

Paulo Rogerio Rogerio

02 de fevereiro de 2016 às 00h55

Uiiiiiii Peterson Gusmão teu heroi vai cair kkkkkk

Responder

Ana Faria

01 de fevereiro de 2016 às 22h51

Prende esse fdp.

Responder

Lirso Zapata Barizan

01 de fevereiro de 2016 às 22h30

UM PAÍS QUE PROTEGE EDUARDO CUNHA + FHC + AÉCIO NEVES / PERRELAS + VERÔNICA SERRA / JOSÉ SERRA + ETC….; E PERSEGUE LULA – ( Lula 2018 ) É UM PAÍS DOENTE. A DOENÇA SE CHAMA “LULA 2.018”. Os coxinhas e o PIG, estão apavorados com a possibilidade da candidatura de Lula à Presidência em 2.018. Volte logo Presidente LULA, para que o povão possa realmente fazer três refeições por dia e tenha condições de estudar e progredir.

Responder

Rômulo Gustavo Martinez

01 de fevereiro de 2016 às 21h59

Vai se defender atropelando as leis… tem saida, nao

Responder

    Hell Back

    01 de fevereiro de 2016 às 23h59

    Falar em atropelo das leis isso é com o “juiz-advogado”, o mouro. rs rs

    Responder

Sandro Pina

01 de fevereiro de 2016 às 20h59

Contagem regressiva para a prisão dele!

Responder

    L@!r M@r+35

    01 de fevereiro de 2016 às 19h54

    Contagem regressiva:

    100000000000000000000000000000000000000000000000000
    99999999999999999999999999999999999999999999999999
    99999999999999999999999999999999999999999999999998
    99999999999999999999999999999999999999999999999997
    99999999999999999999999999999999999999999999999996

    Responder

Aurea Magda

01 de fevereiro de 2016 às 20h52

Até qdo esse cretino vai conseguir enrolar !

Responder

Jose Aparecido Gonçalves

01 de fevereiro de 2016 às 20h33

Vamos ver Seabra esquecem do lula um pouco

Responder

Regina Lucia Regina

01 de fevereiro de 2016 às 20h18

Eu aposto q não vai dá em nada.ele vai passar a perna em tudin.

Responder

Deixe um comentário