Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Brasília- DF- Brasil- 07/04/2015- O juiz federal Sérgio Moro e o presidente da Ajufe, Antonio César Bochenek, participam de apresentação de um conjunto de medidas contra a impunidade e pela efetividade da Justiça (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Lava Jato: Moro suspende ação penal contra ex-executivos da Odebrecht

Por Redação

02 de fevereiro de 2016 : 19h45

por André Ritchter, na Agência Brasil

O juiz federal Sérgio Moro determinou hoje (2) a suspensão da tramitação da ação penal na qual ex-executivos da Empreiteira Odebrecht são investigados na Operação Lava Jato.

A decisão do juiz foi motivada pelo entendimento da Justiça da Suíça de que o compartilhamento de documentos entre o Ministério Público suíço e o Ministério Público Federal (MPF) sobre o suposto pagamento de propina a ex-funcionários da Petrobras foi ilegal. A decisão vale até que Ministério Público brasileiro se manifeste sobre a questão.

A empreiteira recorreu para impedir que o Ministério Público brasileiro utilize os dados financeiros para embasar as investigações da Lava Jato envolvendo a empresa. De acordo com as investigações, os valores indevidos eram pagos em contas operadas pelo ex-diretores da estatal na Suíça, por meio de empresas offshore controladas pela Odebrecht.

Na decisão, Moro explicou que, apesar de a Justiça suíça reconhecer que ocorreram erros procedimentais no repasse dos documentos, o tribunal não pediu a devolução das provas, fato que impediria a uso dos dados nas investigações no Brasil.

Em julho do ano passado, ao decidir pela abertura de ação penal contra ex-dirigentes da empreiteira, Moro afirmou que há evidências de que a Odebrecht fez pagamentos aos investigados, por meio de contas na Suíça.

“Em especial, a documentação vinda da Suíça, em cognição sumária com a prova material do fluxo de contas controladas pela Odebrecht a dirigentes da Petrobras, é um elemento probatório muito significativo, sem prejuízo da discussão pelas partes e apreciação final pelo Juízo.”

Edição: Armando Cardoso

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

13 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

José D. Athayde

04 de fevereiro de 2016 às 12h02

A justiça da lava jato no Paraná perdeu a legitimidade.

Responder

    Thila

    05 de fevereiro de 2016 às 22h33

    No fim de tudo só vai ficar preso os petistas. Já vi esse filme antes!

    Responder

Hell Back

03 de fevereiro de 2016 às 00h45

É a justiça suíça ensinando o Moro um pouquinho de legislação e democracia.

Responder

Dora Lima

03 de fevereiro de 2016 às 02h09

Incompetente! E agora, manteve os executivos presos por sete meses erroneamente. Que pagará por isso?

Responder

Lili Batisa

03 de fevereiro de 2016 às 00h09

Agora ele vai ter que assinar ordem de soltura!

Responder

Joaquim Cavalcante de Alencar

02 de fevereiro de 2016 às 23h34

“A pior ditadura é a do Judiciário”, observou certa vez o velho Ruy.

Responder

Rosa Anello Dos Santos

02 de fevereiro de 2016 às 23h01

E a prisão continua????

Responder

Luís Carlos Bolzan

02 de fevereiro de 2016 às 22h15

E agora? Manteve este pesdoal preso por meses? Vossa Excelência já mandou prender uma mulher inocente e a humilhou nacionalmente. Agora isto? Vossas decisões caem no descrédito.

Responder

Silvia Machado

02 de fevereiro de 2016 às 22h10

Quem o FHC? Sim pq o único chefão q nós conhecemos por aki é ele, que faz um monte de merda e nada acontece c ele.

Responder

Rosemary Barros

02 de fevereiro de 2016 às 22h07

Tá mais perdido que cego em tiroteio…

Responder

Anabela Rosa

02 de fevereiro de 2016 às 22h06

É contra o CUNHA estão com mil provas e não fazer nada.

Responder

Marcelo Escobar

02 de fevereiro de 2016 às 21h59

Será que ele irá entregar o chefão?

Responder

Carla Lima

02 de fevereiro de 2016 às 21h57

Hahaha!

Responder

Deixe um comentário