Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Humor: Campanha pede para que Gloria Pires substitua Miriam Leitão como comentarista de economia da Globo

Por Redação

29 de fevereiro de 2016 : 17h37

no Sensacionalismo

Depois do famoso “não sou capaz de opinar” virar meme, uma campanha nas redes sociais pede para que Gloria Pires substitua Miriam Leitão como comentarista de economia na Globo.

Glória Pires participou da cobertura do Oscar 2016, fazendo comentários sobre os indicados da premiação, junto com os jornalistas Maria Beltrão e Artur Xexéo.

Um dos momentos mais engraçados e um tanto constrangedor vividos pela atriz aconteceu após os diversos “Não assisti” ditos, quando a atriz foi perguntada pela apresentadora Maria Beltrão “O que você achou?” então Glória disse “não sou capaz de opinar”, essa frase deixou ainda mais claro que a atriz não estava muito inteirada no assunto, apesar de ser uma das maiores atrizes do Brasil.

A campanha diz que, assim como Gloria, Miriam deveria reconhecer as vezes que não é capaz de opinar sobre temas complexos de economia.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

enganado

01 de março de 2016 às 10h38

Para substituir a Miriam Leitoa, que não é economista e nunca foi, sugiro a nossa Hillária Clinton, ou seja, ninguém menos que a __””ELIANE TUCANTANHEDE””__. Tem tudo que uma loira precisa para soltar suas sabedorias infernais. Aprovada?

Responder

Enio

01 de março de 2016 às 09h37

A mídia lixo criminosa tem MEEEEDO do povo brasileiro com Lula 2018. Tem MEEEEDO das urnas. #LulaEuConfio
Uma nação se faz com cidadãos conscientes de seus direitos e deveres para com ela, a mídia lixo não representa nossa consciência, ao contrário, essa mídia lixo quer desconstruir o país em benefício próprio como empresa comercial concessionária.

Responder

Peron G. L.

29 de fevereiro de 2016 às 22h28

A globo obrigando seus funcionários a defender as celebridades americanas e o monopólio do cinema americano.
Um dos elementos do soft power do imperialismo. https://pt.wikipedia.org/wiki/Soft_power http://www.europaeum.org/europaeum/?q=node/347
Soft power na TV e no Cinema e Hard power nos golpes de estado e nas guerras.

Responder

Walter pastori

29 de fevereiro de 2016 às 17h51

Sacanagem com a Miriam ela paga pra opinar desde que seja contra o governo não importa o conteúdo aliás e um trio sensacional na cbn na hora do almoço o economista apresentador escada um grande analista político que chora nas eleições e a senhora Miriam que entende muito de economia mas acho que nunca trabalhou na profissão da piruada até eu ninguém vai que cobrar depois

Responder

Vicente

29 de fevereiro de 2016 às 17h48

Que bom que ela demonstrou que não é submissa, puxa saco dos EUA.
Essa bobagem que tentam impor aos brasileiros de que precisamos assistir a tudo que venha dos EUA e com reverência é mais um dos absurdos patrocinados pela mídia.
Glória Pires apenas mostrou como a média da população brasileira está indiferente diante desse puxassaquismo da Globo.

Responder

    Joca de Ipanema

    29 de fevereiro de 2016 às 18h08

    Então porque se meteu a comentar o Oscar? Deveria ter recusado. Mas a Grobo pensou mais foi no casting da apresentação – qualidade, ou qualificação – não vem ao caso. E ela como star Globalérrima, se prestou ao ridículo. Mas, de qqr. forma, quem assiste a essa coisa, também não tem lá tanto bestunto…

    Responder

lais

29 de fevereiro de 2016 às 17h47

Rede Globo Lixo do Lixo, alguem pode fazer a gentileza de dar a descarga.

Responder

Deixe um comentário