Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Assista ao vivo o ato antigolpe no Tuca SP

Por Miguel do Rosário

16 de março de 2016 : 15h00

Hoje acontece importante evento, com presença de vários artistas e intelectuais, contra o golpe midiático-judicial que pretendem dar em nossa democracia.

Justiça seletiva, vazamento seletivo, manipulação da opinião pública, delação obtida via tortura, chantagem e agressão contra juízes que ousam discordar?

Não!

Nas eleições de 2014, um ato no mesmo local, a PUC de São Paulo, produziu cenas antológicas, e que explicam a vitória de Dilma em 2014.

Milhares de pessoas acorreram à praça conhecida como Tuca, para aclamar a então candidata a reeleiçaõ.

Para a campanha oficial foi uma surpresa, como aliás foram surpresa todos os atos genuinamente populares da campanha de 2014 – surpresa para os marketeiros e os estrategistas políticos burocráticos no entorno da presidenta.

Todos os problemas políticos do governo derivam desse vício de origem: está entregue a estrategistas burocráticos, convencionais.

Dilma teve alguns milhões de votos a que Aécio, mas não só. Seu eleitorado foi muito melhor distribuído Brasil à fora.

Os votos tucanos ficaram doentiamente concentrados em São Paulo e Paraná.

O Brasil profundo reelegeu Dilma.

O Brasil profundo não quer golpe.

Hoje, mais uma vez, a elite intelectual do país se reúne na PUC-SP para defender a democracia.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário