Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

Anulação do impeachment na Câmara reacende esperanças democráticas

Por Miguel do Rosário

09 de maio de 2016 : 14h30

Confesso aos leitores que não tenho a menor ideia do que vai acontecer.

Pode não acontecer nada. Mas pode acontecer também, quem sabe?, que o golpe seja abortado.

O que eu sei é que o ato de Waldir Maranhão, anulando o impeachment de Eduardo Cunha, provocou enorme constrangimento nas hostes golpistas.

A Globo está se contorcendo qual Janaína Paschoal naquele ato satânico da USP, mas dessa vez não tem nenhum Helio Bicudo batendo palminhas.

Há quem fale que foi articulação de Flavio Dino, governador do Maranhão – é minha explicação preferida.

Há especulações sobre vingança final de Eduardo Cunha, do tipo: ah, agora que me usaram vão me jogar fora? Nananinanão. Se foi essa última, seria uma extraordinária ironia da história! O golpista-mor traindo os traidores!

Pode ter sido um ato de consciência cívica de Waldir Maranhão, deputado de um estado que votou em massa em Dilma Rousseff e seria um dos maiores prejudicados pelo golpe. Essa é outra explicação que eu gostaria de acreditar.

Seja como for, da minha parte, eu considero qualquer constrangimento ou dificuldade impostos ao golpe como motivo de comemoração!

Há semanas que a Globo estampa na primeira página de seus jornais, sites e noticiários de TV informações sobre “nova equipe” de Michel Temer.

Michel Temer vai nomear ministério de notáveis. Michel Temer desiste de nomear notáveis. Notável se recusa a fazer jogo partidário de Temer. Temer terá 10 mil empregos à disposição. Etc, etc, etc.

Ver os âncoras da Globo com expressão de Aécio derrotado não tem preço!

Agora é hora de retomar as lutas populares contra o golpe! Ocupar esse Brasil inteiro contra os bandidos que achavam tão fácil roubar 54 milhões de votos!

E acompanhar o noticiário longe da Globo e sim diretamente do portal do Senado:

http://www12.senado.leg.br/hpsenado

A última notícia diz apenas o seguinte:

Impeachment: A Secretaria-Geral da Mesa do Senado recebeu às 11h37 ofício do presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão, pedindo que os autos do processo de impeachment sejam devolvidos àquela Casa.

Inexoravelmente,o gesto de Maranhão desmoraliza ainda mais o impeachment, porque se o Senado prosseguir a votação do impeachment, será mais uma arbitrariedade antidemocrática, que poderá ser contestada facilmente na justiça.

Politicamente, é uma bomba no colo do golpe, porque se ignorar a decisão de Maranhão, o Senado e a mídia estarão reafirmando que o impeachment só poderia ter sido conduzido por Eduardo Cunha, um bandido removido da Câmara pelo STF.

Como levar adiante um impeachment originado num ato anulado na Câmara?

O gesto de Maranhão dá ao golpe ainda mais cara de golpe!

Michel Temer, nem assumiu e já está caindo…

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

67 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

zé da inércia

10 de maio de 2016 às 15h00

A democracia é forte e vence mais uma vez! Impedimento vindo à galope! Dilma já está guardando a papelada na mochila e salvando tudo nos disquetes!

Responder

Eisenheim

09 de maio de 2016 às 20h26

Maranhão, semana passada, já havia sinalizado, nas redes sociais, que era a favor da democracia. Eis suas palavras.

Responder

    Luiz Felipe Martins

    10 de maio de 2016 às 00h04

    Pena que ele vai revogar sua própria decisão ;-)

    Responder

      Eisenheim

      10 de maio de 2016 às 00h30

      Mais um profeta do Apocalipse. Obrigado. Não mais vagas. hahahaha

      Responder

        Luiz Felipe Martins

        10 de maio de 2016 às 00h32

        Prefiro o nome “choque de realidade”, mas chame como quiser ;-)

        Responder

Regina

09 de maio de 2016 às 19h37

Observem quem está nesta foto do post, logo atrás de blusa preta. Luciano Huck

Responder

Comentador

09 de maio de 2016 às 18h26

Me lembrei do Cléber Machado: Hoje não, hoje não!!! Hoje sim…..

Responder

sergio calvet

09 de maio de 2016 às 18h18

Quem vai organizar o movimento? Acho que toda esquerda está esperando alguém dar o primeiro passo. Vamos lá! Mobilização ontem!

Responder

João Luiz Brandão Costa

09 de maio de 2016 às 18h09

O homem é atarracado, sem pescoço, um bigodão de cabra da peste, e por fim meio acabocado. Isso já é de bom tamanho para provocar arrepios de desprezo e subestima da parte dos soit dizant “arianos” do este-sul desse país. Mal empossado, como ele próprio disse, “não pedi a ninguém para estar aqui”, foi assoberbado com uma saraivada de críticas que iam de – não tem estofo, perfil, estatura, competência e capacidade intelectual para o cargo – quando não de pau mandado, com se fosse ele o único daquela casa, e por fim até de desonesto e réu da justiça, como se muitos de seus pares também não o fossem. Taí, bando de preconceituosos. E se seu gesto não for nada do que seu honesto julgamento

Responder

Roberta Vilarejo

09 de maio de 2016 às 17h39

Segue a arbitrariedade antidemocrática. E, que apostar!? A justiça nada contestará!!!
É a escória da escória!

Responder

brasileirobrasileiro

09 de maio de 2016 às 18h38

Meus parabéns senhor deputado federal Waldir Maranhão. Esta sua ação, representou os 54milhões de brasileiros ignorados pela Globo e suas irmãs.
Você demostrou honra a DEMOCRACIA. O que muitos destes deputados deveriam fazer. Meus parabéns mais uma vez. Esta sua atitude mantem seus eleitores confiantes em você e estaremos com você nas próximas eleições.
Saudações

Responder

Luiz Felipe Martins

09 de maio de 2016 às 17h15

Renan está junto pelo golpe!

Responder

    robertoAP

    09 de maio de 2016 às 17h39

    Esse tal Renan era da tropa de choque do Collor, onde todos roubavam juntos, saquearam até a poupança e as contas correntes de toda a população com uma canetada.
    Ele nunca teve na vida,um único pensamento que não envolvesse bandalheira.

    Responder

Luiz Felipe Martins

09 de maio de 2016 às 16h57

Podem trocar a imagem da notícia por essa abaixo porque o Renan rasgou esse papel do Maranhão e jogou no lixo

Responder

Os Mortadelas

09 de maio de 2016 às 17h23

Miguel (corrigindo!!), resta considerar que isso pode ser artimanha do Cunha para voltar.

O suspeitíssimo Lauro Jardim diz em sua coluna dessa tarde que o corrupto
Waldir Maranhão foi orientado pelo gênio-do-mal (reconheçamos) Cunha.
Não confio nesse tipo (o Jardim), mas… vai que?

Nessa tese,
Cunha estaria por trás da atitude para “se fazer necessário” para “tirar
a mulher do poder”. Assim retoma o apoio da mídia, da oposição e dos
coxinhas teleguiados.

Soma-se a isso que a decisão sobre o
afastamento definitivo do Cunha da presidência da Câmara ainda não foi
tomada e está nas mãos da mesa diretora da Casa e do Conselho de Ética
em que corre o processo de cassação.

Ninguém ali é bobo. Eu até
imagino o Cunha falando ao Maranhão: “Mas fala com o Dino antes. Temos
que fazer parecer que é isso coisa deles”.

Responder

Os Mortadelas

09 de maio de 2016 às 17h22

Fernando, resta considerar que isso pode ser artimanha do Cunha para voltar.

O suspeitíssimo Lauro Jardim diz em sua coluna dessa tarde que o corrupto Waldir Maranhão foi orientado pelo gênio-do-mal (reconheçamos) Cunha. Não confio nesse tipo (o Jardim), mas… vai que?

Nessa tese, Cunha estaria por trás da atitude para “se fazer necessário” para “tirar a mulher do poder”. Assim retoma o apoio da mídia, da oposição e dos coxinhas teleguiados.

Soma-se a isso que a decisão sobre o afastamento definitivo do Cunha da presidência da Câmara ainda não foi tomada e está nas mãos da mesa diretora da Casa e do Conselho de Ética em que corre o processo de cassação.

Ninguém ali é bobo. Eu até imagino o Cunha falando ao Maranhão: “Mas fala com o Dino antes. Temos que fazer parecer que é isso coisa deles”.

Responder

Diego Rodriguez

09 de maio de 2016 às 15h59

Isso sim é um golpe… o parecer foi aprovado por 367 deputados, waldir maranhäo pode anular o processo uma vez que o mesmo ja se encontra no senado,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

Responder

    Domitila Andrade

    09 de maio de 2016 às 16h32

    367 votos valem mais do que 54 milhões de votos, né? Vcs são pândegos. Saiam do armário. Assumam que são golpistas

    Responder

    foo

    09 de maio de 2016 às 17h42

    Se 367 deputados podem anular o voto de 54 milhões de brasileiros (147 MIL votos anulados por cada deputado), por que um deputado não poderia anular o voto de 367 deputados — ainda mais se estiver anulando uma arbitrariedade?

    Responder

    Luciana

    09 de maio de 2016 às 16h46

    Que foi Diego? Já tinha o teu carguinho no “eventual” governo temer?

    Responder

      Luiz Felipe Martins

      09 de maio de 2016 às 17h22

      Acho que ele ainda tem hein ;-)

      Responder

Diego Rodriguez

09 de maio de 2016 às 15h52

Isso sim é um golpe, inconformados com um processo democratico agora decidem dar um golpe e anular o processo…

Responder

    Cesar Saldanha

    09 de maio de 2016 às 16h46

    Contra-golpe, e de mestre. Fantástico, ainda há democracia neste país, assim espero.

    Responder

      Luiz Felipe Martins

      09 de maio de 2016 às 17h06

      Houve o golpe do contra-golpe. E agora?

      Responder

        Pedro Pereira

        09 de maio de 2016 às 17h08

        STF

        Responder

          Luiz Felipe Martins

          09 de maio de 2016 às 17h09

          Tem chance de dar certo hein…

          Pedro Pereira

          09 de maio de 2016 às 17h10

          vdd, bem difícil, mas essa decisão da weber? Não ajuda nada?

          Luiz Felipe Martins

          09 de maio de 2016 às 17h11

          Brother, não tem mais volta.

        Pedro Pereira

        09 de maio de 2016 às 17h08

        “O senado pode até tentar ignorar a anulação, mas isso abre caminho para o STF. Um processo pode continuar se sua origem foi cancelada?”

        Responder

        Cesar Saldanha

        09 de maio de 2016 às 23h54

        Engraçado, a palavra contra-golpe, significa contra o golpe mesmo. Enquanto a palavra golpe é golpe mesmo. Vamos ao Supremo ainda há uma ultima trincheira a ser vencida.

        Responder

          Luiz Felipe Martins

          09 de maio de 2016 às 23h57

          Se for o JEC que for lá falar, tenho mal pressentimento.

    Cesar Saldanha

    09 de maio de 2016 às 16h47

    contra-golpe, e de mestre. O rei está nu, caiu a torre.

    Responder

Diego Rodriguez

09 de maio de 2016 às 15h49

Essa suspencäo do impeachment é um golpe contra as instituiçoes e o povo brasileiro.

Responder

    João Ostral

    09 de maio de 2016 às 16h24

    É um “golpe” contra o Golpe, ou seja um conta-golpe.

    Responder

      Luiz Felipe Martins

      09 de maio de 2016 às 17h06

      Agora o Renan deu o golpe no contra-golpe ;-)

      Responder

        João Ostral

        09 de maio de 2016 às 17h59

        Isto mesmo , ele de um um golpe no contra-golpe e não um “golpe” no contra-golpe.

        Responder

Luiz Felipe Martins

09 de maio de 2016 às 15h49

Acho que não vai ser dessa vez hein

Responder

Diego Rodriguez

09 de maio de 2016 às 15h45

Esse waldir maranhäo é um golpista, ele näo tem competencia pra suspender o impeachment uma vez que o processo ja se encontra no senado..

Responder

    Cesar Saldanha

    09 de maio de 2016 às 16h50

    Já pediu ao senado o “devorteio” do golpe. Belo contra-golpe.

    Responder

Luís F B

09 de maio de 2016 às 15h45

Sim, o ato foi positivo para a resistência ao golpe independentemente de alguma intenção específica do Maranhão. No final, é a política que decidirá, como sempre… e para isto é povo na rua amanhã, dia 10, e depois!

Responder

    roberto silveira

    09 de maio de 2016 às 16h06

    Estarei em Brasília dia 11 para protestar. Agora é hora de ocupar Brasília!

    Responder

Marcia.

09 de maio de 2016 às 15h32

Acredito que tudo volte a etapa zero.
Com a volta da solicitação impeachment para a câmara dos deputados e nova eleição.
Com certeza o Cunha iria falar tudo que sabe, e o Temer não iria se quer sentar na cadeira da presidência. Tomara que ele fale tudo, aí sim Temer , Aécio , Serra etc vai mostrar toda sujeira que pertecem!

Responder

Gui Mallon

09 de maio de 2016 às 15h28

Miguel do Rosário, estamos aqui na Suécia completamente atordoados, ainda que eu tenha escrito uma carta aberta de gozação ao Waldir Maranhão – datada de 07 de maio – como vc pode testemunhar, pedindo para ele colocar seu nome na história …e na de Holywood. (Pô, tenho que escrever esse roteiro urgentemente, porque será um tremendo de um filme best seller). Tá lá no inbox do teu mail. Mas, no fundo no fundo, achava que o moço não teria essa coragem. E eis que o estado do Maranhão sempre nos surpreende. Mas, por outro lado, porque nos surpreender? o Brasil tornou-se ultimamente o país do “Pode Tudo”. O único país do mundo que tem um partido verde de direita (!!), o único país do mundo cujo lider do ex-partido comunista fez uma revisão, no sentido estrito da palavra, e virou extrema direita. Mas hoje acordei feliz aqui às 3 horas da manhã do Brasil (8 da manhã na Suécia) lendo no sisudo Dagens Nyheter, o maior jornal de circulação do país, uma matéria sobre o Brasil onde o PMDB é colocado em um nível abaixo de rato de esgoto. E vamos somando: STF votando unânime pelo afastamento de Cunha. Waldir Maranhão aprontando essa hoje. Estou sentindo que o poderoso castelo que a Casa Grande montou com ajuda da mídia, era de areia não de pedra, e está começando a ruir.
#VamosàLuta

Responder

    Alexandre Abreu

    09 de maio de 2016 às 17h07

    Gui, boa tarde. Você podia colocar esse texto no seu Facebook para compartilharmos. Muito bom!

    Responder

      Gui Mallon

      09 de maio de 2016 às 17h48

      foi

      * Gui Mallon*

      2016-05-09 22:07 GMT+02:00 Disqus :

      Responder

Rachel

09 de maio de 2016 às 15h20

Agora é hora de retomar as lutas populares contra o golpe! Ocupar esse
Brasil inteiro contra os bandidos que achavam tão fácil roubar 54
milhões de votos!
É isso aí amanhã 10/05 todos na rua. No face tem agenda da CUT, da frente Brasil Popular e Povo sem Medo, das universidades. Só não vai para a para amanhã quem não quer.

Responder

Claudemir nelson da silva

09 de maio de 2016 às 15h16

A grande mídia está convocando seus zumbis para manifestação. A todo instante divulga, durante programação e comerciais apelando para o ódio. Informando que o golpe foi legal e não pode ser anulado. Informa ainda que o deputado é do bloco petista. Agora é hora de vermos o quanto os panfletos partidários de extrema direita (Globo, SBT, Rede TV, Band e Record) são capazes de manipular a opinião pública. Ou cai o governo ou cai o horário político pago 24 horas por dia que esses meios de comunicações, que se travestem da liberdade de expressão para praticar terrorismo midiático.

Responder

    Rachel

    09 de maio de 2016 às 15h21

    Para a rua dia 10/05

    Responder

Elizabete Rodrigues Oliveira

09 de maio de 2016 às 15h13

Eu prefiro acreditar na Hipótese de que o Maranhão abriu os olhos e viu a traição correndo por todos os lado. Não foi à toa que seu voto foi contra o golpe. Quando todos pensavam que ele votaria contra Dilma, ele votou a favor. O importante é melar esse golpe e fazer o STF trabalhar. Enquanto isso, nós estaremos na rua para defender a democracia e combater os golpistas fascistas.

Responder

    Pol Pot

    09 de maio de 2016 às 15h18

    Vc acha mesmo que o STF trabalhará alguma vez na vida? Se o fizer será para avalizar e realizar o golpe.

    Responder

    Rachel

    09 de maio de 2016 às 15h21

    na rua amanhã 10/05

    Responder

    Rogério Maestri

    09 de maio de 2016 às 15h27

    Até chamaram o Maranhão de um novo anão do orçamento!
    Juntou tudo e ele ficou arretado.

    Responder

Zaré Augusto Brum Soares

09 de maio de 2016 às 15h11

Miguel, me explica uma coisa… porque a CBN desde as 13:29 estampa a manchete de que o Renan vai ignorar a decisão do Waldir Maranhão??

Responder

    migueldorosario

    09 de maio de 2016 às 15h14

    pressão dos golpistas

    Responder

    Zaré Augusto Brum Soares

    09 de maio de 2016 às 15h15

    Mudaram agora, tiraram o “ignora a decisão de Waldir Maranhão”!!!

    Responder

      Rachel

      09 de maio de 2016 às 15h24

      E a nossa pressão é amanhã 10/05 na rua, na rua na rua. Consultar agenda da sua cidade no face das universidades, da CUT da Frente Brasil Popular e Povo Sem Medo e outras

      Responder

        Atineli

        10 de maio de 2016 às 05h05

        Todos à Rua Já ! Vamos derrubar esse golpe imundo gente democrática ! DILMA FICA ! Simples assim…

        Responder

    Luiz Felipe Martins

    09 de maio de 2016 às 15h51

    Porque câmara e senado são coisas diferentes.
    O Renan como presidente do senado pode simplesmente ignorar porque no senado manda ele.

    Responder

      Zaré Augusto Brum Soares

      09 de maio de 2016 às 16h54

      A questão é que ele nesse momento ainda estava em reunião com a mesa do Senado para decidir a questão e não havia decidido ainda!! O que só aconteceu por volta das 15:30!!

      Responder

        Luiz Felipe Martins

        09 de maio de 2016 às 17h02

        A questão é que nesse momento o Renan falou que tudo continua como programado e ele ignorou o Maranhão ;-)

        Responder

        Octavio Filho

        09 de maio de 2016 às 17h16

        Não leva em consideração este tal de Luiz. Ele é tucano roxinho.

        Responder

          Luiz Felipe Martins

          09 de maio de 2016 às 23h55

          Ei, to esperando sua resposta no outro tópico. Vai fugir mesmo?

gilberto

09 de maio de 2016 às 15h00

Para mim não há surpresa na decisão, eis que Maranhão demonstrou caminhar com as próprias pernas durante a famigerada sessão.

Responder

    eto

    09 de maio de 2016 às 15h07

    Eu gostaria de acreditar muito nisso, mas o mar de lama torna difícil eu seguir essa convicção.

    Responder

Alexandre Moreira

09 de maio de 2016 às 14h59

Um Maranhense arretado vale mais do que 11 ministros coxinhas.

Responder

    Rachel

    09 de maio de 2016 às 15h26

    u
    E m brasileiro na rua vale muito também Amanhã 10/05 na rua . Consultar agenda no face e sites da CUT, Frente Brasil Popular, universidades etc

    Responder

      Alexandre Moreira

      09 de maio de 2016 às 16h36

      Tem razão, o golpe só acaba com o povo nas ruas! Não vai ter golpe!

      Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina