Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Governo Temer inicia progrom ideológico na TV Brasil

Por Redação

30 de maio de 2016 : 15h26

Jornalista Laerte Rimoli assume a presidência da EBC (Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil)

EBC fala em ajuste fiscal e suspende contratos que somam cerca de R$ 3 milhões

no Comunique-se

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) deu início a processo de reformulação que inclui a reavaliação de todos os contratos com pessoas jurídicas. Segundo a organização, o valor global dos acordos suspensos é avaliado em cerca de R$ 3 milhões ao ano. O tema foi revelado pela empresa quando questionada pela reportagem do Portal Comunique-se sobre o afastamento do jornalista Paulo Moreira Leite, apresentador do ‘Espaço Público’, da TV Brasil.

A EBC conta que levantamento preliminar revelou déficit em torno de R$ 60 milhões no caixa da empresa. “Diante do quadro de severa restrição orçamentária, a nova direção da EBC decidiu suspender alguns contratos por 120 dias, até que seja melhor definido o tamanho do esforço financeiro necessário para adequar a empresa ao ajuste fiscal que a crise econômica impõe ao conjunto do governo Federal”, informou em texto.

De acordo com a EBC, só o contrato com a produtora e o apresentador do programa semanal ‘Espaço Público’, por exemplo, custa cerca de R$ 570 mil anuais. A empresa ressaltou, ainda, que neste primeiro momento estão sendo suspensos sete contratos com pessoas jurídicas, enquanto a direção reavalia a viabilidade de manter tais compromissos financeiros.

*Com supervisão e edição de Nathália Carvalho.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Richard Zimmermann

30 de maio de 2016 às 19h13

Quantos da produtora sem contrato, teriam andado batendo panelas. Saboreiem.

Responder

Jorge Leite

30 de maio de 2016 às 18h27

Putz! A cara do sujeito é uma mistura de Platini com Jabor. Nojo…

Responder

Puente Llaguno

30 de maio de 2016 às 18h14

E tudo isso num governo golpista ainda interino.

Responder

Armando

30 de maio de 2016 às 16h59

Primeira vítima do golpe é a verdade. EBC virou palanque e Voz do Brasil do Executivo está intragável. E dizer que no Governo do PT tinha liberdade para criticar governo, colocar sonoras de adversários etc. Hoje, desconvidam senadora do PC do B acertada para entrevista com a desculpa de problema técnico…Triste fim da comunicação pública. EBCistas, façam como o povo da CGU, vão pra rua lavar a calçada, levantem essa bunda da cadeira.

Responder

mello

30 de maio de 2016 às 16h52

Nada mais da TV Brasil e da EMC vejo ou escuto, enquanto os bandidos golpistas estiverem com as patas lá. Nem publicações nas redes sociais deles. Tudo bloqueado.

Responder

Alexandre Moreira

30 de maio de 2016 às 15h38

Aí turma da EBC, bora seguir o exemplo do pessoal da CGU. Vamos fazer cair esse babaca!

Responder

Deixe um comentário