Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

A resposta de Dilma à Rosa Weber explicando porque o golpe é um golpe

Por Miguel do Rosário

08 de junho de 2016 : 18h13

(Foto: Fellipe Sampaio /STF)

Em resumo, Dilma provou à Rosa Weber que usa a palavra golpe, porque “a literatura assim a permite”.

No Jornal GGN.

Dilma explica à Rosa Weber que foi golpe por mais de 100 fontes

ATUALIZADO EM 08/06/2016 – 16:15

Por Patricia Faermann

Jornal GGN – Para explicar à ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), que o processo de impeachment no Senado foi um “golpe de Estado”, a defesa de Dilma Rousseff citou o Dicionário de Política, representantes de organizações internacionais de todo o mundo, juristas, cientistas políticos e filósofos, além de livro que reúne mais de 100 escritores.

Entre os estudiosos da América Latina, Cardozo fez referência ao Diretor do Departamento de Ciência Política e Estudos Internacionais da Universidade Di Tella, Juan Gabriel Tokatian, explicando o conceito do “neogolpismo” – usado, segundo o autor, quando se “pretende violar a Constituição do Estado” e “pretende-se preservar uma imagem de segurança institucional mínima”:

defesa_dilma01

Mencionou Magdalena Lopez, do Instituto de Estudos sobre América Latina e Caribe (IEALC-UBA), que afirmou que “as novas estratégias de golpe, utilizadas pelas direitas em aliança com grandes meios de comunicação, corroem a legitimidade a partir do discurso”.

Ainda usou as palavras do doutor em Ciência Política pela Universidade de Notre Dame, o pesquisador argentino Aníbal Pérez-Liñán, que em artigo explicou como o impeachment é usado como arma, sob a égide de um “recurso legal”, para resolver disputas políticas na América Latina.

Além dos especialistas, o documento de resposta à Rosa Weber também recupera as denúncias de golpe no Brasil feitas por Noam Chomsky, filósofo e linguista norte-americano; Adolfo Perez Esquivel, ativista de direitos humanos argentino e ganhador de Nobel da Paz; Michael Lowy, diretor de pesquisas do Centre National de la Recherche Scientifique (França); o jornalista norte-americano Glenn Greenwald, além de jornais estrangeiros reconhecidos, em reportagens e editoriais.

Para somar à comprovação do termo “golpe” ao processo realizado no Brasil para afastar a presidente da República, Dilma Rousseff, o documento também lembra do livro “Resistência ao Golpe de 2016”, que traz uma coletânea de 103 artigos e entrevistas escritos por diferentes autores, todos afirmando que foi golpe de Estado.

Em determinado momento do texto, o ex-advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, citou como referência à favor de Dilma o seu sucessor, Fabio Medina Osório, nomeado por Michel Temer para comandar a AGU. Isso porque Osório Medina concedeu uma entrevista antes mesmo de se tornar nome do Ministério de Temer, em 15 de abril de 2015, quando afirmou que o impeachment da presidente “seria realmente uma espécie de golpe institucional e provavelmente seria barrado no Judiciário”.

Á época, o posterior ministro era Presidente do Instituto Internacional de Estudos de Direito do Estado e foi questionado por reportagem do Diário do Grande ABC sobre a condenação de fatos ocorridos no passado, sem continuidade da prática em mandatos seguintes, o que seria uma “perspectiva retroativa” incabível.

Além disso, Cardozo também utilizou trechos das conversas gravadas do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, com “importantes lideranças políticas brasileiras”, os caciques do PMDB Renan Calheiros, Romero Jucá e José Sarney, para argumentar que “cabalmente” a “verdadeira razão deste processo de impeachment” é afastar “uma Presidente da República, pelo simples fato de ter cumprido a lei, ou seja, ter permitido que as investigações contra a corrupção no país avançassem de forma autônoma e republicana”.

Apesar de se tornarem domínio público, uma vez que os grampos das conversas entre os políticos vazaram à imprensa, esse trecho da resposta da presidente afastada poderá ser prejudicado. Ainda nesta quarta-feira (08), o presidente do Supremo, Ricardo Lewandowski, negou à Dilma usar essas conversas como provas de sua defesa do impeachment, porque ainda tramitam em segredo de Justiça nas investigações da Lava Jato no STF.

Ao final, Dilma não só responde à Rosa Weber por que foi um golpe, como também anuncia que “tem tomado todas as providências que, dentro da lei, estão a seu alcance para evitar a consumação deste golpe de Estado”.

Autoritarismo de Temer

O advogado de Dilma aproveitou o documento enviado à ministra do STF para afirmar que, assim como o “pedido de explicações” ao uso da palavra “golpe”, solicitado pelo governo Temer, a gestão do interino vem praticando “autoritarismo” em outras decisões. E citou a proibição do uso de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) à Dilma.

Cardozo criticou que, da mesma forma como a interpelação na Justiça é uma forma de controle da divulgação do “golpe”, o governo interino ignorou “as regras de segurança para o deslocamento presidencial”, ao determinar a restrição de aeronave oficial, com o objetivo de impedir que ela se locomova pelo país.

Defendeu o advogado:

defesa_dilma02

A intenção de Temer seria, na visão da defesa de Dilma, “evitar os cada vez mais crescentes atos que denunciam a ocorrência de um golpe no país”, impondo-se “à Presidente da República afastada um tratamento muito inferior ao que o próprio Sr. Vice-Presidente da República possuía quando ainda não havia assumido a interinidade”, acusou.

“Uma verdadeiramente anomalia, apenas justificada pelo autoritarismo dos novos tempos que vivemos”, completou. “Podemos afirmar, assim, que a presente interpelação faz
parte de um vasto conjunto de medidas tomadas para evitar que a palavra ‘golpe’ evidencie o que para muitos já está evidente”, justificou, em outro trecho.

Na conclusão, Cardozo depositou esperanças na força da Constituição. “Cumpre assim a Sra. Presidenta da República, com seu papel, apesar de todas as ameaças e intimidações, confiante em que as instituições brasileiras serão fortes para fazer respeitar a Constituição de 1988 e o Estado Democrático de Direito”, publicou.

Leia, abaixo, a íntegra da explicação de Dilma Rousseff à Rosa Weber:

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

30 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

John Jahnes

21 de julho de 2017 às 09h24

No paí onde quem deverias fazer valer a lei e a justiça, apoia um golpe na democracia, vale tudo, até mesmo que ELES. OS BANDIDOS DE TOGAS, considerados o MARAJÁS BRASILEIROS, POR TER OS MAIORES SALÁRIOS DO PAÍS, se calem e deixem que a injustiça e corrupção corra solta e praticada por seus grandes amigos .
Os três poderes da república brasileira estão podres.
https://www.youtube.com/watch?v=wHKIErwmG-4

Responder

Paulo Lovisi de Toledo Gualberto

12 de julho de 2017 às 11h38

Rosa Weber faz parte do golpe.

Responder

enganado

29 de junho de 2017 às 01h03

Será que o cara que escreveu a sentença da condenação do “”Zé Dirceu””, lida (((tá escrita: LIDA, eu escrevi : LIDA)) pela Rosa Weber, comeu a mesma? Se, sim, está explicado, senão o mesmo broxou na hora porque a Rosinha é uma baranga. Mas para quem está acostumado a comer baranga, não deveria broxar naquela hora. Cabe ressaltar que aquela sentença é a própria personalidade de quem escreveu.

Responder

LUIZ TAVE

23 de janeiro de 2017 às 22h38

vergonhoso , Teoriza mandou Levandowski enterrar o impeachment da dilma . Levandowski obedeceu . Teoriza so afastou cunha, depois que ele fez o serviço sujo . Rosa weber fez dilma responder , o prq ela estava chamando O GOLPE de GOLPE . gilmar mendes criou uma metastase de interpretaçoes que lula nao podia ser min da dilma , porque teria beneficio com foro ! Carmen lucia , disse que nao queria se chamada de presidenta e que amava a lingua portugueza , Criaram espectativa bubonica , para favorecer uma facçao que esta` desintegrando o brasil ! um helicoptero com meia tonelada de cocaina , quem era o dono , quem investigou , quem ta preso , quem periciou a aeronave ? quem afastou o promotor que investigava ? temer vai indicar ALEX DE MORAS PARA O STF ? KKKKKKKKKKKKKKKKK

Responder

Ricardo Oliveira

14 de junho de 2016 às 14h57

Será interessante ler o despacho de Rosa Weber a respeito desse processo. Se ela aceitar então teremos uma Ministra do STF endossando que é golpe. Pela lógica a única saída para o “pepino” que ela mesma arrumou (deveria ter negado a ação) será a de ser contra a resposta de Dilma, mas terá que dizer o porquê. Fiquemos atentos!

Responder

Israel Leal Dos Santos

10 de junho de 2016 às 00h18

Está certa a Ministra. Golpe é o rombo na Petrobras, nos correios, no BNDS…A administração é tão desastrosa que até o Lula condena a administração de Dilma. Golpe? É maquiar economia pra ganhar eleição, Golpe é dizer que “os outros são sujos e por isso não podem me julgar”…Se tem o elemento e o respaldo na lei não é Golpe. E se Cunha se negasse a votar o impedimento, estaria ele fazendo vistas grossa, quando ele resolveu trabalhar, deu no que deu ;)

Responder

    Ricardo Oliveira

    14 de junho de 2016 às 15h00

    Golpe é pedir socorro ao FMI tres vezes, vender o país e roubar tudo.

    Responder

      voz anonima

      14 de setembro de 2016 às 08h08

      Petista Lobotomizado, só o que se paga de JURO da dívida POR ANO HOJE, praticamente quitaria a dívida deixada por FHC.

      Responder

        Ricardo Oliveira

        14 de setembro de 2016 às 15h32

        Tadinho do coxinha rebaixado a trouxinha…saudades do FMI? Ou está em dúvida se pede Seara ou Perdigão?
        Bem, vá trabalhar pra pagar nosso salário que voce ganha mais, ok?
        Ah! Brincou que voce não sabia que o Temer não iria demitir nenhum “peteba”?

        Responder

          voz anonima

          15 de setembro de 2016 às 08h49

          Que parte de trocar divida externa a juro baixo por divida interna a juro astronômico vc não conseguiu entender?
          Não tem milagre, Lula e PT não fazem milagre.
          A contabilidade não é tão difícil assim.

          Servidor, sua atitude com relação ao cidadão, trabalhador e contribuinte é um desrespeito anti-republicano passível de punição por assédio moral.

      Alex Ruppenthal

      19 de outubro de 2016 às 06h56

      Tu sofre de FMIfobia???só pra saber mesmo….

      Responder

Ben Alvez

09 de junho de 2016 às 14h37

Só quero saber quem vai ler tudo isso pra dona Rosa Weber…

Ler em voz alta, traduzir e explicar bem direitim!

http://goo.gl/26pb7D

Responder

Ben Alvez

09 de junho de 2016 às 13h22

Não adianta citar tanta coisa.

A juizeca Weber demonstrou que que não sabe ler, a não ser a “literatura jurídica” que nem ela mesma sabe qual é.

Se ela tivesse um mínimo de decência e de competência, ela teria citado as fontes sobre as quais se baseou para escrever a sentença ridícula no julgamento de José Dirceu.

Citar Gabriel Tokatian?

Deus do céu!

Que desperdício.

E em “castellano”?

Quá quá quá…

Responder

    Ricardo Oliveira

    14 de setembro de 2016 às 15h33

    Não foi ela quem escreveu…foi o “assistente” Sergio Moro, tambem conhecido pela alcunha de #Moro77mil

    Responder

js

09 de junho de 2016 às 02h31

E agora? Nos temos direito a resposta dessa juíza?

Responder

Dora Campos

09 de junho de 2016 às 01h05

Rosa Weber, saia de seu mundinho de regalías e se preocupe com a grande maioria de trabalhadore s brasileiros que na maioria das vezes,nem um salário mínimo ganha. É GOLPE contra a Presidenta Dilma e contra o povo brasileiro,sim.Venha para arua e sinta quanta discrep^ncia entre seu tipo de mundo e o nosso!!!

Responder

    Guimarães Roberto

    09 de junho de 2016 às 05h09

    Dora, o que você solicita não vai acontecer. Ela vive em um mundo ou país “separado”, embora dentro do nosso país chamado Brasil. Ela só deve ter notícias do nosso mundo através da Rede Bobo então, ela não sabe o que realmente está acontecendo. Está alienada. Basta ler a frase de sua autoria: Condeno porque a literatura me permite, ou seja, juiz ignorou as provas ou ausência das mesmas. Uma lástima.

    Responder

    Xenia Maria Pereira

    09 de junho de 2016 às 11h51

    Rosa Weber? Prima da mulher do Aécio… tá explicado.

    Responder

      Ben Alvez

      09 de junho de 2016 às 13h25

      É o filho dela que trabalha na Globo?

      E a Globo é parte interessada no golpe, assim como era parte do processo que culminou na condenação de José Dirceu.

      Essa Rosa Weber é uma das manchas negras do STF.

      Togada e cagada.

      Responder

      voz anonima

      14 de setembro de 2016 às 08h08

      Nomeada pelo Lula.

      Responder

Janeto Bobo

09 de junho de 2016 às 00h40

Que mais a literatura jurídica permitirá a essa juiza de um supremo de merda?

Responder

Jota Pereira

09 de junho de 2016 às 00h30

Que coisa mais ridícula, obrigar a nossa presidente Dilma, afastada temporariamente de suas funções, ter que explicar porque o golpe que tramaram contra ela é um golpe. É demais. Coisas do nosso Brasil.

Responder

marlene

08 de junho de 2016 às 22h20

Alguém aposta que ela, Rosa Weber, conseguirá entender por que GOLPE é chamado de GOLPE? Certamente ela vai “incorporar” o Gilmar de Lama Mendes e fará carinha de paisagem! #ForaTemer

Responder

Antonio Paulo Costa Carvalho

08 de junho de 2016 às 21h03

Que país ridículo. Não acredito no que estou vivendo. Parece que estão todos imbecilizados. Está mais que na hora de marcar eleições gerais para o eleger um novo parlamento e um novo presidente. Ainda, declarar os atuais parlamentares ficha suja. Uma declaração de guerra a outra nação é o que há de mais irracional. Parece que aqui no Brasil superamos esta irracionalidade, pq se declara guerra aos pobres e oprimidos e eles próprios não sabem disto.

Responder

Fabiana

08 de junho de 2016 às 20h20

Este sorriso significa:

Que dinheiro fácil é meu salário…

Responder

gilberto

08 de junho de 2016 às 20h05

Rosa Weber sorrindo! Sempre imaginei que a eminente ministra estivesse espalhada.

Responder

Fabiana

08 de junho de 2016 às 19h32

É por isso que a justiça é tão lenta…

Tantos processos a espera e esta Rosa Weber colaborando em emperrar.

Acho que isso é mais um descaso com o dinheiro público, afinal a hora de trabalho desta Rosa ….

Já vi em algum lugar que não se pode fazer a Justiça perder tempo com processo ridículo, pois é obstrução da máquina judiciária.

Responder

robertoAP

08 de junho de 2016 às 19h29

A Juíza Ornitorrinco, ou, Juíza Quimera. Tem cara de raposa, asa de morcego e cérebro de bonobo.

Responder

    Jst

    09 de junho de 2016 às 10h42

    E um rabo preso na globo.

    Responder

      cesare

      10 de junho de 2016 às 01h21

      E golpe mesmo! E baixo. Fora golpistas.

      Responder

Deixe um comentário