Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

‘Golpe legal’ abre caminho para ‘privatizações radicais’ no país, diz revista ‘The Nation’

Por Redação

31 de julho de 2016 : 08h23

‘Vendas – que também incluem aeroportos e serviços de correio – irão diminuir cosmeticamente o déficit de orçamento do Brasil’, afirma artigo

Em artigo publicado na quarta-feira (27/07), a revista semanal norte-americana The Nation afirma que o “golpe legal” cometido no Brasil abre caminho para “privatizações radicais” no país.

O autor, Andy Robinson, inicia seu texto falando do policial militar responsável por evitar que pessoas sejam atropeladas pelos VLTs (veículos leves sobre trilhos que trafegam no nível do solo), instalados neste ano para as Olimpíadas do Rio, e pensa que aqueles abordo devem se questionar por que não foram tomadas precauções por parte do governo carioca para evitar o “real perigo”: “que o Estado do Rio falisse, suspendendo os salários e pensões de milhares de trabalhadores do setor público”.

Esta situação, segundo o autor, pode se estender para o resto do Brasil com o governo do presidente interino Michel Temer, que deu início a um programa de corte de gastos públicos aliado a “privatizações radicais” de empresas estatais.

Como exemplo, o artigo citou a Petrobras, “joia da coroa do PT”. Segundo Luiz Eduardo Melin, conselheiro econômico do ex-presidente Lula durante seu segundo mandato, uma vez que a empresa, assim como outras, esteja a “ponto de falir”, “será vendida a alguém por preços excelentes”. “Este alguém pode ser encontrado em Wall Street ou em Houston”, diz.

A revista ainda pontua que, enquanto o diretor executivo da Petrobrás nega que a empresa será privatizada, “investidores internacionais estão se preparando para esta primeira venda”.

“As vendas — que também incluem aeroportos e serviços de correio — irão diminuir cosmeticamente o déficit de orçamento do Brasil, que, a 10%, está aumentando a dívida pública”, afirma a The Nation, reforçando que, a longo prazo, a privatização irá piorar as finanças públicas.

Além disso, a revista diz que, “pressionado pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo)”, o ministro das Finanças, Henrique Meirelles, “voltou atrás em sua promessa de aumentar os impostos e, em vez disso, fará mais cortes nos gastos e investimentos”, o que “ameaça a própria base do programa de combate à pobreza do PT”.

“Os mercados financeiros se deliciam com tudo isso”, diz o autor do artigo, afirmando que principalmente os lucros dos bancos — “liderados pelo pró-impeachment Itaú, maior banco da América Latina” — aumentaram muito devido a especulações sobre a dívida pública.

Andy Robinson finaliza seu texto dizendo que todo este cenário acabou dividindo a esquerda brasileira em dois grupos: um que acredita que Lula pode “arrastar o cadáver do PT para a vitória eleitoral em 2018” e outro que é a favor de construir uma alternativa.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Giovane Rocha

31 de dezembro de 2016 às 04h47

Tem que privatizar mesmo! Quantos empregos geram as empresas privadas de petróleo nos EUA, compare o preço e a qualidade do petróleo norte americano com o nosso, e também a vida dos norte-americanos a nossa e a qualidade de serviços dos americanos é muito melhor que a nossa, as ruas são seguras, nos hospitais não tem lotação e as escolas públicas americanas são tão boas quanto as particulares. Esse papo de ” o petróleo é nosso” o caraio, qual foi a última vez que vocês abasteceram de graça com a gasolina que pertence ao povo? a gasolina era do Molusco e sua trupe..

Responder

ronan ribeiro

09 de agosto de 2016 às 15h45

Tem que privatizar mesmo, essas estatais são cabides de emprego, a Suíça não produz uma gota de petróleo e é mais barata do que aqui. Olhem o tanto que o PT, PSBD, PMDB e outros partidos meteram a mão na Petrobras, Caixa Econômica e nos Correios. Só não meteu a mão na Telebras e Embratel pois já foram privatizada, se não teriam roubado elas tb, ESTATAL É PRA FOMENTAR A CORRUPÇÃO E PONTO FINAL. Depois de privatizar as telecomunicações todos tem telefone acessível, na época todos diziam que iria encarecer, o linha de telefone demorava meses e era tão cara q vc colocava no imposto de renda. Hoje é quase de graça e ainda tem gente dizendo que gasolina vai encarecer.

Responder

Henrique Dias

01 de agosto de 2016 às 08h20

TEMER E LADRÕES COMPARSAS, SÃO BANDIDOS.

Responder

JOHN J.

31 de julho de 2016 às 15h15

TEMER BANDIDO CORRUPTO GOLPISTA
Ri bandido. Ri corrupto. Ri golpista.
SEU FUTURO É MAIS INCERTO QUE O DE QUALQUER BRASILEIRO.
LUGAR DE BANDIDO É NA CADEIA
LUGAR DE CORRUPTO É NA CADEIA
LUGAR DE GOLPISTA É NA CADEIA
VISLUMBRE SEU FUTURO: UM CELA DE CADEIA

Responder

Rafael Carvalho e Lima

31 de julho de 2016 às 11h03

A direita sempre a serviço da destruição da nação.

Responder

    Giovane Rocha

    31 de dezembro de 2016 às 04h30

    Deve ser por isso que os EUA estão em ruínas

    Responder

Maria Thereza G. de Freitas

31 de julho de 2016 às 09h17

o autor comete um equívoco: a Petrobrás não é patrimônio do PT. É do povo brasileiro, do país e o usurpador está cometendo um crime hediondo. O que pretende vender não poderá ser recuperado jamais. Precisamos deter esse celerado

Responder

    JOHN J.

    31 de julho de 2016 às 15h17

    ACORDA M. TEREZA. PT É POVO. POVO BRASILEIRO. E SEMPRE DEFENDEU A PETROBRAS COMO EMPRESA DO POVO BRASILEIRO.

    Responder

      Maria Thereza G. de Freitas

      31 de julho de 2016 às 22h28

      Estou bem acordada mas talvez não tenha me feito entender: quis dizer exatamente que a Petrobrás vai além do PT. É do povo e está sendo retalhada pelo usurpador. O que o parente fez não tem retorno. E o que pretendem fazer é crime de lesa pátria. Nem sei como os petroleiros deixaram esse que se diz presidente entrar na empresa Vai vender até as maçanetas

      Responder

Deixe um comentário