Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

A reportagem da Veja/Lava Jato contra Toffoli é um recado para todo o STF

Por Pedro Breier

22 de agosto de 2016 : 16h46

(Charge: Latuff)

Por Pedro Breier, correspondente policial do Cafezinho

A reportagem de capa da Veja desta semana contém todas as características clássicas do ‘jornalismo’ da revista: nada de fatos e evidências mas muito de especulações e ilações visando atacar a reputação do alvo da vez.

O alvo da vez é o Ministro do STF Dias Toffoli.

O Luis Nassif levantou aqui a hipótese de que se trata de vingança dos meganhas da Lava Jato porque Toffoli concedeu habeas corpus a Paulo Bernardo.

Nassif desmonta a reportagem em poucas linhas: não há na matéria rigorosamente nenhum fato que incrimine o ministro.

Faz sentido a hipótese de vingança da Lava Jato contra Toffoli.

Toffoli assumiu sua vaga no STF sob uma saraivada de críticas da direita por causa de sua atuação anterior como advogado do PT.

Com o passar do tempo foi aproximando-se de Gilmar Mendes, votando no mesmo sentido em muitos processos. Hoje agem em conjunto, parecem melhores amigos (Gilmar inclusive criticou a Veja, tradicional aliada do ministro tucano, por essa reportagem).

Mas, como o golpe já está praticamente consumado e Toffoli decidiu contrariamente aos interesses da Lava Jato no caso de Paulo Bernardo, qualificou-se para ter a reputação assassinada pela Veja, integrante VIP do clubinho da imprensa amiga da Lava Jato.

A reportagem contra Toffoli também é uma maneira de intimidar todo o STF.

Algo como: ‘Nós temos podres de todo mundo; se não agirem direitinho iremos detonar todo mundo’.

O recado serve especialmente para Lewandowski, que preside o julgamento final do impeachment no Senado e poderia, em tese, alterar os seus rumos.

A preocupação da Veja justifica-se porque os conspiradores não podem deixar que nenhum detalhe altere o caminho do golpe, tendo chegado ao ponto que estamos. O seguro morreu de velho.

Mas Lewandowski já deu várias mostras de que não se oporá ao golpe de Estado que está prestes a ser consumado. Uma delas foi o fato de que rejeitou todas as questões de ordem que pediam a suspensão do processo de impeachment.

Mais uma vez fica evidente o absurdo poder que o conluio mídia/judiciário detém no Brasil hoje: qualquer citação que apareça nas inúmeras delações que estão nas mãos da Lava Jato, mesmo que não haja indício algum de crime, pode ser usada para destruir politicamente o inimigo da vez.

Uma revista conhecida pelo baixíssimo nível de jornalismo que pratica tem o poder de destruir reputações até de ministros do Supremo Tribunal Federal porque é ‘amiga’ da Lava Jato.

O Estado policial brasileiro versão século XXI cresce a passos largos.

 

Pedro Breier

Pedro Breier nasceu no Rio Grande do Sul e hoje vive em São Paulo. É formado em direito e escreve n'O Cafezinho desde 2016, sendo atualmente um dos editores do blog.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Claudio Freire

23 de agosto de 2016 às 11h28

Tenho uma interpretação diferente, principalmente depois que Gilmar Mendes atacou a força tarefa de Lava-Jato e a revista Veja, depois da capa da revistinha de esgoto do último fim de semana, atacando o Tóffoli: estancar a sangria, interromper a Lava-Jato. Já cumpriu o papel dela, de pegar petistas…
Diante de tudo isso, o Procurador Geral Rodrigo Janot suspendeu a delação premiada da OAS.
De um lado, o ataque da Veja nem foi para valer, pois a matéria desmentia a própria capa da revista. De outro lado, isso permitiu um discurso contra os excessos da Lava-Jato, além de suspender a delação que comprometia Serra e Aécio.
Os caras são canalhas, mas profissionais. Crime perfeito.
O Brasil realmente é uma Republiqueta de Bananas. Estou com vergonha de ser brasileiro.

Responder

Mariano Galvão Mineiro

23 de agosto de 2016 às 09h57

Todos nós sabemos que la no STF tem muita sujeira , Gilmar Mendes esta todo revoltado , junto com Teori , porque sabem que tem bandido la dentro , Não é atoa que este safado acabou com a Satiagaha e agora querem acabar com a Lava Jato, se fizerem isto o Brasil vai pegar fogo…

Militares já descer a porrada no STF , nos salvem destes bandidos , que são a culpa da corrupção no Brasil, casa de safados feita para protegerem bandidos de toda especie.

Responder

jose ricardo Romero

23 de agosto de 2016 às 08h38

Este vazamento do stf e reportagem de capa da Veja tem um objetivo muito claro, diferente daqueles mencionados aqui, que é melar o acordo de delação premiada com a OAS porque poderia envolver políticos do psdb e do governo Temer. Tanto que a PGR já cancelou este acordo. Não vai haver denúncia nenhuma tanto da OAS como da Odebrecht. Aguardem porque veremos o Golpe 2.0, o golpe no golpe. Ele será dado no próximo ano anulando a chapa Dilma/Temer e fazendo eleições indiretas no congresso para eleger alguém do psdb, provavelmente o Serra. Esta maquinação que se iniciou no dia dos resultados da eleição que deu à Dilma a vitória no 2º turno já estava precificada e o roteiro está sendo seguido com uma boa precisão. Esta briguinha da procuradoria contra o judiciário é jogo de cena, ou alguém acredita nas boas intenções da Veja…

Responder

    Antonio Carlos Lima Conceicao

    23 de agosto de 2016 às 12h11

    Concordo. Me parece que o propósito foi mais de preservação dos tucanos e de Temer. Eles já têm delações suficientes contra o PT, para que iriam querer mais uma envolvendo os golpistas? A esperança deles é que os executivos da OAS e Odebrecht incriminassem Lula, como não ocorreu, fizeram esse teatro juntamente com a Veja.
    A Veja fez o trabalho sujo e usou Toffoli que, apesar de recém convertido e domesticado, continua não sendo do agrado deles, tem um passado petista (o que ajuda no discurso de que o PT aparelhou o STF com gente incompetente e desonesta) e é uma nulidade em termos de liderança no STF.

    Responder

Flavio

23 de agosto de 2016 às 01h07

Petistas e comunistas só falam em golpe, golpe foi Fidel castro, maduro, Hugo Chávez esses sim deram golpe e eles não falam nada e são amigos,vai procurar uma tocha pra lavar petistas.

Responder

Omar Luz

22 de agosto de 2016 às 22h06

Os ministros do Stf podem escolher se desejam receber a “premiação” da globo ou ser capa da veja. O que acaba sendo a mesma coisa. Só um deles por sua “integridade” insuspeita está livre do risco. É o fim. Impossível democracia e justiça.

Responder

willams will

22 de agosto de 2016 às 21h15

Isso só tem um nome: Bandidos, criminosos, mentirosos e malfeitores togados! Isso tudo é para tirar o Aécio Neves dos crimes, tirando esse narcotraficante e bandido do Aécio da cadeia, os bandidos togados pensam que ele será eleito pelo povo. Esse é o problema com o sr. moro, é um bandido que inventou um álíbe para o Aécio. Não sei como um bandido desses, pode iludir o povo. o moro não sabe que a justiça tarda mas não falha. Que ele e toda sua quadrilha serão presos.

Responder

    Dilson Magno

    22 de agosto de 2016 às 21h54

    Wiliam, Não é de hoje que os USA estão por trás dos golpes, Veja isso:

    Além de aliados políticos, o que ganhavam os EUA apoiando governos de direita em nome da luta contra o comunismo? Os EUA gestaram em suas embaixadas todos os golpes militares dos países da América Latina, agindo além das suas fronteiras para desestabilizar as democracias.

    Desvendar a aliança entre países do Cone Sul que, com apoio logístico e financeiro dos Estados Unidos, perseguiram, torturaram e mataram militantes de esquerda contrários aos regimes militares desses países é uma tarefa necessária para contar a história do continente. Não apenas para mostrar a confluência ideológica entre vizinhos, mas a maneira como a tomada de decisões – a exemplo da tortura pelas mãos do Estado – foram orientadas pelo governo americano. O controle hegemônico da política e economia do mercado de capitais da região. A interligação dos aparatos repressivos dos vários regimes militares da América do Sul (como Brasil, Argentina, Chile, Bolívia, Peru, Paraguai e Uruguai) não seria possível sem o apoio logístico e financeiro dos EUA. Embaixadas interligadas em comunicados permanentes trocas de correspondências e monitoramentos. Tinham todos os movimentos da esquerda na América Latina monitorados. Era tempo da Guerra Fria, e a Doutrina de Segurança Nacional norteou a unificação dos aparatos repressivos de forma oficial em 1975. É uma grande mentira dizer que essa relação dos EUA com as ditaduras na região se deu de forma mais efetiva após a oficialização da Operação Condor, em 25 de novembro de 1975.
    http://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2016/08/operacao-condor-militares-pacto-criminal-3937.html

    Responder

Maria Thereza G. de Freitas

22 de agosto de 2016 às 21h13

ontem, comentei que mesmo tendo saído na revista que só publica mentira ou boato, não fiquei com um pingo de pena. Não estavam achando bonito, quando as mentiras atingiam um lado só? Pensavam que estavam a salvo, sendo coniventes com todos os abusos, descalabros, atropelos de leis, de direitos, da própria CF? Agora que se expliquem, ou não, pouco importa. Um STF que se acovarda diante de uma mídia podre e de um juiz de 1ª instância alucinado, que se torna cúmplice de um golpe que nos levará ao século 18, não merece um pingo de consideração. E se as tais revistas publicarem que viu todos eles num ritual satânico na paulista, vestidos de Carmem Miranda, vou acreditar. Afinal, alguns deles usaram “reportagens” dessa mídia para embasar decisões, deflagar investigações e que tais. São ou não merecedores de toda nossa confiança? que o stf se exploda e leve o MP junto.

Responder

Dilson Magno

22 de agosto de 2016 às 19h03

Em 1964 a Rede Esgoto deu o golpe junto com Carlos Lacerda em Getulio Vargas e se transformou nos Barões da mídia, agora será a vez da Rede Esgoto ser golpeada do poder… O jornal o Globo e Lacerda, ao lado dos golpistas de sempre, Assassinaram Getúlio Vargas. Já naquele tempo, sem as facilidades de comunicação de hoje, o povo identificou o Globo como golpista e seus repórteres foram caçados, várias viaturas foram depredadas e viradas nas ruas. Em 1964, a Globo aliou-se novamente aos golpistas, a forças fascistas internas, aos militares, etc. O Globo deu todo o suporte ao golpe e, com isso, os Marinhos ganharam, em 1965, a TV Globo, que se nutriu da miséria, da ditadura e da morte de inúmeros brasileiros. No dia 02 de abril de 1964, o jornal saiu com um editorial saudando o golpe e dando boas vindas aos golpistas. Agora, novamente, a Globo embarca no golpismo descarado, unindo-se aos tucanos e outros golpistas históricos como Agripino, Aécio e outros. O que há de diferente é que agora existe a internet e as tramóias que ela e seus parceiros inventam são desmascarados em poucas horas. Que eles deram o golpe não há dúvidas, mas também é certo que lançarão o país numa recessão de proporções alarmantes.

Responder

    Rodolfo Campos Simas Filho

    23 de agosto de 2016 às 00h04

    Só uma pequena correção, Dilson: o golpe do Lacerda contra o Getúlio foi em 1954 (deve ter sido erro de digitação).

    Responder

      Dilson Magno

      23 de agosto de 2016 às 09h38

      Corretíssimo Rodolfo, em 1954 foi contra Getúlio Vargas, porém já em 1964 com o golpe militar se aliou aos Militares para derrubar João Goulart.

      Responder

Ulisses Silveira

22 de agosto de 2016 às 18h55

Nassif já matou a charada. O vazamento foi para inviabilizar a delação da OAS por que entregava a roubalheira do Aécio e Serra do PSDB. Jogada manjada e safada do mau caráter corrupto janot

Responder

Marcelo

22 de agosto de 2016 às 18h03

Mas o proprio stf está sendo vitima no monstro que ajudou a criar!

Responder

    alex moreira

    22 de agosto de 2016 às 23h06

    Acho que tudo isso está incomodando os próprios operadores que geraram tudo isso,o desemprego, a falta de dinheiro do governo para investir na saúde, educação, segurança…que foi desviado para bancar as safadezas dos partidos corruptos como PT&PMDB&Cia.!Quando começam a descobrir os principais atores, inventam que os que querem botar ordem na casa, são os culpados!!!

    Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro