Ciro na UFMG

Com narrativa do golpe em crise, Janot e Globo decretam AI-5 midiático contra o PT

Por Miguel do Rosário

06 de setembro de 2017 : 15h16

Reproduzo o artigo abaixo, publicado no portal da Procuradoria Geral da Republica, para registro histórico.

E também para registro histórico deixo claro que o Cafezinho sempre denunciou o papel central jogado, no golpe, pela Procuradoria Geral da Republica.

O golpe sempre foi jurídico-midiático, porque reune as duas grandes instâncias não mediadas pelo sufrágio universal: o sistema jurídico estatal, encarnado por judiciário, ministério público e polícia federal, cuja autonomia, no Brasil, se tornou, em verdade, uma autonomia em relação aos interesses populares ou nacionais; e a mídia privada oligárquica, controlada hegemonicamente pela Globo, braço principal do imperialismo americano e de seus interesses.

A denúncia da PGR contra Lula, Dilma e PT foi um ataque midiático-judicial para fechar a quantidade crescente de “desvios” na narrativa, que vinham se avolumando de maneira constrangedora nas últimas semanas, culminando no vazamento de uma gravação que atinge o coração do próprio Ministério Público e do instituto da delação premiada.

O instituto de delação premiada tornou-se foco de conspiração antidemocrática, corrupção e mentira.

Eu vou tentar fazer mais comentários em vídeo, na fanpage do Cafezinho, para abordar as diversas consequências políticas desse novo ataque desfechado contra a democracia brasileira.

***

No site da PGR

PGR denuncia integrantes do PT por organização criminosa

Segundo a acusação, houve a prática de crimes como cartel, corrupção e lavagem, em especial contra a administração pública

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou ao Supremo Tribunal Federal integrantes do núcleo político do PT por organização criminosa com atuação durante o período em que Lula e Dilma Roussef foram presidentes da República, para a prática de crimes como cartel, corrupção e lavagem, em especial contra a administração pública. Também são acusados Antonio Palocci, Guido Mantega, Gleisi Hoffmann, Paulo Bernardo Silva, João Vaccari Neto e Edinho da Silva.

Segundo a denúncia, os crimes teriam sido praticados pelo menos desde meados de 2002 até 12 de maio de 2016, voltados especialmente para o recebimento de propina no valor de R$ 1,485 bilhão, por meio da utilização de órgãos públicos como a Petrobras, o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Para dar uma noção do prejuízo aos cofres públicos, a peça cita acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU) que estimou prejuízos da ordem de R$ 29 bilhões só no âmbito da Petrobras.

O procurador-geral da República afirma que, por meio da negociação espúria de cargos públicos, os denunciados contribuíram para recebimento de propina nos valores de, pelo menos, R$ 390 milhões para o núcleo político do PP, R$ 864 milhões ao PMDB do Senado Federal e R$ 350 milhões ao PMDB da Câmara.

Janot informa que, além de praticar infrações penais no Brasil, a organização criminosa adquiriu caráter transnacional, o que pode ser demonstrado, principalmente, por dois de seus mecanismos de lavagem de dinheiro: transferências bancárias internacionais, na maioria das vezes com o mascaramento em três ou mais níveis para distanciar a origem dos valores; e a aquisição de instituição financeira com sede no exterior, com o objetivo de controlar as práticas de compliance e, assim, dificultar o trabalho das autoridades.

A denúncia explica que o núcleo político da organização era composta também por integrantes do PMDB e PP, que compunham subnúcleos políticos específicos. Para o PGR, não havia entre os integrantes do PT, do PP e do PMDB uma relação de subordinação e hierarquia, mas de interesses comuns, marcada por uma certa autonomia. Houve por parte dos integrantes do PT um papel mais relevante na organização de 2002 ao início de 2016, em razão da concentração de poderes no Chefe do Poder Executivo Federal, especialmente no que tange às nomeações dos cargos públicos mais relevantes.

“Nesse sentido, Lula, de 2002 até maio de 2016, foi uma importante liderança, seja por que foi um dos responsáveis pela constituição da organização e pelo desenho do sistema de arrecadação de propina, seja por que, na qualidade de presidente da República por 8 anos, atuou diretamente na negociação espúria em torno da nomeação de cargos públicos com o fito de obter, de forma indevida, o apoio político necessário junto ao PP e ao PMDB para que seus interesses e do seu grupo político fossem acolhidos no âmbito do Congresso Nacional”, diz o PGR.

Ele acrescenta que, mesmo após a sua saída da Presidência da República, Lula continuou a exercer liderança do núcleo político da organização até maio de 2016, em razão da forte influência que exercia sobre a então presidente Dilma. Contudo, com a reformulação do núcleo político da organização criminosa, a partir de maio de 2016, os integrantes do PMDB da Câmara passaram a ocupar esse papel de destaque dentro da organização.

Desmembramento – Como a denúncia restringe-se às autoridades do PT que possuem prerrogativa de foro, o PGR pede o desmembramento do Inquérito 4325 para a 13ª Vara Federal do Paraná, que é o Juízo prevento para fatos vinculados à Operação Lava Jato. O objetivo é que haja continuidade das investigações contra os demais envolvidos, remetendo-se cópia de todo o apuratório, bem como da denúncia e da cota.

Íntegra da denúncia

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

14 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Algopi

17 de setembro de 2017 às 13h03

Ridículo. Não consigo dizer mais nada sobre esse Janot…

Responder

Sebastião Calado

08 de setembro de 2017 às 22h38

Imperdível, também, os comentários do NASSIF no link https://www.youtube.com/watch?v=oc3zMlFfxyY

Responder

carlos

07 de setembro de 2017 às 06h19

Esse tal Janot está mais prá Chacrinha aquele o velho guerreiro, animador de programa ou se não prá animador de circo, não veio para explicar veio para confundir. Diferente do engavetador anterior o Brindeiro e o Gurgel, esse deveria ser preso.

Responder

João Carlos AGDM

06 de setembro de 2017 às 21h30

Todos traidores da Pátria destruindo o Brasil, para proveito de entrega de nosso pré sal, nossas riquezas minerais, nosso trabalho, nosso tudo para os grandes interesses de dinheiro internacionais que nos pilham e nos saqueiam desde sempre.
Agora, com os trilhões do pré sal precisam nos anular mais que nunca.
Com a ajuda da Globo&CIA, Janots, Moros, Meirelles e que tais.
Traidores da Pátria e de nós todos, brasileiros,
Que VAMOS PAGAR O PATO com um Brasil de inferno logo adiante

Responder

vitorf

06 de setembro de 2017 às 19h42

O stf a globo os zé de Curitiba estão no lamaçal. Mafiosos

Responder

Lulu Pereira

06 de setembro de 2017 às 21h24

palhaçada, janot é um palhaço

Responder

José Carlos Budke

06 de setembro de 2017 às 20h47

Lula neles!

Responder

JFerreira

06 de setembro de 2017 às 16h38

Como se algum cristão ainda acreditasse nestas cretinices de declarações fajutas, sem um mínimo de prova e de decência. Este judiciário é tão imoral que acusações partindo dele é um atestado de inocência. Quem não conhece o PSDB neste imenso país? Quem? Como é que este “senhor” não fala 100 gramas de Aecio, serra, aclckmim, etc. etc. etc.? Não se pode acreditar neste senhor.

Responder

Paulo L Maia

06 de setembro de 2017 às 19h30

Palavras do Jucá.

Responder

Paulo L Maia

06 de setembro de 2017 às 19h29

Este é Jucá.

Responder

Paulo L Maia

06 de setembro de 2017 às 19h28

Jucá avisou!
…com o supremo e com tudo. ..”

Responder

Manoel R.de MelloJr

06 de setembro de 2017 às 16h19

Marcelo Inacio da Silva
REGULAMENTO PARA ENTRAR NO CLUBE DO BONNER
Atenção cidadãos tupiniquins, estão abertas as inscrições para participarem como membros atuantes do recém inaugurado CLUBE DO BONNER.
Aproveite essa chance e concorra a prêmios e viagens, além da oportunidade de conviver com pessoas iguais a você e participar de cursos e palestras gratuitas de jornalistas da rede globo.
Os pré-requisitos para entrar no clube são fáceis e mostram que todo mundo poderá ser um membro bonerístico: Basta decorar as seguintes falas e xingamentos:
1)“LULADRÃO! LULARÁPIO!”
2) “O PT é uma organização criminosa.”
3) “Tem que prender o Lula!”
4) “O PT destruiu o Brasil!”
5) “PETRALHA, LANCHE DE MORTADELA, ACABAR COM O PT, COMUNISTA, ETC…”
Para participar do nosso clube você deve ter escrito essas frases em pelo menos um mês nas redes sociais. Você precisa trazer os prints desses posts no dia da inscrição: MAS ATENÇAO: NÃO SERÃO ACEITOS MEMBROS QUE TIVEREM FEITO MENOS DE 30 POSTS NO ÚLTIMO MÊS.
Outra exigência para inscrição também obedecendo às regras acima é decorar e postar as seguintes frases:
1) “ DÁ-LHE MORO!”
2) “MORO É O MAIOR!”
3) “VIVA MORO!”
4) “ISSO MESMO MORO, PRENDE ESSE PETISTA!”
5) “TE AMO MORO!”

Quem tiver postado mais comentários elogiosos a esse juiz ganhará no ato da inscrição um pôster autografado pelo mesmo! ISSO MESMO! UM POSTER AUTOGRAFADO POR MORO PARA VOCÊ COLOCAR NO SEU QUARTO!
Como membro ativo você ganhará uma medalha de plástico banhado a ouro com a foto de Moro de um lado e com o logotipo da rede globo do outro.
E você participará do concurso CRIE UMA FRASE NOVA que será dividido em duas categorias: a) PAU NO PT
b) VIVA MORO
As frases vencedoras ganharão uma viagem para Curitiba e uma visita ao fórum desse brilhante juiz, com direito a foto self com ele e com sua esposa.
PARTICIPE DESSE CLUBE DE CIDADANIA E AMOR AO BRASIL! E NO FINAL DO ANO VOCÊ CONCORRERÁ A UMA VIAGEM SÓ DE IDA PARA OS EUA!
ATIVIDADES DO CLUBE DO BONNER PARA SETEMBRO:
1) Oficina do samba, onde os participantes vão acompanhar sambas com panelas e criarão sambas enredo para o próximo carnaval.
2) Passeios turísticos para o nordeste, para vermos a seca e os milhões de mortos de fome que a rede globo ajudou a criar no país. Quem tirar a melhor foto de um esfomeado morrendo no nordeste ganhará um prêmio especial.
3) Baile de fantasias no Rotary Club: O tema da festa será o PATO. Todos devem vir vetidos de patos, nas sua mais variadas formas, tamanhos e penagens.
4) Palestra com Arnaldo Jabor com o tema: A filosofia do entreguismo pirata!
5) Palestra com o Prefeito Joao Dória com o tema: Como enganar o eleitorado!

Responder

Calebe

06 de setembro de 2017 às 16h12

Pelo que me consta em agosto de 2000, quando a modelo Cristiana Aparecida Ferreira foi assassinada, nem o Lula e nem a Dilma eram presidentes do Brasil. Estas malas de dinheiro viajam pelos céus do Brasil a decadas, talvez os governos mais recentes tenham atrapalhado este esquema.

Responder

Claudio Fernando Pimentel Corrêa

06 de setembro de 2017 às 16h03

Atirar no PT, mesmo com efeitos de curto prazo, passou a ser válvula de escape das instituições do Estado em estágio pré falimentar. Quando Sérgio Moro foi pego de “toga curta”, no caso Zucolotto/Rosângela… Moro, Janot e Marcelo Miller negociando no “escurinho do cinema” com os mafiosos da JBS ou quando se descobre que a sede da Casa da Moeda da Organização Criminosa chefiada por Temer fica em Salvador e é gerenciada pelo Suíno do Espigão, nada melhor que ofertar à grande mídia o seu prato preferido: uma nova denúncia contra Lula e Dilma. Se amanhã não der em nada, o estrago no inimigo e o desvio do foco já se fizeram sentir.
#JustiçaVergonhaNacional

Responder

Deixe uma resposta