Celso Amorim e Jandira ao vivo no Rio

Análise Política da Semana – 17/03/18

Por Rui Costa Pimenta

17 de março de 2018 : 12h07

 

O presidente nacional do PCO, Rui Costa Pimenta, vai ao ar na sua tradicional análise de conjuntura, a Análise Política da Semana. O Cafezinho realiza com a Causa Operária TV uma parceria está divulgando o programa aqui no blog. Veja a transmissão.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

André Rs T

17 de março de 2018 às 14h15

a execução de Marielle segue a mesma logica de silenciar lideranças, por exemplo Lula

Responder

Lucy

17 de março de 2018 às 13h52

SERGIO MORO, O AGENTE DA CIA NA LAVA A JATO, FOI O MESMO JUIZECO QUE BLINDOU NA ERA FHC 300 POLÍTICOS DO QUADRILHÃO DAS PRIVATARIAS TUCANAS E SOLTOU O MAIOR OFFICE-BOY DOS TUCANOS NO ESTADO DO PARANÁ O SINISTRO DOLEIRO TUCANO SR ALBERTO YOUSSEF (COM OLGA YOUSSEF, DÁRIO MESSER, ADIR ASSAD, O PRIMO DE SERRA CORRUPTO RICARDO SERGIO DE OLIVEIRA) ELES AGIRAM LIVREMENTE NO GOVERNO FHC NA ROUBALHEIRA DO PATRIMÔNIO PÚBLICO NO ESCÂNDALO “CASO BANESTADO – BANCO DO ESTADO DO PARANÁ”- FOI O MAIOR ESQUEMA DE CORRUPÇÃO DA HISTÓRIA DA RÉ-PÚBLICA ABASTECEU OS BOLSOS DE 300 POLÍTICOS DEMO TUCANOS DO QUADRILHÃO DE FHC NO PROPINODUTO DAS PRIVATARIAS TUCANAS REMUNERADAS PELAS MULTINACIONAIS, O BANESTADO CAPTOU E LAVOU MEIO TRILHÃO DE REAIS EM PROPINAS PAGAS PELAS MULTINACIONAIS NO GOVERNO FHC.

VALE A PENA UMA LEITURA NO BLOG GGN: “125 BILHÕES DE DÓLARES E UMA CONTA CHAMADA TUCANO CH J&T”

FHC realizou um antigo sonho de entregar o Brasil para os EUA e aos especuladores internacionais desde 1970 quando ele foi coaptado pela CIA e pela FUNDAÇÃO FORD uma empresa de fachada da CIA. Nessa época (1969/70) FHC escreveu o livro “Dependência e desenvolvimento da América Latina” no qual ele plagiou autores americanos (sociólogo Louis Irving da Universidade da Pensilvânia, Pittsburg, autor do livro “ascensão e queda do projeto Camelot”) e no livro FHC defendeu o entreguismo das riquezas petrolíferas e minerais da América Latina para o império anglo americano, a mesma posição do seu pai entreguista sr Leônidas Cardoso (ex-chefete do CNP na época do estado novo, era um testa de ferro da ESSO e ajudou a CIA a combater os nacionalistas e prendeu Monteiro Lobato após o escritor ter feito essas denúncias contra a ESSO no livro: “A ESSO E O ESCÂNDALO DO PETRPOLEO”, Lobato ficou preso na DEOPS-SP, encarcerado como preso político no presídio político de Carandiru, onde foi torturado a mando de Leônidas Cardoso, por dois anos seguidos e faleceu doente em 1947 decorrente das torturas de nazistas).

A PRIVATARIA FRAUDULENTA DA VALE DO RIO DOCE, A MAIOR MINERADOR DO MUNDO NA ÉPOCA DA SUA PRIVATARIA. A PRIVATO-DOAÇÃO DA CIA VALE DO RIO DOCE FOI O MAIOR CRIME DE CORRUPÇÃO E DE LESA PÁTRIA DA HISTÓRIA DO BRASIL OCORRIDO EM 1997.

https://www.diariodobrasil.org/eneas-em-1997-fhc-vendeu-a-vale-do-rio-doce-para-george-soros-e-a-imprensa-podre-nao-mostrou/

A VALE DO RIO DOCE FOI CRIADA EM 1943 COMO UM GRUPO SIDERÚRGICO E MINERADOR (GRUPO ITAVALE – CIA AÇOS ESPECIAIS ITABIRA E VALE DO RIO DOCE) FUNDADA POR GETÚLIO DORNELES VARGAS RESULTANTE DA ESTATIZAÇÃO DO GRUPO MINERADOR INGLÊS “LONDON MINING LTD”, REGISTRADO NO BRASIL EM 1904 COM A RAZÃO SOCIAL “ITABIRA IRON AND GOLD LONDON CORPORATION”

A ÉPOCA DA SUA PRIVATARIA, A VALE DO RIO DOCE TINHA UM PATRIMÔNIO EM “INSTALAÇÕES, MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS” AVALIADO EM 300 BILHÕES DE DÓLARES (HUM TRILHÃO E CEM BILHÕES DE REAIS) E AINDA TINHA UM OUTRO PATRIMÔNIO MUITO MAIOR DE 8,5 (OITO E MEIO) TRILHÕES DE DÓLARES (30 TRILHÕES DE REAIS) EM JAZIDAS MINERAIS DE METAIS NOBRES, 1.800 KM EM FERROVIAS, 327 LOCOMOTIVAS, 4.230 VAGÕES FERROVIÁRIOS E TRUCKMOBILES, FLORESTAS DE EUCALIPTO PARA PRODUÇÃO DE CELULOSE, E AS SEGUINTES RESERVAS EM JAZIDAS MAPEADAS E EM PLENA PRODUÇÃO:

https://www.diariodobrasil.org/eneas-em-1997-fhc-vendeu-a-vale-do-rio-doce-para-george-soros-e-a-imprensa-podre-nao-mostrou/

1- 38 NAVIOS DE MINÉRIOS AVALIADOS EM 380 BILHÕES DE REAIS NA SUBSIDIÁRIA DOCENAVE;
2- 141 BILHÕES DE TONELADAS DE MINÉRIO DE FERRO EM TODO O BRASIL;
3- 720 MILHÕES DE TONELADAS DE MANGANÊS;
4- 70 MILHÕES DE TONELADAS DE NÍQUEL;
5- 72 MILHÕES DE TONELADAS DE TITÂNIO;
6- 994 MILHÕES DE TONELADAS DE COBRE NA AMAZÔNIA (RENCA)
7- 176 MILHÕES DE TONELADAS DE NIÓBIO (Minas Gerais) DE ALTO VALOR NO MERCADO.
No ano seguinte a privataria, doada ao grupo inglês BHP SAMARCO (testa de ferro de George Soros e Andrews Mackenzie) foi iniciado o contrabando de nióbio que resultou em CINCO DESASTRES AMBIENTAIS NA MINERAÇÃO EM MINAS GERAIS (Ibirité: 1999, Nova Lima: 2001, Vargem Grande: 2004, Paracatu:2005, Mariana: 2015) remunerando desde 2003 os governadores corruptos Aécio Neves e Antônio Anastasia para manter abafada a “CPI DA MINERAÇÃO” pois o roubo e contrabando de Nióbio na mineração em Minas Gerais gerou enormes danos ambientais e essa CPI DA MINERAÇÃO teria evitado o quinto desastre ocorrido em Mariana. Aécio e Anastasia receberam 200 milhões de reais em contas secretas na Alemanha em LIECHTENSTEIN como apurou a investigação ad FEAM Fundação Mineira de Meio Ambiente de Minas Gerais e o deputado Pedro Lessa do PT-MG. ESSA CPI FOI ARQUIVADA E MESES DEPOIS DO DESASTRE DE MARINA A TESTEMUNHA OCULAR DESSES CRIMES SR ROGER AGNELLI, QUE PRESIDIU A VALE DESDE A SUA PRIVATARIA, MORREU COM TODA A SUA FAMILIA NUM DEASTRE AÉREO NO CAMPO DE MARTE EM SÃO PAULO ANTES DE DEPOR NA CPI DO DESASTRE DE MARIANA QUE FOI O MAIOR DO MUNDO, A BHP SAMARCO DESPEJOU NO RIO DOCE 63 MILHÕES DE TONELADAS DE LAMA TÓXICA CONTENDO MERCURIO E ARSENIO MATANDO O ECOSSISTEMA E DEIXANDO SEIS MILHÕES DE PESSOAS SEM ÁGUA POTÁVEL, DESTRUINDO E SOTERRANDO DUAS CIDADES, 29 MORTOS, MILHÕES DE PEIXES E A FAUNA MORTOS, CONTAMINANDO ATÉ O OCEANO APÓS DESTRUIR PLANTAÇÕES EM 800 KM DO CURSO DO RIO DOCE.

O DESASTRE GEROU DANOS AMBIENTAIS INCALCULÁVEIS E AINDA TROUXE A FEBRE AMARELA AO BRASIL (MINAS TEVE OS PRIMEIROS CASOS APÓS O DESASTRE DE MARIANA COM A MORTE DE MILHÕES DE PEIXES E A PROLIFERAÇÃO DE MOSQUITOS AEDIS EGYPT E AEDES HEMAGOGUS. ESTIMA-SE EM 370 BILHÕES DE REAIS (100 BILHÕES DE DÓLARES) OS PREJUIZOS CAUSADOS PELO DESASTRE DA BHP SAMARCO TEVE COMO CAUSA BÁSICA O CONTRABANDO DO NIÓBIO E AINDA GEROU PROPINAS DE 200 MILHÕES DE REAIS A AÉCIO E ANASTASIA PARA ABAFAR A CPI DA MINERAÇÃO

A OPERAÇÃO LAVA JATO ESCONDEU ESSES CRIMES TUCANOS DO PAGAMENTO DE PROPINAS NO PARANÁ (ESCANDALO BANESTADO FOI O PROPINODUTO DAS PRIVATARIAS TUCANAS) E MUITOS CRIMES DE AÉCIO E ANASTASIA E ASSOCIAÇÃO DE POLÍTICOS MINEIROS AO TRÁFICO DE DROGAS E PASMEM O MPF-MG LIVROU A BHP SAMARCO DO PAGAMENTO DE 10 BILHÕES DE REAIS EM MULTAS E INDENIZAÇÕES PELO DESASTRE DE MARIANA, GANHADORA DA RASPADINHA DA VALE DO RIO DOCE E AUTOR DE ENORMES CRIMES AMBIENTAIS E DE CORRUPÇÃO POR TER REMUNERADO AÉCIO NO ROUBO E CONTRABANDO DE NIÓBIO.

ASSISTAM NO YOUTUBE O DEPOIMENTO DO REPORTER E JORNALISTA INVESTIGATIVO CARONE NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE MINAS GERAIS E NA CÂMARA DOS DEPUTADOS:

YOUTUBE: “AS OVERDOSES DE AÉCIO E O CONTRABANDO DE NIÓBIO QUE GEROU CINCO DESASTRES AMBIENTAIS EM MINAS GERAIS”

Responder

Neto Cunha

17 de março de 2018 às 12h38

Oi, você que está lendo :) Passei por aqui só pra te lembrar que o B0LS0M1TT0 ainda tá em primeiro lugar nas eleições:
http://www.enqueteeleicoes.com.br/resultado

;)

Responder

    André Rs T

    17 de março de 2018 às 14h10

    fake do BolsoBosta

    Responder

      Neto Cunha

      17 de março de 2018 às 15h41

      kkkkkkkkkk SQN ^_^ Aceita que dói menos ;)

      Responder

Deixe uma resposta