Debate entre presidenciáveis na RedeTV! 22 horas

O dia em que Caetano experimentou a “força estranha”

Por Denise Assis

22 de abril de 2018 : 16h33

*Denise Assis

Três linhas, um círculo e um tecido pendem ao fundo, sobre os quatro artistas no palco do Cine teatro Central (JF-MG). Neste cenário, de uma simplicidade e de uma funcionalidade ímpar, a melodia escorre pela cena suavemente como a bolha de ar em uma garrafa de mel.

Com a mesma suavidade, Caetano, o patriarca, vai conduzindo o roteiro, as falas, o ritmo, numa autoridade branda, que se vê, é cultivada em casa. Moreno, Tom e Zeca seguem, executam com alegria e delicadeza às orientações do pai, com um afeto tamanho que parece ocupar o lugar da quinta cadeira colocada no palco para as eventuais trocas de posição para microfones e instrumentos.

Tudo funciona tocado pela iluminação que por vezes aquece, em outras esfria, pode ser lua, pode ser sol e pode simplesmente sinalizar para a plateia que é hora de entrar em cena e tornar o show mais vibrante.

O quarteto abre o show com “Alegria, Alegria”, ganhando a plateia, de cara. Caetano se anima. Tira a jaqueta usada para se proteger do início do inverno que já se anuncia na cidade e se solta, ameaçando sair da cadeira onde se sacode. Mas se contém. Sabe que está numa cidade tradicional, e prefere primeiro saudar os presentes e falar da sua satisfação em ser recebido por eles. A plateia aplaude entusiasmada com o clima “família” do palco.

Caetano tenta arrastar o público comportado para os padrões das suas plateias. Esta, porém, reage apenas com palmas ritmadas e, por vezes, com uma cantoria miúda, que lembra o som de ladainhas. Longe do entusiasmo de um público do Circo voador.

Assim, entre sucessos como Trem das Cores”, “Oração ao tempo” e as composições dos filhos, que o artista vai apresentando “corujamente” – e com justa razão, pois os meninos são mesmo talentosos –  o espetáculo caminha. A voz límpida e angelical de Zeca, nos chega aos ouvidos como um carinho. Encanta. Moreno, o “místico” e macumbeiro”, no dizer do pai, é também o “sambeiro”, de maiores arrojos. E Tom, o mais tímido, surpreende o público ao cair na dança do passinho, descalço e cheio de animação. Arremata a performance com um carinho no pai, para deleite total da plateia.

Quando entoa “Força estranha” (de sabidas referências a Roberto Carlos) aí sim, o público canta a plenos pulmões. Sentindo-se mais confiante, Caetano solta um “Lula livre”.

O que se vê é a transformação imediata daquela plateia em fúria, urros, uma vaia estrepitosa como ele só deve ter conhecido no palco do festival da canção, no Maracanãnzinho, quando em setembro de 1968 tentou cantar “É Proibido proibir”. Distingue-se a débil tentativa do grupo jovem que ocupa as primeiras fileiras do teatro, sabe-se lá a custa de quanto sacrifício, para pagar com mesadas os ingressos salgados do show, por isto, em minoria, de reproduzir a palavra de ordem: “Lula livre”. Aqui e ali gritos de: “pega ladrão”, e, ainda, “viva Moro”.

Visivelmente desconfortável, procurando se recuperar da surpresa, e bem ao seu estilo, Caetano ainda ensaia um troco. “Este é um espaço democrático. Em Fortaleza, talvez porque o show foi de graça e feito numa praça, quando eu disse isto o povo veio todo em coro…” Caetano talvez não tenha percebido que aquela plateia não foi pra ouvir suas canções e mensagens progressistas. Foi porque pode pagar.

Estava politizado o momento. A sua réplica, demonstrando que quando dão voz ao povo ele sabe de que lado fica, porém, não foi suficiente. Caetano então esperou o silêncio e devolveu com o que aquele público mais gosta. Entoou o “Ofertório”, música composta para a missa de 90 anos de sua mãe. Neste momento, estabeleceu-se ali o que podemos chamar de “visão dicotômica”. Espantoso como aquela plateia soube como nenhuma outra separar o artista do homem Caetano e suas opções políticas. Voltou a aplaudir comportadamente, soltando “Hurrus” no final.

Moreno, no entanto, Caetaneou. Ao final do show, quando de pé o público exigia o bis, voltou ao palco e disparou: “o meu pai já disse e eu vou repetir: “Lula livre”.

Estava de novo, e desta vez mais forte, formada a “força estranha” que impulsiona aquela gente. Vaia, gritos, revolta e, aplausos esquizofrênicos – quer dizer, entusiasmados – no final, para o quarteto.

Na saída, deu para ouvir, de uma senhora com a chapinha em dia e um bem cortado casaco preto, reagir: “o que ele está pensando? Vem levantar bandeira aqui…”

Não, minha senhora. Caetano está apenas reproduzindo o que quase 50% do povo desse país quer. Lula livre, para ter seu nome incluído na urna em outubro.

  • Jornalista e colunista de O Cafezinho

Denise Assis

Denise Assis é autora dos livros: "Propaganda e cinema a Serviço do Golpe" e "Imaculada". É colunista do blog O Cafezinho desde 2015.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

157 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Thiago Araujo

05 de maio de 2018 às 12h33

LULA LIVRE…
Friedrich Nietzsche, ao interpretar a lenda grega da caixa de Pandora, disse que, além dos diversos males já liberados pela curiosidade humana de Pandora, a ESPERANÇA também seria uma espécie de castigo dos deuses aos humanos.
Nas campanhas do PT ” A ESPERANÇA VENCEU O MEDO”, pude entender, com exata medida, a filosofia de Nietzsche.
A suposta “esperança” pregada pelo partido, que seria LULA, era pior que TODOS OS DEMAIS MALES da caixa de pandora (n verdade, um jarro).
Esse mal, assim como na caixa de Pandora, está PRESO, É ASSIM DEVE FICAR.
A não ser que a 2° Turma de STF queira estragar tudo é decida liberar esse mal maior.
Assim, segundo Nietzsche: LULA PRESO.

Responder

Jochann Daniel

02 de maio de 2018 às 23h01

Cabeças envenenadas
(pela Mídia, Globo à frente)
é isto aí.
(Na plateia).

Responder

Flavio Monte

02 de maio de 2018 às 09h05

A decadência do país fica patente quando Caetano Veloso é tratado como “alta cultura”. Quanto as posições políticas do mesmo, fazem com que não passe de um hipócrita capitalista. Aliás, igualzinho a todos os líderes que se dizem socialistas, mas só querem mesmo o luxo e o poder.

Responder

    Jochann Daniel

    02 de maio de 2018 às 23h05

    Cabeças envenenadas
    (pela Mídia, Globo à frente)
    é isto aí.
    (No comentário)

    Responder

Claudia

01 de maio de 2018 às 22h42

Sempre o PT ganhou aqui em Juiz de Fora, a verdade que o show do Caetano é caro e quem pode pagar é a elite. Entenderam o motivo da vaia?

Responder

    Jochann Daniel

    02 de maio de 2018 às 23h36

    Cabeças envenenadas
    (pela Mídia, Globo à frente)
    é isto aí.
    (Na plateia).
    E no resto do Brasil.
    80% das elites brasileiras
    se voltaram
    (por culpa da Mídia,
    e, por que não,
    por culpa do discurso
    somente “para os pobres”)
    contra o melhor governo
    que o Brasil jamais teve…
    (e que a Mídia,
    obviamente escondeu,
    não noticiou, não informou).
    Deixou as pessoas
    (principalmente as elites)
    na ignorância deste fato.
    Sorry prá todos nós
    brasileiros………

    Responder

    Thiago Araujo

    04 de maio de 2018 às 22h38

    Esse cantor não prega o socialismo? Porquê sua apresentação é cara?
    Vale a máxima: “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço?”
    Lula livre para escancarar no MINC a Lei Rouanet e beneficiar essa “casta” de aproveitadores?
    Por outro lado, bem-feito para quem foi à essa famigerada apresentação.
    Todos, medianamente informados, sabem da índole desses “artistas”. Gente que nem sequer compõem. Compra letras e músicas.
    É hora de BOICOTAR ESSES CLEPTOCRACTAS disfarçados de artistas.
    Acorda, povo.

    Responder

Acpeixoto

01 de maio de 2018 às 12h37

Um grande artista, mas infelizmente não está tendo percepção do momento que vive o país. Não vejo problemas fora dos shows se pronunciar, ter sua opinião, mesmo que às vezes discordamos.
Mas acho uma agressão por parte dele como de qualquer outro cantor ou ator em seus shows ao vivo principalmente com entrada paga.
Os cantores e atores de teatro que tem este comportamento estão errados.
E finalmente o Caetano Veloso encontra-se fora do tempo neste sentido, as pessoas que comparam o atual momento ao período militar estão completamente errados.
E meu caro Caetano e outros que gostaria que aqui fosse um país comunista, lembre-se assim como uma dezena iguais a você que na ditadura figuram para países da Europa principalmente a França e não lenbro de nemhum indo para Cuba.
Acredito que hoje estas pessoas não iriam para Cuba, China, Coreia do Norte ou para a fascinante Venezuela.
Talvez França novamente, ou não?

Responder

    Lúcia

    02 de maio de 2018 às 07h58

    Ele só quer o Lula livre, preso injustamente, por uma reforma que não existiu pra não participar das eleições. Se as pessoas fossem decentes não iriam querer um inocente preso. O resto do se texto não tem nenhuma lógica.

    Responder

      Thiago Araujo

      04 de maio de 2018 às 22h52

      O seu texto tem lógica?
      Inocente preso?
      Quantas instâncias você queria que o processo tramitando para ratificar uma condenação?
      Quem sabe você seja uma sumidade jurídica oculta?
      Aspire a um cargo na magistratura e julgue um processo com a quantidade de provas e indícios que este possui.
      Não é perseguição.
      Não é golpe.
      É processo penal.
      Todas as instâncias foram acionadas.
      A condenação foi ratificada.
      Você não entende ou não quer entender?
      Chega desse discurso de vitimização.
      Está provada a cominação legal, a materialidade e a autoria, requisitos processuais nescessários para condenação.
      O RÉU foi processado e CONDENADO.
      O CONDENADO CUMPRE PENA, que é a forma de redimir-se socialmente.
      Condenado solto é afronta à toda sociedade.
      Este réu ou qualquer outro deve submeter-se à Lei.
      LULA PRESO.
      ELE É TANTOS QUANTOS, INDEPENDENTE DE PARTIDO POLÍTICO, TENHAM PRATICADO MAUS-FEITOS CONTRA A NAÇÃO.

      Responder

    Jochann Daniel

    02 de maio de 2018 às 23h08

    Cabeças envenenadas
    (pela Mídia, Globo à frente)
    é isto aí.
    (ou, quem sabe,
    trabalhando em dólares,
    na contrainformação,
    em blog da esquerda).

    Responder

João Nordestinês

30 de abril de 2018 às 23h55

O comportamento da plateia sulista ao vaiar Caetano e seus filhos só reforça a tese de um povo muito mais consciente do que o atrasado povo daqui do Nordeste, reduto de petralhas e esquerdopatas recalcados, bem como de uma gente pobre, sofrida e ignorante que não possui discernimento suficiente para enxergar o quão nocivo é esse povo do PT e demais partidos da sua base aliada, que se serviram dos cofres públicos durante anos para enriquecer ilicitamente. Que esses bandidos paguem pelos seus crimes e que apodreçam na cadeia. Ah, avisem ao Caetano para que venha cantar aqui no Nordeste, Aqui ele será bastante ovacionado ao gritar Lula Livre. Mas tenho fé de que um dia ainda teremos a conscientização dos brasileiros do Sul. Viva Moro! Cadeia para o Chefe!

Responder

    João Brasileiro

    01 de maio de 2018 às 11h21

    O João Nordestinês é o exemplo acabado do que o luloptismo fez com o Brasil.
    Dividiu a nação, plantou o ódio e está colhendo a violência.
    João fique com seu Nordeste ptista atrasado e jurássico, enquanto isso outro Nordeste inteligente e ativo está nascendo.
    João Nordestinês é mais um jumento idiotizado fanático devoto do lulla, o corrupto encantador de burros, só isso.

    Responder

      Edilson

      01 de maio de 2018 às 13h01

      Rapaz… preciso urgente de aulas de reforço para interpretação e compreensão de texto, pois li e reli pausada e atentamente os 2 textos dos 2 Jão e definitivamente e decididamente os 2 falam exatamente a mesma coisa, só que um dos jão critica e agride verbalmente o outro jão que defende a mesma ideia dele. ????? ??? zzz…zzzz….zzzzz.

      Responder

      Jochann Daniel

      02 de maio de 2018 às 23h14

      Leia-se:
      A Mídia (Globo à frente),
      a qual trabalha
      para nossos inimigos,
      deu o golpe,
      dividiu o país,
      e serviu,
      em bandeja de prata,
      através de seu fantoche
      posto na presidência,
      as riquezas do Brasil
      e dos brasileiros
      (pré sal, etc.)
      seus patrões
      (principalmente os grandes interesses de dinheiro
      internacionais).
      Simples assim…..

      Responder

      Thiago Araujo

      04 de maio de 2018 às 22h58

      Tú entendestes o que o nordestinês disse?
      Lê de novo.

      Responder

      Jochann Daniel

      06 de maio de 2018 às 21h07

      Caracas
      este “João Brasileiro” é tão tapado
      que não percebeu
      que “João Nordestino”
      é tão cabeça envenenada pela Mídia
      (Globo à fente) quanto ele…
      E atacou,
      com as idiotices típicas e sem nexo,
      sem sentido,
      dos cabeças envenenadas
      (pela Mídia………….etc………………………etc………………………etc)

      Responder

Any Barcellos

30 de abril de 2018 às 18h14

Não Denise, não 50%. Diria uns 20% que incluem os militantes (sindicatos e movimentos interessados em verbas para manutenção da vida confortável que levaram com grande força de mobilização de iletrados para os quais tanto faz como fez), os adoradores do mito que são completamente alienados, os esquerdopatas intelectuais incapazes de separar o bandido da posição progressista que defendem. Saiba que os outros 70% incluem pobres e remediados e trabalhadores que sustentaram a festa do abacaxi durante 13 anos sem nunca serem ouvidos em suas demandas. Não, Denise, a senhora de chapinha não representa o país que cansou da roubalheira e da indulgência com o crime… além disso, o Brasil de deserdados não aprecia nenhum tiquinho a arte e o talento de Caetano que, infelizmente, não consegue respeitar o público que quadruplicou a riqueza que herdou da família (só para que não esqueça, a casa e o luxo em que vive, incluindo a sua esposa que aprecia a chapinha já foi objeto de reportagem da revista Caras…não sou contra o progressismo daqueles que separam o joio do trigo..

Responder

    Tania

    01 de maio de 2018 às 10h24

    Perfeito seu comentário Any Barcellos!! 👏👏👏👏👏👏

    Responder

    Marcos Negrão

    01 de maio de 2018 às 18h23

    Eu diria um pouco mais, 25, 30%, mas insuficiente para tirar esse seboso da prisão.

    Responder

Carlos

30 de abril de 2018 às 17h18

O Caetano faz o show dele e fala o q quiser, só não pode esperar que toda a sua platéia vá aderir. Isso é democracia, liberdade de expressão e muita gente aqui não suporta conviver com isso. Eu nunca deixo de ficar espantado com a esquizofrenia da esquerda. Esse papo de elite escravagista… O pior é saber que quem escreve acredita piamente nisso. Não comungou do discurso progressista-descolado é fascista racista, machista, misógino, homofóbico e escravagista. A esquerda precisa sair da infância, é discordar em algo que começa uma choradeira histriônica e completamente sem sentido. O povo está cagando se o Lula tá preso ou solto.

Responder

    Any Barcellos

    30 de abril de 2018 às 18h52

    Pura verdade…

    Responder

Carla

30 de abril de 2018 às 17h12

Morei muitos anos nessa cidade. Estudei na UFJF e , de fato, era – ou ainda eh – grande reduto do PT. Assim como muitos universitários do final dos anos 80, eu era petista de carteirinha. Hj n sou mais. Mas continuo gostando das músicas de Caetano. Eu consigo srparar a sua arte arte da sua posição política. Petista hj ta ficando muito parecido com aquela parte da torcida de futebol chata e irracional.

Responder

    Thiago Araujo

    04 de maio de 2018 às 23h23

    Parabéns. Você já se curou de um mal (PT).
    Torço pra você se curar do outro (Caetano).
    Não há arte nesta gente habituada à locupletar-se com a Lei Rouanet, de incentivo à cultura.
    Milhões desviados do Ministério da Cultura nos vários governos dessa quadrilha que o PT construiu.
    Não há artista x arte.
    Há interesseiro x cleptocratas.

    Responder

Lucia

30 de abril de 2018 às 17h09

Como? Caetano está expressando o que 50% da população quer? Lula livre? SÓ SE FOR A POPULAÇÃO DO MST, A POPULACAO DOS CORRUPTOS, LADRÕES e por aí afora.

Responder

PAULO FERRAZ

30 de abril de 2018 às 14h07

Caetano é um boçal mesmo, e o cafezinho que acha que 50% quer o lula livre kkkk Queremos o Lula para presidente, mas PRESIDENTE BERNARDES presídio de segurança máxima!

Responder

    Lúcia

    02 de maio de 2018 às 08h06

    O cafezinho não acha não, se você fosse uma pessoa mais bem informada veria que foi realizada uma pesquisa que disse isso. Mas se fosse mais bem informada teria que ver os absurdos da condenação de Lula, por uma obra que não existiu e não estaria aqui falando besteira

    Responder

Adriana

29 de abril de 2018 às 17h58

Viva Caetano!! Infelizmente minha cidade possui uma elite escravagista, uma gente babaca que sai na coluna social brega ainda com pose da Corte! Deus me livre dessa gente! Sou uma humilde eleitora de Lula, hoje é sempre! #lulalivre

Responder

    MARCELO HOFSTEIN

    30 de abril de 2018 às 16h24

    QUEM DEFENDE BANDIDO É BANDIDO. LULA PRESO CONFISCO DE BENS E EXECUÇÃO DO VERME, VAMOS EXTIRPAR ESSA ESQUERDA QUE ESTA QUEBRANDO O BRASIL, VAMOS COLOCAR NA CADEIA E NO CEMITÉRIO TODOS OS LIXO DE ESQUERDA.

    Responder

    Claudia

    01 de maio de 2018 às 10h18

    Os arrogantes se auto-denominam humildes. É comum ver isso.
    O Caetano é um artista brilhante mas também arrogante e intolerante. Deve ter passado esse padrão de comportamento aos filhos. Demonstram que não suportam ser contrariados…..dizem prezar pela diversidade, só que não, odeiam quem contraria eles. Esquerdista é, de uma forma ou de outra, autoritário. Ahh, eles acham que seus talentos os redimem de seus defeitos arrogantes. Eles têm uma autopercepção distorcida…..

    Responder

      Lúcia

      02 de maio de 2018 às 08h07

      Não vi nenhum ódio na atitude do Caetano e do filho. Já no seu comentário….

      Responder

    Thiago Araujo

    04 de maio de 2018 às 23h32

    Você ser humilde é uma condição social.
    Você ser eleitora, é uma condição legal.
    A questão é que sua escolha, aliada a outras tantas, fez com que o Brasil enveredasse pela “idade das trevas”.
    Não é só pelo réu condenado e preso.
    É também e principalmente, pelo grande atraso MORAL que esse grupo impingiu à NAÇÃO.

    Responder

Sabrina Navarro Toledo

24 de abril de 2018 às 22h29

Eu estava lá e senti vergonha das vaias. Não entendi o porquê dos “vaiantes” estarem naquele teatro,pois a obra de Caetano é progressista. Seu argumento faz muito sentido: eles estavam ali porque podem pagar e queriam consumir o “fino da bossa”. Felizmente, os aplausos eram em maior número, mas nem por isso as vaias deixaram de destoar dos artistas e daquele show lindo de viver.

Responder

CHIKÃO JUNIOR

24 de abril de 2018 às 22h04

KKKKKKK PERDÃO CAETANO!!!! SOU DE JUIZ DE FORA NUNCA ESPERE NADA DESTA CIDADE ESCRAVAGISTA… VERGONHA ALHEIA!!!!! DESCULPE MEUS CONTERRÂNEOS…. IDIOTAS EXISTEM EM TODO LUGAR.

Responder

Elisa

24 de abril de 2018 às 14h09

#EleiçãoSemLulaÉFraude

Responder

    Cleber

    25 de abril de 2018 às 00h58

    Pergunte aos cooperados da Bancoop se não há provas. Fácil falar quando nem se leu o processo é nem se conhece a história desde 2000. Quando não se sabe, é melhor ficar quieta.

    Responder

      Miguel do Rosário

      25 de abril de 2018 às 08h01

      Não fale besteira, o caso da Bancoop foi arquivado e todos os petistas foram inocentados.

      Responder

Elisa

24 de abril de 2018 às 14h08

#LulaLivre
#CaetanoÉLivre
#LiberdadeIncomodaACasaGrande
Sinceramente, as notas fiscais referentes a reformas que não existem são apenas a ponta do iceberg de mentiras e manipulações do processo contra Lula. Quem aplaude a prisão de Lula deveria, no mínimo, estar na rua pedindo a prisão de tantos outros. É totalmente incoerente. Uma pena.

Responder

Andreson

24 de abril de 2018 às 00h57

Dificil entender de que lado Caetano esta. Ele acredita em Lula inocente? Ele gosta de polemizar estar contra o senso do momento. Apoiou essa coisa toda ai e agora grita Lula livre? Mesmo agora estando do lado certo é difícil acreditar na coerencia dele.

Responder

    Serjao

    24 de abril de 2018 às 12h49

    Talvez influência da Paulinha, a pragmática.
    Caetano sempre esteve mais para casa grande do que para senzala.

    Responder

Antônio da Nóbrega Santos

23 de abril de 2018 às 23h00

A posição política do Caetano já é sabida. Quem é rico imbecil, pagou porque que quis, não é o valor do ingresso do show que vai fazê-lo mudar de lado e de ideologia. Quanto ao público que quer o Lula Livre, é só se a ter aos índices da última pesquisa Vox Poupoli. A maioria dos eleitores de todos os estados do Brasil, dão vitória esmagadora ao Lula, ninguém está inventando a roda, é fato. Então comece a respeitar, pois caso contrário, Lula Livre, será presidente do Brasil por mais 8 anos e aí seus neotrouxinhas fascistas com complexo de vira-latas, sofrerão bastante. Quanto aos pobres periféricos que condenam e criticam o Lula, são pobres marionetes e de direita. Não representam a grande maioria.

Responder

    Cleber

    25 de abril de 2018 às 00h46

    Quero ver se os que chiam agora vão gritar quando Aécio for preso. Os dois servem aos mesmos senhores. Os financiadores de campanha são os mesmos!

    Responder

      Miguel do Rosário

      25 de abril de 2018 às 08h02

      Se Chico for preso, o que isso tem a ver com João? Que pensamento doente? A justiça tem de ser aplicada a cada caso individual!

      Responder

    Thiago Araujo

    04 de maio de 2018 às 23h39

    Verborréia

    Responder

Luís Felipe

23 de abril de 2018 às 20h21

Caetano é mais elite que o público que o prestigiou no show. O público o respeitou como artista mas os artistas não respeitaram o público. Hoje o povão mesmo não acredita mais em Lula. O erro de todos os beneficiados do sistema político é achar que o povo é estúpido. O discurso da esquerda gourmet não cola mais. A “elite” da música brasileira deixou de representar o povo faz tempo. Esses artistas ainda são apreciados como arte, mas como discurso político, já eram!

Responder

    Geraldo Galvão

    23 de abril de 2018 às 22h29

    É sério que você acredita mesmo no que está dizendo? Ou é só um desejo incontido de brigar com a realidade? Sim, é isso mesmo. Você acredita que o Lula – tido nas pesquisas como próximo presidente eleito no primeiro turno na eleição de outubro, é rejeitado pelo povão? Quem acredita nisso, acredita em tudo! #LulaLivre, e espaço gourmet para todos.

    Responder

renato

23 de abril de 2018 às 20h16

ME SENTI LÁ DENTRO..GRITANDO LULA LIVRE , E ENTRANDO NO CACETE..

Responder

Serjao

23 de abril de 2018 às 19h53

400 real
Quem pagou quer um Caetano pra chamar de seu, longe dessa massa mal cheirosa, mais longe ainda dos miseráveis a morar e dormir ao relento. Gentalha, aqui no Brasil seu nome é elite. Que desprezo pelas pessoas simples a dessa gentalha perfumada e de alma podre. Mas não tem problema, no domingo papam hóstia e oram pelos miseráveis do mundo. São as gentes de bens, são nada e precisam pisotear os e as mucamas para se sentirem alguma coisa, são casca, narcisos ocos; e hipócritas, conheço suas almas nas altas horas e nos becos sem luz.

Responder

Berenice C. Silva

23 de abril de 2018 às 18h49

Sou fã do Caetano desde quando era criança e mesmo com o valor cobrado pelo ingresso fiz questão de ir mesmo sozinha, pois não dava para pagar para outro ir.
Adorei o show e não me importei com o Lula livre que tentaram criar confusão. Estava querendo vê lo de volta à Juiz de Fora a muito tempo, e nada podia estragar esse dia.
Que ele não demore a retornar.

Responder

Charlles Oliveira

23 de abril de 2018 às 18h27

Gostaria de começar com uma pergunta. Devemos desconsiderar as leis em nome de porcentagem que se julga imperiosa ? É chato e massante ficar lembrando que o senhor em questão foi condenado em duas instâncias, tendo a última agravado sua pena !!!! Da mesma maneira que não seria justo condená-lo se fosse absolvido!!!! Agora rasgar as leis é o começo do fim!!!! Sem lado precisamos entender o que foi determinado e chancelado pelo judiciário, isso é o mínimo que podemos fazer !!!!

Responder

    Serjao

    23 de abril de 2018 às 23h52

    Condenado SEM provas e antes do término do trâmite legal.
    Por favor: desligue a tv, principalmente a rede esgoto, seu cérebro vai agradecer e ainda vai evitar muita vergonha no futuro próximo.
    Seria essa a sua opinião no caso Tiradentes, assim como no de Jesus, é a da massa, a massa manobrada pelos poderosos.

    Responder

      LUCY .

      30 de abril de 2018 às 16h49

      JÁ VIU ALGUÉM QUE ESCONDE PATRIMÔNIO DEIXAR COMO PROVA A ” ESCRITURA DO IMÓVEL EM SEU NOME ” , CONTAS BANCÁRIAS EM SEU NOME , ETC … QUANTA INGENUIDADE !!! HÁ PROVAS CIRCUNSTANCIAIS E ESSE TIPO DE CRIME DE OCULTAÇÃO DE PATRIMÔNIO E MUITO DIFÍCIL DE SER APANHADO PORQUE SEMPRE PROCURAM ESCONDER O MELHOR QUE PODEM O PATRIMÔNIO .

      Responder

Tereza Cristina de Almeida Santos

23 de abril de 2018 às 16h05

Não acredito que cinquenta por cento dos brasileiros queira o Lula livre não. Ao contrário querem que tanto ele quanto os outros que compactuaram com seus crimes sejam punidos. E essa coisa de dizer que só elite é contra Lula e pobre a favor, essa generalização, não é verdade. Nos trens, metrôs e ônibus que vêm de periferias ouve-se críticas aos desvarios dos petistas e à cara de pau ao dizerem que Lula é inocente e que só os outros políticos são criminosos.
E deve-se respeitar a livre manifestação de pensamento. Porém quem paga pra ver um caríssimo show nem sempre quer assistir a comício.
E muitas pessoas que vão a um show de Caetano, de Chico Buarque às vezes ficam juntando ou pagam com cartão de crédito devido a poucas oportunidades que se tem de vê-los em palco.
Socorro, hem!

Responder

    Serjao

    23 de abril de 2018 às 23h55

    Não gostou, então não vá no do Chico Buarque, ele é um grande amigo, amigo pessoal, do Lula.
    Vá no do Luan Santana, ou do Zezé, algum assim, para o vosso padrão.

    Responder

      Paulão

      01 de maio de 2018 às 14h41

      Chico Buarque, apesar de amigo de Lula, teve o discernimento e a inteligência suficiente, para entender que não deveria externar as suas preferências políticas, durante um show em São Paulo no mês de abril, em respeito aos milhares de fãs que pensam de forma diferente.

      Responder

José Carlos

23 de abril de 2018 às 15h36

LULA LIVRE!

Responder

José Carlos

23 de abril de 2018 às 15h35

Só um reparo: a final da fase paulista do III Festival Internacional da Canção, FIC, foi no Teatro da Universidade Católica de São Paulo, o TUCA, onde ele foi vaiado mas não tanto quanto Tom Jobim e Chico Buarque por Sabiá, a vencedora daquele ano na final no Maracanãzinho onde Caetano se recusou a cantar.

Responder

Paulo

23 de abril de 2018 às 14h03

Se Caetano disse pra libertar um corrupto e porque ele tá sem noção
Que decepção ouvir isso de um artista que admiro
Pra mim e o mesmo que favorecer a banditismo político
Que decepcao Caetano

Responder

VIRGINIA PAES

23 de abril de 2018 às 14h02

#LULALIVRE !!!! JF ESTÁ COM LULA !!! SEMPRE ESTEVE E SEMPRE ESTARÁ !!!

Responder

César rosa

23 de abril de 2018 às 14h01

Quanto mais Caetano tenta expor e influenciar seu público com sua posição política e ideológica, mais eu admiro Gilberto Gil.

Responder

    RX

    23 de abril de 2018 às 21h50

    Com certeza. Gil é mesmo um cara espetacular: https://m.youtube.com/watch?v=mEL38v6OnPo.
    É por isso que, como o que há de melhor no País, está do lado que está. Do outro lado, para quem gosta, pode-se curtir um Frota, uma Suzana Vieira, um Faisanus… não faltam opções… kkkk

    Responder

Harri Wolpert

23 de abril de 2018 às 13h53

Quem fala o que quer, tem que respeitar também, e ouvir o que não quer… afinal era um show e não um comício.

Responder

Tania

23 de abril de 2018 às 13h02

Denise. Você foi perfeita na explanação. Parabéns!.

Responder

Mário

23 de abril de 2018 às 12h16

Belíssimo texto. O dignissimo público classe merdia, se não quiser ouvir a expressão “LULA LIVRE” que vá pagar ingresso pra ver luan santana (em letra minuscula mesmo) ou de qualquer outro “artista” de merda, compatível com a sua idade mental (5 anos de idade).

Responder

Lúcia Helena Cheohen Guedes

23 de abril de 2018 às 11h42

My God !!;;
Não sou petista, Lula. Masss muiiiito menos essa direita que nos oprime há quinhentos anos !!!!
Caetano não merece !!!
Mas realmente em uma cidade conservadora onde o preço do ingresso ( com raras exceções) só foi possível à classe média , como ele dá uma dessas??
Espaço público é uma coisa. “Teatro Central” em Juiz de Fora, é outra!!!
Poxa que assessoria de imprensa mal informada a do artista, não é mesmo?
Digo e repito : Caetano merece mais respeito e a classe média precisa deixar de ficar com o pé na elite e de sustenta-la!!! SQN em Juíz de Fora
Lamento os dois lados do desfecho do show que sei que é maravilhoso.
ET : não fui porque meu poder aquisitivo não permite mesmo !!!
Hora dos artistas da esquerda reverem seus $ e passarem a ser acessíveis ao público que é verdadeiramente politizado e humanizado

Responder

    BRUNO

    24 de abril de 2018 às 06h38

    Lacrou

    Responder

    rita zambelli

    24 de abril de 2018 às 22h52

    Se o show fosse no bairro Santa Luzia, ao dizer Lula Livre, Caetano seria carregado
    nos braços do povo.

    Responder

Ana Maria

23 de abril de 2018 às 11h35

Caetano é sensacional. Caberiam aqui dezenas de adjetivos em louvor a seu talento. Não cabe a ele usar o conceito de democracia usando um espaço cedido pelos seus fãs, para defender sua preferência partidária. Não venho debater essa prerrogativa. Independentrmente da preferência, exerço a minha prerrogativa, nao para concordar ou discordar dela, mas para dizer a ele que respeite momento, hora e lugar, os brasileiros que mostram seu repúdio e revolta por aquele que nunca mereceu ter ocupado o lugar que ocupou por dois mandatos. Caso o Caetano repita em seus outros shows o que fez por essas bandas, que seja mais contundente e mostre suas razões e o que é e quem é aquela coisa que ele defende. Que ele respeite seus fãs e não faça uso de nossas emoçoes para angariar simpatias. “Alegria alegria”!

Responder

    César rosa

    23 de abril de 2018 às 14h03

    Excelente comentário

    Responder

    Leila

    23 de abril de 2018 às 14h55

    Totalmente de acordo. O artista não tem que usar o espaço, que foi pago para ouví-lo cantar, com palavras de ordem política. Foi infeliz.

    Responder

      BRUNO

      24 de abril de 2018 às 06h41

      O artista é artista porque não é um produto que vocês podem comprar no supermercado. Vocês, se quiserem, subam ao palco e deixem de cagar regra. Caetano e o povo que sempre i apoiou é #LULA LIVRE e todo artista que se preze também o é. Vocês podem continuar votando em tucano…

      Responder

    HOCUS POCUS

    23 de abril de 2018 às 16h41

    Mariazinha,o que Caetano e seu filho tentaram fazer foi tirar vcs pobres alienados comedores de ração global, do universo paralelo onde a mídia escrota os colocou,obviamente por ter vcs facilitado o seu trabalho.
    E por que eles os fornecedores de ração tiveram seu trabalho facilitado?simples ,bem simples,aproveitaram o ódio que sua turma tem de pobre ,no fundo uma auto-negação ,já que nenhum rico perderia o tempo indo num show do caetano,claro né?.
    Eles OS RICOS APROVEITAM MUITO BEM OS POBRES QUE PENSAM SER ELITE ,SÓ PORQUE CONSEGUIRAM TIRAR O NARIZ PRA FORA DA MERDA.
    Então Mariazinha ,vá comer sua ração.E não esqueça ! a noite tem a Premium,JN/novela, que beleza!!!!!
    Burra.

    Responder

Tânia Maria Ferreira Sena de Almeida

23 de abril de 2018 às 11h10

Amei o comentário, já gostava do Caetano, por ser um ótimo cantor, gosto mto mais agora.LULA LIVRE ISTO REPRESENTA A VONTADE DE MAIS de 50% do povo brasileiro.

Responder

    Marcelo

    23 de abril de 2018 às 17h21

    50% de um povo miserável, sem escola, segurança, destino ou metas. Não querem trabalhar e nem estudar. Vivendo só de bolsa esmola, quem não quer um presidentezinho desses!! Vá lá… Mas não com o dinheiro fruto do meu trabalho, meu suor sagrado!

    Responder

      BRUNO

      24 de abril de 2018 às 06h43

      Não vá aos shows então, meu chapa. Todo artista é Lula Livre! O resto é produto da mesma indústria que criou as ideias que você comprou.

      Responder

      Lúcia

      02 de maio de 2018 às 08h25

      Faça um favor, vá ler e se informar um pouco sobre as estatísticas realizadas sobre o bolsa família. Elas mostram que as pessoas não deixam de trabalhar por ela, muito pelo contrário, várias saíram do auxílio. Mostra que aumentou a escolaridade das crianças atendidas, melhorou a vida de quem precisa comer. Em todos os países de primeiro mundo existem programas de renda mínima. Portanto, antes de repetir as atrocidades que vê em memes de Facebook, procure estudar um pouco.

      Responder

claudio novaes

23 de abril de 2018 às 11h07

No momento de nação tão dívida entre o coro pela democracia e liberdade e os horrores do ódio e da ignomia fascista a arte vem de mansinho ensinar com seus sons de qual lado está o tom do inconsciente popular.

Responder

Edelson Jose Nicoluzzi

23 de abril de 2018 às 11h03

Classica “crasse media” sem classe, sem cultura, midiotizada afetada e amarradona em um privilegio. São os brasileiros q na Europa fazem as tradicionais ” brasileirices” pqp…

Responder

    Marcelo

    23 de abril de 2018 às 17h24

    Se não tivessem cultura, estariam todos balançando o rabo no baile da jojo tadinha. A classe média ainda dá Ibope pra esse velho pedófilo…

    Responder

Monica Saraiva

23 de abril de 2018 às 11h01

O texto descreveu muito bem dois paradigmas que pulsam na atualidade: a divisão e o ódio de classe. Caetano compreende isso bem, esse público, nem tanto. Mas incorpora suas características na primeira oportunidade.
E mesmo político, o texto é livre e literariamente costurado. Parabéns, Denise!

Responder

Emanuel Caetano Guerra De Santana

23 de abril de 2018 às 11h01

Isso prova que a classe média é realmente nojenta, ela acha que é elite. Kkkkk pobres coitados! A Burguesia não precisa trabalhar, vive as custas de vocês, otários , vocês precisam de trabalhar o resto da vida bunda moles. Mas o problema de vocês é que, se fodem, mas, tem que ver o pobre mais fudido ainda.

Responder

Delor

23 de abril de 2018 às 10h54

Parabéns. Pela idéia, pelo texto e pela forma.

Responder

Valéria Aparecida Castilho

23 de abril de 2018 às 10h47

Ual, texto suave, de bom português…genial. parabéns! Um texto que tranquilamente levaria para uma aula de estilo!

Responder

Caroline Ramalho Pontes Diniz

23 de abril de 2018 às 10h47

Deleite foi ler este bem escrito texto. Vibrar com Lula livre e quase ouvir as canções melodiosas , dada descrição detalhada do momento. Corajoso Caetano ❤

Responder

    Raimunda de Sousa Nunes Crivelaro

    23 de abril de 2018 às 13h32

    Absurdo está manifestação!!! Agente paga pra ver e ouvir o show… Não sou obrigada fica ouvindo sobre política de qualquer um!!!!Caetano respeite seu público e ensine ser filho ser educado…

    Responder

      BRUNO

      24 de abril de 2018 às 06h46

      Não vá ao show. Não page ingresso. Fique em casa assistindo O Mecanismo e o JN. Artista não é empregado, Durma-se com um barulho desses.

      Responder

Walquiria Moraes

23 de abril de 2018 às 10h38

Excelente texto reproduzindo com fidelidade os fatos. E principalmente reproduzindo a mais fiel conclusão! PARABÉNS!

Responder

PEDRO LUIZ GALHARDO

23 de abril de 2018 às 10h35

Não, a senhora não está errada por estar bem vestida ,e bem porque gosta de fazer chapinha , isso é só seu preconceito e falta de argumento lógico. Ela está com a razão quando reclama , porque ela pagou para ver um show de um artista , que ela gosta , e não para ouvir apologia a um criminoso. Já no show grátis , aí ele pode dizer o que quiser , ninguém pagou mesmo.

Responder

    Galvão

    23 de abril de 2018 às 13h06

    A maioria dos fascistas de Juiz de Fora estão nas famílias ricas da cidade, que podem pagar a entrada, para um espetáculo sabidamente caro, como o do consagrado artista baiano. Mas eles continuam em minoria na cidade: O PT ganhou todas as eleições presidenciais em Juiz de Fora e MG.

    Responder

      DIVINO PIMENTEL

      03 de maio de 2018 às 10h49

      Concordo plenamente . . . ! ! ! LULA LIVRE

      Responder

    HOCUS POCUS

    23 de abril de 2018 às 16h48

    Meu caro,deverias pedir a globosta que pare de te enfiar conceitos subliminares em suas novelas e de manipular noticias e fatos em seus jornais.Mas disso,vc nunca se dá conta,né? por que se queixaria?.

    Responder

    Marcelo

    23 de abril de 2018 às 17h26

    Mandou bem!!! Aqui nós chamamos essa réplica de Pau na Testa (PT).

    Responder

Joel PinGuim

23 de abril de 2018 às 10h14

Caetano é o Rubinho Barrichelo da MPB

Responder

Jacy Luna

23 de abril de 2018 às 10h03

Um texto impecável como há muito tempo não encontrava. Mas precisava continuar imparcial até o fim. Ainda estamos numa democracia onde as posições políticas tem que ser respeitadas. As pessoas pagaram (e não deve ter sido pouco) para ver o show dos artistas e não para saber do posicionamento político. É apenas uma questão de respeito ao público. Os artistas ainda não perceberam que o povo já aprendeu a distinguir o joio do trigo.

Responder

Wanderley

23 de abril de 2018 às 09h42

Infelizmente a elite brasileira pensa que este país é deles e que nós existimos apenas para servi-la. Um comportamento pré-histórico. Perde o povo, perde a elite, a classe média… Perdemos todos.

Responder

    Wanderley

    23 de abril de 2018 às 09h48

    A elite brasileira pensa que este país é deles e que nós existimos só para servi-la.

    Responder

Luciana

23 de abril de 2018 às 09h41

#lulalivre#lulapresidente

Responder

Ana Luisa Valle

23 de abril de 2018 às 09h28

Parabéns ao Caetano e ao Moreno. Oxalá isso vire uma febre. Lula livre!

Responder

Carlos Alberto de Freitas

23 de abril de 2018 às 09h05

Caetano Veloso, Zeca, Moreno e Tom.
Peço desculpas pela forma como foram tratados pela elite Juiz Forana!! Ela é assim mesmo!! Conservadora ao Extremo!! Alguns que lá estavam, não são Elite, mas se acham! E, outros são de cidades próximas! E, são ultraconservadores.
Pode ter certeza que se nós do povo estivéssemos no Show o Grito #LulaLivre seria uníssono!!
#LulaLivre
Carlos Alberto de Freitas – Nunes Lula

Responder

Angela

23 de abril de 2018 às 08h19

LULA LIVRE!

Responder

Silvânia Morais de Sousa

23 de abril de 2018 às 08h17

Simplesmente gênios!!! Caetano e sua prole. Infeliz platéia! Feliz observação e leitura de Denise Assis. Parabéns pela reflexão, de não deixar despercebido acontecimentos como esses! Pobres, medíocres e idiotas, marionetes de uma elite suja, ainda têm coragem de irem a um show de Caetano? LULA LIVRE!!!

Responder

Marco

23 de abril de 2018 às 08h03

Texto muito bonito. Quando comecei a ler, pensei: ele não vai falar de democracia com essa gente que pode pagar quase 400 reais para vê-lo! Esse público fazia denuncias a miúdo contra os que lutavam contra a ditadura da década de 60 e 70. Mas aqui em Juiz de Fora, Lula teve mais votos que todos os outros candidatos em todas as eleições para presidente, exceto na primeira quando, em cima de caminhão que lhe arranjaram foi efusivamente seguido na década de 1980.

Responder

Ássia

23 de abril de 2018 às 07h57

Eu estava nesse show.
O relato acima não condiz com os fatos.
Eu não estava no grupo de jovens das primeiras fileiras. Estava na fila 20 e pude ver uma plateia igualmente dividida. Inclusive , pessoas que estavam na minha frente, e não tão jovens, levantaram para gritar “Lula livre ” .
Infeliz comparação com a reação da plateia no Festival de 68.

Responder

Ademsr

23 de abril de 2018 às 07h48

Caetano não $ergioReisou! Ademais, Lula é igual a pequi: quem gosta ama. Quem não gosta, não pode nem sentir o cheiro. Mas para a revolta dos que odeiam pequi e quem gosta de pequi, eles não podem morder, pois tem espinhos dento protegenfi a semente para a posteridade. Lula livre!

Responder

Neto heckert

23 de abril de 2018 às 07h32

É mentira. Estava lá e não vi nada disto. Houve várias e muitos aplausos.

Responder

Henrique

23 de abril de 2018 às 06h41

Linda reportagem do ponto de vista da narrativa, medonho o ódio implantado nos corações brasileiros e a evidente falta de respeito com o mitológico artista.

Responder

Sérgio

23 de abril de 2018 às 05h43

Show não é comício. Bons cantores e compositores como Caetano e Chico teem de respeitar o público. O lugar de manifestar se politicamente não é ali. Nao se deve confundir as coisas…As vaias foram merecidas.

Responder

    Marcus Padilha

    23 de abril de 2018 às 14h31

    Na verdade, reacionário que é fã de Caetano ou Chico é que tem que se dar ao respeito! Vocês são burros ou masoquistas????

    Responder

Moisés Albuquerque

23 de abril de 2018 às 01h50

A esse público insensível e alienado tenho um recado, um recado que já foi dado em outros tempos sombrios que nosso país viveu, um recado dado por outro grande artista.

“…apesar de você amanhã há de ser outro dia!…”

Parabéns Caetano, parabéns Chico, parabéns Gonzaguinha, parabéns Geraldo Vandré, parabéns Raimundo Sodré e tantos outros artistas que lutaram contra a ditadura!!!

#LulaLivre

Responder

Marta

23 de abril de 2018 às 01h23

Desculpe, mas não é verdade que 50% queira o Lula livre e candidato! Ele não está acima da lei! Eu, que a vida toda votei nele e depositei toda minha esperança nele, não me conformo! Por que?

Responder

Sônia

23 de abril de 2018 às 00h12

Nem vale a pena perder tempo em comentar…

Responder

VERONICA CANUTO DE AMORIM

23 de abril de 2018 às 00h06

Caetano, mais Caetano que nunca…atrevido! Mesmo diante de uma plateia elitista.
O que importa é que a burguesia que estava ali para prestigiar outro show , ouviu, mesmo sem querer, a frase do ano de alguém com legítima autoridade.
LULA LIVRE!
com direito a bis! Que tudo…que show!

Responder

Luiz Cláudio Ribeiro

22 de abril de 2018 às 23h49

Prezada Denise, foi mesmo um lindo show e achei que o público participou e cantou com bastante intensidade, considerando-se repertório, proposta do show etc. Nossas percepções sobre a reação do público sobre a manifestação provocativa do Caetano também foram diferentes. Vi as manifestações favoráveis ao Lula livre em maior número. Conversei com pessoas que estavam em posições diferentes no teatro e a opinião delas é semelhante à minha. No palco, idem. Penso que você é que estava cercada pelos contrários à manifestação do Caetano. A propósito, penso também que ele não se incomodou com as manifestações contrárias. Pelo contrário, ele e Moreno voltaram ao #Lulalivre para causar reflexão e mais polêmica. Talvez pela sua vizinhança você tenha percebido mais os gritos de descontrole do que os aplausos de apoio.
Abraços

Responder

    Ana Mendes

    23 de abril de 2018 às 18h51

    Concordamos, eu e meu marido, com o Luiz Claudio. Nossa percepção foi bem outra e engrossamos o coro Lula Livre. E ressaltamos: Não somos conservadores, nem minoria de “grupo jovem que ocupa as primeiras fileiras do teatro”.

    Responder

OVIDIO

22 de abril de 2018 às 23h34

NÓS O POVO, perdemos o controle da nação pelo lixo de vocês que aqui nasceram, mas não são brasileiros. O povo não quer mais comer o pão que o diabo, digo, lula massou. Os governo militar errou, ao entregar o governo aos comunistas que sofreram uma derrota humilhante. Deu no que deu: a nação e o povo brasileiro em estado de miséria por ter acreditado nas promessas de um partido comunista. Porisso para sair desse atoleiro o povo decidiu que deseja um presidente jovem, honesto, valente e corajoso o suficiente para enfrentar os inimigos da nação e recuperar o BRASIL que vocês roubaram de nossos filhos.

Responder

    mARCO aURELIO

    24 de abril de 2018 às 10h28

    Você é um doente mental, acredita ainda em propaganda anticomunista dos anos 50 do século passado, vá a m. e procure se informar seu analfabeto funcional. Graças a estercos como vc o pais esta uma m.

    Responder

      Thiago Araujo

      05 de maio de 2018 às 11h19

      Marco Aurélio Mello? Você é o primo do Collor? Aquele que saqueou a poupança de todo o povo brasileiro?
      Marco Aurélio Mello, o ministro do STF?
      Quantas palavras rudes…
      Esperava mais de um Ministro de Estado…
      Talvez fosse melhor tê-lo no Ministério da Educação…
      Faria bonito lá.

      Responder

Tadeu

22 de abril de 2018 às 23h01

Nem todo ambiente é propício para se falar de política, Caetano é um grande artista, mas parece que não sabe separar os momentos, deveria ele se posicionar favor de uma democracia de verdade e não de uma pseudo-democracia.

Responder

Rogério

22 de abril de 2018 às 22h19

A Senhora está muito enganada em afirmar que a metade dos brasileiros quer Lula fora da cadeia. A maioria das pessoas nesse país está com a justiça e quer todos os corruptos na cadeia e o seu desejo e de alguns poucos incautos só será realizado daqui há doze anos. LULA PRESO!

Responder

Ademilson leite nobre

22 de abril de 2018 às 22h12

Que país é esse?
Prenderam a lenda viva do Brasil.

Responder

Víctor Teixeira Barreto

22 de abril de 2018 às 22h05

Ele pode,todos nós podemos e sabemos que é pelo certo…LULA LIVRE! ABRAÇO

Responder

Antônio Faria

22 de abril de 2018 às 21h59

Assim como Caetano em seu palco, a jornalista, em sua coluna, arrisca uma voz de saudação ao representante mor de sua crença no populista condenado. #corruptospresos #lulalá

Responder

Rocha

22 de abril de 2018 às 21h40

Próximo a me tornar sexagenário, aprendi a desenvolver visão crítica ouvindo melodias de Caetano e outros cantores da época crente de que seus propósitos eram politizar seus fiéis admiradores – o que vejo hoje são medíocres pensadores que não tem o pudor em defender o maior marginal da HUMANIDADE, capaz de, a título de preceitos ideológicos, promover – ele e seus iguais, o maior roubo à sociedade (infelizmente a brasileira ). Todos esses párias morais (Lula, Aécio, Cunha, Dirceu …) são criminososhediondos e têm que responder PRESOS pelos seus crimes.

Responder

JoaoP

22 de abril de 2018 às 21h06

Que delícia de relato! Nada como uma escritora preparada e que tem lado… Parabéns à família Caetano, Lula Livre é luta pela Democracia, respeito à Constituição.

Responder

VIRGINIA PAES

22 de abril de 2018 às 21h02

EM JUIZ DE FORA LULA SEMPRE GANHOU ELEIÇÃO ! JF VOTA LULA E VOTA DILMA PARA SENADORA !!!!

Responder

Ailton Magioli

22 de abril de 2018 às 21h01

Com Caetano e Moreno Veloso: LULA LIVRE !!!

Responder

Maria da Glória Miranda Marques

22 de abril de 2018 às 21h00

Eu falei algo de errado?
Crime quem cometeu foi o cantor e sua significa família….
Pensei que seria para expressar opinião é não falar algo para agradar a alguns…

Responder

Maria da Glória Miranda Marques

22 de abril de 2018 às 20h57

Eu fico a pensar… será que estou imaginando coisas…o tal Lula foi julgado, investigado, condenado em todas as instâncias e vem um ser egoísta
defender e querer mudar a opinião de um povo sofrido!
Hoje sabemos o porquê de vc , eles e outros serem exilados….

Responder

Paulo

22 de abril de 2018 às 20h53

#LULALIVRE

Responder

Maria da Glória Miranda Marques

22 de abril de 2018 às 20h50

Eu acho um absurdo Caetano Veloso se juntar com a família para defender um homem que fez tanto mal a nação…que ele seja fã do mal feitor, isso ele deve guardar prá ele é não usar um público que o admira por suas canções tão lindas. Caetano Veloso não misture as coisas….o ladrão colocou caviar na mesa sua é de alguns artistas mas em contra partida , morreram e morrem muitos nas portas dos hospitais. Se toca, vc está se tornando um ser intragável! Primeiro vc deve deu aquela criança cutucando um homem nú, chamando de arte para defender sua ex mulher…..e agora defende este ladrão Lula molusco!
É demais!

Responder

    Giovana

    23 de abril de 2018 às 16h08

    Parabéns pelo comentário, vc EA maioria dos Brasileiros pensam exatamente assim

    Responder

Edmilson de Jesus Pereira

22 de abril de 2018 às 20h49

Bem feito. Esses intelectuais são uns bestas , em achar que podem manipular todo o mundo. Quanto a você, senhora jornalista, belo jornalismo o seu. Defasado, até. Pois a era Lula está acabada e vocês não aceitam.

Responder

MARTA BALTAZAR DOS SANTOS CERQUEIRA

22 de abril de 2018 às 20h48

Como bem foi dito, Caetano reproduziu o que quase 50% deste país quer e se deparou com os outros quase 50% que não querem. Como estamos numa democracia, ninguém pode se queixar da opção do outro e sim, respeitar. Espero que Caetano não.cante apenas para quem faz côro para ele.

Responder

Glória

22 de abril de 2018 às 20h27

Maravilhoso artigo! Maravilho Cae e filhos!
Liga não Cae, mineiro é um povo muito esquisito!!!

Responder

    Maria Aparecida de Lana Portela Pacheco

    23 de abril de 2018 às 14h57

    Vi um comentário dizendo que Mineiro é um povo esquesito. Quero dizer que Mineiro não é esquesito não ,apenas tem opinião própria, e como qualquer outro, quer ser respeitado . Acho que se não é pra fazer o que se propõe, é melhor que nem vá. .

    Responder

Mauro Garcia

22 de abril de 2018 às 20h14

Isso quase 50% não é metade. Que fique preso. Que é o que mais de 50% quer

Responder

Eliana Vinhaes

22 de abril de 2018 às 20h14

Lula livre! Meu presidente!
Chega de fraude!

Responder

Raimundo

22 de abril de 2018 às 19h58

Lula Presidente.

Responder

Raimundo

22 de abril de 2018 às 19h58

#Lula livre.

Responder

Maria Reis

22 de abril de 2018 às 19h53

50% de brasileiros querem Lula fora da prisão? Só se parte dos jornalistas mais a pseudointelectualidade brasileira tiver esse peso, em detrimento do restante da sociedade.
Já foi o tempo em que a classe artística “fazia a cabeça ” do povo.

Responder

paulo César Cavalcanti Rega

22 de abril de 2018 às 19h45

Como falava o poeta “A burguesia fede,não se importa com a dor da vendedora de chicletes no sinal “.
Infelizmente um grupo da sociedade não estão preocupados com a FOME do próximo.

Responder

Selma

22 de abril de 2018 às 19h39

A estranha força fascista que sem desfaçatez quer punir a quem não foi comprovado nenhum crime, e aplaude a quem tomou o poder para continuar a praticar mais crimes.

Deus tenha misericórdia dessa pátria onde a verdade tem menos força que a mentira, a lei foi ultrajada por quem é parte do sistema de justiça e os criminosos ( crimes comprovados com milhões no exterior, com milhões em imóveis, com milhares em apartamenentos e malas ) e estão em suas casas com tornozeleiras de ouro após negociar ( muitos negociaram 200 anos de prisão, alguns, 20 anos, dentre outras negociatas) para entregar quem não cometeu crimes até aqui comprovados.

Responder

    Thiago Araujo

    05 de maio de 2018 às 12h21

    Selma, ao ler seu comentário, imaginei você fazendo parte do grupo musical “balão mágico” e cantando ” lindo balão azul”, principalmente a primeira frase da primeira estrofe. É inacreditável.

    Responder

Nilson Lattari

22 de abril de 2018 às 19h22

Sou carioca, moro em Juiz de Fora há 24 anos. O povão sempre deu voto a Lula. Juiz de Fora, no entanto, é uma cidade bem dividida entre o rico e o pobre, e pior, tem o pobre de direita mesmo. É uma boa cidade, mas tem casta, o filho da dona fulana de bom nome casa com a filha do seu fulano de bom nome, os filhos herdam os lugares como um feudo, e os nomes têm importância. Fiquei chocado quando vi uma referência, numa academia, de um médico ou de uma outra “personalidade”, ser dito o nome por completo, enfatizando o sobrenome. Parece um outro mundo. A pobreza se espalha pelas calçadas e marquises da cidade, a periferia, acredite está a pouquíssimos quilômetros, porque não dizer metros do centro chic, (chic?). É uma boa cidade, o que estragada é que ela tem uma espécie de nobreza, que parece o século XIX. É uma cidade onde um deficiente físico precisa de um mandato judicial para ser respeitado, solidariedade passa longe, ou se gasta o dinheiro em Cabo Frio, o classe média, o rico vai para a Europa.

Responder

    Nilson Lattari

    22 de abril de 2018 às 20h53

    Acrescentando que o preço do show é para quem realmente podia pagar, se ele quisesse as respostas políticas deveria ter dado um show na Praça da Estação, ou no Terreirão do Samba. A resposta seria diferente.

    Responder

Maria Aparecida de Fátima Almeida Braga

22 de abril de 2018 às 19h14

Gostei da reportagem,quase uma poesia,mas desafinou muito no final.Uma coisa é o seu pensar,outra é querer que outros tenham o seu pensar.

Responder

Ana Cardoso

22 de abril de 2018 às 19h07

Você apresentou um belo e sensível texto. Assim como Caetano, também envio LulaLivre

Responder

Maria Silva

22 de abril de 2018 às 18h43

Viva Caetano! Lula livre!

Responder

Rafaeka

22 de abril de 2018 às 18h21

ECA!!!

Responder

Rafaeka

22 de abril de 2018 às 18h21

Eça!

Responder

Márcio Akira

22 de abril de 2018 às 18h06

Lula livre! Caetano preso, então!

Responder

    Márcio Akira

    22 de abril de 2018 às 18h08

    Como assim, moderação? Feri a liberdade de expressão?

    Responder

jose luiz

22 de abril de 2018 às 16h59

cantar pra imbecis com dinheiro da nisso não e preciso ser estudado pra ser sábio,o sábio já nasce sábio o buuro mesmo sendo rico continua um rico burro.

Responder

    Marcelo

    23 de abril de 2018 às 17h14

    Você quer dizer os novos ricos do pt, certo? Enquanto eles defendem artistas pedófilos ou fankeiros abençoados pelo tráfico, eles vão beber whisky, cheirar cocaína e ouvir jazz. Te liga, mané!

    Responder

Trazibulo Zibim Meireles

22 de abril de 2018 às 16h54

Viva o povo brasileiro, viva Caetano solidário a milhões de despossuídos que querem o melhor presidente do Brasil, preso político, livre!

Responder

    Cleber

    25 de abril de 2018 às 01h02

    Os bancos e o agronegócio fizeram a festa nos governos Lula. Isso é esquerda? Ah, entendi.

    Responder

    Thiago Araujo

    05 de maio de 2018 às 00h14

    Tú tens a genética do ministro da fazenda, Henrique Meirelles?
    Deve ser por isso o teu entendimento.
    Parabéns.
    Mais um nas garras mamas do Governo Federal.
    Passa FHC, passa Lula, passa Dilma, passa Temer e o fascínora do Meirelles continua lá, vendendo o Estado brasileiro.
    Não esqueça: você é um Meirelles.

    Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com