Câmara discute privatização da Eletrobras

Londres: Central Sindical entrega carta à Embaixada pedindo liberdade para Lula

Por Mariana T Noviello

23 de abril de 2018 : 12h38

Foto: Stephen Russell – Sindicalistas na frente da Embaixada do Brasil em Londres

Sindicalistas apresentaram hoje, 23 de abril, dia de solidariedade internacional em defesa da democracia no Brasil e contra a prisão política do ex-presidente Lula, uma carta pedindo sua liberdade imediata.

A carta é assinada por Francis O’Grady, Secretária Geral da Central Sindical Britânica (TUC).

Entre o sindicalistas estavam representantes da Unite, o maior sindicato britânico e da NUT, Sindicato dos Professores, junto com outras organizações da sociedade civil.

Tony Burke, Subsecretário Geral da Unite, tentou entregar a carta, apertando a campainha da Embaixada, mas não abriram. Ele teve que passá-la pela porta.


Foto: Ana Rojas – Tony Burke da Unite em frente à Embaixada Brasileira.


Foto: Ana Rojas – Tony Burke da Unite coloca carta através da porta.

Confira a tradução da carta enviada por Francis O’Grady:

23 de abril de 2018

Exmo. Embaixador Eduardo dos Santos

Liberdade para Lula

Em nome da TUC (Central Sindical da Inglaterra) e 5,5 milhões de trabalhadores Britânicos, peço que comunique ao seu governo nossa indignação em relação à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que viola a Constituição Brasileira. Esta prisão é um ataque vergonhoso à liberdade e ao progresso. Só serve para fragilizar a democracia, negando o direito do povo brasileiro de escolher seu presidente.

Lula está sendo submetido à perseguição política. O TRF-4, que o condenou,
o juiz Sérgio Moro, e os procuradores da Lava Jato violaram o direito de Lula à privacidade, a um julgamento imparcial e justo, de não ser preso arbitrariamente, o direito de livre circulação e o direito da presunção da inocência até o final do processo.

As ações do judiciário brasileiro juntamente com a grande mídia e os adversários políticos do ex-presidente demonstram ao mundo que no Brasil não vigora o Estado de Direito, mas as regras da conveniência. A utilização das leis para destruir os anseios do povo brasileiro é, no mínimo, um exercício cínico. Para nós, fora do Brasil, parece uma continuação do descabido impeachment da Presidenta Dilma Rousseff num esforço para acabar com as esperanças de melhores expectativas de vida para milhões de brasileiros. Não há dúvidas que esta situação desmoraliza a imagem do Brasil tanto no Reino Unido, como no resto do mundo.

Pedimos que o governo brasileiro cumpra imediatamente com as obrigações acordadas nos tratados internacionais e no direito internacional comum e proteja os direitos fundamentais ao devido processo jurídico e ao julgamento justo, tomando as seguintes providências:

1. A imediata soltura de Lula, pelo menos até que todos os recursos tenham se exaurido, de acordo com a Constituição Brasileira.

2. Uma revisão imparcial do caso de Lula por membros do judiciário que não estejam conectados ao governo Temer.

3. O respeito ao direito de Lula ser candidato a presidente nas eleições deste ano.

Aguardamos com grande interesse saber como o seu governo pretende recuperar a confiança que o Brasil
possuia perante o mundo em relação ao respeito pela justiça e a democracia.

Atenciosamente

Francis O’Grady
Secretária Geral da TUC

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

vitorf

24 de abril de 2018 às 08h49

Depois que vi o triplex por dentro é de chorar! Um dia vão ter que pedir desculpa ao lula e ao povo da aberração que fizeram.

Responder

sergei boronov

23 de abril de 2018 às 22h57

PITACO DO BORÔ: É IMPERIOSO QUE GILMAR MENDES ORDENE A PRISÃO DE SERGIO MORO. SENÃO O JUIZ DE PRIMEIRO GRAU VAI CONTINUAR COLOCANDO O STF DE QUATRO E MAIS JUÍZES E PROCURADORES SE SENTIRÃO ENCORAJADOS A DESAFIAR A LEI E O ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO. E O FINAL DISSO TUDO SERÁ NEFASTO.
#################LULA LIVRE!!! MORO PRESO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

Paulo

23 de abril de 2018 às 21h07

O mundo inteiro sabe que o impeachment e prisão do Lula é golpe promovido pela elite fascista brasileira. Milhões de europeus perderam suas vidas lutando contra os regimes fascistas.

Responder

renato

23 de abril de 2018 às 20h24

PRECISAMOS DE TODOS A FAVOR DA IDEIA DE DEMOCRACIA….ESTAMOS ZUMBIZADOS POR ALGUMA COISA QUE A VIDA HUMANA ESTA PRODUZINDO….SUICIDIO É UMA DELAS…ASSASSINATOS É OUTRA…EM FORMA DE GUERRAS….
MAS ENQUANTO NÃO SABEMOS O QUE É…LULA LIVRE…NEM QUE TENHAMOS QUE INICIAR UMA GUERRA…

Responder

robertoAP

23 de abril de 2018 às 16h51

O Brasil está sendo conhecido no mundo como um dos únicos países que ainda pratica prisões políticas.
Triste destino dessa nossa terra de ninguém, onde um simples juiz de primeira instância governa todas as instituições, inspirado pelo nazismo de Hitler.

Responder

Andre

23 de abril de 2018 às 15h04

Miguel, qual e a sua opniao sobre o discurso acima?

Responder

Deixe uma resposta