Sabatina de Manuela na Carta Capital

Com Lula afastado temporariamente do páreo, lavajateiros vão pra cima de Haddad

Por Redação

11 de Maio de 2018 : 11h49

Publicado no jornal Estado de S. Paulo originalmente neste link.

O promotor eleitoral Luiz Henrique Dal Poz denunciou nesta quinta-feira, 10, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) por crime eleitoral no âmbito da Operação Cifra Oculta. A denúncia atribui ao petista caixa dois de R$ 2,6 milhões da UTC Engenharia na campanha de 2012, que o elegeu. A promotoria acusa outros quatro na mesma denúncia: o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, Francisco Macena, responsável pela contabilidade da campanha e os empresários e donos das gráficas Francisco Carlos de Souza e Ronaldo Cândido.

A denúncia narra que R$ 3 milhões teriam sido negociados com o empresário Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia, e depois repactuados para R$ 2,6 milhões. Além do empreiteiro, que é delator, o doleiro Alberto Youssef também citou as operações em depoimento.

HADDAD RESPONDE:
“O ex-prefeito Fernando Haddad qualificou a denúncia oferecida pelo promotor Luiz Henrique Dal Poz como um absurdo. Ele disse que na fase de investigação ficou mais do que provado que os pagamentos referentes a serviços gráficos não correspondiam a sua campanha eleitoral. Haddad vai se defender na Justiça.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luiz Hortencio Ferreira

14 de Maio de 2018 às 08h31

“Vai se defender na Justiça” Tenho até vergonha de dizer, mas atualmente se defender na justiça tá ficando complicado… Principalmente se for de partido de esquerda…

Responder

claudio

11 de Maio de 2018 às 18h45

Ah, se eles soubessem então quem seria o indicado por Lula com certeza, fariam de tudo contra ele, um verdadeiro “paredon”, pois creiam, Haddad não será o escolhido.
Especulem a vontade, e vocês saberão somente no dia da impossibilidade de Lula ser oficializado como candidato. O escolhido, se ocorrer, virá sim do PT, mas vocês não acertarão até a ora oportuna. Eu digo com convicção, que será um agregador, com bastante unidade dentro do PT, que muitos dirão, OH!!!!!!!
E mais, ele levará essa eleição, com certeza.

Responder

Rita

11 de Maio de 2018 às 15h08

É o golpe continuado.
A lava jato e o timming político-jurídico fascista.

Responder

NeoTupi

11 de Maio de 2018 às 14h04

Por isso que o único caminho de vencer o golpe é um candidato lulista não envergonhado.
Com Lula ou sem Lula, só um candidato que faça a campanha explícita “Eu sou Lula” e vence esfregará na cara do golpe que o povo desaprovou a lavajato, a Globo e o golpe.
Qualquer outro candidato consentido pela lavajato dá vitória e empodera o lavajatismo, o fascismo de gravata e de toga.
Dellaganol, Santos Lima, Barroso não terão problemas nenhum em votar em Ciro (é “ficha limpa” e “respeita” as decisões do judiciário), depois que Joaquim Barbosa renunciou, e se nem Marina Silva, nem Alvaro Dias estiverem melhor posicionados.
O Itaú e a Globo não terão problema nenhum em em apoiar Ciro para afastar a esquerda real do poder.
Trump não terá problema nenhum em receber Ciro em Washington com todas as pompas, porque Ciro “é o cara” que impediu o lulismo de voltar à América Latina.
O centrão e amplos setores do MDB não terão problema nenhum em apoiar Ciro, se ele representar expectativa de poder e ajudarem a se reelegerem.
Quando a vitória de Ciro dá vitória ao golpe, ele não pode ser cogitado como alternativa de candidatura de esquerda contra o golpe.

Responder

Curió

11 de Maio de 2018 às 12h43

Artigo inútil… não agrega nada… apenas desagrega, deteriora a imagem de um petista.
Igualzinho faz a Globo diuturnamente com o Lula: temos que ouvir a ladainha completa
( credo em crux! ) blablabla… dois meses… oito dias… três segundos… por isso, aquilo e,
aqueloutro. Para que repetir isso, pelos deuses do olimpo?!!! A neurolinguística explica.
Ai ai Freud!

Responder

Marcos

11 de Maio de 2018 às 12h09

Na boa, este Ruindad não ganha nem para síndico de prédio ocupado…

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com