Boulos em Recife

Pedro Sánchez e Lula no Instituto Lula. ATLAS

Segunda Turma do STF confirma para a próxima terça-feira julgamento de pedido de liberdade de Lula

Por Redação

19 de junho de 2018 : 18h47

Publicado pelo G1

O presidente da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, confirmou para a próxima terça-feira (26) o julgamento de um pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Trata-se de um pedido de efeito suspensivo da execução da pena, que pode deixar o ex-presidente aguardar em liberdade enquanto os recursos são julgados nas instâncias superiores. A defesa também quer que seja suspensa a inelegibilidade gerada com a condenação na segunda instância da Justiça.

Na semana passada, o relator da Lava Jato, ministro Luiz Edson Fachin, indicou o caso para julgamento no dia 26, mas a confirmação da data ainda dependia de Lewandowski.

Condenado a 12 anos e 1 mês, em regime inicialmente fechado, Lula está preso desde abril na Polícia Federal em Curitiba (PR). Ele foi condenado, em segunda instância, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A prisão foi decretada porque, no entendimento do Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-4), o presidente recebeu da OAS um triplex em Guarujá (SP) em retribuição a contratos firmados pela construtora com a Petrobras.

Desde o começo das investigações, Lula nega a acusação, afirmando que o imóvel não é dele e que ele não praticou crimes. A defesa do ex-presidente também afirma que a acusação do Ministério Público não apresentou provas.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Carlos Pereira

22 de junho de 2018 às 18h56

Acho frustrante o povo querer votar no melhor Presidente que o país já conheceu e acabar nessa esparrela da judicialização da política e, pior, essa perseguição descarada em cima de Lula, condenado sem uma única prova. Esse pessoal sulista não tolera um nordestino, isso é fato comprovado, taí a republiqueta de curitiba que não me deixa mentir. Fascistas alimentados pelo ódio contra um projeto social democrático e igualitário para o Brasil. Somente Lula salva a nossa Democracia tão enxovalhada e golpeada.
Lula Livre!
Lula Candidato Líder nas pesquisas de intenção de votos e de expectativa do povo na economia em pesquisa divulgada hoje 22.05.18!
Lula Presidente 2018!

Responder

Jochann Daniel

20 de junho de 2018 às 22h43

Acho que não precisa trompetear, tá na cara, mas, vai…………
“Thiago Araujo” >>>>>>>>>>>>>>>>>>>tem bandido na área com soldo em dólares………………….

Responder

Thiago Araujo

20 de junho de 2018 às 08h04

#lulalivre.
Vou abraçar esse “slogan”.
lula livre, daqui há 30 anos, tempo máximo de prisão no Brasil, depois de cumprir pena pelos seus crimes…
Mesmo assim, a sociedade ainda estará pagando pelos malfeitos do PT, já que destruíram pelo menos 3 gerações.
Podem levar também, temer, aécio, fhc, alkmin, pezão, calheiros… como companhia.

Responder

Thiago Araujo

20 de junho de 2018 às 07h23

Dizem que todo “sub”, “vice” e “ex” são figuras decorativas, sem expressão e importância.
Para dar mais importância à pessoa, é melhor chamá-la ou titula-la pelo que ela “É”, no momento.
Assim, sugiro que lula não seja mais chamado de ex-presidente, até para não envergonhar o Brasil aqui e lá fora, mas de “CONDENADO” ou “PRESIDIÁRIO”, que é seu “status” ATUAL.
Soa melhor…
É a cara dele!

Responder

Cavalar

19 de junho de 2018 às 19h19

Cara, não sei para que criar expectativas sobre mais este julgamento do STF. Lula continuará preso, não será candidato a presidente e voltará a ser condenado nesta nova ação (sítio de Atibaia) pelo juiz Sérgio Moro.
Será que é tão difícil enxergar isso?

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com