Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Os petistas Fernando Haddad, Gleisi Hoffmann e Emídio de Souza em Curitiba. (Foto: Ricardo Stuckert/Fotos Públicas)

Ibope estima que Haddad, com apoio de Lula, tem 13% de votos “com certeza”

Por Miguel do Rosário

21 de agosto de 2018 : 11h55

O Ibope fez uma pesquisa para saber o grau de aceitação de Haddad entre os eleitores, caso o petista recebesse o apoio do ex-presidente.

A rejeição é alta: 60% responderam que não votariam “de jeito nenhum” no ex-prefeito.

No entanto, 13% disseram que votariam nele “com certeza”.

Outros 14% responderam que poderiam votar nele.

Esses votos “com certeza” em Haddad podem ser vistos como a transferência automática que o petista receberia, neste momento (antes do início da propaganda eleitoral, é bom lembrar), caso Lula declarasse apoio ao candidato.  Esse percentual, todavia, deve receber ainda votos dos eleitores que responderiam que “poderiam votar” nele ou que “não o conhecem suficiente para opinar”.

 

Reduzir a alta rejeição de Haddad, o dobro da rejeição a Lula, que é de 30%, será o principal desafio a ser enfrentado pelo PT.

Abaixo o quadro com a rejeição dos candidatos.

As informações e tabelas desse post foram extraídas de matéria publicada na Gazeta do Povo.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

João Paulo

21 de agosto de 2018 às 12h27

A rejeição a Haddad não é o dobro da de Lula , visto ser 16% , no cômputo geral.

Os 60% são dentro dos eleitores de Lula, fato que pode ser facilmente modificado com a campanha eleitoral e em nada preocupa . Aliás, parece ate um protesto pela exclusão de Lula , visto não fazer sentido algum que a rejeição a Haddad seja maior entre Lulistas do que dentre a população como um todo .

Responder

    Miguel do Rosário

    21 de agosto de 2018 às 12h41

    Os 60% são dos eleitores em geral, o que é mais tranquilo.

    Responder

      João Paulo

      21 de agosto de 2018 às 12h51

      Reveja tabelas e gráficos. Haddad tem 2 rejeicoes e acredito ter interpretado-os corretamente

      Responder

        Mauricio

        21 de agosto de 2018 às 14h35

        Sendo assim, os 13% que migrariam para Haddad são entre os eleitores de Lula. A manchete da matéria dá a entender outra coisa.

        Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?