O depoimento de Lula à juíza Gabriela Hardt

Escândalo do Whatsapp: Bolsonaro diz que não sabia de nada

Por Pedro Breier

18 de outubro de 2018 : 20h02

Está divertido acompanhar a reação de Bolsonaro e seu staff ao escândalo do caixa 2 para espalhar fake news no Whatsapp.

O candidato falou que não tem “controle se tem empresário simpático a mim fazendo isso. Eu sei que fere a legislação. Mas eu não tenho controle, não tenho como saber e tomar providência”.

Um parêntesis.

Bolsonaro aparentemente não está conseguindo controlar nada muito bem. Ele afirmou que não tem controle sobre seus apoiadores que estão agredindo gays, pessoas de esquerda e eleitores de Haddad nas ruas por todo o país. Ele também não tem controle sobre seu vice e seu guru econômico, considerando que ambos deram declarações que tiveram que ser posteriormente desmentidas pelo candidato. Para quem se vende como um cara pulso firme e tal, parece estar faltando um pouco de comando, não?

Fecha parêntesis.

A coordenadora jurídica da campanha, Karina Kufa, afirmou que a ação das empresas “É de total desconhecimento da campanha. (…) Empresas que não conhecemos, que não temos qualquer contato”.

Segundo o UOL, uma das empresas citadas na reportagem da Folha que denunciou o esquema, a AM4, consta na prestação de contas do candidato como tendo recebido R$ 115 mil para serviços digitais.

Ou seja, a coordenadora jurídica da campanha de Bolsonaro mentiu.

Agora, vamos raciocinar.

Mesmo que acreditemos na improvável hipótese de que a campanha do candidato do PSL não fazia ideia de que um punhado de megaempresários contratou empresas para espalhar mensagens no Whatsapp – com a esmagadora maioria contendo notícias falsas – ao custo de até R$ 12 milhões (!) por contrato, não seria dever do candidato investigar isso?

Afinal, qualquer um que está acompanhando minimamente o processo eleitoral percebe que a máquina de fake news de Bolsonaro nas redes sociais é poderosa. A campanha do candidato, que supostamente se preocupa tanto com a verdade, não se interessou por investigar de onde vinha esse monte de fake news? Só porque lhe convém? Como era o lema, mesmo? “Conhecereis a verdade e”… uhum, tá bom.

De qualquer forma, é lindo quando a História mostra sua veia irônica.

A direita fez piada até enjoar com o fato de Lula dizer que não sabia do “mensalão”.

Agora, com a explosão do “Bolsolão” às vésperas da eleição, a saída de Bolsonaro é simplesmente dizer que não sabia de nada.

Como canta a Marisa Monte, “enquanto eu vou andando, o mundo gira e nos espera numa boa”…

Pedro Breier

Pedro Breier, colunista d'O Cafezinho, é formado em direito mas gosta mesmo é de jornalismo. Nasceu no Rio Grande do Sul e hoje vive em São Paulo.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

22 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Vautrin

19 de outubro de 2018 às 15h36

O fato é que quem tem ajuda do sr. Stephen Bannon tem a do sr. Mercer: “… Robert Mercer is an extremely eccentric character, a machine-gun-collecting computer genius who made his billions relatively late in life when he was hired by the Renaissance Technologies hedge fund to “crunch market data and spot patterns a human trader would overlook.” (Steve Bannon’s web of weirdness: Meet the bizarre billionaires behind the president-elect’s chief strategist @ https://www.salon.com/2016/11/15/steve-bannons-web-of-weirdness-meet-the-bizarre-billionaires-behind-the-president-elects-chief-strategist/ )

Responder

Marcos

19 de outubro de 2018 às 14h04

O Cafezinho foi invadido por bolsominions.
Cruz credo!

Responder

jorge

19 de outubro de 2018 às 10h36

Pedrinho, menino traquina, vive dando trabalho para a vovó… Vai trocar a fralda cara, quem é vc para acusar o Bolsonaro de uma reportagem sem nenhuma prova??? A Falha de SP é obrigada a apresentar uma gravação, um bilhete ou qq prova contra o Mito. E quanto a vc, vai tomar o todynho que a vovó preparou…

Responder

    ari

    19 de outubro de 2018 às 11h07

    Curioso, contra o Lula, Dirceu e o PT vcs nunca pediram provas.
    Cara, há coisas que são óbvias, ou você acha que os milhões de mensagens eram obra e graça de apoiadores? Que alguns materiais com alta qualidade foram feitas por adolescentes em seus laptops?

    Responder

      Serg1o Se7e

      19 de outubro de 2018 às 15h05

      Ari, vamos comparar:
      Contra o presidiário Luis Inacio: mais de 800 páginas, incluindo dezenas de documentos comprobatórios (de acordo com o MP, PF e Justiça)
      Contra o Bozo: UM artigo assinado por uma jornalista militante do pt que não apresentou NENHUM xerox de qualquer coisa que fosse que embasasse a denúncia.

      Agora pergunto: acredito no MP, PF e Justiça ou na jornalista militante?

      Responder

Bozo & Andrade Artigos para Festas Infantis

19 de outubro de 2018 às 09h27

Mais um a “não saber de nada”. Triste Brasil.

Responder

Luiz

19 de outubro de 2018 às 08h55

Nossa! R$12 milhões por contrato em campanha de distribuição de mensagens? se cada mensagem são R$0,02, isso tudo daria mais de 600 milhões de mensagens por contratos, o que seria o triplo do povo Brasileiro… não acham um exagero não?

Meu questionamento é um só: Cadê essas mensagens no meu Whatsapp que ainda não chegaram? rsrsrs

Responder

    ari

    19 de outubro de 2018 às 11h10

    Vc está parecendo aqueles caras que dizem não acreditar em pesquisas porque eles nunca foram entrevistados.

    Responder

Luiz

19 de outubro de 2018 às 08h53

Nossa! R$12 milhões por contrato em campanha de distribuição de mensagens? se cada mensagem são R$0,02, isso tudo daria mais de 600 milhões de mensagens por contratos, o que seria o triplo do povo Brasileiro… não acham um exagero não?

Meu questionamento é um só: Cadê essas mensagens no meu Whatsapp que ainda não chegaram? rsrsrs

Responder

    Serg1o Se7e

    19 de outubro de 2018 às 15h01

    Nem aqui!
    E NENHUMA pessoa que eu conheço recebeu também.

    Ou seja, alguém aí acumulou as que eram para mim e para TODAS as pessoas que conheço e converso e que nunca receberam nada!

    Responder

Serg1o Se7e

19 de outubro de 2018 às 08h38

“Jornalista” Pedro, por favor, poderia indicar onde estão as provas da Folha? Um papelzinho qualquer que indique que o fato ocorreu?
Coloca o link aqui para eu ler, porque tenho procurado desde ontem não só na Folha, mas por todo lugar, e não há nenhum documento que, mesmo fragilmente, apoie a denúncia feita.

OBS: a jornalista, UMA APENAS, é petista declarada e apoiadora do partido e do presidiário e diz trabalhar pelos “progressistas”.

Responder

JC

19 de outubro de 2018 às 06h38

“Conheceis a verdade e essa vos…” revelará os minions bolsonaristas escondidos do cafezinho. Ainda há caroço nesse angu e a reportagem da Folha foi a ponta do iceberg.

Todos os comentários que a gente está vendo aqui são, não para desmentir, mas para tentar justificar erros com erros. Tem um fulano alí que copiou um artigo de um “colunista” picareta lá do sul.

Os caras vinham postando abobrinha na área de comentários desse blogue desde sempre. Agora é uma boa hora pro Miguel fazer uma limpa nessa escória…

Responder

crazy-fla

18 de outubro de 2018 às 23h18

Esse jegue é fã do Lula, tudo éo Lula!!! se esse jegue não tem controle d nada como ele quer ser presidente!!! a inflação tá subindo, eu não tenho controle, o desemprego tá subindo, eu não tenho controle, a saúde ea educação estão péssimas, eu não tenho controle, chama os universitários, tudo éo Lula, eu não vou em debate o Lula não foi!!! ele e outros se elegeram falando mal da esquerda, quando chegarem lá Frota, Joice, Mamãefalei, Janaína, Bolsonaros, etcs, e perguntarem e agora q vo6 estão aqui oq irão fazer, eu não sei, única coisa q eu sei é falar mal da esquerda, da Venezuela, do Lula, do PT, dos comunistas!!!

Responder

    ari

    19 de outubro de 2018 às 11h13

    Se vc for a um estádio e xingar um atleta de macaco, seu time será punido. Se vc tem uma loja e seu funcionário agredir um cliente, vc será punido. Se um vôo atrasa por mau tempo, a empresa será punida. Ou alguém acha mesmo que milhões de mensagnes foram feitas por simples apoiadores em solidariedade à besta? Que vídeos muito bem elaborados foram produzidos em laptopds caseis por adolescentes?

    Responder

João Alves

18 de outubro de 2018 às 22h53

Nossa ele nem é presidente ainda e tem que ter o controle de tudo o que acontece no país?
Já que querem que ele tenha controle de tudo dêem logo a faixa presidencial pra ele…

Responder

Brasileiro da Silva

18 de outubro de 2018 às 22h37

Seguindo a lógica do colunista, a ex-presidenta deveria estar presa?

Responder

PETER PENDRAGON

18 de outubro de 2018 às 21h52

Esse negócio de querer censurar o Whatszap só vai criar mais ódio contra o PT, parece desespero querer ganhar a eleição no tapetão.

Responder

Brasileiro da Silva

18 de outubro de 2018 às 21h43

Seguindo essa teoria, o autor acha que Lula esta preso justamente e que Dilma deveria estar na cadeia?

Responder

devanir marchioli

18 de outubro de 2018 às 21h43

Muito dificil isso resultar em alguma vantagem para Haddad, é bem capaz de piorar ainda mais a sua situação. Pode despertar ainda mais o sentimento antipetismo no eleitor e acabar ampliando ainda mais a vantagem que já está enorme, no meu modo de ver e mais uma estratégia suícida de Lula e do PT, que diga se de passagem até agora só fez caca

Responder

    Paulo

    18 de outubro de 2018 às 21h45

    Enfim uma análise sensata…

    Responder

Ricardo

18 de outubro de 2018 às 20h53

Eu robô. Faço campanha de graça. Nāo preciso de fake news para acusar o PT. Com tanto tranbique o Bolsonaro nem precisa pagar 12 milhões, estamos zuando o Haddad no 0800

Responder

Ricardo

18 de outubro de 2018 às 20h15

Ué, se Lula não sabia da corrupção que acontecia na sala ao lado da sua , por que Bolsonaro deveria saber o que acontece lá longe ou no Whatsapp?

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com