Entrevista de Lula no Página 12

Vox Populi: Diferença entre Haddad e Bolsonaro pode ser inferior a 2%

Por Miguel do Rosário

19 de outubro de 2018 : 14h44

No site da CUT

Na reta final da eleição, Haddad encosta em Bolsonaro, aponta pesquisa CUT/Vox

Considerada a margem de erro da pesquisa (2,2%) a diferença entre os dois candidatos pode ser de menos de 2%

Publicado: 19 Outubro, 2018 – 11h26 | Última modificação: 19 Outubro, 2018 – 12h52

Por Marize Muniz

Na reta final do segundo turno das eleições, cai a diferença entre as intenções de votos nos candidatos a presidente da República Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL).

É o que revela pesquisa CUT-Vox Populi realizada nos dias 16 e 17, antes das denúncias de caixa 2 na campanha de Bolsonaro, divulgada nesta sexta-feira (19)

No cenário estimulado da pesquisa, Bolsonaro aparece com 44% das intenções de votos – 53% dos votos válidos, que exclui brancos/nulos e indecisos -; Haddad tem 39% – 47% dos válidos.

Considerada a margem de erro da pesquisa (2,2%) a diferença entre os dois candidatos pode checar a menos de 2%.

Neste cenário, o percentual dos que declararam que não vão votar em ninguém, vão votar em branco ou anular é de 12%. Outros 5% não sabem ou não responderam.

Haddad mantém a liderança na Região Nordeste, onde tem 57% das intenções de votos; entre as mulheres (42%), entre os eleitores com ensino fundamental (44%), e os quem ganham até 2 salários mínimos (45%).

Cenário espontâneo

Na simulação espontânea, Bolsonaro tem 43% das intenções de votos, 54% dos votos válidos, que exclui os brancos e nulos, contra 37% de Haddad, que alcança 46% dos votos válidos.

Neste cenário, 12% dos entrevistados declararam que não vão votar em ninguém, vão votar em branco ou anular. Outros 8% não souberam ou não quiseram responder.

O Nordeste é a Região onde Haddad tem mais intenção de votos do que seu adversário – 55% a 27%. O candidato do PT também é o mais votado entre as mulheres (39%), eleitores com até o ensino fundamental (42%) e entre os que ganham até 2 salários mínimos (43%).

Segundo a pesquisa CUT-Vox, 89% dos entrevistados estão decididos a votar e não pretendem mudar de ideia até o dia 28 de outubro. Outros, 8% dizem que podem mudar a intenção de voto e 3% não têm nada decidido ainda e pode mudar de ideia até amanhã.

Entre os que declararam voto em Haddad, 90% estão decididos e não pretendem mudar, 9% podem mudar e 2% não têm nada decidido ainda e podem mudar até amanhã. A região onde está mais consolidado o voto em Haddad é a Nordeste, onde 89% declararam que não vão mudar a intenção de votar no petista.

Entre os eleitores de Bolsonaro, 93% estão decididos e não vão mudar a intenção de votar no candidato de extrema direita. Outros 6% dizem que é uma possibilidade, mas ainda podem mudar e 1% não tem nada decidido. A região Sudeste é onde o voto em Bolsonaro está mais com solidado: 91% dos eleitores afirmaram que estão decididos a votar no candidato do PSL e que não vão mudar a intenção até o dia da eleição.

Metodologia

A pesquisa CUT-Vox Populi foi realizada nos dias 16 e 17 de outubro. Foram feitas 2.000 entrevistas, em 120 municípios, com pessoas com 16 anos ou mais, residente em áreas urbanas e rurais, de todos os estados e do Distrito Federal, em capitais, regiões metropolitanas e no interior, de todos os estratos socioeconômico.

A margem de erro é de 2,2%, estimada em um intervalo de confiança de 95%.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

51 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Carlos Augusto Rodrigues da Silva

24 de outubro de 2018 às 08h57

Mais uma pesquisa fake só para assustar a galera, A VITÓRIA DO BOLSONARO VAI SER ESTRONDOSA, VÃO PASSAR VERGONHA, PETISTAS DE MERDA E IMPRENSA PODRE…..COMPRADA…

Responder

Éder Geraldo alves

24 de outubro de 2018 às 06h29

Não sangue 13 sim

Responder

Vinicius

22 de outubro de 2018 às 22h34

Pesquisa equivocada e longe da realidade …….

Responder

    Ivania

    23 de outubro de 2018 às 14h42

    Bolsonaro se Deus quiser será o novo presidente do Brasil! !Fora ptralhadas!!

    Responder

      Maria dos reis ribeiro

      23 de outubro de 2018 às 16h51

      Amém..pq Deus está com o bem e o amor

      Responder

        José Maria Venceslau

        25 de outubro de 2018 às 07h38

        Exato, Deus está com o bem e o amor, longe de ser esse Deus que o Bolsonaro prega cheio de ódio. Afinal Jesus morreu em uma cruz, onde foi torturado até a morte, acha mesmo que um candidato que defende tortura tem Deus no coração?

        Sobre armar a população há uma passagem bíblica que diz “Forjarão de suas espadas relhas de arado” nas profecias em Isaías capítulo 2, versículo 4, e Miquéias capítulo 4, versículo 3. Isso significa que o homem de Deus ao invés de pegar uma espada ele transforma ela em objeto de trabalho, não de guerra. Combater a criminalidade armando a população não é o caminho, a educação é o único meio de sairmos disso, Jesus sempre pregava o amor uns pelos outros, principalmente pelos desconhecidos como ele mesmo diz na bíblia “que glória há em amar quem nos ama”.

        Minha cara, votar no Bolsonaro é um cenário que me assusta como homem temente a Deus, alguém que já está há 26 anos na política e aprovou somente 2 projetos e é vinculado a um dos partidos mais corruptos do Brasil, o PSL é mais corrupto que o PT! De novo e de melhoras ele não tem nada.

        Basta a senhora pensar se vai querer que um filho seu o neto seja submetido a educação a distância, coisa sem cabimento, com quem uma mãe que trabalha deixaria seu filho? Um candidato que diz que após uma mulher parir ela não deveria ficar em casa para cuidar do seu bebê, onde um homem desses visa o bem das crianças? Ficar falando sobre kit gay e outras coisas que são notícias mentirosas, também não é de Deus. Vamos lembrar que Jesus andava com prostitutas e no meio das pessoas mais humildes, sempre respeitando a individualidade de cada um.

        Não sou petista, como disse sou temente a Deus, e já li a bíblia 3x, também não sou vinculado a nenhuma igreja, acredito que Deus esteja em nossos corações. E uma coisa eu digo, ele não está no coração de alguém que dissemina o ódio e a violência. Espero de verdade que repense seus conceitos do que é o amor de Deus, porque em nenhuma das vezes que li a bíblia vi esse amor baseado em tudo que ele diz a respeito de matar e perpetuando o ódio. Caso não se lembre Jesus na cruz perdoou um ladrão, ele não o condenou pelos seus crimes. Todos devemos ter direitos a repensar nossas atitudes.

        Fica em paz,

        José Maria.

        Responder

AGNALDO

21 de outubro de 2018 às 21h24

DIGO QUE SERÁ 80 BOLSO 20 ANDRADE..
ANDRADE NAO TEM VOTOS NEM P PREFEITO…
TEVE UM CRESCIMENTO POR Q USOU VOTOS DO LULA !!
MAIS NO SEGUNDO TURNO DISPENSOU O NOME CARA E TUDO DO LULA ..

LEMBRANDO .. NEM O LULA GANHARIA DO BOLSONARO .. PELO CONTRARIO .SERIA UMA PREZA FACIL DMAIS…

O BOLSONARO COLOCARA SERGIO MORO NO STF EM 2020..
EA JANAINA DO BRASIL EM 2021… P EQUILIBRAR O STF.

Responder

    Maria dos reis ribeiro

    23 de outubro de 2018 às 16h52

    Sai pra lá , capeta

    Responder

Marco

21 de outubro de 2018 às 19h40

Gostaria que fosse informado se a pesquisa em comento foi devidamente registrada no TSE.

Responder

Edna Baker

20 de outubro de 2018 às 20h53

PSD?

Responder

Francisco

20 de outubro de 2018 às 11h54

Bem, faltando poucas semanas para o desfecho do primeiro turno, Vox Populi cravou Haddad quatro pontos à frente de Bolsonaro, 22% a 18, se não me engano. Para os não torcedores, contudo, era bastante visível que Bolsonaro estava na frente. E por grande vantagem. O que se quer com isso?

Responder

    CRITICADORDOREALMADRIDDEPIUM

    22 de outubro de 2018 às 18h27

    Não vamos esquecer, o VOX POPPULI foi o que mais se aproximou do resultado final do primeiro turno, portanto, merece credibilidade, quanto ao IBOPE e DATAFOLHA , a gente sempre fica com o pé atrás, pois pesquisa paga pela REDE GLOBO ,O ESTADÃO e a FOLHA DE SÃO PAULO , pode duvidar, eles odeiam o PT . em nenhum momento do primeiro turno, o VOZ POPPULI disse que HADDAD estava à frente de Bolsonaro .

    Responder

Chauke Stephan Filho

20 de outubro de 2018 às 08h56

HADDAD JÁ GANHOU !!!

Responder

    Unk

    20 de outubro de 2018 às 10h20

    Teu cu.

    Responder

Jorge

19 de outubro de 2018 às 21h44

De boa, nem o PTista mais fiel deve conseguir acreditar nessa pesquisa.

Responder

CAR-POA

19 de outubro de 2018 às 20h53

E continuamos falando sobre o que não existe.
AS URNAS FORAM FRAUDADAS E SERÃO DE NOVO ,PARA GARANTIR O RETORNO DA DITADURA.SE OS BABACAS QUE VOTAM NO IMBECÍL FASCISTA PENSAM QUE ESSE VERME VAI MANDAR ESTÃO ENGANADOS.
SERÁ O VERDADEIRO POSTE,SÃO OS FARDADOS DE ALTA PATENTE QUE MANDARÃO ,SEMPRE SEGUINDO AS ORDENS DO IMPÉRIO.
PRA QUEM CONHECE A HISTÓRIA ,JÁ SABE O QUE ACONTECERÁ.
VIVENDO E APRENDENDO.

Responder

    Chauke Stephan Filho

    20 de outubro de 2018 às 21h39

    Imbecil é quem escreve “Imbecil” com acento (“Imbecíl”).

    Responder

    Maria dos reis ribeiro

    23 de outubro de 2018 às 16h54

    Deus está no comando..

    Haddad presidente

    Responder

Justiceiro

19 de outubro de 2018 às 19h43

Miguel postou essa pesquisa só pra zoar com os petistas.

HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA

Responder

Paulo

19 de outubro de 2018 às 19h00

O canto do cisne…

Responder

Jeferson

19 de outubro de 2018 às 18h33

Me admiro o Haddad não ter 100% dos votos, kkkkkk. Pesquisa da CUT??? Menos né pelegada… A esquerda ainda não entendeu o recado das urnas no primeiro turno…

Responder

Leitor

19 de outubro de 2018 às 18h14

A pesquisa do Vox Populi/Brasil 247 foi a que mais se aproximou do resultado no primeiro turno. Então vou esperar essa para saber a situação real, pois tem pesquisa dando 64% a Bolsonaro, é muita diferença. Vou aguardar.

Responder

    Justiceiro

    19 de outubro de 2018 às 19h38

    Mais se aproximou???

    HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA

    !3 pontos de diferença no primeiro turno, na avaliação do vox. lixo.

    HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA

    Responder

      Leitor

      19 de outubro de 2018 às 20h23

      Vox populi 247 é outra pesquisa amigo, pesquise. Nenhuma acertou exatamente o crescimento de Bolsonaro no fim do primeiro turno, e, repito, a vox populi 247 foi a que mais se aproximou. E por isso, aguardarei a pesquisa deles sobre o segundo turno.

      Responder

    ari

    20 de outubro de 2018 às 10h49

    Em 2010 e 2014 tb foi a Vox Populi a grande vencedora. O pessoal da direita nunca vai entender que a esquerda, até por não ter apoio da grande mídia e dos grandes interesses financeiros, dificilmente anda pelos caminhos da mentira.

    Responder

Dionísio

19 de outubro de 2018 às 17h49

Essa foi aquela que deu o Haddad com mais votos que o Bolsonaro no primeiro turno, se não me engano.

Responder

    david marques

    19 de outubro de 2018 às 18h00

    Essa mesmo….. kakakakakak a que dizia ser possível Haddad ganhar no primeiro turno kaakakakakakakak
    Não cansam de passar vergonha

    Responder

      Maria dos reis ribeiro

      23 de outubro de 2018 às 16h59

      Ao que parece muita gente não entendeu o resultado do primeiro turno das eleições. Bolsonaro teve 46% dos votos VÁLIDOS. Ele não teve 46% dos votos de todos os brasileiros. Entendam: Somos quase 150 milhões de eleitores. O filhote de satanás não teve nem 50 milhões de votos, ou seja, cerca de 100 milhões de pessoas não votaram nele. O problema é que quase 40 milhões de pessoas deixaram de votar ou votaram nulo ou em branco. Os outros quase 60 milhões votaram em candidatos diversos como Ciro, Haddad, Alckmin, Marina, Boulos etc. Resumindo: de cada 3 brasileiros com direito a voto, só um votou em Bolsonaro. O problema é que a galera dele, mesmo sendo minoria, compareceu em peso pra votar, enquanto da galera que é contra ele, metade preferiu ir para a praia. Se todo mundo tivesse ido votar, os votos dele mal chegariam a 32% do total. Talvez ele nem tivesse ido pro segundo turno. Vejam: se todo mundo que não votou ou que votou em outro candidato se unir contra ele, ele não apenas perde, como leva uma lavada de 68% no lombo. Entendam: o eleitor dele é MINORIA. Uma minoria barulhenta e violenta, mas continua sendo uma minoria. Só que não adianta apenas dizer que não concorda com as barbaridades que ele fala se no dia da votação você não for lá na urna e votar CONTRA ele. E votar contra ele, agora, significa votar em Haddad. Vejam meus amigos, a tragédia ainda pode ser evitada. Se você, como eu, votou em outro candidato no primeiro turno, não anule seu voto. A única forma do coisa ruim não vencer a eleição é votarmos no outro candidato. Mesmo que você tenha restrições ao PT, como eu também tenho, é preciso entender que o Brasil é maior do que isso. Precisamos agir com a cabeça e não com o fígado. Não podemos entregar o país nas mãos de um psicopata totalmente despreparado por conta de mágoas com o PT. Se você anulou seu voto ou votou em branco no primeiro turno é sinal de que não concorda com as atrocidades que saem da boca desse demente. Sendo assim, faça sua parte e ajude a impedir essa tragédia. Mais do que nunca o país precisa de você. A única forma dele não vencer é se as pessoas que não votaram no primeiro turno comparecerem em peso e votarem CONTRA ele. Não podemos deixar que uma minoria irracional decida os destinos de nosso país graças ao descaso de uma maioria que decidiu lavar as mãos!!!!!!

      Responder

    RENATO C SOUZA

    19 de outubro de 2018 às 18h25

    Não meu caro. O Vox Populi foi quem mais acertou. Inclusive colocou o Bolsonaro com 41% contra 31% dos votos validos. Todas as outras colocaram o Bolsonaro com no máximo 36% e Haddad 22%. Vox Populi é a mais confiável porque é independente.

    Responder

      Rhemo

      19 de outubro de 2018 às 18h41

      Pesquisa comprada pela CUT sendo independente, ce tá de brincadeira né?! Kkkk

      Responder

Doda

19 de outubro de 2018 às 16h50

Não sou petista tão pouco bozonaro….

Mas como é irritante ver que ainda tem petista achando que tem chance!!!!

Acabou!! Já era!!! 4 anos de trevas!!!

Responder

Serg1o Se7e

19 de outubro de 2018 às 16h01

Tá certo….

Responder

Lucas

19 de outubro de 2018 às 15h53

Está parecendo Paraná Pesquisas na última eleição. Não sei para que esse autoengano.

Responder

    Ari

    19 de outubro de 2018 às 16h04

    Se vc tentar ser mais objetivo, verá que o Vox foi quem esteve mais próximo do resultado no primeiro turno. Não fosse o Bolsolao teria acertado na mosca. Olhe tb 2010 e 2014

    Responder

      Serg1o Se7e

      19 de outubro de 2018 às 16h21

      A última pesquisa Vox Populi para o primeiro turno da eleição presidencial de 2018 foi divulgada na tarde deste sábado (6), um dia antes da votação.

      O levantamento foi realizado em parceria com o portal Brasil 247.

      Segundo os números, haverá segundo turno, com Jair Bolsonaro (PSL) liderando a disputa, seguido por Fernando Haddad (PT).

      O candidato Ciro Gomes (PDT) é o terceiro colocado. Geraldo Alckmin (PSDB) aparece em seguida.

      Os números da Vox Populi/247 são muito semelhantes aos apresentados mais cedo, também neste sábado, pela pesquisa CNT/MDA.

      VOTO ESTIMULADO
      Bolsonaro 34%
      Haddad 27%
      Ciro 11%
      Alckmin 5%
      Marina 2%
      Amoêdo 1%
      Meirelles 1%
      Cabo Daciolo 1%
      Álvaro Dias 1%
      Boulos 1%

      VOTOS VÁLIDOS
      Bolsonaro 40%
      Haddad 31%
      Ciro 13%
      Alckmin 6%
      Marina 2%
      Amoêdo 2%
      Meirelles 2%
      Cabo Daciolo 1%
      Álvaro Dias 1%
      Boulos 1%

      Responder

Jandui Tupinambás

19 de outubro de 2018 às 15h04

Ciro começou a tomar remédio…

Se Haddad ganhar, Ciro pode desistir de se candidatar a síndico.

Mas ainda aceitamos sua ajuda. Afinal, cada voto agora é precioso.

Responder

    Miguel do Rosário

    19 de outubro de 2018 às 15h16

    O cara tá pensando em Ciro, meu Deus… O PT à beira de uma derrota massacrante, e o sujeito usa o Vox Populi para dar um último suspiro de soberba.

    Responder

      Serg1o Se7e

      19 de outubro de 2018 às 16h05

      “tragédia sem precedentes”?

      Quando o novo governo assumir, vou sugerir aos deputados e senadores que criem uma lei “anti terror digital”.

      Tragédia é o que estamos vivendo desde a Dilma, por favor.

      Responder

      Lincon

      19 de outubro de 2018 às 16h23

      Politica brasileira virou coisa de torcida de futebol, coisa de fanaticos e apaixonados pelo seu time ou partido. Pra esses virar a mesa é honesto.
      Precisamos de frieza, racionalidade e isençao para analisar os fatos que interessam a todos, a toda a sociedade.

      Responder

      Alexandre Neres

      19 de outubro de 2018 às 16h48

      Diante dos fortes indícios de fraude relativos a quantidade ingente de fake news de zapzap, Haddad disse que o segundo turno deveria ser disputado por ele e por Ciro Gomes. Perder em um cenário desses de 60 a 40%, por exemplo, não é massacrante, Miguel do Rosário. Cabuloso, em um cenário tenebroso que se avizinha, são os falsos profestas progressistas invocarem a teoria dos dois demônios, inculpando os dois extremos para a terceira via passar ilesa, apesar de sua quase omissão criminosa, como se não tivesse favorecido determinado candidato ao deixar de tomar posição e ir flanar mundo afora. Marina fez escola.

      Responder

        Miguel do Rosário

        19 de outubro de 2018 às 17h45

        Alexandre, ponha a mão na cabeça e faça uma autocrítica antes de apontar o dedo para o companheiro. Lembre da letra de Raul: é sempre mais fácil achar que a culpa é do outro / evita o aperto de mão de um possível aliado.

        Responder

          Alexandre Neres

          19 de outubro de 2018 às 18h17

          Caro Miguel, creio que não me expliquei direito, não me fiz entender. Não estou querendo dizer que Ciro seja o grande responsável pela eventual derrota do Haddad, tal culpa, se existir, cabe preferencialmente ao PT e outros mais. O que estou dizendo é que quando se fizer um raio-x deste momento dramático da vida nacional, quando iniciarmos uma derrocada sem volta, o registro na história vai ser o de que Ciro Gomes agiu por cálculo político, porquanto não teve grandeza política como Leonel Brizola, por exemplo. Marina Silva em situação um pouco parecida escolheu Aécio, só que o coiso é muito pior do que esse playboy, pois faz apologia da tortura, da ditadura e de grupos de extermínio, o momento é bem mais grave. Estou tratando de política, não de um monastério, em que só determinado partido do espectro político deva fazer uma autocrítica autoflagelante, se purificar e deixar de ser ímpio, porque a Globo empreendeu uma cruzada nesse sentido. Afinal de contas, isso é cobrado do PT só porque mostrou mais desenvoltura pra jogar um jogo que foi implementado por outros atores que nunca foram cobrados assim? Em tempo, por cálculo eleitoral, se fosse necessário, não sei se ainda é o momento, poderia ser feito algo nessa linha pra contentar os moralistas de plantão. Aquele abraço.

          Rodrigo Cardoso Condeixa da Costa

          19 de outubro de 2018 às 20h37

          Excelente o teu comentário, amigo. O mais ”equilibrado” que li neste blog acerca da relação Haddad x Ciro x Bozo. Nada explica a saída de Cito pela tangente. Agindo assim, jamais estará sequer próximo da grande de um Leonel de Moura Brizola. A Marina realmente fez escola. E o resultado está aí. Essa conversa de ”bem feito, agora que se ferrem, seus petistas arrogantes” é de uma pobreza política e ética acachapante. E só facilita para o lado do fascista digital. Considero importante a máxima agostiniana, aqui contextualizada = ”Nas coisas essenciais, a unidade; nas coisas não essenciais, a liberdade; em todas as coisas, a caridade.”

          Paulo

          19 de outubro de 2018 às 23h08

          “As pessoas costumam amar a verdade quando esta as ilumina, porém tendem a odiá-la quando as confronta.” Pense nisso, amigo!

      André Romero

      19 de outubro de 2018 às 16h48

      E por isso que eles vão perder, Miguel.
      E depois ainda vão tentar arrumar alguém para botar a culpa pela derrota.

      Responder

      Leitor

      19 de outubro de 2018 às 18h08

      Não acho a derrota massacrante. Massacrante seria perder no primeiro turno. Na verdade até acredito que PT perca esta eleição, mas mostrou que continua forte. Mesmo com todos os ataques dos últimos anos, se fosse olhar há um ano atrás, não imaginaria jamais PT no segundo turno. Fizeram de tudo para acabar com o partido e não conseguiram. Imagino que depois dos próximos 4 anos trágicos que teremos, o PT estará ainda mais forte.

      Responder

        a.ali

        19 de outubro de 2018 às 22h11

        4 anos ? vc. está sendo mt.otimista pois essa milicada vai se aboletar no poder e vamos amargar, no mínimo, uns 20 anos até purgarmos tudo de ruim que anda solto e ao redor até esses “nacionalistas” terminarem de entregar o escangalhado brasil ao estrangeiro, leia-se irmão do norte, para fazer seu quintal, afinal a AL é rica de tudo, inclusive de tolos que verão a enorme cag… que ajudaram a parir, pois o que falta de discernimento, história, empatia nesse povo só nos faz afirmar que o brasileiro é um povo que precisa, urgentemente, ser estudado!

        Responder

      Manoel

      19 de outubro de 2018 às 18h15

      Você não acredita no Vox, Miguel?

      Responder

      UBIRATAN ROSA PASSOS

      19 de outubro de 2018 às 19h30

      PREZADO MIGUEL DO ROSÁRIO, ENTÃO NÃO PUBLIQUE PESQUISAS QUE VOCÊ CONSIDERA FRAUDULENTAS. OK?

      Responder

gN

19 de outubro de 2018 às 14h52

Algo me diz q a Vox Populi vai virar piada em breve….

Responder

    Cleusa

    22 de outubro de 2018 às 12h48

    Jamais a Vox Populi virará piada! Quem imaginaria que o bolsos estavam praticando grave fraude contra as eleições!???? Não entendo tanta burrice do povo para votar em alguém que só falar em matar e destruir!?

    Responder

Deixe uma resposta