Às 11:30, a Conexão Cafezinho recebe Brizola “Carlito” Neto: as relações entre trabalhismo e comunismo

Foto: reprodução.

Lula volta a criticar formações de frente ampla

Por Redação

26 de junho de 2020 : 09h15

O ex-presidente Lula concedeu entrevista à TVE Bahia na última quinta-feira (25) e tratou de assuntos diversos, entre os quais estiveram a formação de uma “frente ampla pela democracia”, a economia nacional e o novo marco do saneamento básico.

O ex-presidente explica que, enquanto, em 2008, o “mundo democrático” acabava com empregos, “o Brasil batia recordes de empregos”.

Lula voltou ainda a atacar manifestações que visem ampliar a atuação das forças políticas do país, desta vez o Direitos Já!, quando perguntado sobre a “formação de uma frente”.

“Quem tá fazendo o ‘Direitos Já!’ é quem derrubou a Dilma. Até agora, estou desafiando o Moro, o Dallagnol a mostrarem uma agulha de crime que cometi neste país”, criticou, retomando sua usual reclamação da Operação Lava Jato.

“Tem gente boa que assina manifesto e eu respeito. Já assinei muitos documentos neste país, mas não vou mais enganar o povo”, prosseguiu, explicando que “democracia” é um conjunto de garantias, como segundo ele, “poder comer”, acesso à educação, à tecnologia e ciência, etc.

“Acho até irônico ‘os caras’ cassarem uma presidente que não cometeu crime, que inventaram 500 artimanhas para me cassar, porque a cassação da Dilma tinha o objetivo de me tirar das eleições de 2018, agora vir me falar em ‘vamos juntos’…”, concluiu, sobre possibilidade de compor uma frente.

Perguntado sobre como trazer investimentos ao Brasil, Lula mencionou novamente a reação a 2008 e explicou:

“Não é a fala do presidente, não são os olhos do presidente, é a prática humanista do presidente. Para convencer as pessoas a investirem no Brasil, primeiro você tem que respeitabilidade”.

Explicando sua posição, afirmou que “as pessoas eram respeitadas ao mostrarem seu passaporte brasileiro” e que “as pessoas poderem ir para Bariloche e Miami” era algo que irritava muitas pessoas, voltando a justificar sua ida a Curitiba como postura combativa a seus detratores.

Na mesma linha argumentativa sobre captação de recursos, Lula atacou a posição do presidente e explicou o que pensa sobre a possibilidade de o Governo atual atrair recursos.

“As 51.000 pessoas que morreram até hoje não têm valor nenhum para o Bolsonaro. Ele não tem o menor respeito. Como pode um ser humano assim preside um país de gente tanta generosa quanto o Brasil? Então, o problema não é não ter dinheiro, o problema é ter credibilidade para cuidar do Brasil com nossas forças próprias. Como ele deu R$ 1,2 trilhão para o sistema financeiro e não quer dar duzentos e poucos para o povo brasileiro? Então, se Brasil pedir dinheiro, ninguém vai dar, porque o Bolsonaro não merece, não é um ser humano normal”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

dcruz

28 de junho de 2020 às 07h26

Como sempre Lula a vítima dessa esquerda mais esquisita do que aquele lugar que fica na ponta feia da Dutra, Agora o crucificam por ele não assinar essa negócio aí que chamam de manifesto a favor da democracia ou contra a ditadura, mas que omite todas as atrocidades que fizeram contra o próprio Lula e o PT,o golpe contra Dilma é solenemente ignorado.Lula como sempre muito a frente desse pensamento aparentemente progressista, a maioria ali está por puro oportunismo, pois não podem negar sua ideologia de ultradireita e, portanto, bozonazista. Ao primeiro aceno do bozo eles vão comer alpiste, ou melhor, ração bovina na mão desse oligofrênico que colocaram como presidente. Todos são da mesma laia.

Responder

Fábio maia

27 de junho de 2020 às 05h41

Por que ainda vao atrás desse velho?
Pergunte a Dany Glover, Bono box, papa Chico. A propósito ontem ele fez uma live com o presidente da Argentina.
Ele sozinho faz mais diplomacia que l governo inteiro
O grupelho que ele representa um monte de gado.
E gado adestrado da zorra. Profetizam o extermínio da raça mais nao sai dos 30%. 1,5 milhão de filiados, fora os puxadinho que vao ele.
Tá feio gente

Responder

    Miramar

    28 de junho de 2020 às 15h47

    A obrigação de todo sacerdote é ofertar conforto espiritual a qualquer um. Logo o Papa “Chico” não é petista. A propósito, o MDB tem mais filiados que o PT.
    Concordo que “puxadinhos” é um bom eufemismo para simpatizantes.

    Responder

helio

27 de junho de 2020 às 00h33

Os apoiadores do Ciro, defensor da privatização água, não suportam o Lula. Bom, eles são tão poucos, provavelmente aqueles 4% não o apoiavam no final do governo, um governo sem paralelo no país no aspecto social.
O Lula, como é próprio dos grandes líderes, tem como atributo a capacidade de dialogar, portanto, se afasta da frente ampla não por ser um autoritário personalista, muito menos um valentão. Ele, com a sua reconhecida inteligência política, sabe que essa frente não defende a democracia, no seu conceito maior. Ela quer tirar o Bolsonaro, que incomoda a Globo, mas não quer mudar o projeto neoliberal que destrói famílias.

Responder

    Miramar

    28 de junho de 2020 às 15h43

    A água não foi privatizada.

    Responder

Miramar

26 de junho de 2020 às 15h58

Copiei e colei: mas não vou mais enganar o povo”,

Responder

Marcos Videira

26 de junho de 2020 às 12h59

Se alguém ainda não sabe como opera o PT, Lula mais uma vez esclarece.
Quando o PT estava no poder Executivo, Lula aliava-se a qualquer um, colocava no comando das estatais políticos reconhecidamente corruptos como Eduardo Cunha, Gedel Vieira etc. Ao mesmo tempo, eram seus parças Romero Jucá, Renan, Temer, et caterva…
Quando está fora do poder Executivo, ninguém presta, todos os outros são corruptos, golpistas etc. Na oposição o PT é a virgem imaculada, pura, intolerante acusador de qualquer suposto mal feito,
Só que essa esquizofrenia política tem prazo de validade.

Responder

augusto

26 de junho de 2020 às 12h58

Por uma razao simples: porque é lider.
Se voce estudou Historia, sabe que existiu um homem, Charles DeGaulle, do qual os conservadores disseram muitas coisas para tentar destruir. Mas nunca ninguem teve duvida de uma coisa: que a prioridade 01 (um) para ele era a França. A 02 (dois) era a grandeza da França.E a prioridade 03 era o interesse da França. Este ponto é Historia, está fora de discussão.
Por definiçao, “Lider é aquele a quem as pessoas seguem, sem nem mesmo perguntar aonde vai”.
As pessoas em 2002, sabiam onde ia Lula – esclarecidas inclusive pelo motivos entao formalizados e contidos na ‘Carta aos Brasileiros’.
E tanto ele é lider, que a Elite predadora do Brasil viu a n.e.c.e.s.s.i.d.a.d.e de construir por cinco anos (embora começou antes) a montagem complexa, incessante, cu$to$a e diariamente midiatizada na maior TV do país, de uma fraude judicial para exclui-lo da eleição subsequente, a de 2018.
ISTO não é mais negado por ninguem porque ja é História e se cristalizará nos livros em futuro proximo, quer voce queira ou não.
Agora, as ideias -as nao essenciais ao menos – se transmutam, atualizam e os partidos sao coisa temporária. Por isso, o lider Lula quando achar que algo bom e viavel para os pobres e as maiorias poderá ser conduzido/obtido sem ele, sairá da frente do palco. Porque é homem suficiente pra isso e porque tal como o frances, sua prioridade é o Brasil.

Responder

    Miramar

    26 de junho de 2020 às 18h31

    Em primeiro lugar “Lider é aquele a quem as pessoas seguem, sem nem mesmo perguntar aonde vai” não é a definição de um líder mas de um ditador.

    O respeitável De Gaulle era um conservador.

    Lula é um gênio político: aliou-se a tudo que não presta na política em nome do projeto de poder do seu grupelho.A parte gado (existe gado de esquerda e gado de direita, como sabemos) da população o seguiu sem questionar, e quando os que não prestam o golpearam a culpa foi deles por subitamente terem parado de acreditar no homem que se importa com o “Brasil acima de tudo”(já ouvi isso em algum lugar).

    A parte mais risível é quando se coloca Lula como inimigo da Elite “predadora”. Ele próprio já cansou de disser que em seu governo foi quando os bancos mais ganharam dinheiro. Ocorre que essa própria elite se cansou dele. Mas não nos preocupemos. Passada a pandemia uma rebelião popular redentora vai içá-lo nos braços e o levará ao trono celestial onde governará eternamente, ou, como sábio que é, abrirá caminho para alguém mais jovem. Afinal não é um homem e sim uma “ideia”

    Alguém realmente acredita nisso?

    Responder

Alan C

26 de junho de 2020 às 12h24

É sério mesmo que Lula tá esperando o mundo pedir desculpas e se ajoelhar diante dele??

Responder

    Batista

    26 de junho de 2020 às 19h55

    O mundo NÃO, apenas o Brasil que elegeu Bolsonaro…, afinal “A Lei é Para Todos”, né marreco?

    E rola a tempo, luz a desfazer a escuridão que mergulha suscetíveis à cegueira ensaiada, ou pensa que por não querer enxergar, ninguém enxerga similaridades em fatos com resultados diametralmente opostos, que se sucedem a esclarecer os que desejam esclarecer-se, como o último, ontem ocorrido, onde o familiar ‘Zero Um’ por ter sido Presidente da República, quando da ocorrência dos atos que o acusavam, pode passar à instância superior e livrar-se do juiz convicto em condena-lo, mesmo que sem provas, como é o caso do ‘Zero Um’, não é mesmo, tu aí, do ‘ensaio da visão’?

    Responder

      Alan C

      26 de junho de 2020 às 23h05

      O Brasil que elegeu o bozo é formado por eleitores que, outrora, votaram nesse gagá que esgotos como o PT247 vendem livro sugerindo que é uma divindade… Já podemos nos matar de rir???

      A petezada tem que respeitar o eleitor e entender pq não quiseram mais votar no grupelho que se juntou com outras “divindades” como Calheiros, Cunha, Geddel, Jucá, Collor, Maluf, Sarney, Temer, Eunício…. O marreco é amador perto desses.

      Eleitor este que, pasmem, o gagá enganou se dizendo candidato… Petezada ridícula!

      Responder

Alexandre Neres

26 de junho de 2020 às 11h35

Início do texto do brizolista histórico Vivaldo Barbosa, cujo título é “O PDT afronta Brizola”:

“O PDT votar a favor da privatização da água é um escárnio e uma afronta a Brizola e ao trabalhismo.

Assim como o foi quando seus parlamentares votaram a favor da reforma trabalhista e da reforma da Previdência Social.

Como a direção atual do PDT, Carlos Lupi à frente, seus parlamentares e seu líder maior, Ciro Gomes, não são trabalhistas nem defendem ou praticam os ideais de Brizola.”…

Responder

Edibar

26 de junho de 2020 às 10h06

Eu gostaria de saber pq ainda vão atrás de entrevistar esse velho?? Quem ainda quer saber do que esse demente moribundo tem a dizer??

Responder

    Alan C

    27 de junho de 2020 às 10h55

    A seita lulopetista xiita, e mais ninguém.

    Responder

Deixe uma resposta