Live do Cafezinho (19h): que segurança pública que queremos?

Engels celebra 200 anos com lançamento de livro nesta terça-feira

Por Redação

30 de novembro de 2020 : 16h10

No último sábado, dia 28 de novembro, celebramos os 200 anos de nascimento do alemão Friedrich Engels. Parceiro intelectual de Karl Marx, Engels não foi apenas o grande teórico do marxismo, mas também o organizador do movimento socialista internacional na segunda metade do século XIX.

Sua obra teórica é vasta e perpassa os mais variados temas como a economia política, a sociologia, a filosofia, a educação e o direito. Engels foi pioneiro nos estudos sobre a questão urbana no início do século XIX e criou as bases intelectuais para aquilo que chamamos hoje de direito à cidade.

Em homenagem ao legado desse grande intelectual, o professor Theófilo Rodrigues lança nesta terça-feira o livro “Engels 200 anos: ensaios de teoria social e política” (Compre aqui). Editado pela Anita Garibaldi com apoio da Fundação Mauricio Grabois, o livro conta com 16 capítulos escritos por pesquisadores e intelectuais brasileiros. O prefácio foi redigido pelo professor Luis Manuel Rebelo Fernandes do Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio.

De acordo com Theófilo Rodrigues, Engels sempre foi modesto. “Ele se apresentava como um segundo violino de Marx. Mas sempre foi muito mais do que isso”, diz o organizador do livro.

Além de Theófilo, o lançamento do livro nesta terça-feira, às 19:00, contará com a participação dos professores Luis Fernandes, Fábio Palácio e Alecilda Oliveira, sob a mediação da coordenadora do LAPPCOM, Mayra Goulart, e será transmitido pelo canal do Youtube da Escola de Formação Castro Alves.

O livro pode ser comprado pelo site da Editora Anita Garibaldi: https://www.livrariaanita.com.br/produto/450218/engels-200-anos-ensaios-de-teoria-social-e-politica

No Rio de Janeiro, o livro está sendo vendido na Livraria Leonardo da Vinci.

Entre os dias 01 e 07 de dezembro, o LAPPCOM e a Escola de Formação Castro Alves oferecerão um curso gratuito sobre a obra de Engels a partir dos capítulos do livro. Para se inscrever no curso o link é: https://m.ujs.org.br/curso-engels

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

CID ELIAS

01 de dezembro de 2020 às 10h22

Parece que para comentar no cafezinho frio tem que ser canalha e corrupto, como os 4 aí acima

Responder

Kleiton

30 de novembro de 2020 às 23h25

Com Marx forma a dupla da maior desgraça da história da humidade.

Responder

Paulo

30 de novembro de 2020 às 19h36

Fico pensando se Marx e Engels não tivessem existido. Como seria o mundo hoje? Quantas vidas perdidas inutilmente teriam sido poupadas? Mas, por outro lado, e os trabalhadores do 3º mundo, estariam no arreio até hoje?

Responder

    Kleiton

    30 de novembro de 2020 às 23h22

    Nos EUA há 130 sindicatos no Brasil 16.500…precisa dizer algo mais ?

    Responder

      Ronei

      01 de dezembro de 2020 às 09h00

      Os ameircanos brigam para entrar no Brasil se inscrever a 3 ou 4 sindicatos e trabalhar aquì…kkkkkkkkkkkk

      Responder

      Paulo

      01 de dezembro de 2020 às 11h50

      E o sindicalismo na Argentina?? Vai ver como está a Argentina. Não q seja exclusivamente em decorrência do sindicalismo de lá, mas dá um indicativo.

      Responder

Tony

30 de novembro de 2020 às 19h15

Dà para medir o tamanho da desgraça (de vidas ao redor do Mundo principalmente) que esse elemento e Marx promoveram…!?!?

Responder

Deixe uma resposta