Paris Café Extra: Finanças Funcionais, uma revolução copernicaniana na economia

Colapso em Manaus foi causado por falta de cumprimento da FAB na entrega de cilindros

Por Redação

15 de janeiro de 2021 : 10h12

Na noite desta quinta-feira, 14, Procuradores de Justiça entregaram um pedido de urgência a Justiça Federal para que o governo federal elabore medidas em caráter emergencial para garantir o abastecimento de oxigênio no Amazonas.

O pedido foi feito após um erro de logística da Força Aérea Brasileira (FAB) que acabou descumprindo a entrega de cilindros de oxigênio líquido por problemas na aeronave que faria o voo.

No documento, os procuradores alegam que exista uma acordo entre o governo do Amazonas e a União com objetivo de criar um fluxo continuo de transporte de insumos para o combate da pandemia.

Com isso, a FAB é a única força capaz de fazer o transporte em tempo hábil de um produto inflamável e volátil como o oxigênio.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Netho

15 de janeiro de 2021 às 14h01

Santos e Canalhas – uma análise antropológica da obra de Nelson Rodrigues. Adriana Facina. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004. 332 págs. Leitura obrigatória para compreender o porquê se faz necessário, simplesmente, atropelar, literalmente, o frentista do CALIFADO BOLSONÂMICO.
“Por todas as esquinas, e botecos, e salas, e retretas da memória, há canalhas em flor. Eles nos atropelam e nós os atropelamos”. (Nelson Rodrigues).

Responder

carlos

15 de janeiro de 2021 às 12h49

Eu acho que o presidente da Câmara Rodrigo Maia, tbm tem culpa, pela inércia e se comportar por uma teoria da computação, ser pouco prático e muito teórico.

Responder

Mudok

15 de janeiro de 2021 às 10h57

Mas avião da FAB pros bacanas de Brasília não quebra nunca né!

Responder

Alan C

15 de janeiro de 2021 às 10h34

Zé ninguém, em 2022 vai sair e ser preso.

Responder

Deixe uma resposta