Paris Café Extra: Finanças Funcionais, uma revolução copernicaniana na economia

Cerca de 100 milhões de doses da vacina contra Covid-19 podem ser produzidas em Cuba

Por Redação

21 de janeiro de 2021 : 18h48

O governo cubano espera produzir cerca de 100 milhões de doses da vacina Soberana 2 contra Covid-19 em 2021.

O diretor do Instituto Finlay de Havana, Dr. Vicente Vérez, ressaltou em entrevista coletiva que a meta é vacinar todos os cubanos.

“Temos capacidade para fabricar 100 milhões de doses. Se tudo correr bem, este ano teremos toda a população vacinada”

Com 900 candidatos, o imunizante passou para a fase II b dos ensaios clínicos e se tiver êxito, vai passar para a terceira e última fase com 150 mil voluntários no mês de março.

A campanha de vacinação no país poderá começar ainda no primeiro semestre de forma e não obrigatória.

A Soberana 1 e 2 estão sendo desenvolvidas pelo Instituto Finlay, Abdala e a Mambisa pelo Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia (CIGB).

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Gilmar Tranquilão

22 de janeiro de 2021 às 08h45

Oxigênio da Venezuela, vacina de Cuba… VAI BOZOLANDIA!!!! kkkkkkk

Responder

Jose Bosco

22 de janeiro de 2021 às 08h17

Meu caro, você que padece de demência.
Vá em Cuba que eles vão encontrar um tratamento para você.

Responder

João

21 de janeiro de 2021 às 19h12

Quem acredita nesses “comunistas”??

Responder

    Batista

    22 de janeiro de 2021 às 12h25

    Com certeza, não os que acreditam nesses “comunistas” como desculpa para o Brasil permanecer no atraso, sob vigilância das forças de ocupação à caça do ‘inimigo interno’ do ‘amigo externo’, para manter-se colônia e continuar sustentando essa hereditária classe dominante com essa anacrônica combinação de PATRIMONIALISMO de Estado e DESIGUALDADE campeã mundial, ao correr de séculos, com o uso manjado da dupla esfarrapada, “CUMUNISTAS & CURRUPIÇÃO”, para golpearem qualquer tentativa de mudança, rumo ao futuro, sem miséria, com liberdade, justiça e soberania.

    Quem acredita nesses “xucros” que vivem do suor do ‘povo brasileiro’, desde Caminha?

    Responder

Deixe uma resposta