Despolarizando (11 h): o impacto da volta de Lula nas eleições de 2022. Convidado: Carlos Lupi

Lira elogia decisão do STF contra Moro e diz que Lava-Jato não merece o perdão da História

Por Redação

23 de março de 2021 : 19h31

23/03/2021

Agência Câmara — O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), comentou a decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, que considerou o ex-juiz Sergio Moro suspeito para julgar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Por 3 votos a 2, o STF decidiu que as provas apresentadas sobre o tríplex de Lula serão anuladas. Segundo Lira, a Lava Jato atuou como um Estado policial. Lira também avaliou que a operação enfrentou poderosos, mas agiu parcialmente, foi seletiva e promoveu perseguições.

“O Supremo Tribunal Federal decidiu fazer uma revisão histórica sobre a Lava Jato. A Operação jamais poderá ser contestada em sua coragem de enfrentar os poderosos, os grandes interesses, a corrupção sistêmica. Mas o Estado policial, para o qual a Lava Jato descambou em certos momentos, lamentavelmente, com suas parcialidades, seletividade e perseguições, jamais poderá também merecer o perdão da História”, afirmou Lira em suas redes sociais.

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição – Wilson Silveira

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

23 de março de 2021 às 23h25

A história dará o perdão a quem o merece…

Responder

Deixe uma resposta