Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Governo Bolsonaro censura filme sobre FHC que já havia sido aprovado

Por Redação

15 de julho de 2021 : 21h56

O Governo Bolsonaro por meio da Agência Nacional do Cinema (Ancine) censurou um projeto de filme sobre o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB). O longa com o título “O presidente improvável” já tinha sido aprovado em 2018 pela própria Ancine.

Como justificativa, a Agência disse que o filme sobre FHC “dá margem a inegável promoção da imagem pessoal do ex-presidente da República homenageado no documentário, com notório aproveitamento político, às custas dos cofres públicos”.

O diretor-presidente substituto da Ancine, Mauro Gonçalves de Souza, também disse em nota jurídica enviada a Procuradoria Federal que é, segundo ele, preciso “levar em consideração o atual cenário político vivenciado pelo país associado ainda com a proximidade das eleições presidenciais do ano de 2022”.

Ao jornal O Globo, FHC afirmou que “não há dúvidas quanto a que se trata, infelizmente, de discriminação política. Tanto mais que a esta altura da vida, com 90 anos de idade, não tenho qualquer objetivo político, a não ser o bem estar do povo brasileiro e o respeito ao país”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário