Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Ciro Gomes foi vaiado na manifestação da Avenida Paulista em São Paulo (Foto: Reprodução Twitter/@cirogomes)

Ciro caiu de 17% para 6% entre manifestantes da Paulista

Por Miguel do Rosário

04 de outubro de 2021 : 20h12

A desidratação política de Ciro junto ao eleitorado de esquerda é impressionante. 

As vigorosas vaias que ele levou no 2 de outubro traduziram um sentimento também registrado na pesquisa conduzida pela USP junto aos manifestantes da Avenida Paulista.

Segundo a pesquisa, 17% afirmaram ter votado em Ciro no primeiro turno das eleições de 2018.

Hoje – entre os mesmos entrevistados – apenas 6% votariam nele. 

Ciro perdeu votos de segmento estratégico para qualquer movimento político, por constituir, como veremos abaixo, uma elite educada, uma vanguarda militante, com alta capacidade de mobilização. 

Lula, por sua vez, tem 78% das intenções de voto entre os manifestantes. No primeiro turno de 2018, Haddad recebeu 53% dos votos dos entrevistados pela pesquisa.

Conduzidas pelo Monitor do Debate Político no Meio Digital, vinculado a USP e coordenadas pelos professores Pablo Ortellado e Marcio Moretto, as pesquisas nos permitem comparar as três últimas manifestações realizadas na Paulista.

Os números mostram que a competição pelas ruas ainda é um esporte das elites educadas.

No dia 2 de outubro, 80% de manifestantes tinham ensino superior, percentual quase igual aos 79% do 12 de setembro, no evento organizado pelo MBL.

Na manifestação pró-Bolsonaro do 7 de setembro, 60% dos participantes tinham curso superior. 

Esses percentuais são muito superiores à média do município de São Paulo. Segundo dados atualizados do TSE, apenas 24% dos eleitores do município de São Paulo tem curso superior completo ou incompleto.

No 12 de setembro, apenas 8% de manifestantes disseram ter renda familiar até R$ 2,2 mil.

No dia 2 de outubro, 11% tinham renda familiar até R$ 2,2 mil. 

Ironicamente, as manifestações do 7 de setembro, que eram favoráveis a Bolsonaro, tinham participação mais popular, com 14% dos manifestantes admitindo renda familiar de até R$ 2,2 mil.

No 12 de setembro, 10% dos manifestantes responderam ganhar mais de R$ 22 mil, percentual que cai para 4% entre aqueles do 2 de outubro; no dia 7 de setembro, eram 7%.

No quesito raça, há mais semelhanças que diferenças.

Em 12 de setembro, tivemos 67% de brancos e 8% de pretos, percentuais que mudam para 62% e 17% no 2 de outubro.

Os pardos caem de 21% para 16% do dia 12 para o dia 2. 

No dia 7 de setembro, havia 60% de brancos, 7% de pretos e 26% de pardos. 

Outros dados podem ser comparados no infográfico abaixo, usado em reportagem do Globo:

Há diferenças profundas na identidade política entre as manifestações.

No dia 12 de setembro, 37% se identificaram como esquerda ou centro-esquerda, percentual que sobe para 94% no evento do dia 2 de outubro.

Ambas foram manifestações contrárias ao governo Bolsonaro. 

Na manifestação da Paulista do 7 de setembro, que foi favorável a Bolsonaro, 77% dos entrevistados se identificaram como “direita”. 

Chama atenção ainda a rejeição de 71% do MBL e 24% do PDT entre os manifestantes do dia 2 de outubro.

No dia 12 de setembro, a rejeição principal era ao PT, com 38%, CUT, 33% e MTST, 31%.

Links dos relatórios da USP:

7 de setembro

12 de setembro

2 de outubro

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

20 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Batista

06 de outubro de 2021 às 13h48

Antes de mais nada, a Ortellado o que é de ‘Ortellado Jornadas de Junho’, as pesquisas, sem esquecer que as ditas, em relação ao público presente, distintamente relacionam-se sobretudo a seguidores da, segunda via, em 7 de setembro, terceira via, em 12 de setembro, e a primeira via, em 02 de outubro.

Como sabemos, botar mais povo na rua não garante mais eleitores nas urnas, tanto que o PT, campeão de povo na rua, não venceu a eleição para governador em São Paulo, em 1982, não venceu a eleição para presidente em 1989, 1994 e 1998 (a de 2018 não conta, dado o tamanho da fraude construída a partir de março de 2014), e a importância em analisa-las limita-se a prover o fast-food ao cenário político.

Isso posto, enquanto não posto o Ipiranga em tempo de paraísos fiscais, vamos ao que interessa, os comentários de devotos do auto proclamado ‘Cirão da Massa’ (sic), que demonstram permanecerem desinformados sobre Ciro em ciclos anteriores ao da sétima temporada, a do repaginado e diferente ‘Progressista Trabalhista’, no PDT.

Se menos fervorosos, talvez desconfiassem um pouco dessa tábua de salvação ego-messiânica ancorada em Projeto Nacional de Desenvolvimento, contumazmente conhecido como Plano de Governo, pré-requisito obrigatório à campanha eleitoral… (depois vem as correlações de forças, a governabilidade sagrada e por aí balança o barco em ré…conciliação política, no mar dos interesses, das possibilidades e das diferenças a serem equilibradas), e descolassem um tempo para olharem para trás os Ciros legados e descobrissem o ‘Kid’, exímio em atirar nos próprios pés, o ‘Narciso’ que “acha feio o que não é espelho” e o pior deles, o ‘Ciro maior inimigo de Ciro’, e mais além nas repaginações, nada mais precisaria enxergar pra desistir de pronto ou permanecer por mais tempo a conferir, até o limite de descobrir-se junto ao Ciro de sempre, em torno de seis anos, o tempo de um ciclo político, duas candidaturas a presidente pelo mesmo partido, em 2026, no oitavo…

Responder

Josué Loureiro

05 de outubro de 2021 às 23h49

É natural que Ciro encontre seu ocaso em meio a esquerda. Ele fez por merecer. Ciro nunca foi de esquerda. A função dele na última eleição foi de apenas tirar voto do PT. Agora ele está se prestando ao mesmo papel. Ciro é mais um golpista que confunde com palavras falsamente de esquerda.

Responder

EdsonLuiz.

05 de outubro de 2021 às 17h42

Quando eu olho com cuidado para os números que aparecem no quadro ‘OBSTÁCULOS PARA A FRENTE AMPLA’, que compara a disposição manifestada em 12 de setembro e é a manifestada em 02 de outubro, o que eu concluo é que os manifestantes de 12 de setembro são politicamente muito mais maduros, sabem separar divergências políticas de tarefas democráticas, são muito mais tolerantes, compreendem muito melhor as necessidades políticas do momento e outras diferenças que dizem muito da índole democrática e da maturidade política de cada grupo, com reflexos na disposição cidadã e progressista de cada grupo.

Se eu considerar que uma parte dos manifestantes nos dois dias a mesma, então a maturidade e maior disposição cidadã encontradas em outubro vem desse grupo, que tambėm estava em setembro, e a indisposição cidadã dos que só estavam na última manifestação é pior ainda do que aparece nos números. Se pesquisados só eles, os que só vieram em outubro, a tendência seria mais acentuada disposição xenófoba. Eles diriam: “É nós contra todos eles. Nós somos os puros, os honestos, os competentes, não provocamos recessões econômicas gigantes e com isso trazendo miséria, colocamos mais gente boa nos nossos governos como Eunício, Romero Jucá, Michel Temer, damos cargos para gente séria como Eduardo Cunha o ele nos ajudar e ajudar o país, etc. Se nós pudéssemos, xingávamos e ameaçávamos todos, não só o Ciro Gomes”.

Eu tenho quase tanto medo desses “progressistas” que o medo que eu tenho de bolsonaristas. Prefiro progressistas que não são xenófobos e agressores, que são politicamente mais maduros, arejados e saudáveis, como os manifestantes de setembro.

E para confirmar que prefiro os de setembro, falo como eles: Contra bolsonaro e ameaças da mesma natureza, para todo o sempre, temos que unir todos!

Responder

Beatriz

05 de outubro de 2021 às 11h31

Tantos outros dados interessantes na pesquisa, mas o Miguel escolheu esse sobre o Ciro pra gerar a manchete. Por quê?

Responder

Saint

05 de outubro de 2021 às 10h52

Marco,
Até o cidadão que votou pelo impeachment da Dilma merece uma notinha do nosso Miguel…
Afinal, ele é aliado do ex-presidente.
Pausa para não chorar.
Abs

Responder

eu

05 de outubro de 2021 às 10h19

PUTZ Q MERDA HEIN MIGUEL !!! E AGORA ?

Responder

Gilberto

05 de outubro de 2021 às 08h27

Quero é ver o LULA falar abertamente que quer o impeachment do BOLSONARO

Quero é ver o LULA falar abertamente que projeto tem para o Brasil (senão o só de ganhar a eleição)

Quero ver o Lula falar o que vai fazer de novo e que ainda não fez

E se é o PT, como partido< porque não colocam a Dilma como candidata? pra tocar o tal projeto de democracia?

Responder

Gilberto

05 de outubro de 2021 às 08h23

Tá evidente a manipulação dos dados por parte do editor
No protesto anterior os que declararam essa preferência de agora, ficaram em casa atendendo ao comando do chefe.

Que vergonha

Será mesmo que Ciro está falando mentira sobre tudo que ele diz do Lula e do PT?
Parece tudo cada vez mais verdadeiro e evidente
E tá me parecendo que o editor do site está com uma certa dor … não sei de que ou porque

Responder

André Luis Rauedys

05 de outubro de 2021 às 08h12

O site o cafezinho, assim como o Brasil 247 entre outros é chapa branca do lulismo acrítico. Assim como tem os sites e blogs do bolsonarismo e ainda incipiente em defesa de Ciro. Quando vejo esses sites, nem tenho interesse em abrir a matéria. Já faço um filtro.
Sobre “a pesquisa”, a reportagem faz um malabarismo desonesto para comparar a adesão dos presentes na manifestação do dia 12 de setembro (organizada por partidos e movimentos da centro direita, trabalhistas e social democratas) com a manifestação do dia 02 de outubro convocada por partidos de esquerda e movimentos sociais e sindicais como CUT e MST, historicamente ligadas ao PT/Lulismo. É óbvio que são públicos distintos, portanto, não dá pra fazer uma correlação direta na análise.

Responder

Mateus Albuquerque

05 de outubro de 2021 às 03h07

Só não foi um fracasso maior do que o Genocida corrupto do bolsonaro

Responder

Alan C

05 de outubro de 2021 às 02h53

Boa tentativa, mas será candidato sim, rs.

Responder

Digo verdades

04 de outubro de 2021 às 22h48

Texto propositadamente escrito para confundir. Alias, o cafezinho tem feito mto isso com o Ciro Gomes. Sob o pretexto de criticar algumas ações dele em relação ao PT, desanda a tentar desqualificar suas propostas.

Agora tenta confundir. Ora, a pesquisa foi o seguinte: 17% dos entrevistados afirmavam ter votado no ciro gomes em 2018, mas 6% disseram que não vão votar nele agora. Vendo esse dado é mto simples entender o pq. Tem o lula na parada, simples assim.

Ciro gomes não “desisadratou” perante a esquerda, é o lula que tem um capital político maior que o do Haddad. Para ser justo, as pesquisa deveria trazer como premissa um possível cenário sem Lula. Provavelmente a % do Ciro mudaria, simples assim.

Mas é de se esperar de um veículo como o cafezinho que até alguns meses atrás foi achincalhado pelo DCM, tratado como pouco diligente por aquele blog, e que agora é citado toda semana por eles. Pq será?

Responder

Augusto

04 de outubro de 2021 às 22h37

Tantos dados a se tratar e um título lamentável!
Obviamente ótimo para repost no DCM e adjacências.
Só eu quem vi nos números que Ciro tem mais entrada nos votos nem-nem presentes no dia 12/09 do que na esquerda mais próxima ao PT do dia 02/10?
O quanto isso impacta num eventual segundo turno entre Ciro e Lula?
Por que será que Lula silencia sobre o fora bolsonaro.
Por que será que Lula não bota sua forte militância no Alagoas para pressionar o Artur Lira pelo impeachment?
Tantos dados, tantas perguntas e um título lamentável!

Responder

Kleiton

04 de outubro de 2021 às 22h16

Cirolipa tem pelo menos a coragem de ir para rua….e o Pilantrao cadê ele que ninguém vê ?

Responder

Tiago Silva

04 de outubro de 2021 às 22h09

Marcos Vitis,

Será que expor dados de uma pesquisa aparentemente séria poderia fazer com que você fizesse a ilação que “MIGUEL continua com sua legítima luta pra desqualificar Ciro Gomes”??? Você vive em que mundo???

Será que se fanatizou por um outro “Mito” que não consegue mais nem perceber ou interpretar dados de uma pesquisa? Prefere desqualificar o emissor de opinião sem discorrer em nada em relação ao conteúdo da mensagem???

Kkkkk você acha que Lula falar alguma coisa em Twitter muda alguma coisa??? KKKk Só vou lhe relembrar algumas coisas:

1) Os atos promovidos pelo “Fora Bolsonaro” desde 2018 e após a pandemia foram organizados basicamente por “petistas” (exceto a mobilização organizada por MBL/VPR/TerceiraVia);

2) Mais de 80% das pessoas que foram nesses atos “Fora Bolsonaro” eram eleitores do Lula/PT (exceto na manifestação do MBL/Faria Limers);

3) Apenas 6% ou menos eram PDTistas, então seria o caso de que o PDT que não queria o “Fora Bolsonaro”??? Óbvio que não, apenas trago esse dado para falar que “petistas” foram os que se mobilizaram mais nas ruas, mas que isso não muda muita coisa em um Congresso Nacional que mais de 70% são parlamentares representantes do Capital…

4) Quantos eleitores do PSDB (mesmo no Estado que governa há mais de 20 anos), PP, PR, PL, MDB, etc iriam para essas manifestações??? Agora quantos deputados representantes do Capital votariam pelo impeachment de Bozo??? E até PDT ou PSB se teria parlamentares que votariam contra o impeachment, enquanto que desde após o Golpe principalmente o PSOL e PT votam contra Temer/Bozo em proporção bem maior…

5) Em falar de Twitter, como um candidato que foi convidado pelos organizadores “petistas” faz um Twitter um dia antes para fazer uma acusação infundada (Fakenews) ligando Prevent Senior à Lula para uma plateia majoritariamente de eleitores de Lula/PT??? Será que foi mais um erro de quem se diz inteligente ou foi premeditado pelo ex-marketeiro do PT para tentar fazer factóide após reação que se poderia vir e que lamentavelmente veio…

6) Será que em um CN de maioria declarada “anti-Lula” e “anti-PT”… uma declaração do Lula poderia ajudar ou até atrapalhar nas composições para se realizar um impeachment?

7) Infelizmente você está se alienando nessa fanatização por bolhas de internet que não está percebendo que o PDT muito provavelmente não vai para segundo turno sem o voto de “esquerdistas” e em mobilizações promovidas por “esquerdistas” se apurou que até 24% não participaria de uma manifestação com o PDT??? Você acha que seria qual razão??? Será que não seria essa linguagem de ódio que o Ciro utiliza e sua busca em surfar em um “anti-petismo” que foi criado para favorecer à Direita??? Será que não seria por “Cirolipasminions” como você que não sabem diferenciar a exposição de uma pesquisa de um ataque???

8) Em falar em ataque, você já viu Lula ou Haddad ou até Gleise fazer os ataques que Ciro vem fazendo sistematicamente desde 2018? Inclusive ataques que geram mais radicalização em um partido que deveria buscar a unidade na esquerda e não desagregação ou divisionismos…

9) Uma coisa é a vida do Twitter ou bolhas de internet que buscam fanatização, mas outra é a vida real que é bem mais complexa de meras falas simplistas ou proposições de boas intenções sem levar em conta as dificuldades complexas da política brasileira (que repito, tem mais de 70 % de parlamentares representantes do “Mercado” e ainda alguns partidos de esquerda que ainda votam a favor desse desgoverno Bozo)

10) Que tal ler mais sobre Brizola, Darcy Ribeiro, Theotônio dos Santos, para poder ter um pensamento mais crítico e quem sabe até tentar expor alguns erros ou falhas de Ciro até para que este recupere a confiança com um eleitorado de esquerda que acha que Ciro seria uma “quinta coluna” divisionista? Em entendimento pessoal acredito que se poderia ter uma estratégia como a efetivada em Portugal denominada de “Geringonça” para que buscasse uma coordenação das Esquerdas em um futuro governo que terá muitas dificuldades… Porém, parece que o Ciro (e você) não entende dessa forma.

Quanta falta faz Brizola nos tempos atuais…

Responder

Alexandre Neres

04 de outubro de 2021 às 21h53

Se o Ciro escutasse os conselhos do Miguel, não estaria passando tantos dissabores.

Conforme disse o escritor Marcelo Rubens Paiva, Ciro estava cavando as vaias da esquerda desde 2018. Não obstante, o Miguel hipotecou solidariedade ao Ciro Gomes pelos ataques e vaias sofridos em Sampa, pois tal comportamento equivocado não condiz com quem quer formar uma frente ampla. Os apupos a Ciro afastam outras forças de comparecerem às manifestações. Não se trata ninguém dessa forma, a esquerda deu uma manifestação de intolerância, por mais que tenha seus motivos. Nada justifica tal conduta.

Por sua vez, talvez seguindo as orientações do bruxo, ao perceber que os ataques à esquerda se tornaram contraproducentes, pois não angariam apoio à direita e estremecem de vez o elo com a esquerda, Ciro sinalizou uma trégua em prol de algo maior, o que foi considerado de bom tom por lideranças petistas como Gleisi e Haddad que lamentaram o incidente na Paulista.

Responder

    Eduardo Santana

    05 de outubro de 2021 às 22h14

    Segundo você: “a esquerda deu uma manifestação de intolerância”. As vaias a Ciro, tendo em vista sua conduta beligerante, eleitoreira e absolutamente equivocada em relação a Lula, Dilma e o PT, embora merecidas, foram, de fato, bastante inoportunas. Contudo, parece-me um equívoco generalizar e atribuir à “esquerda” o repúdio espontâneo de pessoas que se indignam com o desastroso comportamento do Ciro que, tolamente, tenta angariar simpatia da direita, afastando-se, cada vez mais, da verdadeira esquerda.

    Responder

Marco Vitis

04 de outubro de 2021 às 20h33

MIGUEL continua com sua legítima luta pra desqualificar Ciro Gomes que foi na Candelária e na Paulista pra defender o Fora Bolsonaro. Mas silencia sobre o silêncio de Lula. Nem mesmo uma singela notinha no Twitter. Por que será esse duplo silêncio ?

Responder

Oblivion

04 de outubro de 2021 às 20h29

Entao agora nao pode mais falar a verdade sobre o pt? Tudo bem q tb acho q as vezes ele se passava, mas daí a seguir fingindo q nd do q ta acontecendo aí é consequencia da farsa “eleicao sem lula é fraude” e depois da farsa poste2 (aquele mesmo q disse q “golpe” era uma palavra muito forte pra nomear o q foi feito com dilma e q tb fez montes de propostas neoliberais)? Enquanto q o ciro foi pra rua brigar contra os golpistas da dilma e q tem propostas claras no setor economico (q podem até discordar, mas q estao expostas). Lula e postes sempre mostram falas difusas ou q indicam q eles querem entrar pra manter o neoliberslismo tupiniquim conservado e forte. E a crise nao é do país… e sim ta terceira via…. Ta bom.!

Responder

Kleiton

04 de outubro de 2021 às 20h22

Que fracasso essas manifestações hein…

Responder

Deixe um comentário