Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Infectologista diz que cenário é favorável para Carnaval em 2022

Por Redação

04 de outubro de 2021 : 13h36

O infectologista e pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Júlio Croda, disse que a pandemia já da sinais de que está próxima de chegar ao “fim” e usa como exemplo a redução de mortes, internações e o êxito da vacinação. Na avaliação de Croda, neste momento, a prioridade é vacinar os grupos vulneráveis como idosos e as pessoas com comorbidades através da terceira dose.

“Se conseguirmos revacinar até o fim do ano todo o grupo com maior risco para evoluir para hospitalização e óbitos, teremos dias mais tranquilos, e, eventualmente, a gente pode liberar algumas atividades associadas à aglomeração, como o Réveillon e o Carnaval”, disse o infectologista ao Metrópoles.

A Fiocruz também aponta que a combinação do avanço da vacinação, com 90% da população vacinada por completo e os indicadores epidemiológicos com redução importante da transmissão do vírus pode resultar no fim da pandemia.

“No ano que vem, se a gente mantiver uma trajetória de redução de número de casos, hospitalizações e óbitos; se não tiver o surgimento de novas variantes; e conseguirmos uma excelente cobertura vacinal, a gente pode pensar em flexibilizar o uso de máscara, sempre começando pelas atividades de menor risco, associadas à menor transmissão”, observa Croda.

Assista a entrevista completa!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário