Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Divulgação

Presidente do PT-RJ pede rompimento com PSB

Por Redação

02 de agosto de 2022 : 19h39

O presidente estadual do PT fluminense, João Maurício, pediu agora há pouco o rompimento definitivo com o Partido Socialista Brasileiro (PSB) na eleição estadual.

Segundo o petista, a decisão de apresentar uma resolução a Executiva Estadual do partido foi ocasionada pela insistência de Alessandro Molon (PSB) em manter sua pré-candidatura ao Senado.

“Em função da manutenção da candidatura avulsa e divisionista de Alessandro Molon ao Senado Federal sustentada pelo Presidente Nacional do PSB”, disse Maurício.

Caso a resolução seja aprovada, o PT deixará o arco de aliança da candidatura de Marcelo Freixo (PSB).

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuíz.

03 de agosto de 2022 às 13h19

RESISTA!
RESISTA, ALESSANDRO MOLON!

Você não é o parlamentar que eu idealizo, mas atores ideais não existem mesmo, são só para idealizar!

Mas você é sim, Molon, centenas de vezes melhor do que os atores que essa gente do PL, do PT, do Republicanos do PP e outros mais articulam!

RESISTA, MOLON!

Responder

carlos

03 de agosto de 2022 às 08h44

Kkkkkkkkklkkk, o choro é livre, kkkkkkkk kkkkk!

Responder

EdsonLuíz.

02 de agosto de 2022 às 23h24

Ricardo Ferraço é um político íntegro, competente e trabalhador.

Descupem, errei, vou reescrever:

Ricardo Ferraço é um político MUITO íntegro, não é corrupto! Ricardo Ferraço é MUITO competente, não é populista e não é irresponsável! Ricardo Ferraço é Muito trabalhador!

O Brasil tem uma população que está envelhecendo a uma velocidade espantosa. A taxa natural de reposição da população para que o perfil populacional não se altere é de 2,1 filho por casal. Se a taxa de reposição for maior que 2,1, o perfil da população fica mais jovem; se a taxa de reposição for menor que 2,1, o perfil fica mais velho: a taxa de natalidade atual está abaixo de 1,7 filho por mulher, e baixando, sendo que há apenas duas décadas essa taxa era maior que 4 filhos.

O Brasil está ganhando em poucos anos o perfil demográfico que a França e a Inglaterra demoraram 200 anos (sic, 200 anos!) para ganhar.

No nosso modelo de aposentadoria, os trabalhadores que estão na ativa pagam a aposentadoria dos que se aposentaram.

Não pagam! O que é arrecadado para a previdência não cobre as obrigações. Crescentemente recursos que são necessários para outras políticas, para saúde e ducação dos mais pobres, para fazer investimentos e gerar empregos para os desempregados, etc, precisam ser usados para cobrir o deficite da previdência.

Faz anos e anos que o Sistema de Aposentadorias realiza deficite. Deficite grande e crescente!

Quando nascia mais gente, e portanto mais gente penetrava o mercado de trabalho do que se aposentava, tudo foi indo mais ou menos bem; depois, quando essa dinâmica populacional foi mudando e o Brasil foi ganhando outro perfil demográfico, a arrecadação das contribuições dos que estão trabalhando para a previdência é crescentemente menor e as obrigações do sistema com desembolso para pagamento de aposentadorias é crescentemente maior.

As reformas que foram feitas até agora foram tímidas para as nossas necessidades. O Brasil precisa ganhar juízo e pensar o país a sério, com conhecimento técnico e com gente séria, competente e que seja trabalhadora e se ocupe em estudar as políticas, e não precisa de gente que fica por Brasília bebendo e comemorando mordomias ou de gente populista que acha que dinheiro nasce em árvore e fi a fazendo narrativas fáceis e mágicas, mas irresponsáveis.

A nossa força de trabalho é de aproximadamente 105. a 108 milhões de trabalhadores (eu não tenho os dados atualizados). Destes, só ~36 milhões têm emprego formal; outros ~11milhões são funcionários públicos; alguns – uns poucos milhões – possuem renda de fontes diferentes que do trabalho. Os outros brasileiros todos são desempregados, desalentados, trabalhadores informais, etc. e precisam de gente mais séria em Brasília para cuidar de nossa realidade tão fácil para nós, que temos futuro e tão difícil para os miseráveis, cujo futuro precisa ser criado, e esse futuro para o miserável não será criado com medidas fáceis e populistas e com corruptos e corrupção!

Poderíamos continuar a discussão, mas daí vai muita coisa: iríamos discutir que, ao aposentarmos cedo e onerarmos a previdência, fica faltando dinheiro para custear o SUS, que cuida da saúde do miserável, fica faltando dinheiro para saneamento, para investimento e geração de emprego, para pesquisa, educação, etc.

Os Partidos políticos populistas precisam se educar e educar, informar e formar seus quadros para que parem de ser levianos e irresponsáveis. Aliás, quando fizerem isso os Partidos Populistas pararão de fazer propostas, narrativas, acusações e discursos sacanas que parecem ser a favor do trabalhador, mas na verdade estão defendendo propostas que ferram com os milhões de miseráveis que temos. Nesse sentido, a direita em geral e especialmente os conservadores são muito mais sérios, preparados e responsáveis com o Brasil e com os mais pobres.

Vou parar por aqui, mas faço um apelo, sem nenhuma arrogância, faço um apelo de um cara de esquerda não populista, um apelo humilde: populistas, estudem! Após estudarem para compreenderem e apreenderem a realidade de forma adequada, vocês vão conseguir contribuir muito mais com o país e não destruí-lo e acabarem criando o ambiente que resulta em coisas como jair bolsonaro!

E ao estudar, vocês, compreendendo as coisas melhor, pararão de fazer acusações levianas contra gente séria e deixarão de ser populistas!

Eu sou daqui, do Espírito Santo, um estado pequenininho, mas sequer conheço Ricardo Ferraço pessoalmente. Mas o conheço suficientemente para saber que ele é muito sério, competente e trabalhador. E Ricardo não é um populista fisiológico que pensa que é de esquerda. É por causa desse bom preparo que Ricardo Ferraço e outros fizeram a reforma da previdência. E o Brasil precisa ainda de muitas e muitas reformas para conseguir resgatar a parte da população que precisa do estado. O que o país arrecada não pode ser usado apenas para pagar salário e aposentadoria para os poucos que conseguem um trabalho e conseguem se aposentar!

Responder

Alexandre Neres

02 de agosto de 2022 às 22h21

Entender de política é que nem jogar bola. Tem gente que por mais que se esforce não leva o menor jeito. Escreve textões pode enganar e conferir um certo ar erudito, mas se espremer não sai nada.

As eleições agora não serão entre direita e esquerda, mas, sim, entre civilização e barbárie. Não à toa Cristóvam Buarque, Tabata Amaral, Rodrigo Maia, Eduardo Paes, todos de centro-direita, estão com Lula desde o primeiro turno, sabidos e espertos que são.

Por outro lado, não é pra qualquer um saber a linguagem da quebrada. Não conhecem Sabotage, Racionais, Emicida, Djonga. Leem uma frase, não compreendem o contexto, interpretam de forma literal e fazem comentário despropositado.

Depois desse preâmbulo, vamos ao imbróglio carioca. Todo mundo sabe que na composição de uma chapa tem que haver espaço para todos. Veja em São Paulo: Haddad governador, Marina vice (?) e França ao Senado, cada um de um partido. Uma exceção é o estado de Minas Gerais. O PSD bateu o pé e o PT aceitou que Kalil e Silveira do PSD fossem candidatos, respectivamente, a governador e ao Senado, e o PT ficou com o vice. Isso porque Lula compreendeu a importância de Minas no xadrez nacional e houve por bem não criar caso.

Só que, em tese, o PSB é um partido aliado e não quem quer só levar vantagem, diferentemente do PSD/MG que quis arrancar tudo que tinha direito, sabendo da importância dessa aliança para o PT. O detalhe é que ainda se tem a pachorra de acusar o PT de ser hegemonista, quando o PSB está querendo a cabeça da chapa e o Senado, PSDB ficando com o vice e não sobra nada para o PT.

Isso não existe em política. Freixo fez um acordo político com Molon que se sua candidatura fosse viável, o deputado Molon não iria concorrer ao Senado. Esta semana Márcio França fez a acusação de que Molon está descumprindo o acordo, atitude deplorável em política.

O campo progressista todo vai ser prejudicado com a atitude desleal de Molon. Romário vai ser eleito para o Senado, com a divisão de votos entre Molon e Ceciliano. Boa parte do PT não gosta de Freixo e vai se sentir desobrigada de apoiá-lo em virtude da forçação de barra de Molon e vai de Rodrigo Neves. Isso vai acabar reelegendo o atual governador.

Eu avalizo a posição de Lula e sou a favor da candidatura Freixo. Freixo foi aliado de primeira hora, estava junto com Boulos em São Bernardo quando Lula foi solto. Já Neves na época das vacas magras saiu do PT e foi para o PDT. É até um bom nome, mas Freixo é o nome para aglutinar as esquerdas. A candidatura insana de Molon está pondo tudo a perder.

Pessoalmente, prefiro Molon a Ceciliano. Ceciliano pra mim não é confiável, de forma geral o PT carioca é muito ruim. Não posso aceitar a relação próxima dele com o governador bolsonarista, assassino de trabalhador das favelas por meio de chacina. Ceciliano também tem uma relação cordial com Flávio Bolsonaro e Rodrigo Amorim, aquele deputado bolsonarista que quebrou a placa de Marielle Franco e intimidou Freixo outro dia na Tijuca.

Independentemente disso, acordos políticos são pra serem cumpridos. Por fim, é cediço que sapo de fora não dá palpite.

Responder

EdsonLuíz.

02 de agosto de 2022 às 21h14

O PT está fazendo barulho para derrubar o Alessandro Molon, do PSB, da candidatura a senador pelo Rio de Janeiro…

Para o PT, o Alessandro Molon tem que renunciar em favor de… de… de…

Vocês que ainda não sabem nem imaginam: o PT está obrigando o PSB a colocar o Alessandro Molon para correr para colocar como candidato a senador pelo RJ no lugar dele ninguém menos que…

…André Ceciliano.

André Ceciliano é presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

–Pense em uma Assembleia Legislativa;
–Pense em como são deputados;
–Pense que André Ceciliano é presidente da Assembleia de deputados do Estado Miliciano do Rio de Janeiro;
–Pense que o atual governador do Estado Miliciano do Rio de Janeiro é o bolsonarista Cláudio Castro;
–Pense que, ainda no atual mandato, o governador anterior era o bolsonarista Wilson Witzel;

–Pense que a bancada do PT na Assembleia do Rio tem 2 deputados em 70, e os outros são: 14 do PL, 11 da União Brasil, 6 do Solidariedade, 5 do PSD, 3 do Republicanos, etc;

— Pense que mesmo assim André Ceciliano, do PT, conseguiu virar presidente dessa Assembleia Legislativa;

Agora, pense que existe foto de André Ceciliano BEIJANDO A FACE (gesto bem simbólico, não é?) do governador bolsonarista Cláudio Castro!

Este é o deputado estadual do PT André Ceciliano! Este é o candidato a senador que o PT está impondo ao PSB! É por este homem que o PT e Lula estão exigindo que o PSB coloque Alessandro Molon para correr! É este homem que o Marcelo Freixo está preferindo, e tentando ajudar o PT a colocar Alessandro Molon para ‘vazar’!

Eles estão nessa para, de qualquer jeito, colocarem Alessandro Molon para correr e colocarem no lugar dele o deputado petista apoiador do governador bolsonarista André Ceciliano como candidato a senador pelo Rio de Janeiro!

André Ceciliano é ou não é a cara do PT? André Ceciliano é ou não é a cara de Lula?
Lula e o PT têm ou não têm razão de colocar Alessandro Molon para correr e colocarem André Ceciliano no lugar dele para ser senador do Estado Miliciano do Rio de Janeiro?

Resista Molon!

Edson Luiz Pianca.

Responder

Renato Pereira

02 de agosto de 2022 às 20h31

E no Espirito Santo o PSB vai levar de carona Ricardo Ferraço. Um dos autores da tragica reforma trabalhista. E vice na chapa com Casagrande, O PT vai apoiar?

Responder

Kleiton

02 de agosto de 2022 às 20h28

Deixe sua risada….kkkkkkkkkk

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina