Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Imagem: AP Photo

Petro e Maduro se encontram em Caracas para reunião bilateral

Por Redação

07 de janeiro de 2023 : 21h54

Sputnik – O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, chegou a Caracas neste sábado para manter uma reunião “extraordinária” com seu homólogo venezuelano Nicolás Maduro. O presidente foi recebido pelo embaixador da Colômbia naquele país, Armando Benedetti.

As questões discutidas estavam relacionadas com a relação bilateral entre a Colômbia e a Venezuela, a reabertura das fronteiras e a questão-chave da reentrada da Venezuela no sistema interamericano de direitos humanos.

A fronteira entre a Caracas e Bogotá foi totalmente reaberta no dia de Ano Novo após a inauguração da velha ponte Tienditas, agora rebatizada Atanasio Girardot, o epicentro de anos de crise entre os dois países.

Depois de se encontrar com Maduro, Petro seguirá para o Chile na segunda-feira (9), onde se encontrará com seu colega chileno, Gabriel Boric, como parte de uma visita de Estado.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Uganga

08 de janeiro de 2023 às 17h10

Eu acho que no ano de 2023 a América Latina não tem nenhum motivo para ainda

Informações, antecedentes e tragédias cotidianas a respeito de países que se enfiaram nessa porcaria abundam.

Alguém explica o que falta para os brasileiros entender isso, é tão difícil assim ?

Responder

Zulu

08 de janeiro de 2023 às 17h03

Aí que coisa bonita, falta só o lavador de cuecas da Odebrecht, algum afiliado dos Castro, Evo Morales, o asno argentino e toda a nata da civilização humana estaria reunida.

Viva lá Revolucion !!! Kkkkkkkkk

Responder

Ugo

08 de janeiro de 2023 às 16h43

O mundo civilizado faz o possível para ficar longe dessas aberrações do Foro de São Paulo e o Brasil voltou nessas imundícia, nessa eterna desgraça ideologia podre.

Não aprendem, não tem jeito…

Responder

Edu

08 de janeiro de 2023 às 14h23

Ídolo ? hahahahahahaha
Então, o ídolo da direita é o Queiroz, o miliciano assassino Adrano da Nóbrega, a Carluxa arrombada?

Responder

Fanta

08 de janeiro de 2023 às 14h09

Os ídolos da esquerda brasileiras, os exponentes máximo da democracia latrino bananeira, depois do Fidel claro.

Porcos imundos e nada mais.

Responder

Paulo

07 de janeiro de 2023 às 22h10

“Homólogo” mesmo, a Maduro…E ao chileno, ao argentino, ao nicaraguense…

Responder

Deixe um comentário