Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

A delação premiada é a versão policial do suborno

Por Liana Carvalho

23 de julho de 2015 : 19h54

Reproduzimos abaixo mais um ferino artigo de Wanderley Guilherme.

A delação premiada é a versão policial do suborno

23 de julho de 2015
Por Wanderley Guilherme, em seu blog Segunda Opinião

Sem a delação premiada a Lava Jato não chegaria a lugar algum. O estratagema ajusta a reais procedimentos policiais as regras do jogo conhecido como “dilema do prisioneiro”. Dois ou mais suspeitos são mantidos reclusos e separados, decidindo, cada um por si, guardar silêncio, obtendo penas modestas por ausência de confissões. Se só um deles, contudo, abrir a boca, receberá leve condenação, arcando os demais com prisão mais extensa do que se todos, como na primeira hipótese, resistissem ao suborno da redução da pena em troca da delação. Isolados e pressionados, a escolha individual que evita o provável destino de ser o único bode expiatório é ceder ao suborno da delação. Depois da primeira, a sucessão de delações é obviamente inevitável, com as compensações prometidas, mas ainda assim com penas superiores às aplicadas na hipótese do silêncio geral. Eis porque as organizações mafiosas administram sistema paralelo de justiça, infligindo penas mortais ao delator e sua família, compensando ao modo mafioso o sofrimento do leal e firme companheiro que se manteve calado.

O jogo é sujo, acrescenta aos condenados a cicatriz envergonhada de uma vontade tíbia e o estigmatiza sem expectativa de redenção social. Mas é consistente com a ética consequencialista do capitalismo, desde que jogado de forma impecável. Por exemplo, não cabe nas regras o carcereiro arbitrar quais delações serão aceitas, ainda que todas igualmente comprovadas, como parece vem acontecendo na Lava Jato. Também viola as regras do jogo aceitar delações sabidamente falsas ou controversas por permitirem enredar terceiros que, de outro modo, estariam protegidos pela legislação contra invasões e prisões preventivas. As mesmas prisões preventivas que instalam o dilema do prisioneiro para os suspeitos, expondo-os ao suborno da delação premiada.

Não me solidarizo com formadores de cartel, com ladrões de recursos públicos e dissipadores do prestígio das empresas privadas e estatais brasileiras. Mas há muito além disso no espetaculoso folhetim em que os responsáveis pela investigação transformaram o processo. Parece-me indispensável que as cortes, em alguma instância, promovam um processo do processo e que a Lava Jato e seus confederados comprovem, com ou sem delação premiada, que a justiça positiva não foi comprometida em nome da discutível ética consequencialista de especial querência de alguns.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

76 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Kalima Abu Charam Bhaktvedanta Prabupãda

28 de julho de 2015 às 15h05

Mudando um pouco de assunto.
O TCU realiza nesse mês o julgamento das contas do governo em 2014. Se reprovadas, abre-se caminho para o impeachment da presidente Dilma
Movimentos de extrema direita e outros até menos radicais, ligados a oposição estão pressionando o TCU para a reprovação das contas. Agem mandando centenas de milhares de emails, ou até fazendo plantão organizado no tribunal de contas
Que tal fazermos o mesmo e pressionarmos o TCU pela aprovação das contas. É fácil. Aqui estão os emails dos ministros
gabpres@tcu.gov.br,
min-rc@tcu.gov.br,
min-war@tcu.gov.br,
min-bz@tcu.gov.br,
min-an@tcu.gov.br,
MIN-JM@tcu.gov.br,
min-aa@tcu.gov.br,
brunodantas@tcu.gov.br,
VITALRF@tcu.gov.br,
min-asc@tcu.gov.br,
min-mbc@tcu.gov.br,
min-alc@tcu.gov.br,
min-wdo@tcu.gov.br,

Responder

Fernando Luiz de Moraes

25 de julho de 2015 às 12h47

Lei 12850/13 Assinada pela nossa presidenta.

Responder

Nenê Garcia

25 de julho de 2015 às 11h29

É mesmo. É uma estratégia baixa pra conseguir provas, premiando os ratos. Mas, se os crimes foram cometidos, ao menos se consegue punir..

Responder

Nilcilene Dias

24 de julho de 2015 às 22h17

Sobre a polícia federal, estadual o índice de honestidade ainda e baixo não generalizando claro mas se pode aliviar uns 10% qe seria muito.

Responder

Luiz

24 de julho de 2015 às 15h08

Kd Aécio e a lista de furnas? Kd FHC e a privataria atucana? kd o helicóptero com 500 kg de basta base de cocaína? kd a compra de votos da reeleição de FHC? kd? kd? Não me venham defender delação premiada só contra o PT. Ou vocês são cegos ou cúmplices. Todos aqueles que roubam dinheiro público devem ir para a cadeia, eu disse TODOS. Prender e julgar seletivamente, para proteger os “amiguinhos” é esculhambação. Essa lava jato virou isso, esculhambação. Ou será que que, no fundo da consciência, vocês acreditam que só existe corrupção com o PT??? Se for isso, ai eu desisto. A coisa é patológica mesmo.

Responder

Rômulo Leal

24 de julho de 2015 às 14h05

A escolha da imagem para ilustrar a a matéria foi de extrema infelicidade. Faço parte da instituição PRF e sei que muitos como eu não são coniventes com desvios de conduta (de caráter também), como a corrupção.

Responder

Hebe Almeida

24 de julho de 2015 às 12h39

O crime compensa !

Responder

Jandira S. Pimentel

24 de julho de 2015 às 12h04

Pior é que o juiz manda prender sem nem investigar a veracidade!!!!!

Responder

    Fernando Luiz de Moraes

    25 de julho de 2015 às 12h55

    § 16. Nenhuma sentença condenatória será proferida com fundamento apenas nas declarações de agente colaborador. Lei 12850/13

    Responder

Jose Mauricio Junior

24 de julho de 2015 às 10h40

Realmente, é o famoso “caguentar” numa linguagem e vantagnes de luxo !

Responder

Jane Perdigão

24 de julho de 2015 às 10h26

Oficializaram !!!

Responder

Zélia Bastos

24 de julho de 2015 às 08h33

Quem teme é quem tem culpa no cartório ! A delação premiada foi criada por lei !!!! Vale se acompanhada de provas . Se falsa , ferra ainda mais com o acusado .

Responder

Ivan Santana

24 de julho de 2015 às 05h25

Delação Premiada, lei que a presidenta Dilma APROVOU.

Responder

Frederico Freder

24 de julho de 2015 às 03h34

16 delatores em tao pouco tempo. O mais grave é que a maioria das delacoes nao tem provas.

Responder

    Fernando Luiz de Moraes

    25 de julho de 2015 às 12h53

    § 16. Nenhuma sentença condenatória será proferida com fundamento apenas nas declarações de agente colaborador. Lei 12850/13

    Responder

Paulo Yukio Onishi

24 de julho de 2015 às 03h25

Responder

Alfredo Mikail Melo Mesquita

24 de julho de 2015 às 02h59

Ueh! Quem sancionou a delação premiada foi o próprio PT!
Quando é contra si não vale? Pode isso Arnaldo? Kkk

Responder

Alfredo Mikail Melo Mesquita

24 de julho de 2015 às 02h59

Ueh! Quem sancionou a delação premiada foi o próprio PT!
Quando é contra si não vale? Pode isso Arnaldo? Kkk

Responder

Jose Srur

24 de julho de 2015 às 02h44

O que mais me impressiona é o tipo de tortura física,moral e psicológica a que estão sendo submetidos os prisioneiros deste processo ou de outro qualquer.A tortura que era feita com os prisioneiros políticos durante a ditadura militar era violenta ,sórdida e execrável sob todos os pontos de vista.Mas a a tortura atual ,além de violentar os mais elementares direitos humanos, tem a cumplicidade e a omissão não só da sociedade civil,mas,sobretudo ,de quem deveria zelar pelo resito à constituição e aos direitos humanos,a JUSTIÇA.Ela continua cada vez mais cega e com o fiel da balança totalmente tendencioso.Lembrem-se que a violência que está sendo sendo cometida hoje poderá vir a ser cometida contra você amanhã.

Responder

    Fábio

    24 de julho de 2015 às 09h22

    Melhor deixar eles roubarem á vontade né, idiota?

    Responder

Jose Srur

24 de julho de 2015 às 02h44

O que mais me impressiona é o tipo de tortura física,moral e psicológica a que estão sendo submetidos os prisioneiros deste processo ou de outro qualquer.A tortura que era feita com os prisioneiros políticos durante a ditadura militar era violenta ,sórdida e execrável sob todos os pontos de vista.Mas a a tortura atual ,além de violentar os mais elementares direitos humanos, tem a cumplicidade e a omissão não só da sociedade civil,mas,sobretudo ,de quem deveria zelar pelo resito à constituição e aos direitos humanos,a JUSTIÇA.Ela continua cada vez mais cega e com o fiel da balança totalmente tendencioso.Lembrem-se que a violência que está sendo sendo cometida hoje poderá vir a ser cometida contra você amanhã.

Responder

Wagner Nelson de Oliveira

24 de julho de 2015 às 02h00

conheço gente boa…e já uma paradas estranhas..!! …em todo lugar tem gente boa ..e os safados ..

Responder

Wagner Nelson de Oliveira

24 de julho de 2015 às 02h00

conheço gente boa…e já uma paradas estranhas..!! …em todo lugar tem gente boa ..e os safados ..

Responder

Rose Andrade

24 de julho de 2015 às 01h32

Todo delator é bandido tambem, ele não delata ninguem sem receber algo em troca……mas hoje os heróis são os delatores graças a eles muitos serão indiciados…..

Responder

Carlos Possamai

24 de julho de 2015 às 01h17

Foto pessimamente escolhida por expor a PRF, q tem seus defeitos, mas melhorou muito a partir do gov. Lula, incluindo diminuição drástica da prática retratada.

Responder

Carlos Possamai

24 de julho de 2015 às 01h17

Foto pessimamente escolhida por expor a PRF, q tem seus defeitos, mas melhorou muito a partir do gov. Lula, incluindo diminuição drástica da prática retratada.

Responder

    Zélia Bastos

    24 de julho de 2015 às 08h38

    Corrupção não melhorou por causa do Lula !

    Responder

    Carlos Possamai

    24 de julho de 2015 às 11h22

    Zélia Bastos a partir do gov Lula a PRF mudou sua postura. Tanto devido melhorias salariais, quanto devido à atuação eficiente das corregedorias. Nessa questão, a mudança é enorme.

    Responder

Jorge Menezes

24 de julho de 2015 às 01h05

A delação premiada é um instrumento razoável,mas não exclui uma investigação isenta e bem feita mas deve haver garantias que os envolvidos não cometerão mais ilícitos, senão se transforma em uma atitude cínica do judiciário.

Responder

Jorge Menezes

24 de julho de 2015 às 01h05

A delação premiada é um instrumento razoável,mas não exclui uma investigação isenta e bem feita mas deve haver garantias que os envolvidos não cometerão mais ilícitos, senão se transforma em uma atitude cínica do judiciário.

Responder

Rodrigo Jardim Rombauer

24 de julho de 2015 às 01h02

A lógica da delação é perversa mesmo

Responder

Rodrigo Jardim Rombauer

24 de julho de 2015 às 01h02

A lógica da delação é perversa mesmo

Responder

Camila Dutra

24 de julho de 2015 às 00h37

Tai!!! É Meeeeesmo!

Responder

Sandra

23 de julho de 2015 às 21h25

E a tal advogada das delações? Articula e combina informações entre eles em prol de suas defesas. É uma verdadeira empresária de acusações. Inacreditável!!!! O país para, os empreiteiros estão presos, só os advogados e jornalistas trabalham nesse folhetim deplorável, que somos obrigados a acompanhar…

Responder

Wagner Junior

24 de julho de 2015 às 00h24

Ainda bem que demonstraram o que são!!

Responder

Wagner Junior

24 de julho de 2015 às 00h24

Ainda bem que demonstraram o que são!!

Responder

Jorge Leôncio

24 de julho de 2015 às 00h09

Na verdade, depois que a P F passou servir a un partido politico, pra min perdeu a credibilidade, porque vcs não investiga oPSDB?

Responder

Jorge Leôncio

24 de julho de 2015 às 00h09

Na verdade, depois que a P F passou servir a un partido politico, pra min perdeu a credibilidade, porque vcs não investiga oPSDB?

Responder

Genivalazevedocavalcante Azevedo

24 de julho de 2015 às 00h00

A bandidagem de gravata saqueiam, e o figurante é o policial, , bando de filhos da p…!

Responder

João Velôso

23 de julho de 2015 às 23h55

Vladimir, veja a farda que usaram para ilustrar a reportagem.

Responder

João Velôso

23 de julho de 2015 às 23h55

Vladimir, veja a farda que usaram para ilustrar a reportagem.

Responder

Farias Furtado

23 de julho de 2015 às 23h49

Essa imagem reptesenta as atitudes dos governantes que agem na forma de ” toma lá dá cá ” e infestaram alguns profissionais de todas as áreas com o mau exemplo nas operações MENSALÃO, PETROLÃO , LAVA JATO , E MUITAS OUTRAS …..!

Responder

Luis Claudio Correa

23 de julho de 2015 às 23h42

Boa Fabrício Pinheiro !! Ae pessoal do Cafézinho, acha que todo mundo recebe dinheiro por fora como vcs ????

Responder

Nancy Maria Della Santa Coneglian

23 de julho de 2015 às 23h32

É isso!

Responder

marco

23 de julho de 2015 às 20h25

Pois eu acho A DELAÇÃO PREMIADA,uma excrescência sob todos os aspectos.Morais,éticos,jurídicos e não passa do velho PROCESSO DOS DELATORES.Aqui no Brasil,o símbolo desse ABSURDO,é Joaquim Silvério dos Reis.Nos outros lugares,e aqui também,todo o ALCAGUETE é uma afronta para a sociedade.Não passa de DEDO-DURO todo aquele que ” Entrega ” alguém.

Responder

Fabrício Pinheiro

23 de julho de 2015 às 23h20

Nós da PRF não compactuamos com corrupção. Essa imagem não nos representa.

Responder

    Conteudo Inteligente

    23 de julho de 2015 às 23h38

    Na imagem, o motorista empresário não foi flagrado tentando subornar o policial? Imagem do telejornalismo da Record.

    Responder

    Fabrício Pinheiro

    23 de julho de 2015 às 23h46

    Entendo, mas fica dúbia a interpretação.

    Responder

    Cecilia Corrêa

    24 de julho de 2015 às 02h57

    O Fabrício tem razão. Vai saber o que está nas mãos dos dois: Documentos? Pode ser! “Não sejamos levianos.”

    Responder

    Soimaginar Balões

    24 de julho de 2015 às 02h59

    Tentar é uma coisa agora fazê-lo é outra. Corrupçao está em todo lugar. Infelizmente. Agora pq querem colocar somente e sempre a imagem dos policiais seja federal, civil ou militar em xeque? Midia suja.

    Responder

Fabrício Pinheiro

23 de julho de 2015 às 23h20

Nós da PRF não compactuamos com corrupção. Essa imagem não nos representa.

Responder

Marcos Portela

23 de julho de 2015 às 23h11

Enquanto isso, GOLPISTAS da imprensa, monopolizados pela GLOBO e FEDERAIS do Paraná, escondem denúncias de corrupção contra PSDB e DEM, panelinha que virou PANELAÇO, a própria imprensa ressuscitando a CENSURA, quem diria!

A FOLHA, DIÁRIO/PE e NE10, bloquearam meus comentários como forma de CENSURA, viva a liberdade de expressão!

Responder

    Luis Claudio Correa

    23 de julho de 2015 às 23h36

    Marcos Portela… vai chupar uma rola e aprender a votar animal.
    Por causa de cumplices de roubos do PT, iguais a você, é que o Brasil ta nessa merda.

    Responder

    Marcos Portela

    23 de julho de 2015 às 23h48

    Incomodando!

    Responder

Marcos Portela

23 de julho de 2015 às 23h11

Enquanto isso, GOLPISTAS da imprensa, monopolizados pela GLOBO e FEDERAIS do Paraná, escondem denúncias de corrupção contra PSDB e DEM, panelinha que virou PANELAÇO, a própria imprensa ressuscitando a CENSURA, quem diria!

A FOLHA, DIÁRIO/PE e NE10, bloquearam meus comentários como forma de CENSURA, viva a liberdade de expressão!

Responder

José Ciríaco Pinheiro

23 de julho de 2015 às 23h10

Concordo plenamente.

Responder

Deixe um comentário