Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Jean Wyllys: Fora Cunha e não ao golpe!

Por Miguel do Rosário

02 de dezembro de 2015 : 23h55

SOBRE EDUARDO CUNHA E A CHANTAGEM DO IMPEACHMENT

Por Jean Wyllys, em seu Facebook.

O senhor Eduardo Cosentino da Cunha acaba de entrar para a história política brasileira como uma das personalidades mais carecedoras de respeito que já pisaram o nosso parlamento. Não há muito a se esperar de uma personalidade que não hesita em mentir, chantagear, ameaçar, ocultar, usar o cargo em benefício próprio e tomar o Executivo, o Legislativo e a República toda de reféns para salvar sua própria pele. Mas a chantagem barata de Cunha agora há pouco, acolhendo o pedido de impeachment da Presidenta no momento em que percebeu a real possibilidade da cassação de seu mandato, vai além do que jamais suporia Maquiavel.

Estou no Panamá, aguardando a conexão do meu voo de retorno ao Brasil, mas não queria deixar de me pronunciar sobre a situação de extrema gravidade institucional em que o réu da Justiça que preside a Câmara dos Deputados, formalmente acusado pelos crimes de corrupção, evasão fiscal e lavagem de dinheiro, tem colocado o país. Esse sujeito menor, eleito com a força da grana e das mais obscuras transações, esse representante dos “podres poderes” que ao longo do último ano impôs ao Congresso uma agenda de atraso civilizatório, perda de direitos, conservadorismo, ódio e preconceito, está agora colocando o país à beira do abismo institucional apenas por necessidade própria.

Estou extremamente indignado, como todo brasileiro e toda brasileira deveriam estar nesse momento, independentemente de sua opinião sobre o governo da presidenta Dilma Rousseff. Sim, independentemente disso.

Eu faço parte da oposição de esquerda ao governo Dilma e, embora tenha votado nela no segundo turno por considerar que o outro candidato era ainda pior, avalio o governo dela como a maioria do povo: é um governo ruim, cada vez mais afastado das expectativas e necessidades do povo que o elegeu. Mas não é isso que está em discussão. O instituto do impeachment não foi incluído na Constituição para destituir governos ruins. Quem avalia os governos é o povo, a cada quatro anos, quando vota, e ao longo de cada mandato constitucional, manifestando-se nas ruas se achar necessário. A democracia, esse sistema imperfeito, mas melhor do que todos os outros, supõe o respeito pelo mandato popular, gostemos ou não do resultado das urnas. O impeachment é um remédio drástico, só aplicável em última instância, quando existe crime de responsabilidade. E não é o caso.

A presidenta Dilma não está sendo acusada de qualquer crime e não há motivos constitucionais para sua remoção, gostemos ou não dela ou do seu governo. E aqueles que, como eu, não gostamos teremos a chance de oferecer ao país uma alternativa nas eleições de 2018. É assim que a democracia funciona.

O que Eduardo Cunha fez no dia de hoje chama-se chantagem. Diferentemente da Presidenta, ele está sim acusado de gravíssimos crimes. Não por mim, mas pela Procuradoria-Geral da República. Um bandido com contas na Suíça e um longo histórico de envolvimento em escândalos de corrupção desde que chegou ao poder junto a PC Farias e Collor de Melo está, há meses, valendo-se da ameaça do impeachment da Presidenta para negociar e chantagear ao mesmo tempo petistas e tucanos, usando o impeachment como moeda de troca com uns e outros para se salvar da perda do próprio mandato no Conselho de Ética da Câmara, no “leilão” mais vergonhoso da história da República.

Não contem comigo e nem com o PSOL para essa farsa!

Continuaremos fazendo oposição republicana e responsável ao governo Dilma, contra os ajustes e as concessões ao poder econômico e às corporações, mas jamais seremos cúmplices de um golpe institucional. E continuaremos denunciando a atitude do PT e do PSDB e seus respectivos aliados, que escolheram negociar com o Diabo em vez de enfrentá-lo e, por isso, também são solidariamente responsáveis por essa vergonhosa situação.

Fora, Cunha!

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

36 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Maria Eugênia Sérvulo Da Cunha VR

05 de dezembro de 2015 às 00h51

Os iguais se juntam

Responder

Sonia Milani

04 de dezembro de 2015 às 21h17

sim

Responder

Sebastião Albuquerque

04 de dezembro de 2015 às 14h51

dois safados

Responder

Alvaro Rangel

04 de dezembro de 2015 às 12h26

“Inocente”…

Responder

Monica Arbex

04 de dezembro de 2015 às 09h53

A foto já diz tudo.

Responder

Olindina Freire

04 de dezembro de 2015 às 04h44

Eles se merecem !!!

Responder

Carla Fernandes

03 de dezembro de 2015 às 20h57

#FORACUNHA!!!

Responder

Carla Fernandes

03 de dezembro de 2015 às 20h57

#FORACUNHA!!!

Responder

Edson Luiz Raminelli

03 de dezembro de 2015 às 20h15

Bandidos rindo da nossa cara…

Responder

Edson Luiz Raminelli

03 de dezembro de 2015 às 20h15

Bandidos rindo da nossa cara…

Responder

Maria Zélia Silva

03 de dezembro de 2015 às 15h43

ISSO EXPLICA O FATO DO CUNHA TER EM MÃOS PONTINHA DO RABO DA MAIORIA DO CONGRSSO

Responder

Maria Zélia Silva

03 de dezembro de 2015 às 15h40

Oh quanto amor!!! CUMPLICIDADE

Responder

Paulo Roberto Sousa

03 de dezembro de 2015 às 15h26

A;; palavra do Cunha vale menos do que o latido do meu cachorro vira-latas. Aproveitador covarde.

Responder

Linda Maria Sant Anna

03 de dezembro de 2015 às 14h53

dizes-me com que cunhas anda que te direi quem és!!!

Responder

Linda Maria Sant Anna

03 de dezembro de 2015 às 14h53

dizes-me com que cunhas anda que te direi quem és!!!

Responder

Néya Pedroso

03 de dezembro de 2015 às 14h44

Essa Cunhalada deveria cair feito dominó. Ladrões.

Responder

Néya Pedroso

03 de dezembro de 2015 às 14h44

Essa Cunhalada deveria cair feito dominó. Ladrões.

Responder

Eduardo Benzatti

03 de dezembro de 2015 às 12h37

O governo venceu no Congresso em todas as votações nos últimos dias: seja por maioria simples, dois terços… E o corrupto do Cunha abre processo de impeachment contra a Dilma… Ah! claro, já tá cassada!

Responder

Alex Muniz

03 de dezembro de 2015 às 11h09

Cunha e Aécio terroristas da Democracia brasileira Dilma Coração Valente Conte comigo você tem meu apoio.

Responder

Wendell Ferreira

03 de dezembro de 2015 às 11h01

Agora que Cunha aceitou o pedido do impeachment, PF prende ele! #nãovaitergolpe

Responder

Rui Holanda Lopes

03 de dezembro de 2015 às 10h14

Fora Dilma. PT nunca mais.

Responder

Cicero Severo

03 de dezembro de 2015 às 05h19

#Foracunha #Chegadebandidos

Responder

Cecilia Corrêa

03 de dezembro de 2015 às 04h56

Jean acordou? Oras! Há tempo para tudo! Diz pra ele que em SP a coisa tb tá fervilhando, Será que ele tb vai acordar na última hora?

Responder

Carmem Witt

03 de dezembro de 2015 às 04h23

#SEMgolpeparaguaio…#cunhaídolodosReaçascaindooooo

Responder

Antonio Carlos Baioco

03 de dezembro de 2015 às 03h57

DOIS LADROES CORRUPTOS COMBINANDO O PROXIMO GOLPE..

Responder

Josefa Maria Da Conceicao Conceicao

03 de dezembro de 2015 às 03h08

AECIO VAI PEGAR UM AVIÃO E VAI LEVAR CUNHA PARA CONHECER O BRASIL QUE NÃO É CORRUPTO,NÃO TEM CONTA NA SUIÇA E NÃO PEGOU DINHEIRO DE BANQUEIRO,POVO SIMPLES,POVO FELIZ,POVO HONESTO QUE NÃO ACEITA CHANTAGEM NEM DE COUUPTO SNEM DE PERDEDOR DE ELEIÇÃO.

Responder

Luiz Henrique

03 de dezembro de 2015 às 02h39

DOIS PICARETAS SATANICOS

Responder

Eddeley Silva

03 de dezembro de 2015 às 02h36

Dois pilantras

Responder

Marta Menezes

03 de dezembro de 2015 às 02h35

#NãoVaiTerGolpe #VaiTerLuta!

Responder

Ana Cláudia Vale

03 de dezembro de 2015 às 02h32

Seus vermes kkkkk

Responder

Luzia Malaquias

03 de dezembro de 2015 às 02h26

Cadeia para os dois

Responder

Alan Mesquita

03 de dezembro de 2015 às 02h24

Adeus

Responder

Rose Andrade

03 de dezembro de 2015 às 02h13

Responder

Rose Andrade

03 de dezembro de 2015 às 02h13

Responder

Rose Andrade

03 de dezembro de 2015 às 02h13

Responder

Rose Andrade

03 de dezembro de 2015 às 02h12

Responder

Deixe um comentário