Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Torcida do Corinthians repete protesto contra CBF e Globo

Por Redação

15 de fevereiro de 2016 : 10h38

Comentário do blog: Os possíveis crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas cometidos pela Globo na Copa do Mundo de 2002 permanecem não investigados pelo Ministério Público e ocultos pela grande imprensa. Talvez seja o momento de retomar o fio daquela meada…

***

Torcida do Corinthians repete protesto contra CBF e Globo

no Terra

A torcida organizada Gaviões da Fiel voltou a protestar no clássico contra o São Paulo, nesse domingo, na Arena de Itaquera, contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a Federação Paulista de Futebol (FPF) e a Rede Globo de Televisão, que detém os direitos de transmissão do Campeonato Paulista. Com faixas erguidas logo no começo do segundo tempo, a facção ligada ao Corinthians também pediu ingressos mais baratos e se manifestou contra o deputado estadual Fernando Capez (PSDB-SP), um dos críticos das uniformizadas paulistas.

“CBF e FPF, vergonha do futebol”, dizia a primeira faixa erguida pelos torcedores. Com ela em mãos, os organizados desceram para perto do alambrado e estenderam o manifesto em um local visível na transmissão oficial da partida pela televisão. “Futebol refém da Rede Globo” e “ingresso mais barato” eram outras mensagens de protesto que apareceram na arquibancada.

“Quem vai punir o ladrão da merenda?”, indagava uma quarta faixa dos uniformizados alvinegros. O protesto é uma referência direta ao deputado tucano Fernando Capez, que defende a extinção das uniformizadas. Presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, o político foi citado por delatores como um dos beneficiários de um esquema de pagamento de propina em contratos superfaturados de merenda escolar. Ele nega a acusação.

Com as faixas em punho, os organizados entoaram um canto de protesto. “Ladrão, devolve o futebol para o povão”, gritavam os membros da Gaviões da Fiel. Na vitória por 2 a 1 contra o Capivariano, na última quinta-feira, a fação pendurou uma faixa com críticas à Rede Globo nas arquibancadas. A Polícia Militar, alegando que a faixa trazia dizeres ofensivos, exigiu a retirada do material e iniciou um tumulto nas arquibancadas.

O descontentamento da Gaviões da Fiel com a Rede Globo e as entidades que regulam o futebol paulista e brasileiro teve inicio após uma suspensão de 60 dias ser aplicada à facção. Os organizados foram punidos pela FPF por utilizarem sinalizadores na final da Copa São Paulo de Juniores, disputada entre o Timão e Flamengo, no Pacaembu. Dois protestos em frente à sede da federação paulista já foram realizados pela uniformizada alvinegra desde então.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luís CPPrudente

15 de fevereiro de 2016 às 16h03

Só espero que essa organizada do Corinthians continue a fazer protestos nos estádios de futebol contra os tucanos e a famiglia Marinho.

Responder

    Marcos Souza

    15 de fevereiro de 2016 às 17h44

    É , contra a famíglia Lularápio da Silva eles não vão fazer qualquer protesto, né ; afinal foi graças a essa famíglia que o Curingão recebeu dinheiro subsidiadíssimo , tirado do trabalhador brasileiro, para construir seu estádio , né. Para Lularápio , eles baixam , de quatro, até as calças ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder

José D. Athayde

15 de fevereiro de 2016 às 13h42

Os comentaristas políticos das empresas mídia-lixo se acham o máximo, fazem propaganda para os corruptos da oposição atendendo seus patrões, parecem ser em sua maioria covardes, pois sabem o que está ocorrendo no país, a ditadura judiciária, a quebra do estado de direito, a criação de instabilidade dos associados ao PSDB e mídia-lixo, criando caos e desemprego para preparar a volta dos bandidos que detonaram o país, voltar o entreguismo de nossas empresas e recursos minerais (pré-sal), hoje é fácil lembrar o horror que era o governo FHC, é só uma consulta rápida na WEB, mas preferem covardemente a despeito de suas consciências obedecerem caninamente aos bilionários patrões, por medo de perderem seus empregos depressivos apesar de polpudos. Covardemente querem o retrocesso para a nação como seus donos. As empresas mídia-lixo não querem perder a bolsa imprensa que recebem e não se envergonham de serem compradas por políticos corruptos que trabalham contra o Brasil. As empresas mídia-lixo para defenderem seus interesses comerciais espúrios precisam fazer associações com agentes de justiça que se tornaram vendáveis.

Responder

Deixe um comentário