Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Globo censura. Em defesa da liberdade de expressão

Por Redação

01 de março de 2016 : 12h31

no Centro de Estudos Barão de Itararé

Nós, abaixo-assinados, vimos a público repudiar o autoritarismo das Organizações Globo, responsável por mais um ataque frontal à liberdade de expressão ao lançar mão da judicialização da censura para intimidar blogueiros e jornalistas que investigam o caso do triplex em Paraty que, segundo uma fiscal da ICMBio, pertenceria à família Marinho, uma das mais ricas do Brasil. A informação foi divulgada pela agência Bloomberg, em 2012, e replicada pelo site UOL e pela revista CartaCapital.

Veículos como O Cafezinho, Tijolaço, Diário do Centro do Mundo e Rede Brasil Atual aprofundaram as investigações nas últimas semanas e, estranhamente, receberam notificações extrajudiciais por publicarem reportagens e artigos sobre o suntuoso imóvel , construído em área de proteção ambiental. Os blogueiros também apontaram as suspostas ligações dos Marinho com a Mossack Fonseca, empresa multinacional investigada por ser especialista em abrir off-shores. A repercussão desagradou a empresa monopolista, que ordenou a retirada dos conteúdos do ar.

O expediente adotado pela Globo, no entanto, revela uma estratégia comumente aplicada a quem ousa desafiar seus interesses: a ação judicial, com o fim de intimidar e sufocar, financeiramente, os que ameaçam – ou expõem – seu império.

Além de ferir o direito fundamental da liberdade de expressão, as Organizações Globo também evidenciam sua ojeriza e intolerância para com as mídias alternativas. A ideia de que haja diversidade e pluralidade de vozes na mídia brasileira – inscritas em nossa Constituição -, ao que parece, desperta a ira dos proprietários da emissora. Também, pudera: com denúncia de sonegação fiscal na casa do bilhão, a empresa certamente tem muito mais que um triplex a esconder.

Como em dezenas de casos de perseguição judicial a blogueiros e ativistas digitais, repudiamos a atitude censora da Rede Globo, talvez um resquício do período de sua ascensão econômica enquanto tentáculo midiático da ditadura militar. Afinal, ao tentar estrangular as mídias alternativas, a Rede Globo estrangula, também, a democracia.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Enio

02 de março de 2016 às 09h20

A mídia lixo criminosa tem MEEEEDO do povo brasileiro com Lula 2018. Tem MEEEEDO das urnas. #LulaEuConfio
Uma nação se faz com cidadãos conscientes de seus direitos e deveres para com ela, a mídia lixo não representa nossa consciência, ao contrário, essa mídia lixo quer desconstruir o país em benefício próprio como empresa comercial concessionária.

Responder

Roberto de Paulo

01 de março de 2016 às 15h43

Rede globosta,a fossa cheia de merda do Brasil.

Responder

Maria Luisa

01 de março de 2016 às 13h57

Os Blogs têm apaio da maioria do povo brasileiro. Cala boca ja morreu!

Responder

Hell Back

01 de março de 2016 às 13h45

Depois dessas ameaças, como um simples comentarista que sou, vou me abster de opinar. Mas, fica aqui o meu protesto contra mais essa agressão à livre expressão, patrocinada por essa empresa que se diz defensora da livre expressão.

Responder

Irion

01 de março de 2016 às 12h52

Ou a Democracia brasileira enquadra a Rede Goebbels, ou a Rede Goebbels MAIS UMA VEZ acaba com a democracia brasileira!

Responder

    Carlos Henrique

    01 de março de 2016 às 13h58

    PERFEITO!!!

    Responder

Deixe um comentário