Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

STF zomba da democracia: Gilmar Mendes diz que não há nada de errado nas declarações de Jucá

Por Miguel do Rosário

24 de maio de 2016 : 17h51

Foto: Anderson Riedel/ VPR

São raras as semanas em que não surgem notícias que mais parecem piadas – e de péssimo gosto. Nesta terça-feira, um dia depois do vazamento dos áudios em que Romero Jucá, afastado do Ministério do Planejamento, falava do impeachment de Dilma como um instrumento de controle da Operação Lava-Jato (com seu grande acordo nacional que envolveria, inclusive, ministros do STF), o ministro Gilmar Mendes – do próprio STF – disse – pasmem! – não ter havido tentativa de obstrução da Justiça por parte de Jucá.

“Não vi isso.  A não ser uma certa impropriedade em relação à referência ao Supremo. Sempre vem essa história: já falei com os juízes ou coisa do tipo. Mas é uma conversa entre pessoas que tem alguma convivência e estão fazendo análise sobre o cenário numa posição não muito confortável”, disse.

Além disso, Mendes admitiu sem maiores problemas que tem bom trânsito com Jucá. “Tenho bom relacionamento com ele desde o governo Fernando Henrique e ele nunca me procurou sobre isso”, emendou.

O ministro também fez questão de criticar a “repetição” de declarações dando conta de eventuais tentativas de interferir em investigações. “Virou um mantra, um enredo que se repete, pode deixar que resolvo (…) Não há o que suspeitar do Tribunal, o Tribunal tem agido com muita tranquilidade, com muita seriedade, muita imparcialidade, a mim me parece que não há nada para mudar o curso”, concluiu.

Quando Política e Justiça se fundem dessa maneira, vemos o prenúncio de tempos sombrios.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

22 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ângela Maria de CarvalhoAlmeid

25 de maio de 2016 às 22h09

É o fim dos tempos! O Apocalipse está chegando! O povo terá que se unir e resolver isso. Do jeito que está, não há como ficar!

Responder

Beth Andrade

25 de maio de 2016 às 21h10

Greve geral! Parar estradas! #OcupaTudo! Tomar o governo, colocar todos pra correr! Múmias paleolíticas da política vão pra casa usar fraldões e dormir, é o que ela gostam… roncar como suinos gordos…O governo é nosso, do povo! As leis foram todas rasgadas! É guerra? Que seja!

Responder

Roberto Pivante

25 de maio de 2016 às 12h16

Gilmar Dantas Neves, frankistein de horror!!!

Responder

Alexandre Moreira

25 de maio de 2016 às 00h47

Este com certeza era um dos conversados pelo Jucá. Bandido, golpista, escória. A sua condenação não tarda, vira pelas mãos do povo.

Responder

marcelo batista

25 de maio de 2016 às 00h22

E a conversa entre Lula e Dilma não era uma conversa dessas? entre duas pessoas que se conhecem e estavam a vontade? Bandido. Gilmar deveria ser preso, no minimo, por obistruir um país de caminhar pra frente

Responder

Fernando Hottum

25 de maio de 2016 às 00h02

Esse é o velho stf já conhecidíssimo, desde da era Vargas. Construíram uma torre de babel e acham, acreditam de fato que fazem alguma diferença. Não fazem. Colocam uma coleira no pescoço de um país autista, e saem a passear com ele pelas ruas de suas consciências vazias, alimentadas pelas fantasias de uma intelectualidade que acham de fato ser evoluída. Não é. São transeuntes mesquinhos num país d

Responder

Marcos Carvalho Campos

24 de maio de 2016 às 21h23

Este sujeito já perdeu a vergonha em ser descaradamente protetor dos golpistas há muito tempo !! VERGONHA ABSOLUTA PARA O PODER JUDICIÁRIO ter Gilmar Mendes Ministro do STF. Pior ainda , talvez, seja o Senado que nunca discutiu seu afastamento.

Responder

zuleica jorgensen

24 de maio de 2016 às 20h08

Gente, isso é sacanagem com o Gilmar Dantas. Ele nunca falou do golpe com ninguém, nem Jucá, nem Temer, nem Cunha. Ele não vê, não ouve, não fala. O cara é do Supremo, um cara íntegro…..rsrsrsr

Responder

José

24 de maio de 2016 às 19h44

Mesmo que a Dilma não tivesse sido afastada, a presença desse jagunço da casa grande no stf já é prova de que o Brasil é uma republiqueta de quinta categoria.

Responder

Marcio,São José dos Campos, SP

24 de maio de 2016 às 19h43

A SUPREMACIA DO GOLPE.

Responder

    Esmael

    25 de maio de 2016 às 09h35

    Como diz o correspondente do jornal alemão Die Zeit, Thomas Fischermann : “Governo ou um bando de gângsters?”

    Responder

Joao Carlos Santos

24 de maio de 2016 às 19h24

Também não vi nada demais no nome do Gilmar Mendes, na lista de propinas de furnas.
O nome pode ser de qualquer pessoa que tenha tentado atingir a honra do ministro.
O nome na lista não prova absolutamente nada.

Judas, quando traiu Jesus Cristo, não tinha compromisso de lealdade a Jesus.
O fez, entregando o local onde se encontrava Jesus, por sua simples vontade.
Não vi nada demais em Judas fazer isso, afinal a Lei procurava por Jesus
e Ele tinha que pagar pelos crimes que ora estava lhes sendo atribuidos.

Responder

Bebete Indarte

24 de maio de 2016 às 19h15

Canalha, golpista Gilmar Mendes. Como essas pessoas dormem à noite? Porque são canalhas.

Responder

William Moretti

24 de maio de 2016 às 19h04

Ninguém investiga o já citado GIlmar Mendes??

Responder

Ita Marques

24 de maio de 2016 às 19h56

cAZUZA já nos perguntava: que país é esse? O STF sempre foi golpista, vejamos que em tempos atrás em também estava no Golpe
http://g1.globo.com/politica/50-anos-do-golpe-militar/noticia/2014/03/golpe-de-1964-fez-do-supremo-um-enfeite-institucional-diz-pesquisador.html

Responder

Avelino Oliveira

24 de maio de 2016 às 18h50

Gilmar Mendes é um canalha.
Tem destituir todo STF.
Esse STF não representa um governo popular.

Responder

Calebe

24 de maio de 2016 às 18h36

O pecado do pecador é sempre mais facilmente perdoado que o do pregador. Este golpistas são pecadores contumazes e se protegem. Para eles uma traiçao, um golpe, uma tramoia, uma reunião com um juiz amigo, um grampo ilegal, uma tortura mental, uma prisão ilegal … é tudo normal. Alguém esperava algo diferente desse ministro? O pior STF que já existiu.

Responder

Jota Pereira

24 de maio de 2016 às 18h32

Aliás ele Gilmar, deve estar numa fase de muito bom astral, há poucos dias atrás, teve postura semelhante. Não viu nada demais nas acusações do senador, quase presidente, Aécio.

Responder

Jota Pereira

24 de maio de 2016 às 18h26

Gente, se o Gilmar que é um exemplo de “postura e imparcialidade” não viu nad
a de errado nas declarações de Jucá, quem somos nós para contestá-lo. Não é mesmo?

Responder

Paulo Eduardo Teixeira Vasconc

24 de maio de 2016 às 18h20

para êle está tudo correto ,claro!!!!

pergunte para o bandido se êle tem amigo bandido

a resposta :
você está achando que sou bandido?

quero ver essa conversa com o Lewandowski

Responder

Antonio Passos

24 de maio de 2016 às 18h07

Assistimos a uma verdadeira suruba judiciário-legislativa.

Responder

Geysa Helena Dantas Guimarães

24 de maio de 2016 às 17h51

Se ele não viu nada de errado em conceder Habeas Corpus ao médico-estuprador condenado a
quase 300 anos de prisão, como veria em golpistas amigos?

Responder

Deixe um comentário